Espetáculo ”Eri Pinta Johnson Borda” chega a Goiânia

O Teatro Goiânia recebe o ator e comediante Eri Johnson no dia 6 de Abril para apresentar o espetáculo “Eri Pinta Johnson Borda”. Na peça, o artista conta com histórias e interpretações engraçadíssimas, que resgatam suas experiências pessoais, carreira artística e contos fictícios.

É uma comédia divertidíssima escrita pelo ator Eri Johnson, com a intenção de pintar e bordar com o seu público, através de uma completa interatividade entre todos. Trata-se de um espetáculo teatral com início, meio e fim, onde o ator mistura histórias reais com fictícias de uma forma muito engraçada.

Ele relembra no palco alguns dos seus personagens, como por exemplo, o Gay Lulu da novela Barriga de Aluguel. E para aqueles que gostam das tão famosas imitações, dessa vez elas estão inseridas no contexto da peça (Romário, Evandro Mesquita, Caetano Veloso, Ney Latorraca, Alexandre Frota, Marília Pêra, Roberto Carlos, Lula, entre outros). Educação, relacionamentos amorosos, amizade e família, são alguns dos temas abordados e interpretados pelo ator, nessa comédia de 80 minutos.

Ingressos

Os ingressos para a comédia em Goiânia serão disponibilizados para aquisição em breve. As reservas dos bilhetes, que serão limitados, podem ser realizadas diretamente no site Cultura do Riso. Os valores também ainda não foram divulgados.

Fenômeno de público, evento de humor LGBTQIA+ ”Gongada Drag” chega a Goiânia

Gíria comum no universo drag, gongar significa fazer piada de alguém em público. Nos palcos, a ideia virou comédia e deu origem ao espetáculo ”Gongada Drag”, sucesso de público em várias cidades.

Goiânia se prepara para receber o espetáculo no dia 7 de abril, que será realizado no palco do Teatro Madre Esperança Garrido, a partir das 19 horas. Serão aproximadamente 150 minutos de um show de drags em que, com muita criatividade e bom humor, umas zombam das outras na frente de uma plateia – claro, sem perder a amizade.

Com um elenco diferente a cada apresentação, em Goiânia a gongada de honra será Lindsay Paulino, a Rose, doméstica do Brasil, famosa por seus programas no Multishow e vídeos na internet. Em breve, a organização divulgará quem mais dividirá o palco com o comediante.

Rose, a doméstica do Brasil é a gongada de honra no espetáculo (foto: divulgação)

Host

O apresentador e produtor do evento é Bruno Motta, um dos pioneiros da comédia stand-up no Brasil e um dos criadores do fenômeno Furo MTV, além de apresentador do Improvável.

O comediante Bruno Motta apresenta a Gongada Drag (foto: divulgação)

Ingressos

Os ingressos variam entre R$ 100 (meia-entrada) e R$ 200 (inteira), com opção de meia solidária a R$ 140 mais um quilo de alimento não perecível. Valores referentes ao primeiro lote e sujeitos a alterações. As entradas estão à venda pelo site Ingresso Digital e na Komiketo Sanduicheria da avenida T-4.

O espetáculo é a fusão da energia criativa das drag queens do Brasil, um pouco de stand-up e o estilo roast de comédia, em que um indivíduo é alvo de piadas, elogios e histórias – verdadeiras e falsas – sobre si. Reunindo comediantes e drag queens de programas como Drag Race Brasil e Caravana das Drags, o evento também celebra as lendárias drag queens da cena noturna do Brasil, sempre com uma grande homenageada.

Sucesso

Com sessões lotadas, o Gongada Drag já levou aos palcos nomes como Ikaro Kadoshi, Silvety Montilla, Betina Polaroid, Hellena Malditta, Thalia Bombinha, Valentinni, Desire Beck, Frimes, Dakota Monteiro e Shannon Skarlet, além de Babu Carreira, Junior Chicó e Fernando Pedrosa, entre outros. O elenco não perdoa ninguém, nem mesmo Bruno Motta, o veterano humorista criador e apresentador do Gongada Drag.

“Inacreditável o quanto foi rápida a aceitação do público para esse projeto. Acho que realmente criamos algo que não existia, um espetáculo fixo de comédia, drags, gongação, que é uma aula de bom humor, só que fora da boate, da noite. Estamos conseguindo misturar um elenco sensacional, com mix de drags da noite e dos realities. Acho que é um grande momento para a arte drag no Brasil. Portando, não perca! Os ingressos se esgotam rapidamente. Se você escolher deixar pra depois, como diria Tatiana… ‘Choices’!”, convida Bruno Motta.

Goiânia recebe a comediante Lea Maria para novo show

Famosa nas redes sociais por seus vídeos humorísticos, a comediante alemã Lea Maria desembarca em Goiânia para apresentar o espetáculo ‘Alemã de Cria’. O evento está marcado para o dia 24 de fevereiro, com duas sessões, às 21h e às 23h, no Guardians Comedy Club.

Os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos online no site Sympla.

Neste espetáculo, Lea Maria proporciona uma visão única do Brasil pelos olhos de uma alemã que se considera brasileira de coração. Apaixonada pelo país há seis anos, a artista compartilha suas experiências, perrengues, choques culturais e as primeiras impressões da vida de solteira no Brasil.

 

Comediante Lea Maria

Lea Maria, alemã de cria e de coração brasileiro, encontrou em São Paulo seu lar longe de casa desde 2015. Sua jornada singular é marcada por viagens ao redor do mundo, documentando suas aventuras por meio de imagens e vídeos envolventes.

Em 2017, sua trajetória tomou um rumo inusitado ao ingressar no mundo da comédia, inicialmente atuando na produção de eventos. Contudo, foi em 2019 que Lea Maria deu um passo corajoso ao iniciar sua jornada como comediante stand-up. Sua habilidade única de observar e interpretar as nuances culturais proporcionou um material autêntico e hilário.

O ápice de sua carreira de comediante se materializou em 2023, quando Lea Maria iniciou uma bem-sucedida turnê nacional com seu show solo, “Alemã de Cria”. A comediante, que conquistou o público brasileiro, oferece uma perspectiva peculiar e divertida sobre o Brasil, sob a ótica de uma alemã apaixonada.

O sucesso da turnê vai além dos números de ingressos vendidos, refletindo-se na energia palpável e na ressonância emocional que Lea Maria estabelece em cada localidade. Mais do que um triunfo pessoal, é uma celebração da comédia como meio de promover compreensão mútua, superar barreiras e fortalecer laços entre as pessoas.

 

Guardians Comedy Club

O único comedy club do Centro Oeste é o Guardians Comedy Club, em Goiânia.

Ramiro Braga de Castro, que com o sócio Marx Willian é proprietário da casa, afirma que a casa começou como um empreendimento mais tradicional, já tendo sido um pub de música.

“Foi meu sócio, o Marx, quem teve a ideia de fazer uma noite de stand-up, só para testar. Começamos a fazer de 15 em 15 dias. Logo eu tinha certeza de que iríamos virar uma casa só de comédia.”

Além da aceitação do público, Ramiro Braga de Castro afirmou que o retorno dos comediantes goianos também o impressionou. Atualmente, são cerca de 16 em atividade que se apresentam em diversos sub gêneros do stand-up, desde especiais solo até noites exclusivas para testes de piadas.

 

Serviço

Lea Maria em ‘Alemã de Cria’

Local: Guardians Comedy Club, Goiânia

Data e Horário: 24 de fevereiro, 21h e 23h

Ingressos: Disponíveis para compra online

 

Lea Maria

Lea Maria alemã de cria, e de coração brasileiro, encontrou em São Paulo seu lar longe de casa desde 2015.

Sua trajetória única é marcada por viagens ao redor do mundo, documentando suas aventuras através de imagens e vídeos cativantes.

No entanto, sua história tomou um rumo inusitado em 2017, quando ingressou no mundo da comédia, inicialmente atuando na produção de eventos.

Em 2019, Lea Maria decidiu dar um passo corajoso ao iniciar sua jornada como comediante stand-up. Sua habilidade única de observar e interpretar as nuances culturais proporcionou um material autêntico e hilário.

 

Lea Maria Alemã de Cria

O ápice de sua carreira de comediante se materializou em 2023, quando Lea Maria iniciou uma turnê nacional com seu show solo, “Alemã de Cria”.

Com ingressos esgotados em cada cidade, a comediante oferece uma perspectiva peculiar e divertida sobre o Brasil, sob a ótica de uma alemã apaixonada.

Este fenômeno não é apenas um triunfo pessoal para Lea Maria, mas também um reflexo da conexão genuína que ela estabeleceu com o público brasileiro.

O sucesso da turnê não é apenas medido pelos números de ingressos vendidos, mas pela energia palpável e pela ressonância emocional que Lea Maria estabelece em cada localidade.

Afinal é uma celebração da comédia como um meio de promover compreensão mútua, superar barreiras e fortalecer laços entre as pessoas.

Os Feiticeiros de Waverly Place vai ganhar uma nova temporada com Selena Gomez

Uma das séries mais marcantes do Disney Channel – e responsável por lançar Selena Gomez ao estrelato –, Os Feiticeiros de Waverly Place (2007-2012) vai ganhar uma nova temporada com retorno de parte do elenco original.

A nova versão do programa será um spin-off protagonizado por Justin Russo (David Henrie), irmão mais velho da personagem de Selena (Alex), e já está com o episódio piloto encomendado pela Disney.

As informações foram divulgadas pelo Deadline. Até o momento, Selena está confirmada apenas no primeiro capítulo da história, mas há chances de a artista negociar para participar mais vezes.

Justin será o protagonista da vez!

A série acompanhará a vida adulta de Justin, que optou por deixar seus dias de bruxo para trás. Agora, ele vive uma vida humana como qualquer um, e cuida de sua esposa, que será interpretada por Mimi Gianopulous (Baby Daddy), e seus dois filhos (Alkaio Thiele e mais um ator, que ainda não foi definido).

O mais velho dos Russo, porém, é surpreendido por uma poderosa jovem bruxa (Janice LeAnn Brown) que bate em sua porta em busca de treinamento –e, assim, ele precisa reviver seu passado bruxo para salvar o mundo dos feiticeiros.

O spin-off está nas mãos de Jed Elinoff e Scott Thomas, responsáveis por outra sequência de sucesso do Disney Channel: A Casa da Raven. Ainda não se sabe como será a participação de Selena Gomez, nem mesmo se outros atores como Jennifer Stone (Harper), Jake T. Austin (Max) ou David DeLuise (Jerry) terão espaço na nova atração.

 

 

Veja também:

 

Comédia vampiresca com Leandro Hassum lidera ranking mundial da Netflix

Desafiando todas as barreiras culturais, a comédia brasileira “Meu Cunhado É Um Vampiro” não apenas conquistou o coração do público nacional, mas também do público mundial, alcançando o primeiro lugar entre os filmes mais assistidos na Netflix em língua não inglesa.

De acordo com dados divulgados pela Netflix, o filme atingiu impressionantes 11,4 milhões de horas assistidas em uma única semana, e aparece no top 10 mais assistidos em 27 países, se revelando um verdadeiro fenômeno. A narrativa é cheia de referências à cultura popular brasileira, fazendo com que o espectador se sinta parte desse universo. 

O longa é protagonizado por Leandro Hassum que dá vida a Fernandinho, um pai de família, ex-jogador de futebol e atual comentarista de podcasts. Ele é surpreendido com a visita de Gregório, seu cunhado inconveniente e preguiçoso, que decide ficar hospedado na casa da família por um tempo. 

As reviravoltas começam a acontecer quando Fernandinho descobre que seu cunhado não é apenas folgado, mas um verdadeiro vampiro que traz consigo vários outros vampiros para o Rio de Janeiro. A história segue seu desenvolvimento à medida que Fernandinho decide bolar um plano com a ajuda de dois adolescentes para desmascarar o vampiro. 

Ao liderar o ranking global da Netflix, “Meu Cunhado É Um Vampiro” não apenas se tornou um sucesso de público, mas também um embaixador cultural, levando a essência única do Brasil para lares ao redor do mundo. Seja pelo enredo cativante, pelos personagens inesquecíveis ou pela reviravolta épica, essa comédia conquista não só as horas assistidas, mas também o coração do público.

 

>Veja Também<

30 filmes brasileiros para assistir antes de dizer que o cinema nacional é ruim

Filmes brasileiros que prometem fazer sucesso em 2024

Filmes e séries que estreiam na Netflix em janeiro de 2024

Ex-Casseta & Planeta Hélio de La Peña se apresenta em Goiânia

Goiânia se prepara para receber o humorista Hélio de La Peña no show de humor “Preto de Neve”, no dia 08 de março. O evento acontecerá a partir das 21h00 no Guardians Comedy Club. Os ingressos já estão disponíveis através da plataforma online do Sympla, com valores a partir de R$45,00. 

No stand-up é possível ouvir o humorista contando de forma animada e descontraída sobre sua trajetória no mundo do humor. Hélio compartilha relatos e experiências desde o início de Casseta & Planeta até os dias de hoje. 

Tendo nascido em um subúrbio carioca, Hélio compartilha adversidades como único negro em ambientes elitizados. Com o apelido “Mogli, o menino preto”, o humorista destaca com humor ser o único proprietário negro de um condomínio no Leblon. Em um raro caso de comediante negro autor e ator de um programa de sucesso por 18 anos, ele ironiza sua posição na TV brasileira.

Hélio de La Peña, nome artístico de Hélio Antonio do Couto Filho, é um ator, redator, escritor, roteirista, engenheiro, apresentador e humorista brasileiro. Hélio é bastante conhecido por ser o co-criador do grupo humorístico Casseta & Planeta. O grupo foi líder de audiência na Rede Globo de 1992 a 2010, marcando época no humor brasileiro.

Com diversos quadros e personagens, como Organizações Tabajaras e Casseta & Planeta, Urgente!, que contava com personagens como Ótima Bernardes e Gavião Bueno, o programa era um verdadeiro sucesso da TV brasileira, que arrancou gargalhadas sinceras de seus telespectadores. 

A partir de 2012, cada membro seguiu seu próprio caminho. Foi então que Hélio se aproximou do stand-up, integrou o Coisa de Preto em 2018 e o Comédia em Pé em 2019. Em 2022, começou a testar material nos comedy clubs, moldando seu solo, “Preto de Neve”.

12 Filmes de comédia para você chorar de tanto rir ainda em 2023

Se você acredita que a melhor forma de enfrentar a vida é com um sorriso no rosto, está no lugar certo. Hoje, vamos explorar um universo cinematográfico repleto de gargalhadas, trapalhadas e piadas que vão fazer você se contorcer de tanto rir. Está pronto para rir até não poder mais? Então, ajuste seu assento, pegue a pipoca  e prepare-se para descobrir as pérolas do riso que continuam a brilhar em 2023.

Se você estava em busca de um remédio infalível para espantar o mau humor, certamente encontrou aqui. Afinal, quem diria que uma sessão de risos descontrolados poderia ser a receita perfeita para dias melhores? Lembre-se sempre de que, mesmo nos momentos mais sérios da vida, há espaço para um sorriso travesso e uma boa piada. Esperamos que esses 12 filmes de comédia proporcionem momentos de pura diversão e gargalhadas intermináveis. 

 

>Veja Também<

Os 10 melhores filmes da Netflix em 2023 que valem a pena assistir

Os 10 Melhores Filmes Natalinos

Filmes goianos são destaques na programação de Cinema em Goiânia

Sensação da Netflix faz o diabo perder poderes ao se apaixonar por uma herdeira fria e calculista

“Meu Demônio Favorito” (My Demon), uma série sul-coreana disponível na Netflix, tem se destacado por sua abordagem única e inovadora no gênero dos doramas. A série mescla elementos de fantasia, romance e drama, criando uma trama complexa e envolvente que explora a relação entre o diabo e a CEO de uma empresa.

A narrativa de “Meu Demônio Favorito” é rica em detalhes e complexidade, estendendo-se por séculos e culturas. A série começa sua jornada narrativa na era Joseon, há 200 anos, um período histórico significativo na Coreia, conhecido por suas rígidas estruturas sociais e profundas tradições culturais. Aqui, encontramos Jeong Goo-won (interpretado por Song Kang), um demônio enigmático cuja existência se entrelaça com a dos humanos de uma maneira peculiar e sombria: ele faz contratos com humanos, prometendo-lhes desejo e poder em troca de suas almas após uma década.

Este cenário histórico não é apenas um pano de fundo, mas um elemento crucial que molda a persona e a narrativa de Goo-won. Sua natureza e ações são profundamente influenciadas pelas normas e crenças da era Joseon, o que adiciona uma camada de profundidade ao personagem e à história.

Avançando rapidamente para 2023, a série nos traz para um contexto moderno e vibrante, onde conhecemos Do Do-hee (interpretada por Kim Yoo-jung), uma figura proeminente e CEO da divisão de alimentos e bebidas do Grupo Mirae. Do-hee é uma personagem complexa, retratada como uma líder empresarial competente e independente, cuja vida é subitamente virada de cabeça para baixo quando seu caminho se cruza com o de Goo-won.

O encontro de Do-hee e Goo-won ocorre sob circunstâncias inusitadas – um encontro às cegas que toma um rumo inesperado. Este evento marca o início de uma série de ocorrências sobrenaturais e misteriosas, incluindo a transferência de poderes demoníacos de Goo-won para Do-hee. Esta transferência de poderes é um ponto de virada crucial na série, desencadeando uma cadeia de eventos que desafiam tanto a realidade quanto o sobrenatural.

A trama de “Meu Demônio Favorito” se desenrola explorando como essa transferência inesperada de poderes afeta a vida de Do-hee, a dinâmica entre ela e Goo-won, e as repercussões em suas realidades individuais e coletivas. A série habilmente tece uma narrativa que é ao mesmo tempo fantástica e intimamente humana, explorando temas de amor, poder, sacrifício e a natureza fluida da identidade e do destino.

O que diz a crítica e o público?

A série foi elogiada por sua habilidade em contar uma história complexa e envolvente, destacando-se por personagens ricos e uma direção impecável. A dinâmica entre Do-hee e Gu-won é um ponto central, explorando temas como amor, poder e a complexidade das relações humanas. As performances de Kim Yoo-jung e Song Kang são notáveis, trazendo autenticidade e profundidade aos seus papéis, com uma química palpável entre eles.

O  dorama sul-coreano disponível na Netflix, tem recebido críticas mistas que refletem tanto seus pontos fortes quanto as áreas onde poderia melhorar. A série é uma mistura inovadora de romance, comédia e fantasia, e se destaca por manter um equilíbrio entre o surreal e o cotidiano, uma característica menos comum em outros doramas, atraindo assim uma audiência diversificada.

De acordo com as críticas dos usuários no AdoroCinema, a série recebeu uma média de 3,4 de 9 avaliações. Algumas críticas destacam a série como “perfeita”, elogiando sua mistura de gêneros e a construção de personagens.

Por exemplo, uma usuária menciona que, apesar de não ser fã de doramas, foi cativada pela protagonista de “Meu Demônio Favorito”, descrevendo-a como cativante, complexa, vulnerável, inteligente e forte. Outros usuários destacam o romance e a química entre os personagens principais como pontos altos da série.

Por outro lado, algumas críticas apontam para uma falta de originalidade e uma execução forçada em alguns aspectos da trama, com um usuário mencionando que a série parece ser um dorama típico sem muita inovação e com atuações limitadas.

A crítica no site Flixlândia aponta que “Meu Demônio Favorito” apresenta uma trama intrincada e personagens carismáticos, mas sofre com mudanças tonais abruptas. O primeiro episódio, com 69 minutos, foi criticado por abordar muitos elementos, resultando em uma sensação de complexidade e falta de foco.

Embora os protagonistas sejam cativantes, a história às vezes se perde em subtramas e reviravoltas desnecessárias. A crítica conclui que, apesar do potencial, a série pode ser difícil de acompanhar devido à sua narrativa sobrecarregada e mudanças de tom.

“Meu Demônio Favorito” é uma série que promete algo novo e emocionante para os fãs de doramas, com uma mistura única de gêneros e personagens intrigantes. No entanto, sua execução parece ter dividido a opinião dos espectadores e críticos, com alguns elogiando sua criatividade e outros criticando a falta de coesão na narrativa.

A direção de Kim Jang Han é elogiada por sua habilidade em combinar elementos de fantasia com a realidade cotidiana, criando um equilíbrio que mantém o espectador engajado. O roteiro, escrito por Choi Ah Il, é destacado por seus diálogos inteligentes e uma narrativa coesa.

Comparada a outros doramas populares, “Meu Demônio Favorito” se diferencia por sua mistura de romance, comédia e fantasia. A série mantém um equilíbrio sutil entre o surreal e o cotidiano, o que é menos comum em outros doramas. Essa singularidade atrai uma audiência diversificada, oferecendo algo novo e emocionante até mesmo para os fãs mais experientes do gênero.

Além disso, a série tem impacto cultural significativo, influenciando a moda, a linguagem e as tendências nas redes sociais. A cinematografia e a trilha sonora são destacadas por sua qualidade, com uma mistura harmoniosa de músicas contemporâneas e melodias tradicionais coreanas, criando uma experiência auditiva imersiva. Os efeitos visuais também são um ponto alto, especialmente nas cenas que envolvem elementos sobrenaturais.

Leia também:

História de Luísa Sonza conquista o TOP 1 da Netflix no Brasil

Tempo: suspense de sucesso da Netflix vai te deixar curioso com um misterioso enigma

‘O mundo depois de nós’: Drama psicológico com Julia Roberts é o novo sucesso estrondoso da Netflix

 

Goiânia recebe comediante Igor Guimarães em 2024

O comediante de Stand-Up Comedy, Igor Guimarães, está prestes a agitar as noites de Goiânia  com seu espetáculo solo “Benignismo”. O show, que promete arrancar gargalhadas do público, está marcado para o dia 23 de fevereiro, no Teatro Rio Vermelho, em Goiânia.

Mineiro radicado em São Paulo, Igor Guimarães não apenas se destaca na comédia stand-up, mas também fez parte de programas de televisão de grande visibilidade, como “The Noite com Danilo Gentili”. Com seu humor politicamente incorreto e estilo non-sense, o comediante ganhou notoriedade em programas de rádio e na internet, além de participar de projetos de sucesso como “Pânico na Rádio”, “Pânico na Band” e a série “LOL: Se rir, já era!”, disponível no Amazon Prime.

Além de seu talento na comédia “de cara lavada”, Igor é reconhecido por seus personagens autorais, como Boneco Josias, Advogado Paloma e Índio Ana Jones. A habilidade do comediante em utilizar a música como ferramenta de humor também não passa despercebida, com a faixa “Vem chegando na boate” concorrendo ao prêmio de Música do Ano pela revista Rolling Stone em 2017.

Famoso por seu repertório afiado de piadas, tiradas rápidas e até mesmo por suas músicas humorísticas de sucesso, Igor Guimarães conquistou o Brasil e se tornou uma referência no cenário humorístico nacional. Seu estilo único e voz marcante cativaram o público desde o início de sua carreira em 2009, quando iniciou sua jornada como comediante.

Não perca a oportunidade de vivenciar uma noite repleta de risadas e entretenimento com Igor Guimarães em “Benignismo”. Reserve seus ingressos antecipadamente e prepare-se para uma experiência única de humor e descontração.

Informando o nome completo, contatos e a quantidade desejada de bilhetes, é possível assegurar a participação no evento sem correr o risco de esgotamento.

 

Nova comédia teatral em Goiânia neste fim de semana

No próximo dia 18 de novembro, sábado, às 19h30, o Teatro Carlos Moreira, no Centro de Goiânia, será palco de risadas garantidas com a apresentação da comédia teatral “A Sogra que pedi a Deus”. 

 

A divertida peça, escrita por Wilson Coca e dirigida por Carlos Moreira, promete uma noite repleta de situações engraçadas protagonizadas pelo elenco composto por Carlos Moreira, Taynah Morais e Hugo Benvi.

 

Além disso, uma promoção especial está em vigor: mulheres que levarem suas sogras ganharão o ingresso na hora. Uma oportunidade única para uma noite de diversão e descontração. 

 

Não perca essa chance e garanta já o seu lugar para essa comédia hilariante!

 

Detalhes da Peça “A Sogra que pedi a Deus”

 

Sinopse:

 

Renato e Flávia veem seus planos de viagem para o Caribe frustrados devido a um imprevisto com a secretária de Flávia. Enquanto isso, Dona Zulmira, a sogra, decide se hospedar na casa da filha, desencadeando um duelo cômico com o genro e resultando em situações divertidíssimas.

 

Ficha Técnica:

 

Direção Geral: Carlos Moreira

Produção Geral: Percia Ribeiro

Iluminação e Sonoplastia: Lucas Nassar

 

Data: 18/11, sábado

Horário: 19h30

Local: Teatro Carlos Moreira, Rua 8 (Rua do Lazer), Centro de Goiânia

Valor: R$20,00 + 1 kg de alimento

Ingressos e informações: (62) 991426714

 

Fotos: Divulgação

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

>Veja também<

https://www.curtamais.com.br/goiania/criancas-e-adolescentes-autistas-apresentam-peca-teatral-os-saltimbancos-em-goiania

https://www.curtamais.com.br/goiania/peca-teatral-naquele-dia-estreia-em-goiania

https://www.curtamais.com.br/goiania/teatro-vem-que-tem

https://www.curtamais.com.br/goiania/teatro-sesi-apresenta-sarau-brasil-de-a-a-z-do-projeto-terca-no-teatro

 

Na mira do júri é uma comédia do absurdo que captura a essência da humanidade

Ah, o mundo do cinema! Onde a realidade e a ficção se entrelaçam de maneiras tão inesperadas e engenhosas que nos encontramos constantemente surpresos e encantados. E se você está procurando um novo vício para maratonar neste fim de semana, prepare-se para embarcar em uma jornada cômica de justiça (ou falta dela) com “Na Mira do Júri”.

À primeira vista, pode parecer apenas mais uma série sobre julgamentos e tribunais, aproveitando a crescente onda de interesse em histórias de true crime. No entanto, Lee Eisenberg e Gene Stupnitsky, astutos como são, decidiram virar o jogo. Em vez de um tribunal típico, somos apresentados a um espetáculo, uma farsa onde apenas um homem, Ronald Gladden, é a vítima inocente de uma peça teatral muito bem orquestrada.

Mas antes que você comece a questionar a ética por trás disso, “Na Mira do Júri” é mais do que simples pegadinhas. É um retrato da humanidade. Em meio a toda essa teatralidade, Ronald, o único não ator em meio a um elenco de astros como James Marsden, permanece autêntico. Ele é o espectador comum, a pessoa que todos nós podemos nos tornar se estivéssemos em seu lugar. E é exatamente esse o charme da série.

A fórmula das sitcoms pode ter sido reinventada, mas as emoções são reais. Cada risada, cada momento de confusão, e, sim, cada olhar questionador de Ronald é um testemunho de sua humanidade em meio a um mundo absurdamente hilário.

Mesmo que o cenário seja familiar – lembre-se de “The Office” ou “Parks and Recreation” – o enredo é completamente inovador. Ronald não é apenas o cara normal em meio a um grupo de personagens peculiares; ele é a âncora que nos liga a eles. Ele é o fio condutor que torna essa comédia notavelmente humana.

E enquanto as câmeras rolam e Ronald tenta navegar pelas águas turvas deste julgamento simulado, o elenco brilhantemente improvisa para criar um show que é tanto um mockumentary quanto um experimento social.

Se você gosta de comédia que desafia os limites, mas ainda toca seu coração, “Na Mira do Júri” é uma joia a ser descoberta. Pode ser uma visão distorcida da justiça, mas no final, é uma celebração gloriosa da humanidade em toda a sua estranha e maravilhosa forma.

Então, pule no sofá, pegue a pipoca e prepare-se para rir e refletir com “Na Mira do Júri”. Porque, no final das contas, todos nós somos Ronald em algum momento. E quem sabe? Talvez haja um pequeno ator dentro de todos nós, apenas esperando pelo momento certo para brilhar

Padre Patrick volta a se apresentar em Goiânia

Sucesso nas redes sociais, onde leva diariamente mensagens de fé, de forma bem-humorada e uma inusitada interatividade, com mais de seis milhões de seguidores, sacerdote fala de religião com muita irreverência e características marcantes em suas apresentações, Padre Patrick se apresenta na capital no dia 7 de dezembro, às 19h30, no Teatro Goiânia.

Os ingressos já estão em pré-venda e o público pode fazer a reserva por meio do site Cultura Reservas. Basta informar seu nome completo, contatos e a quantidade de bilhetes que deseja reservar. Dessa forma é possível garantir seu ingresso em primeira mão, sem o risco de que se esgotem. Os valores não foram divulgados.

Sobre o Padre Patrick

Natural de Santo Antônio do Canaã, distrito do município de Santa Teresa (ES), ele atualmente está à frente nas celebrações da Paróquia São Sebastião, localizada na cidade de Parauapebas (PA).

Durante os cinco meses de missas suspensas, devido à pandemia, o padre despretensiosamente encontrou uma aliada na missão de disseminar a fé: a internet. Em suas redes sociais, começou a gravar vídeos e abriu um canal para escutar os fiéis. Hoje, ele tem mais de seis milhões de seguidores.

 pe

 

SERVIÇO:

Padre Patrick em Goiânia

Quando: 7 de dezembro

Onde: Teatro Goiânia

Horário: 19h30

Ingressos: site Cultura Reservas

 

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

 

Duca Pantaleão, da Praça é Nossa, promete fazer o público de rir em Goiânia

O humorista Duca Pantaleão, da Praça É Nossa, volta a Goiânia para uma apresentação, ao lado de Gv Silva, nesta quinta-feira, 21,  na Cerrado Cervejaria, a partir das 21h. Os ingressos podem ser comprados pela plataforma Sympla e custam R$ 20 a meia entrada solidária individual, e R$ 60 a mesa com quatro lugares, além das taxas.

Com duas horas de duração, o artista conta ao público sua história de superação das drogas de forma bem humorada, usando dois microfones.

Além do stand-up, Pantaleão também atua no programa “A Praça é Nossa”, é integrante do “Trio dos Malandros”, juntamente com Raphael Carvalho e Jeferson Farias. Ele é autor de quatro livros infantis publicados: “Consegui publicar meus livros e vou sempre colocando meus projetos em execução. Comecei a viver depois das drogas e estou muito feliz”.

 O evento é produzido pelo Guardians Comedy Club.

Serviço

Show com Duca Pantaleão da Praça é Nossa e Gv Silva

Local: Guardians Comedy Club

Data: 21 de setembro

Abertura da Casa: 20h

Apresentações: a partir das 21h

Endereço: Av. T-3, 2456 – St. Bueno, Goiânia. 

Reservas de mesa:  55 (62) 98235-5089

Ingressos: https://www.sympla.com.br/evento/duca-pantaleao-e-gv-silva/2131549

Murilo Couto traz humor irreverente para Goiânia com o show “Ideias Soltas”

Murilo

Imagem: Reprodução

Os amantes do humor irreverente e da comédia afiada têm um encontro marcado em Goiânia no próximo dia 22 de setembro. O renomado humorista Murilo Couto, conhecido por seu estilo original e verborrágico, traz ao Teatro Goiânia o espetáculo “Ideias Soltas” para uma noite repleta de risadas e diversão.

O show está marcado para às 19h30 e promete ser uma experiência inesquecível para os presentes. Os ingressos já estão à venda na Livraria Leitura do Goiânia Shopping e no site Ingresso Digital, com preços variando entre R$45 e R$120, dependendo do setor escolhido na plateia e do tipo de ingresso (inteira, social ou meia). Além disso, está disponível a opção de ingresso social, que oferece desconto para aqueles que levarem 1 kg de alimento não perecível, a ser entregue na portaria do evento, juntamente com a validação do ingresso.

Murilo Couto é uma das figuras mais marcantes do stand up comedy nacional. Com seu humor descompromissado, ele conquistou o público de todas as idades. Além de suas apresentações nos palcos, Murilo também é conhecido por sua participação no programa “The Noite com Danilo Gentili”, no SBT, e sua aparição no cinema no filme “Exterminadores do Além”.

“Ideias Soltas” é uma oportunidade única para os fãs de comédia desfrutarem de uma noite repleta de risadas e diversão, com um dos maiores nomes do stand up comedy brasileiro. Prepare-se para uma apresentação inconsequente, irresponsável e insolente, que promete arrancar gargalhadas do início ao fim.

 

Serviços:

Murilo Couto em Goiânia

Data: 22/9

Local: Teatro Goiânia (R.23, 252 – St. Central)

Ingressos:(https://www.ingressodigital.com/evento/9486/Murilo_Couto__Ideias_Soltas)

 

Netflix revoluciona o mundo dos contos de fadas com o seccional ‘Em uma Terra Muito Distante… Havia um Crime’. Confira críticas e repercussão

Uma reviravolta vibrante e inesperada nos aguarda em “Em uma Terra Muito Distante… Havia um Crime”, a nova pérola cinematográfica japonesa que aterrissa no catálogo da Netflix. Baseado no mangá de Aito Aoyagi, o filme não apenas reimagina a amada história de Chapeuzinho Vermelho, mas transforma este clássico conto de fadas em um thriller policial vibrante, estrelado pela destemida Kanna Hashimoto.

Chapeuzinho Detetive

A Chapeuzinho Vermelho de Hashimoto é uma detetive independente que trocou o capuz vermelho por um distintivo e uma mente afiada para solucionar crimes. A nossa heroína, numa jornada de autodescobrimento e justiça, cruza o caminho da sonhadora Cinderella, interpretada pela talentosa Yûko Araki, formando uma dupla improvável, mas incrivelmente charmosa, no rastro de um assassinato que abalou o reino.

Baile Fatal

O conto nos leva ao epicentro de um mistério fascinante que se desenrola durante um baile real, onde a diversão dá lugar a um crime hediondo que interrompe abruptamente as festividades. O assassinato do cabeleireiro real deflagra uma investigação instigante onde qualquer um pode ser o culpado, criando um suspense de roer as unhas enquanto desvendamos os segredos mais sombrios dos habitantes deste reino distante.

Um Elenco de Estrelas

Além das brilhantes atuações de Hashimoto e Araki, Takanori Iwata brilha como o Príncipe Gilbert, adicionando uma nova dimensão à trama que flerta com diversos gêneros, de ação a comédia, sob a direção astuta de Yûichi Fukuda.

Recepção Mista, Mas Promissora

A obra, ainda fresca nas plataformas de crítica, apresenta uma recepção mista, mas tendendo ao positivo, com notas promissoras no IMDb e uma calorosa recepção do público no Rotten Tomatoes, demonstrando que há uma afeição crescente pela brincadeira destemida com os contos de fadas que o filme propõe.

Com um enredo engenhoso que brinca habilmente com as expectativas, “Em uma Terra Muito Distante… Havia um Crime” nos apresenta uma jornada que é ao mesmo tempo familiar e surpreendentemente nova, com um olhar moderno e maduro sobre os clássicos que crescemos amando. É uma tapeçaria rica de humor, suspense e fantasia, onde cada detalhe é uma homenagem amorosa aos contos de fadas, com uma pitada de mistério policial para apimentar a trama

Há algo mágico em misturar contos de fadas clássicos com elementos modernos, principalmente quando é adicionado um toque de suspense e mistério no enredo. “Em uma Terra Muito Distante… Havia um Crime” se apropria dessa magia para nos transportar para um mundo onde a Chapeuzinho Vermelho, a emblemática personagem dos contos infantis, se reinventa como uma detetive destemida. Ao lado da Cinderella, vivida pela talentosa Yûko Araki, as duas se embelezam com um toque de magia para um baile inesquecível. Contudo, o que deveria ser uma noite de festa e encantamento é abruptamente interrompida pelo descobrimento de um corpo – o do cabelereiro real Hans, interpretado por Masaki Kaji.

Diante desse cenário aterrorizante, Chapeuzinho, encarnada por Kanna Hashimoto, precisa desvendar o enigma que ronda esse crime brutal que tem como pano de fundo a família real, e onde todos são suspeitos, até mesmo o galante Príncipe Gilbert, vivido por Takanori Iwata.

O filme, guiado pela hábil direção de Yûichi Fukuda, conhecido pelos seus trabalhos anteriores como Gintama e Yūsha Yoshihiko, promete levar o espectador por caminhos inesperados, oscilando entre o humor, o suspense e a ação em uma dança frenética e envolvente que desafia nossas expectativas a cada cena. Com um elenco secundário riquíssimo, que inclui nomes como Midoriko Kimura e Jiro Sato, o longa tece uma tapeçaria rica em detalhes e nuances, brindando o público com performances memoráveis e personagens multifacetados.

Repercussão na Crítica

Embora esteja ainda em seus primeiros dias de lançamento, o filme vem angariando críticas que destacam seu caráter divertido e paródico, alcançando uma aprovação de 71% no Rotten Tomatoes e uma nota 5.2 no IMDb. Lori C., usuária da plataforma Rotten Tomatoes, salienta que, apesar de longo, o filme proporciona muitos momentos de riso e diversão. A análise do portal Filmzzine vai além, apontando para a habilidade do filme em capturar a atenção do espectador com um enredo de suspense bem construído e refletindo sobre padrões de beleza na sociedade, fazendo uma ponte com a cultura asiática que, muitas vezes, valoriza a aparência em detrimento de outras qualidades.

Ao revisitar personagens tão queridos de nossa infância e inseri-los em uma trama contemporânea carregada de suspense, ação e fantasia, “Em uma Terra Muito Distante… Havia um Crime” promete não apenas reacender a chama da nostalgia, mas também proporcionar uma experiência cinematográfica fresca e inovadora. Portanto, prepare a pipoca e reserve seu lugar no sofá, porque esse filme é um convite ao encantamento e à aventura em uma terra de magia, mistério e reviravoltas surpreendentes.