Goiás tem 30.770 vagas abertas de cursos profissionalizantes gratuitos

O Colégio Tecnológico do Estado de Goiás (Cotec) anunciou a abertura de inscrições para o primeiro semestre de 2024, disponibilizando 30.770 vagas em cursos profissionalizantes gratuitos. A iniciativa abrange uma gama de mais de 800 cursos, distribuídos por 17 unidades da instituição, visando atender a um diversificado perfil de alunos, incluindo aqueles com 16 anos ou mais e que possuem, no mínimo, o ensino fundamental incompleto.

A oferta formativa do Cotec abrange uma vasta gama de áreas, incluindo cursos como salgadeiro, cuidador de idosos, massagista, maquiagem profissional, mídias digitais, auxiliar em gestão da agricultura, enfermagem em diferentes níveis de complexidade e projetista de ações em segurança do trabalho. Essa diversidade visa atender às necessidades do mercado de trabalho, preparando profissionais qualificados para diversos setores.

Para realizar as inscrições, os interessados podem acessar o site oficial do Cotec [https://cotec.org.br/cursos/editais] até o dia 18 de junho, ou efetuá-las presencialmente na unidade do Cotec de sua escolha. Todos os cursos são oferecidos de forma presencial, com opções de horários nos turnos matutino, vespertino e noturno.

Os cursos oferecidos variam em duração. Aqueles de curta duração, com carga horária entre 40 e 80 horas, abrangem áreas como informática, beleza, administração e culinária, com inscrições abertas até 18 de junho. Já os cursos de média duração, com carga horária entre 160 e 360 horas, são voltados para um aprofundamento em setores específicos da área da saúde, e as inscrições se encerram em 14 de maio.

César Moura, secretário de estado da Retomada, destacou a importância dos cursos oferecidos pelo Cotec, enfatizando seu papel na transformação de vidas através da capacitação profissional, que possibilita aos indivíduos a obtenção de emprego ou o empreendimento na área de formação.

Os Cotecs, uma iniciativa do Governo de Goiás, são administrados pela Secretaria da Retomada em convênio com o Centro de Educação, Trabalho e Tecnologia (Cett) da Universidade Federal de Goiás. As unidades estão localizadas em diversas cidades de Goiás, incluindo Goiânia, Anápolis, Caiapônia, Catalão, entre outras.

Serviço:

Assunto: Inscrições para cursos gratuitos do Cotec

Prazos:

  • Cursos de curta duração: até 18 de junho
  • Cursos de média duração: até 14 de maio

Leia também:

Rodrigo Alves deixa Bonde do Forró e grava DVD solo em Anápolis

Cidade goiana encantadora e acolhedora já se chamou ‘Barranca’

Cidade goiana com título de princesa já se chamou ‘Calção de Couro’

Conheça os dois projetos educacionais de Goiás que ganharam o prêmio máximo no Brasil

A educação em Goiás se destacou em todo o Brasil em 2023! Isso porque duas iniciativas inéditas, do governo do estado, ganharam visibilidade pela conquista dos 1º e 2º lugares na premiação nacional de Boas Práticas 2023, promovido pelo Consórcio Brasil Central.

O primeiro lugar ficou com o programa Estudantes de Atitude, realizado pela Controladoria-Geral do Estado (CGE) em parceria com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc/GO).

Já o segundo lugar foi concedido ao projeto Hackathon Low Code, uma iniciativa da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Seduc e do Centro de Excelência em Inteligência Artificial da Universidade Federal de Goiás (Ceia/UFG) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae Goiás).

A cerimônia de premiação será realizada no dia 23 de janeiro, em Brasília, quando o primeiro lugar geral receberá o prêmio de R$ 30 mil e os primeiros lugares de cada categoria, R$ 20 mil. Os demais selecionados ganharão certificado de participação.

Recorde de projetos

Dos 139 inscritos nesta edição, Goiás foi o recordista em participação, com o envio de 31 projetos. O prêmio é dividido nas categorias Desenvolvimento Econômico e Social, Educação, Gestão Pública e Inovação, Saúde Pública, Segurança Pública, Infraestrutura e Logística.

Criada em 2021, a iniciativa se propõe a reconhecer e divulgar experiências inovadoras que inspirem ouras iniciativas que possam apresentar soluções aos desafios enfrentados pelo serviço público.

O Consórcio Brasil Central, responsável pela realização do prêmio, é formado por sete unidades federativas e incluem o Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Tocantins.

Programas Premiados

Estudantes de Atitude – O programa foi lançado em 2019 com o intuito de promover ações transformadoras no contexto escolar que estimulem o protagonismo, o voluntariado, a participação social, a formação ética e moral e ainda a transparência e a prevenção da corrupção no âmbito da rede estadual de ensino. Na primeira edição, em 2019, participaram apenas 105 unidades escolares. Já em 2023 foram 780 instituições de ensino com um alcance de quase 40 mil estudantes de 219 municípios.

Hackathon Low Code – Iniciado em 2021 com objetivo de desenvolver competências do pensamento computacional e habilidades de programação e empreendedorismo entre os alunos das Escolas do Futuro e da rede pública estadual na faixa etária de 9 a 20 anos.

A meta do programa é preparar os estudantes para os desafios lançados pelo mundo do trabalho na área de Tecnologia da Informação (TI). A iniciativa é direcionada às crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social, incluindo as populações indígenas e quilombolas da rede regular e integral.

As ações educativas incluem cursos presenciais e à distância, bootcamps imersivos, hackathon de programação Low Code e replicação desses conhecimentos na comunidade escolar.

Investimentos

As duas premiações são resultado de alto investimento do Governo de Goiás na educação estadual. Desde 2019, mais de R$ 6,5 bilhões já foram investidos para modernizar as unidades escolares e melhorar o aprendizado dos estudantes.

De forma inédita foi criado o programa de distribuição de uniformes (calças, camisetas, bermudas, tênis, mochilas e meias) para todos os estudantes da rede, garantindo igualdade a todos.

Foi feita ainda entrega de materiais escolares (kits com cadernos, lápis, canetas, borrachas, réguas e calculadoras) para os mais de 500 mil estudantes. Os alunos da 3ª série do Ensino Médio e do 9º do Ensino Fundamental passaram a receber também chromebooks para uso pessoal e didático.

Todas as escolas estaduais foram reformadas e equipadas com materiais de uso coletivo, além de internet de alta velocidade. A evasão escolar caiu vertiginosamente após a criação do programa Bolsa Estudo, incialmente direcionado ao Ensino Médio e que, agora em 2024, será ampliado para o 9º do Ensino Fundamental.

 

*Agência Cora

Veja também:

Escola de Arte em Goiânia está com 35 vagas para cursos gratuitos para crianças

A Escola do Futuro do Estado de Goiás em Artes Basileu França está com as inscrições abertas, até 21 de janeiro, para o preenchimento de 35 vagas destinadas a crianças de 5 e 6 anos e que serão definidas por sorteio.

Os cursos são na área de Arte-Educação, modalidade presencial, nas turmas Mobile da Imaginação I e Novelo das Artes I.

A definição por sorteio será realizada no dia 2 de fevereiro. A categoria de Iniciação Artística ocorrerá pelo site de Sorteios online: https://sorteador.com.br/sorteio-de-nomes, e o resultado parcial do sorteio será divulgado no dia 7 de fevereiro nos sites: efg.org.br/editais e https://basileufranca.com.br/editais-2023- 2/.

Turmas

Serão formadas duas turmas no matutino e duas turmas no vespertino. No Móbile da Imaginação as crianças terão aulas de artes visuais, música e circo, já as turmas Novelo das Artes terão aulas de artes visuais, dança e teatro.

A EFG em Artes Basileu França é uma unidade pertencente à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI) e, por meio de convênio, é gerida pela Universidade Federal de Goiás, por meio do Centro de Educação, Trabalho e Tecnologia (CETT/UFG).

 

Veja também:

Matrículas 2024 na Rede Pública de Ensino de Goiás estão com as inscrições abertas

Governo de Goiás, através da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), inicia o período de matrículas para o ano letivo de 2024 nesta segunda-feira, 13 de novembro. As vagas são para os anos finais do ensino fundamental (6º ao 9º ano), ensino médio (1ª a 3ª série) e para a Educação de Jovens e Adultos (EJA), distribuídas entre as 998 instituições públicas estaduais de ensino.

As inscrições devem ser feitas online no site matricula.go.gov.br. No ato da inscrição, o candidato deve fornecer informações pessoais como nome completo, data de nascimento, CPF, endereço e telefone para contato. Além disso, é necessário informar a etapa de ensino, a série, o turno e até três opções de escola nas quais o aluno deseja se matricular.

Após a solicitação, o sistema fará a alocação com base nas indicações do candidato e no número de vagas em cada unidade escolar. O resultado estará disponível a partir do dia 11 de dezembro. A partir dessa data, o aluno deverá voltar ao mesmo site para verificar o nome da escola na qual a vaga foi disponibilizada e, na sequência, comparecer à unidade portando os documentos pessoais (do estudante e do responsável), comprovantes de endereço e de escolaridade.

Pela primeira vez, será necessário apresentar também o certificado de vacinação, emitido por uma unidade de saúde. O prazo para confirmação e efetivação da matrícula termina no dia 15 de dezembro.

Para os alunos já matriculados na rede estadual, a renovação de matrícula será feita de forma automática e deverá ser confirmada por meio do Termo de Renovação assinado pelos pais e/ou responsáveis. Caso o aluno não tenha interesse em permanecer na unidade em que estuda, será necessário solicitar a Transferência por Interesse Próprio (TIP) até o dia 03 de dezembro

Estudantes goianos de escola pública estão na final do campeonato brasileiro de robótica

Alunos da Escola do Futuro de Goiás (EFG) Luiz Rassi, em Aparecida de Goiânia, se classificaram para a etapa nacional do FIRA Brasil, o maior evento de robótica do país, e vão disputar a final do torneio em novembro, no Ceará. A equipe, vinculada ao Núcleo de Robótica da EFG, conquistou o 3º lugar na modalidade Cliff Hanger U19, de 15 a 19 anos, na qual robôs de pesos iguais tentam empurrar o oponente para fora da arena, enquanto desviam de obstáculos.

O grupo chamado de Rassiliano é composto por quatro integrantes: Eloá Oliveira, Geovanna Viana, Danielly Khalil e Cauã Rodrigues, que agora vão em busca da classificação para o torneio mundial. Por isso, na competição estadual ocorrida na sexta-feira (29/09), a medalha de bronze foi muito comemorada. Geovanna frisou que “competir e aprimorar o conhecimento foi incrível”. Já Eloá destacou a importância do evento para o aprimoramento do aprendizado. “Queremos ampliar a robótica não só por robôs de competição, mas também na inclusão e automação”, explicou.

O robô usado na etapa estadual foi feito na EFG e, para a final nacional, a equipe já planeja modificações. Se classificados para a etapa mundial, o FIRA RoboWorld Cup and Summit 2024, a turma competirá no Brasil, em São Luís, Maranhão, em agosto do ano que vem. Segundo o coordenador de Serviços Tecnológicos e Apoio à Inovação (STAI) da escola, Vítor Vinícius Gomes Cerqueira, os alunos estão fazendo o levantamento dos materiais para os próximos robôs, com foco na etapa nacional. “Os oponentes [da etapa regional] estavam muito preparados e a equipe agora, mais experiente, está muito animada para a nacional”, apontou.

As EFGs são ligadas à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e geridas pelo Centro de Educação, Trabalho e Tecnologia (CETT) da Universidade Federal de Goiás (UFG). Elas oferecem cursos técnicos de curta duração tanto em robótica quanto em outras áreas da tecnologia.

 

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Foto: Secti

Goiana lança livro que explora os novos estilos de bibliotecas do século XXI

A professora Olira Saraiva Rodrigues, do Programa de Pós-Graduação em Educação, Linguagem e Tecnologias da Universidade Estadual de Goiás (Ielt|UEG), lançou um livro chamado “Multithecas: bookstands to instants”. Neste livro, ela fala sobre como as bibliotecas estão mudando no século XXI devido às novas tecnologias e mídias.

A obra discute como as bibliotecas estão se adaptando à constante evolução da sociedade, especialmente por causa das novas formas de mídia. A professora destaca que o livro revela mudanças significativas nas noções tradicionais de posse e guarda de informações, que agora estão se transformando em ideias de acesso e compartilhamento.

O termo “Multithecas” é usado para descrever espaços, tanto físicos quanto digitais, que abrigam diversas coleções interconectadas, proporcionando experiências interativas e múltiplas formas de acesso ao conhecimento.

“Multithecas: bookstands to instants” contribui para as discussões sobre as mudanças nas bibliotecas e convida os leitores a explorarem as ideias apresentadas no livro. A autora espera que os leitores se deixem envolver pela linguagem cativante do livro e que sejam leitores atentos, sensíveis e críticos.

Basta clicar AQUI e acessar o livro.

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Foto de Capa:  Divulgação

Colégios Militares de Goiás abrem mais de 9 mil vagas para novos alunos

Os Colégios Militares de Goiás estão abrindo suas portas para mais de 9 mil novos alunos, e você não vai querer perder essa oportunidade! As inscrições começam no dia 2 de outubro e vão até às 18h do dia 31 de outubro. São 9.501 vagas disponíveis em 76 colégios militares em todo o estado.

Para se inscrever, basta acessar o portal do Comando de Ensino da Polícia Militar de Goiás pela internet. Lembre-se de que cada candidato pode fazer apenas uma inscrição e escolher um único colégio.

O sorteio das vagas será realizado de forma digital, entre os dias 6 e 10 de novembro, por meio de transmissões ao vivo no Canal do Comando de Ensino no Youtube. É uma chance incrível para garantir uma educação de qualidade em um ambiente disciplinado e dedicado ao aprendizado.

Se você for um dos sorteados, as matrículas estarão abertas entre os dias 11 e 22 de dezembro. Além disso, haverá também o sorteio de alunos para o cadastro de reserva, que poderá preencher vagas que eventualmente surjam após o período de matrículas.

Para obter informações detalhadas sobre os colégios, datas de sorteio e quantidade de vagas disponíveis em cada série, consulte o edital do processo seletivo no site do Comando de Ensino da Polícia Militar de Goiás. Esta é uma oportunidade imperdível para estudantes em busca de uma educação de excelência em um ambiente militar.

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Foto de Capa:  Divulgação

Essas são as 10 cidades goianas com maior nível em sustentabilidade no estado

Um estudo analisou quais são os municípios de Goiás que mais estão comprometidos com um crescimento sustentável, visando melhorar a qualidade de vida de seus habitantes.

O Instituto Cidades Sustentáveis, que busca alcançar as metas estabelecidas pelas Nações Unidas (ONU), identificou os 10 municípios que se destacam nesse aspecto e que possuem características semelhantes.

O estudo utiliza 100 indicadores relacionados aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), abordando áreas como saúde, educação, renda, moradia, igualdade de gênero e infraestrutura.

No estado de Goiás, os municípios de destaque estão predominantemente nas regiões Sul e Centro, embora alguns também estejam nas regiões Oeste e Norte. No entanto, todos os municípios da lista estão classificados no nível de desenvolvimento médio, pontuando entre 50 e 59 em um total de 100.

 

No topo da lista está São João da Paraúna, com uma pontuação de 58,44. Em sequência, aparecem Edéia (58,1), Caçu (56,66), Goiânia (56,5) e Corumbaíba (56,12). As outras cidades que ocupam o restante do ranking da lista inclui Itapuranga (56,11), Britânia (55,81), São Luís de Montes Belos (55,46), Mara Rosa (55,41) e Quirinópolis (55,17).

Essas cidades de Goiás se destacam especialmente nos ODS relacionados a proporcionar saúde de qualidade, acesso a água potável e saneamento, utilização de energias renováveis, fomento à indústria, inovação e infraestruturas sustentáveis, além de promover práticas de produção e consumo sustentáveis.

No entanto, elas também compartilham desafios semelhantes, visto que apresentam índices baixos no que diz respeito à eliminação da pobreza e da fome, promoção da igualdade de gênero e estabelecimento de parcerias para atingir os objetivos estabelecidos.

 

Foto/ Marcos Aleotti

 

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

 

Colégio fundado por freiras francesas é sinônimo de educação e tradição em Goiânia

O Colégio Externato São José é uma instituição de ensino confessional vinculado à Congregação das Irmãs Dominicanas de Nossa Senhora do Rosário de Monteils, a comunidade educativa busca por meio da evangelização proporcionar uma educação libertadora e inclusiva. A missão do colégio é lutar pela justiça e pela paz, enfrentando as questões sociais e vitais que afetam os homens e mulheres de hoje. Oferecendo turmas desde a Educação Infantil, acolhendo crianças a partir de 1 ano, até o Ensino Fundamental para jovens de 6 a 14/15 anos. A essência do “jeito dominicano de ser” é o acolhimento. Neste momento, destacam-se os compromissos com a evangelização, responsabilidade social em relação à comunidade, além de seguir as orientações do governo provincial e da proposta pedagógica e projeto pastoral. O objetivo constante é oferecer uma educação de qualidade, valorizando diversos aspectos do conhecimento, como o filosófico, científico, tecnológico, artístico e cultural. Buscamos a formação integral dos educandos, desenvolvendo e cultivando valores sociais, morais, políticos e religiosos, baseados nos princípios do humanismo cristão. Com essa visão, o Externato São José contribui para a construção de cidadãos responsáveis, críticos, éticos e capazes de transformar positivamente a realidade em que vivem.

colégio

História :

O Colégio Externato São José, localizado no Setor Oeste, é uma instituição de ensino confessional católico com raízes profundas na história da Igreja. Fundada na França em 1850 por Madre Anastasie, uma visionária que tinha como propósito educar crianças, alfabetizá-las e cuidar dos doentes. A trajetória desse colégio está intrinsecamente ligada à sua pertença a essa congregação e ao legado de São Domingos, bem como à inspiração das opções eclesiais da Igreja na América Latina. Em sintonia com o pensamento da sua fundadora, Madre Anastasie, a escola sempre buscou incansavelmente a Verdade por meio de uma evangelização pautada por uma educação libertadora e inclusiva. O contexto de evangelização e a história da Igreja são elementos que deram origem e moldaram o Colégio Externato São José ao longo dos anos, tornando-o uma instituição de referência em educação em Goiânia, onde, por meio de uma abordagem pedagógica fundamentada em valores cristãos, forma cidadãos críticos, responsáveis e comprometidos com a sociedade em que vivem.

A Câmara Municipal de Goiânia prestou uma significativa homenagem ao colégio, concedendo-lhe um certificado de Honra ao Mérito, em reconhecimento à sua notável contribuição na área da Educação e Ação Social na cidade. Ao longo de 68 anos de história em Goiânia, a escolaconsolidou-se como uma escola de tradição histórica, reconhecida em toda a região metropolitana por seu ensino de excelência, pela promoção do desenvolvimento de habilidades e pela formação de valores humanos. Atualmente, a Escola acolhe aproximadamente 1.300 alunos, muitos dos quais são filhos de ex-alunos, demonstrando o impacto ao longo das gerações. O Colégio Externato São José continua trabalhando com valores essenciais e desenvolvendo competências que contribuem significativamente para o progresso não apenas da capital, mas também do Estado de Goiás. 

externato

Cidade goiana de clima agradável é charmosa e muito acolhedora

Você já ouviu falar da charmosa cidade de Bom Jesus de Goiás? Localizada a 218 km de Goiânia, essa cidade goiana possui um clima agradável e é conhecida por sua hospitalidade. Quer saber mais sobre esse lugar encantador? Continue lendo!

Sudeco promove Diálogo para o Desenvolvimento em Bom Jesus de Goiás —  Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste

A história de Bom Jesus de Goiás remonta ao ano de 1925, quando D. Carolina Vieira da Mota doou uma área de terras para a construção de um patrimônio em homenagem ao Senhor Bom Jesus. No mesmo ano, os habitantes da região construíram uma igrejinha coberta de palha e, a partir de 1927, começaram a surgir as primeiras construções ao redor dela, dando início ao Povoado de Bom Jesus.

Em 1953, o distrito foi oficialmente criado pela Lei Municipal nº 56. Desde então, Bom Jesus de Goiás vem crescendo e se desenvolvendo. Atualmente, conta com uma população de 15.388 habitantes e está localizada às margens da BR-452.

A economia do município é baseada principalmente na atividade agropecuária. Na agricultura, destaca-se a produção de soja, arroz, milho, algodão, sorgo e feijão. Aliás, Bom Jesus é reconhecida como a “Capital Goiana da Soja”, liderando a produção do estado por três anos consecutivos.

Além disso, a cidade realiza festas populares e religiosas importantes ao longo do ano. A Exposição Agropecuária em julho, as comemorações ao dia de São Sebastião em maio e o Senhor Bom Jesus em agosto são eventos que atraem moradores e visitantes de toda a região.

Bom Jesus de Goiás também valoriza a educação, contando com 16 estabelecimentos de ensino, entre municipais e estaduais. Além disso, possui uma Destilaria de Álcool e pequenas indústrias domésticas.

Se você está em busca de um lugar charmoso, acolhedor e com um clima agradável, Bom Jesus de Goiás é o destino perfeito. Com sua rica história, população hospitaleira e belas paisagens, essa cidade goiana encanta quem a visita. Não deixe de conhecer todas as maravilhas que Bom Jesus tem a oferecer!

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Foto de Capa: Prefeitura de Bom Jesus de Goiás

Exposição gratuita de ‘Insetos Gigantes’ encanta e educa em Goiânia

O Passeio das Águas Shopping está oferecendo uma exposição encantadora e educativa sobre os habitantes da natureza, proporcionando diversão e interatividade para os visitantes. A exposição Natureza Gigante é uma oportunidade imperdível para as férias e estará disponível até o dia 30 de julho, em frente à loja Renner e a Novo Mundo. Prepare-se para se encantar com insetos gigantes em pleno movimento, acompanhados de curiosidades sobre ecologia, biodiversidade e os seus habitantes “pequenos”. Essa exposição interativa é uma excelente opção para uma atividade extracurricular enriquecedora, com entrada gratuita.

Na atração de férias, crianças e adultos podem interagir com os animais, tirar fotos, compartilhar nas redes sociais e observar de perto os detalhes das asas, texturas, olhos, patas e até mesmo ferrões. A exposição proporciona uma abordagem lúdica e envolvente sobre a importância dos insetos em todos os seus aspectos. São nove artrópodes animatrônicos, incluindo um predador, além de atividades interativas que transportarão as pessoas para um mundo onde a natureza ganha vida de maneira surpreendente.

A exposição também oferece placas informativas sobre cada espécie, detalhando suas características únicas e destacando os benefícios que esses animais proporcionam aos seres humanos. Esses insetos desempenham papéis fundamentais, desde a produção de alimentos até o aprimoramento do solo por meio da decomposição de materiais, além de auxiliarem na polinização das plantas e na dispersão de sementes. Alguns insetos também são utilizados no controle de pragas e têm compostos que são até mesmo empregados na fabricação de medicamentos.

A exposição Natureza Gigante apresenta uma variedade de insetos fascinantes, como abelhas, lagartas, borboletas azuis, formigas, libélulas, aranhas, cigarras e gafanhotos. Além disso, traz novidades emocionantes, como uma oficina interativa com temática da exposição, um display interativo e uma tela touch-screen repleta de curiosidades sobre a vida dos insetos na natureza. Também haverá a incrível árvore falante, que contará histórias cativantes para as crianças.

Morre o fundador do Colégio WR

William da Silva Guimarães, co-fundador do prestigiado Colégio WR em Goiás, faleceu neste domingo, dia 25. A notícia foi divulgada pela própria instituição através de suas redes sociais.

Em 1994, na cidade de Goiânia, William e seu irmão Rubens Guimarães, carinhosamente conhecido como “Rubão”, uniram-se para fundar o colégio que leva suas iniciais. Além de seu papel fundamental na educação básica, William também era um respeitado professor universitário. Ele contribuiu para a formação de inúmeros engenheiros civis na Universidade Federal de Goiás (UFG), ministrando a disciplina de Mecânica.

A perda de William causou uma onda de comoção nas redes sociais, onde centenas de ex-alunos e colegas expressaram seu luto. “Fui aluna do William na 1ª turma do WR, excelente professor”, comentou uma ex-aluna. Outro depoimento realçou sua qualidade humana: “Ele foi um dos melhores seres humanos que conheci”. Ainda, um terceiro escreveu, “uma referência que levarei para toda a minha vida”.

Detalhes sobre a causa do falecimento de William e informações a respeito do velório ainda não foram divulgados. Assim que obtivermos mais informações, nós as compartilharemos.

Rio Verde: cidade goiana tem destaque nacional no agronegócio e grandes atrativos naturais

Rio Verde é uma cidade que, além de ser referência em agricultura, possui muita história para contar. Com construções tombadas e museus, o município é palco de importantes episódios da história do estado de Goiás. Além disso, é destaque na educação, com um grande número de universitários e alta taxa de alfabetização. E, claro, não podemos esquecer do agronegócio, que faz de Rio Verde um pólo nacional do setor.

Nessa semana, o Presidente Lula marcará presença em Rio Verde para a inauguração da Ferrovia Norte-Sul e possivelmente no Anel Viário de Jataí. Sem dúvida, essa será uma ocasião histórica para o estado e para o país.

A Ferrovia Norte-Sul é uma das obras de infraestrutura mais importantes do Brasil, pois liga o Porto de Itaqui, no Maranhão, ao Porto de Santos, em São Paulo. Isso significa que o transporte de carga será mais rápido e eficiente, o que pode impulsionar o desenvolvimento econômico de diversas regiões do país. A inauguração dessa ferrovia é um marco para a história brasileira.

Lula em Goiás: presidente inaugura modal da ferrovia-norte sul

Ferrovia Norte-Sul. Foto: Divulgação

Desde a década de 1970, Rio Verde vem se destacando na agricultura. A cidade é especialista em lavoura de soja, mas também se destaca nas culturas de milho, algodão, sorgo, girassol e cana-de-açúcar. Em 2009, foi considerada pelo IBGE como o município mais rico em produção agropecuária do Brasil. E em 2022, foi eleita a melhor cidade para o agronegócio. Todos os anos, a cidade recebe importantes feiras do setor que atraem compradores e expositores de todo o país.

Mas Rio Verde não é só agronegócio. A cidade possui construções tombadas e museus que contam importantes histórias do estado de Goiás. Alguns casarões já serviram de abrigo para combatentes da revolução de 1930. E para quem gosta de curiosidades, Rio Verde foi a primeira cidade a ter água encanada em Goiás e possui um dos aeroportos mais antigos do estado.

Além disso, Rio Verde é um destaque na educação. Desde 2001, o número de universitários cresceu 4 vezes. E a taxa de alfabetização do município é de 95%, garantindo o destaque na região.

Foto: Prefeitura Municipal de Rio Verde

Já as abóboras, são um verdadeiro símbolo de Rio Verde, tanto que a cidade quase teve esse nome, de verdade. Era para se chamar Rio Verde das Abóboras. O nome surgiu em 1870, quando cerca de 3 mil combatentes voltavam da Guerra do Paraguai e pararam na região para descansar. Como não havia comida para todos, o grupo aproveitou a grande quantidade de abóboras na região para matar a fome. Com isso, os soldados denominaram o lugar como Arraial das Abóboras.

O fruto típico é abundante na região e foi alimento dos primeiros moradores locais. Anualmente a cidade é toda decorada com abóboras gigantes para os festejos juninos.

Educação Infantil: Abóboras contam a história de Rio Verde - Prefeitura  Municipal de Rio Verde

Foto: Prefeitura Municipal de Rio Verde

E sobre os sinos de igreja digitas? Um dos cartões postais de Rio Verde, é a Igreja São Sebastião. A construção da igreja se iniciou em 1907, mas somente 40 anos depois ela ganhou as torres, com os sinos. O mais curioso é que hoje em dia os sinos da igreja são digitais. O som dos deles é acionado por meio de um dispositivo eletrônico. Vale a pena conhecer!

05ff0482d29fa2525fbc6d44a56f9854.jpg

Foto: @euamorioverdego

Quer saber mais curiosidades sobre a cidade?

Em Rio Verde, a loja Havan optou por não instalar sua tradicional estátua. Adivinha por que? Em frente a loja fica um dos pontos mais famosos da cidade: o Cristo Redentor. Então a Havan resolveu adotar a estátua que já estava no local. Bem mais brasileiro, não acha?

22ecda85acc939c8a12e0d9530f64d11.jpg

Foto: Thiago Berriel

O Palácio da Intendência de Rio Verde tem muita história em suas paredes. Já foi até mesmo uma cadeia pública que chegou a prender Pedro Ludovico, nos anos 1930.

As cachoeiras do Complexo Ouroana são para quem é amante do turismo de aventura, Rio Verde oferece um completo inteiro, com várias cachoeiras, hotéis fazenda e campings. Nos locais, é possível fazer rapel, passeio com cavalos e muito mais!

Foto: Prefeitura Municipal de Rio Verde

 

Bora conhecer essa cidade tão rica de Goiás? Lá, inclusive, tem aeroporto operando normalmente para quem quiser aterrissar na famosa Rio Verde.

 

Leia Também

10 motivos para você se apaixonar por Rio Verde, cidade pólo do agronegócio goiano

Rio Verde se consagra como a melhor cidade para o Agronegócio em 2022

Conheça Rio Verde, a cidade das abóboras gigantes e da agropecuária em Goiás

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Foto de Capa: Thiago Berriel

 

 

 

Planetário de Goiânia reabre para o público

O Planetário de Goiânia está de volta com sessões abertas ao público a partir do dia 15 de junho. Se você é apaixonado pelo espaço e quer aprender mais sobre o céu de Goiânia e o Sistema Solar, essa é a sua chance. Confira todas as informações sobre horários, ingressos e descontos.

As sessões acontecem todas as quintas-feiras às 19:30 horas e a primeira apresentação será sobre o céu de Goiânia e o Sistema Solar. Os ingressos são vendidos exclusivamente na bilheteria do planetário da UFG, uma hora antes da apresentação. Os valores são R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia) e só é aceito pagamento em dinheiro.

O planetário oferece meia entrada para professores de todos os níveis de ensino, crianças de 3 a 6 anos e para todos os casos descritos na Lei nº 12.933, de 26 de dezembro de 2013: estudantes, idosos, pessoas com deficiência e jovens de 15 a 29 anos comprovadamente carentes.

A entrada é liberada para todas as idades, mas é importante ressaltar que crianças muito pequenas podem se assustar com o som alto ou o ambiente escuro das apresentações. Os ingressos são limitados devido à capacidade máxima do local, que possui apenas 120 lugares.

A sala de projeções é climatizada com temperatura em torno de 20 graus, garantindo conforto durante todo o tempo da apresentação. É importante lembrar que não é permitido alimentação dentro da cúpula durante a sessão.

 

Para mais informações, basta ligar na secretaria do Planetário (62) 3225-8085.

 

O Planetário

Apresentação de sessão

O Planetário da UFG é um dos mais importantes do Brasil. Ele conta com a orientação de professores mestres e doutores do Instituto de Estudos Socioambientais (IESA) da UFG, que desenvolvem atividades voltadas para estudantes, professores e toda a comunidade interessada em aprender sobre astronomia. Além disso, o planetário possui o projetor Zeiss Spacemaster, que é o mais antigo em funcionamento no país e o terceiro a ser inaugurado no Brasil.

Com essa tecnologia avançada, os visitantes podem vivenciar experiências incríveis, como simulações do céu noturno em diferentes épocas do ano, viagens intergalácticas e observação de constelações. As atividades são realizadas por meio de projeções na cúpula do planetário, que reproduzem imagens em alta definição.

É importante ressaltar que o Planetário da UFG não é apenas um espaço turístico. Ele tem um papel fundamental na educação e na popularização da ciência para toda a sociedade. Por isso, muitos planetários fixos e móveis no Brasil são filiados à Associação Brasileira de Planetários (ABP), que tem sede no próprio Planetário da UFG.

No site do Plantário você pode fazer uma visitação 360º também, eé muito legal!

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Foto de Capa: Divulgação