Novo projeto de wi-fi gratuito define mais de 100 pontos de cobertura em áreas públicas de Brasília

Sinal deve chegar em lugares como a Rodoviária, Parque da Cidade e estações de metrô

cmxtecnologia
Por cmxtecnologia

O Governo do Distrito Federal vai testar um novo modelo para disponibilizar wi-fi gratuito em áreas públicas de Brasília. A Secretaria de Ciência e Tecnologia lançou um edital nesta terça-feira (26 de fevereiro) de credenciamento de empresas interessadas em prestar o serviço em 102 pontos do DF.

As propostas podem ser apresentadas pelas empresas interessadas a partir de 30 dias após a publicação do edital. O Executivo não terá nenhuma despesa e as operadoras serão remuneradas com a exibição de publicidade digital.

O governo definiu alguns lugares onde o sinal estará disponível, como a Rodoviária do Plano Piloto, o Complexo Cultural da República, parques, agências do trabalhador, hospitais e algumas escolas públicas.

As prestadoras também podem propor novos pontos ao GDF.O edital define alguns requisitos técnicos a serem seguidos: a velocidade mínima efetiva da conexão deve ser de 512 kbps de download por usuário; o sinal deve cobrir, no mínimo, 50% das áreas de parques e centros educacionais e 70% das demais localidades; o tempo máximo de permanência fica a critério da companhia, desde que respeitado o limite mínimo de 30 minutos. Após os 30 minutos o internauta poderá continuar conectado, mas precisa assistir a nova publicidade.

Se a quantidade de dispositivos conectados for superior ao número estimado de acessos simultâneos, a companhia poderá reduzir a velocidade do acesso. Essa estimativa de usuários varia de acordo com a localidade: na rodoviária são 10 mil pessoas, no parque da cidade o número é de 1 mil e nas estações de metrô o número é de 100 a 500 pessoas.

Uma das grandes preocupações do edital é de que as empresas respeitem o direito à privacidade, à neutralidade da rede e à proteção de dados pessoais dos cidadãos por meio de práticas transparentes e seguras.

Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília