Destino considerado melhor ecoturismo do BR fica a 1 dia de Goiânia

No Sul do Centro-Oeste brasileiro se esconde, em meio a cachoeiras e trilhas desafiadoras, um dos destinos mais Bonito(s) do Brasil e você precisa conhecer

Julia Macedo
Por Julia Macedo
WhatsApp Image 2023 12 19 at 10.22.10
Foto: Nascente Azul via Instagram. Bonito/MS

Entre mergulhos em rios cristalinos e trilhas em grutas de tirar o fôlego, os brasileiros encontram o mais belo recanto do coração do Brasil. Localizado a pouco mais de 1.200 km de Goiânia (14h14min), Bonito (Mato Grosso do Sul) foi premiado como o Melhor Destino de Ecoturismo do Brasil na 19ª edição do Prêmio O Melhor de Viagem e Turismo 2023/2024. A votação pública aconteceu entre os dias 23 de março e 26 de maio deste ano.

Segundo veiculado pela Revista Viagem e Turismo, Bonito é um dos poucos destinos que sabe cuidar de seus atrativos naturais, aliando sustentabilidade e turismo. No ano de 2022, o local se tornou o primeiro destino de ecoturismo do mundo a receber a certificação ‘Carbono Neutro’ da organização internacional Green Initiative.

Em julho deste ano, foi a vez da Estância Mimosa – o maior circuito de cachoeiras de Bonito, com dez cachoeiras, piscinas naturais e passeios a cavalo – levar o título de ‘Climate Positive’. Oficialmente, o local é reconhecido por capturar mais carbono da atmosfera do que produz. 

No Sul do Centro-Oeste brasileiro se avulta, em meio a cachoeiras e trilhas desafiadoras, como um dos destinos mais Bonito(s) do Brasil. A pequena cidade, situada a cerca de 300 km de Campo Grande, é o local ideal para quem procura por contato com a natureza, atividades ao ar livre e férias em um destino isolado e calmo, sinônimo de paz e frescor. 

 

Um mergulho nas belezas naturais de Bonito

Com cerca de 22 mil habitantes habitantes (Censo 2022) a cidade de Bonito resplandece como centro do ecoturismo no Brasil, e o seu diferencial está em apresentar dinâmicas diferentes daquelas encontradas em outras partes do País. O turismo local funciona de forma extremamente organizada, o que incentiva a preservação da região.

Um lugar reconhecido mundialmente por suas paisagens naturais, mergulhos em rios, cachoeiras e grutas de águas límpidas, capazes de refletir a aura e exibir um mundo ainda mais Bonito. Salientando-se sobre o Planalto da Bodoquena e Depressão de Miranda, o município integra o complexo turístico do Parque Nacional da Serra da Bodoquena, ao lado de cidades como Jardim, Guia Lopes da Laguna e Bodoquena.

Cercado por uma diversidade descomunal de fauna e flora, Bonito foi considerado um dos lugares mais bonitos do Brasil em 2009. Existem mais de quatro mil espécies de plantas, suas águas e rios, ricos em minerais como bicarbonato de cálcio e bicarbonato de magnésio, podem abrigar mais de duas mil espécies de peixes e outros seres vivos aquáticos. 

Algumas são úmidas, outras até contam com lagos em seu interior, mas todas as cavernas de Bonito se destacam pelo que camuflam. Do lado de dentro, paredes tomam formas curiosas que descem do teto e se debruçam sobre a cabeça dos visitantes. Cuidado com os pés! Elas também aparecem por ali, quase como um lembrete: Cuidado, a natureza é quem manda aqui! Respeite as regras.

 

Explorando a região

Bonito é a principal atividade turística da região da Serra da Bodoquena, com todas as atividades locais realizadas na companhia de um guia turístico. O município reúne um conjunto de equipes, empresas, ONGs e órgãos governamentais que buscam organizar e coordenar as viagens, com foco na conversação da natureza. 

Para chegar lá você pode optar por ir de carro via BR-060, em uma viagem com quase um dia de duração. De ônibus, a opção mais barata gira em torno de R$215 a R$420, e duração média de 19h11min. A cidade conta ainda com aeroporto próprio, o Aeroporto Regional de Bonito (BYO) localizado a apenas 15 km do Centro da cidade, que tem voos regulares das companhias aéreas Azul e Gol. 

Caso opte por aterrissar no Aeroporto de Campo Grande, destino com valores pouco mais econômicos, você tem a opção de seguir para o município de Bonito com um carro alugado, com ônibus que parte da rodoviária de Campo Grande, ou com o transporte compartilhado que sai do próprio Aeroporto.

 

Start na aventura? Um dos primeiros points obrigatórios na cidade é a Gruta do Lago Azul, um dos símbolos mais encantadores de Bonito. A descida até a caverna é enriquecedora para a alma e para o intelecto. No caminho, você descobre as mais belas formações rochosas. Entre muitos degraus íngremes, estalagmites e estalactites você descobre a beleza das obras esculpidas pela natureza ao longo de milhares de anos.

Dica do Guia: O lago ostenta sua cor azulada como uma verdadeira jóia. Os cartões postais registrados na área parecem obras de Inteligência Artificial. Mas não se engane, o segredo está na visita ao local na época certa: dezembro e janeiro. São nestes meses que o sol da manhã incide, de forma direta, no lago, dando vida celestial às águas de Bonito. 

Com suas cores intensas e o reflexo das formações rochosas, o lago parece raso e aberto para todos. Porém, o charco esconde em suas belezas mais de 90 metros de profundidade. Na região da gruta já foram encontrados fósseis tão antigos quanto suas formações. Não dá pra negar, é um passeio contemplativo e com um cenário belíssimo para quem ama aventura, adrenalina e escaladas. O passeio dura meio-dia, com valor aproximado de R$36.

 

Atividades diferentes 

Rio Sucuri

O percurso de aproximadamente 1500 metros até o Rio começa pela trilha de acesso, em uma camioneta adaptada para o transporte dos exploradores. Para o próximo passo, é bom que você tenha colocado um tênis de caminhadas e roupas confortáveis antes de sair do hotel/ pousada. 

São aproximadamente 500 metros na mata ciliar, com paradas em mirantes para observação das nascentes. Ao chegar ao deque do rio, inicia-se a flutuação por cerca de 1.400 metros rio abaixo, onde é possível avistar inúmeras espécies de peixes e plantas subaquáticas. Ao longo do percurso, um barco de apoio acompanha seu grupo de aventureiros. 

Caso você opte por deixar a natação de lado e apreciar de cima, é possível fazer o percurso de barco. Com o fim do percurso, você deve voltar à recepção, onde a camioneta te aguarda. No local do passeio há restaurante, bar, loja de souvenires, vestiários e redário. O local está situado a 20 km de distância do centro de Bonito. Importante levar roupa de banho, roupas extras, toalhas, chinelo, dinheiro para consumos extras e, é claro, câmera fotográfica para registrar seu momento de “Dora, A Aventureira”.

 

Nascente Azul

Escondida a 30 km do Centro de Bonito, a Nascente Azul é uma das mais belas atrações do município. O balneário, com Day Use gratuito, é um dos points mais procurados na região. E essa experiência você começa com uma caminhada tranquila, em pouco mais de 300 metros de extensão, sendo acessível até para aqueles com limitações de locomoção, segundo roteiro da Bonitour.

Ao longo dessa caminhada, aprecie as belezas naturais do calcário, as micro cachoeiras da região e a fauna diversificada. Macacos, preás e antas aparecem para cumprimentar os visitantes. Durante a flutuação, você  contempla águas calmas e cristalinas, abraçadas pela vista panorâmica de tirar o fôlego com a Serra de Bonito de um lado e o Parque Nacional da Serra da Bodoquena do outro. 

A flutuação tem duração total de duas horas e meia, onde é possível contemplar as águas calmas e cristalinas, dessa enorme piscina natural de um intenso turquesa, onde você aprecia a vida subaquática de peixes e plantas em cerca de sete metros de profundidade.

 

Boca da Onça

Calma! Não precisa tremer. De onça aqui é só o nome (eu espero). A Boca da Onça é um dos mais extraordinários atrativos da região. Assinado: Natureza. A pouco mais de 34 km da cidade de Bodoquena e a 55 km de Bonito, a região oferece passeios diferenciados de trilhas e cachoeiras, incluindo a Cachoeira Boca da Onça, a mais alta do estado do Mato Grosso do Sul, com impressionantes 156 metros de queda livre. 

A Boca da Onça Trilha Adventure oferece um passeio completo por esta queda d’água e outras tão bonitas quanto na região. A aventura começa a 3.500 metros de distância, desde a sede do receptivo até o caminho que dá início ao percurso de quatro mil metros pela mata ciliar do Rio Salobra. 

São oito cachoeiras com quatro paradas para banho. Durante a caminhada, os visitantes encontram uma escadaria íngreme de 886 degraus que pode ser feita subindo ou descendo, dependendo do lugar de início do passeio. No meio do trajeto, uma parada adicional oferece serviços de apoio com bar e sanitários. 

 

Abismo Anhumas

O Abismo Anhuma é uma das atividades mais próximas ao Centro de Bonito. A 23 km dali, o lugar guarda, em uma pequena fenda que se abre no chão, uma caverna imensa. A descida é feita através de um rapel elétrico, além de um passeio tranquilo e apaixonante de bote por um imenso lago de água cristalina. 

Se seu espírito implora por uma pitada a mais de aventura, se prepare para curtir a flutuação com snorkel ou mergulho de cilindro, onde a submersão alcança oito metros de profundidade para mergulhadores sem certificação. Mergulhadores certificados passeiam até 18 metros abaixo do nível da água. Essa é, literalmente, uma Viagem Ao Centro da Terra!

 

Bonito além da Natureza

Janeiro: No mês de janeiro, a cidade conta com a festa de Santos Reis – uma tradição religiosa de anos, de pai para filho, organizada por um grupo de aproximadamente 15 pessoas. A Festa começa a ser organizada ainda no Natal (25 de dezembro), saindo do Pesqueiro Arizona, onde acontece a Santa Ceia, com destino aos outros Pesqueiros da cidade. A grande Festa acontece em 6 de janeiro.

Abril: Para o bom goiano que adora os rolês do agro, a Festa do Peão de Boiadeiro de Bonito é realizada, anualmente, no final de abril, sendo finalizada no começo de maio.

Junho: Em junho, a galera de Bonito curte a festa que acontece no Brasil todo – a Festa de São Pedro. Na comemoração, a cidade recebe cavalgadas em homenagem ao santo e missa campal.

Serviço

Bonito – Mato Grosso do Sul

Distância de Goiânia: Cerca de 14h de carro

Acesso: BR-060

Quer receber nossas notícias e dicas de turismo, gastronomia e entretenimento em primeira mão? Siga o Curta Mais no Instagram: @guiacurtamais e nas outras redes sociais, você também pode entrar em nosso canal do WhatsApp clicando aqui.