10 motivos para admirar o bairro Jardim Botânico em Brasília

O Jardim Botânico é a XXVII região administrativa da cidade

cmxtecnologia
Por cmxtecnologia

O Jardim Botânico se tornou a XXVII região administrativa da cidade em 2004. A região é composta basicamente por condomínios fechados, sendo oficialmente 23 condomínios. A área antigamente pertencia às fazendas Taboquinha e Papuda, embora haja controvérsias quanto à correta delimitação de cada uma.

Hoje, devido a sua grande expansão, a região já caminha por suas próprias pernas, tendo absolutamente tudo que se precisa para morar bem. São os mais variados tipos de comerciantes, desde restaurantes, lanchonetes, farmácias, pet shops, academias, clínicas médicas, bares, hospital veterinário, posto de gasolina, super mercados, shopping entre outras diversas opções.

Sem falar nas mais variadas casas construidas nos condomínios do Jardim Botãnico.

O Curta Mais visitou a região e elencou os 10 motivos para admirar a região administrativa Jardim Botânico.

  1. Começando pelo próprio Jardim Botânico de Brasília, área de preservação ambiental que se localiza na região administrativa do Lago Sul, em área vizinha à região administrativa do Jardim Botânico. O local é maravilhoso, tem diversas opções de passeios (bike, caminhada, corrida, trilhas). Possui café da manhã em estilo picnic, aulas de yoga, e uma infinidades de opções de lazer para curtir com a família. A entrada para carros e pedestres fica a 1 km de onde começa – exatamente – a região administrativa do Jardim Botânico. Mas sua área de preservação interna pega um pouco do bairro.
  2. O Shopping Jardim Botânico; Por se tratar de uma região administrativa, relativamente, pequena, é curioso o fato de ter um shopping no local. Nesse shopping você poderá encontrar de tudo, desde uma academia bastante frequentada no último piso, até uma agência dos Correios. Nos primórdios de sua inauguração, foi instalado duas salas de cinemas, que depois de algum tempo foram retiradas. O Shopping possui lojas de roupas, comida, salão de beleza, farmácia, artefatos para casa, suplementação, papelaria e gráfica, e até uma auto escola.
  3. Os barzinhos do Jardim Botânico já virarão tradição tanto para os moradores, como para os brasilienses em geral. Os moradores costumam frequentar a Distribuidora de Bebidas – Sai da Toca – e o barzinho mais badalado, com música ao vivo é o Santa Fé. Em 2016 uma filial do bar – Miau que Mia – foi inaugurada no Jardim Botânico.
  4. Hospital Veterinário 24 horas. Essa é a proposta da Animax, clínica pet que é referência de bom atendimento em toda Brasília. O hospital já existe há 20 anos e segue fazendo sucesso. Confirmação disso são as dezenas de lojas pet shops que abriram em suas proximidades.
  5. Os restaurantes também marcam presença na gastronomia do bairro. Tendo comida a kilo, culinária japonesa, fast food, restaurante com ambiente rústico e outras opções.
  6. O asfalto em Brasília costuma ser de qualidade ruim, mas no Jardim Botânico costuma-se sempre estar bem cuidado. As pistas são bem sinalizadas e devido ao grade aumento no tráfico, em horários de pico o Detran desvia o caminho para melhor atender e agilizar o percurso dos moradores da região.
  7. Existem diversas escolas de línguas estrangeiras na região,e sempre foi assim. O número vem crescendo, de acordo com a crescente de moradores.
  8. Por ser um local que foi construído perto de reservas ambientais, é bastante comum os moradores relatarem que conhece algumas nascentes e até mesmo pequenos poços de água com algumas quedas d’água (mini cachoeiras).
  9. O local é habitat natural para a mais diversa fauna e flora do cerrado. Cobras, tatus, tucanos, pombo do mato, aranhas, sapos, escorpião, periquitos, libelulas, saruê, entre outros animais que podem ser vistos diariamente pelos moradores da região.
  10. Os condomínios do Jardim Botânico. A região administrativa é basicamente formada por condomínios, são 23 oficialmente catalogados. Cada um com sua área em metros quadrados e o seu charme. Tem condomínio com mansões de 7, 8 quartos. Tem condomínio pequeno com apenas 90 casas. Alguns condomínios ficam situados em regiões montanhosas, outros que são mais próximos de São Sebastião. Os condomínios são bastantes democráticos, tendo espaço e lugar para as mais variadas demandas e preços. No entanto, nem todos ainda são regularizados pelo governo do Distrito Federal. Essa é uma batalha que já perdura mais de 20 anos e nenhum mandato de governador até hoje conseguiu resolver essa pendência.

 Foto capa: Reprodução Internet / Marcos Mattos