Faeg lança campanha para ajudar vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul

Entidade espera arrecadar mantimentos, produtos de higiene e agasalhos, entre outros; Mais de 220 mil pessoas estão desabrigadas ou desalojadas

Rafael Vaz
Por Rafael Vaz
ENCHENTE

Com o objetivo de ajudar as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul, a Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg) iniciou uma campanha de arrecadação de mantimentos. As doações podem ser feitas até dia 17 de maio, na sede da entidade, localizada na Rua 87, no Setor Sul, em Goiânia, ou nos sindicatos rurais dos municípios.

A meta é arrecadar itens como alimentos não perecíveis, produtos de higiene pessoal (sabonete, pasta dental, shampoo), fraldas, agasalhos, roupas de cama, toalhas, cobertores e materiais de limpeza. Também é possível contribuir por meio de doações em dinheiro, pelo PIX 92.742.220/0001-09 (CNPJ/FARSUL) “O Rio Grande do Sul enfrenta a pior tragédia de sua história. É impossível ver e não se solidarizar”, afirma o presidente da Faeg, José Mário Schreiner.

Dentre as frentes de atuação da entidade, destaca-se o programa Faeg Jovem, que atualmente conta com mais de dois mil integrantes em Goiás. Neste sentido, eles atuarão diretamente na mobilização, arrecadando os mantimentos que serão encaminhados à população do Rio Grande do Sul.  “Precisamos da união de todos. Cada ajuda importa, por menor que seja”, enfatiza José Mário.

Nesta quarta-feira (08/05), a Defesa Civil do Rio Grande do Sul atualizou para 100 o número de mortos em razão dos temporais que atingem o estado. O boletim aponta, ainda, que há outros quatro óbitos sendo investigados. O estado registra 128 desaparecidos e 372 feridos. Mais de 160 mil pessoas estão desabrigadas e 63 mil desalojadas.

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? Basta clicar aqui e entrar no canal do WhatsApp do Curta Mais.