Aluno morre em academia de crossfit em Brasília após série de exercícios

A vítima tinha 35 anos e começou a passar mal ao terminar uma série de atividades

cmxtecnologia
Por cmxtecnologia

Um aluno de crossfit morreu na academia Crossfit Selva do Park Way, próximo ao balão de acesso à Águas Claras, em Brasilia, após uma parada cardiorrespiratória. Roberval Ferreira de Souza Júnior, 35 anos, começou a passar mal após terminar uma série de atividades. De acordo com o Corpo de Bombeiros, militares tentaram reanimar a vítima, mas ela não resistiu. O caso aconteceu por volta das 20h30 desta segunda-feira.

Crossfit é uma nova modalidade de exercícios instensos que têm conquistado praticantes de esporte. Por nota, a academia Crossfit Selva disse que acionou imediatamente a UTI Vida, o Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). De acordo com o estabelecimento, o aluno recebeu os primeiros socorros de uma aluna médica que praticava as atividades.

A academia lamentou a morte do aluno e garantiu, ainda, que tomou todas as providências cabíveis .“A academia está dando todo o suporte necessário à família da vítima e aguarda o laudo da autópsia. A Crossfit Selva esclarece que os treinos são elaborados por profissionais formados em educação física”, informou.

No vídeo abaixo, gravado por alunos da academia, é possível ver a vítima sendo socorrida:

Confira a nota completa enviada pela academia:
A academia Crossfit Selva lamenta profundamente o falecimento do aluno Roberval Ferreira de Souza Júnior e informa que tomou todas as providências cabíveis para evitar o ocorrido.

Ontem (29), por volta das 20h30, após o término de uma aula, Roberval passou mal e imediatamente a academia acionou a UTI Vida, serviço particular de assistência contratado para assegurar a saúde dos alunos, bem como o Corpo de Bombeiros e o Samu. Enquanto isso, o aluno recebeu os primeiros socorros de uma aluna médica que se encontrava no local. Minutos depois, ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros. Em seguida chegaram os médicos da UTI Vida e do Samu. As três equipes trabalharam em conjunto, mas Roberval sofreu uma parada cardiorrespiratória e não resistiu.

A academia está dando todo o suporte necessário à família da vítima e aguarda o laudo da autópsia.

A Crossfit Selva esclarece que os treinos são elaborados por profissionais formados em educação física.

Assessoria de Comunicação Crossfit Selva