EUA renova regra que dispensa entrevistas consulares para vistos em 2024

O governo dos Estados Unidos renovou a regra que permite que consulados e embaixadas dispensem a realização de entrevista presencial para a emissão ou renovação de certos tipos de vistos. A regra, publicada no final de dezembro pelo Departamento de Estado americano, vale até o final de 2024.

O principal objetivo da medida, que vem sendo adotada desde a pandemia, é reduzir a fila de espera nos postos consulares ao redor do mundo, em razão da crescente demanda por vistos americanos.

Em 2024, detentores de um visto americano não imigratório, ou seja, aquele que não concede a residência permanente, poderão renová-lo sem realizar a entrevista consular, contanto que o documento não tenha vencido há mais de 48 meses. A regra se aplica, por exemplo, ao visto de turismo e negócios (B1/B2), que corresponde a mais de 90% das emissões para brasileiros.

Visto de primeira viagem para os Estados Unidos

Nos casos de solicitação de um visto novo, o solicitante também poderá ser dispensado da entrevista presencial caso já tenha recebido anteriormente um visto imigratório dos Estados Unidos que não o B1/B2 e esse visto não esteja vencido há mais de 48 meses.

“Para quem vai tirar o visto pela primeira vez, sem nunca ter recebido uma autorização anterior, a entrevista consular é mandatória. A única exceção, de acordo com a nova regra do Departamento de Estado, é o visto H-2, destinado a trabalhadores temporários que vão para os Estados Unidos atuar na agricultura ou em áreas que tenham picos de demanda sazonal”, explica Rodrigo Costa, CEO do Viva América, empresa especializada em serviços imigratórios.

O executivo explica ainda que, para conseguir a isenção da entrevista nos casos estabelecidos na nova regra do Departamento de Estado, os candidatos devem solicitar o visto em seu país de residência e não podem ter registro de um visto negado anteriormente, a não ser que essa negativa tenha sido superada posteriormente com uma aprovação ou anulada a critério do governo americano.

“Além disso, se houver qualquer outra razão aparente de inelegibilidade, a autoridade consular poderá, em ato discricionário, exigir a realização da entrevista”, completa Rodrigo Costa.

Filas de espera no Brasil 

A fila de espera para agendar uma entrevista nos consulados e na Embaixada dos Estados Unidos no Brasil bateu sucessivos recordes em 2022 e 2023. No ano passado, por exemplo, solicitantes que tentaram tirar o visto no Consulado de São Paulo chegaram a ter de aguardar mais de 630 dias – quase dois anos – para a entrevista.

Por causa disso, a Embaixada contratou novos funcionários e passou a realizar atendimentos aos sábados. E as medidas deram certo.

De acordo com um levantamento realizado pelo Viva América, que monitora a fila de espera para o visto B1/B2, o tempo para conseguir a entrevista consular na capital paulista é de 8 oito dias atualmente, com base na última atualização da pesquisa, referente à segunda semana de janeiro. O agendamento também está mais ágil nos consulados do Rio de Janeiro (40 dias), Porto Alegre (15) e Recife (98). Na Embaixada em Brasília, são 21 dias.

Com isso, a média de espera dos cinco postos diplomáticos dos Estados Unidos que emitem o visto de turismo e negócios no Brasil é de 36,4 dias, a menor desde novembro de 2022, quando o Viva América iniciou o monitoramento.

 

*Fonte: Terra

Veja também:

 

Como arrasar na entrevista de emprego; especialista dá dicas

Entrar no mercado de trabalho está cada vez mais complicado, muitos candidatos para poucas vezes. Nessas horas, se destacar é essencial. Montar um currículo avassalador é um dos principais pontos. Uma longa lista de experiências e profissionalizações pode te colocar em um patamar acima de qualquer concorrente! Por isso é importante se profissionalizar. Mas de nada adianta um currículo bem feito, se não se sair bem durante a entrevista de emprego, e conquistar a graça do entrevistador!

Pensando nisso, o Guia Curta Mais conversou com Helena Leão, que trabalha na área de recrutamento e é expert em realizar entrevistas de emprego. A profissional fez uma lista com algumas dicas para ajudar você a se sair bem e garantir aquela vaga!

Helena Leão

Helena Leão, recrutadora que falou com o Curta Mais — Foto: Acervo Pessoal

Em entrevista com Pedro Bial, Gusttavo Lima revela história curiosa que passou em sauna de Goiânia

O cantor sertanejo, Gusttavo Lima, voltou a chamar a atenção das redes sociais recentemente, graças à uma curiosa revelação durante sua participação no programa Conversa com Bial. Embora a entrevista tenha ocorrido em 2018, um trecho engraçado ressurgiu no TikTok, provocando risadas pelos usuários na Web.

Naquela ocasião, o apresentador abordou um tópico peculiar: a preferência dos goianienses por frequentar saunas e questionou Gusttavo sobre suas próprias experiências nesse contexto.

Com sua característica descontração, o “embaixador” compartilhou uma história que aconteceu enquanto ele estava no banheiro de uma academia local. “Inacreditavelmente, a sauna ficava dentro do banheiro, com uma porta de vidro. Eu estava lá, lavando as mãos e arrumando o cabelo, quando um sujeito passou nu atrás de mim”, relatou, enquanto a plateia já estava em gargalhadas.

Ele continuou: “Eu fiquei olhando através do espelho, pensando ‘será que isso está acontecendo de verdade?’ Então, é incrível a liberdade que as pessoas têm nessas academias, mas hoje em dia, eu evito ao máximo esses banheiros. As pessoas conversam normalmente, como se fossem da mesma família, enquanto estão completamente à vontade”, concluiu, entre risos.

Nas redes sociais, a revelação de Gusttavo Lima gerou diversão entre os internautas, muitos dos quais concordaram com sua observação sobre o costume dos goianienses de frequentar saunas.

‘’Pior que hoje em dia isso é normal mesmo’’, afirmou um usuário.

Confira o vídeo abaixo:

 

Praia goiana de água doce encolheu; entenda os motivos

A temporada do Araguaia ocorre anualmente durante o período de seca, geralmente entre os meses de junho a setembro. Nesse período, o nível da água diminui significativamente, criando praias de areias claras e águas calmas, proporcionando o cenário perfeito para atividades de lazer, relaxamento e contato com a natureza.

Localizada a 345 Km de Goiânia e 562 Km de Brasília, Aragarças está na divisa com o estado do Mato Grosso e é um dos destinos mais procurados nesta época do ano por ter em seu território a praia Quarto Crescente, que possui fácil acesso para turistas. No entanto, os frequentadores têm percebido o ‘encolhimento’ da faixa de areia no local com o passar dos anos.

Em entrevista ao site Semana 7, Silvio Cesar Oliveira Colturato, professor da Universidade Federal de Mato Grosso – Campus Araguaia (UFMT/CUA), aponta que ao “observar as imagens de satélite dos últimos 20 anos é possível notar a diminuição da área que antes era ocupada por areia”.

“Na imagem de abril de 2023 vê-se que a deposição de areia ficou restrita à uma estreita faixa, com pouco mais de 20 metros e extensão em torno de 150 metros”, conclui Silvio na mesma entrevista.

Para ele, as possíveis causas desse fenômeno estão ligadas a ações naturais e da intervenção humana como desmatamento das margens dos rios e mudanças climáticas.

Fatores como a diminuição da profundidade do leito do rio e a velocidade de fluxo das águas, faz com que a energia e o poder de transporte de sedimentos do rio seja menor. ” Isso aconteceu na foz do rio Garças, o que com certeza contribuiu com o estreitamento e diminuição da extensão da faixa de areia da Praia Quarto Crescente”, afirma Colturato.

O geólogo acredita que o descarte irregular de lixo nas praias durante a alta temporada, seja o maior problema e que as ações para preservação do meio ambiente são responsabilidade de todos os frequentadores destas áreas, bem como do poder público. 

Já o professor e doutor em Geografia Eduardo Vieira dos Santos aponta que que tanto a formação quanto as alterações observadas nas praias são fenômenos naturais que fazem parte da dinâmica fluvial do curso da água do rio. Segundo ele, a interferência do homem também pode influenciar esses processos.

“Possivelmente, no caso de Aragarças, como o rio não está conseguindo escavar o outro lado onde está o Porto do Baé, ele acaba não depositando tanto areia na parte da praia Quarto Crescente”, explica Vieira.

 

Créditos da imagem de capa: Flickr

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

No Curta Mais PodCast, CEO da Novo Mundo fala do amor pelo trabalho e de inspirações profissionais

CEO de uma das maiores redes varejistas do Brasil, José Guimarães é o entrevistado do terceiro episódio do Curta Mais PodCast. Trata-se do primeiro executivo fora da família Martins Ribeiro, fundadora do negócio, a gerir o grupo. “Quem me conhece sabe que eu trabalho feliz. Amo o que faço e isso é muito importante em qualquer profissão”, afirma.

Guimarães nasceu em Divinópolis (MG). Sua trajetória profissional começou ainda na adolescência, quando trabalhou como atendente de loja. “Comecei aos 12 anos porque sempre desejei poder trabalhar e ajudar minha família”, explica. 

Aos poucos José Guimarães foi crescendo profissionalmente até chegar ao topo da gestão de uma empresa que é vista com muita atenção pelo mercado e desejada por profissionais de todo o Brasil. “Estou no grupo Novo Mundo há nove anos e passei por áreas bem importantes. Acabei atuando diretamente com setores, como marketing, diretoria de vendas, entre outros”, relata.

De acordo com o executivo, desde que assumiu o comando da Novo Mundo, seu desafio foi fazê-la uma empresa cada vez mais consistente. “Estamos trabalhando de olho no futuro para que a rede tenha condições de tomar qualquer tipo de decisão. É uma empresa profissionalizada há muitos anos e isso contribui bastante com a realidade atual do mundo dos negócios”, diz.

A Novo Mundo é a primeira empresa do Brasil a romper a barreira do físico com o digital ao ofertar o mesmo preço dos produtos no site e nas lojas. “No passado, quando surgiram os primeiros sites de venda, muitos acreditavam que as lojas físicas iriam acabar. No entanto, ao longo dos anos, todos perceberam que as coisas não seriam dessa forma.

Dono de uma história inspiradora, José Guimarães também falou sobre suas referências durante a entrevista. “Busco sempre me apegar nas memórias da minha mãe, que sempre me incentivou e dizia que eu podia mais. Ela tinha uma frase que me marca até hoje. ‘Seja manso e humildade de coração, pois ninguém vence pela guerra, mas, sim pelo convencimento. Isso é inspirador”. 

O podcast
O Curta Mais Podcast é um programa semanal que conta com convidados das mais diversas áreas. “É um espalho totalmente voltado para pessoas com boas histórias para contar”, explica o CEO do Curta Mais e apresentador do programa, Marcelo Albuquerque. 

O podcast está disponível nas seguintes plataformas: Apple PodcastsAmazon MusicCastboxPocket CastsRadioPublicAnchor, Spotify

Na palma da mão
Acesse https://linktr.ee/curtamaisdf e fique por dentro do que há de melhor em conteúdo. O Curta Mais é a multiplataforma mais completa e confiável de cultura, gastronomia, entretenimento, política e negócios.

Revista de renome nacional classifica Novo Mundo como maior rede do Centro-Oeste brasileiro

O executivo José Guimarães, CEO da rede Novo Mundo, é capa da revista Eletrolar News, única publicação brasileira dirigida exclusivamente à indústria e ao varejo de eletroeletrônicos, eletrodomésticos, celulares e móveis. A publicação classifica a varejista goiana como “a maior rede do Centro-Oeste do País”.

Na publicação, José Guimarães garante que a meta é crescer ainda mais. “Atualmente, temos 143 lojas e queremos chegar ao fim de 2022 com pelo menos 163 pontos de venda e fazer o faturamento saltar de R$ 1,3 bilhão para R$ 1,5 bilhão”, explicou.

Atualmente, a rede integra um grupo que atua em várias áreas, como agronegócio, indústria e shopping de atacado. A varejista está presente em estados, como Goiás, Tocantins, além do Distrito Federal. “Até 2025, a meta é estar presente também em todo o Nordeste e chegar, ainda, ao Estado de Minas Gerais, incluindo a capital Belo Horizonte”, projetou o executivo.

A reportagem também informa que a Novo Mundo é a primeira empresa do Brasil a romper a barreira do físico com digital ao ofertar o mesmo preço dos produtos nos site e nas lojas. “O varejo brasileiro sempre foi um celeiro de oportunidades e, hoje, elas estão ainda maiores”, ressaltou José Guimarães, que comandou a transformação digital da empresa.

Para conferir a entrevista completa, acesse https://www.eletrolar.com/revista-edicao-148/.

 

Reynaldo Gianecchini critica influencers digitais: ‘ninguém quer estudar’

Reynaldo Gianecchini, de 49 anos, fez críticas aos influenciadores digitais. Em entrevista à Gabriela Prioli, o ator deu uma alfinetada nos ‘famosos da internet’ que tentam aparecer a qualquer custo.

“Tudo bem ganhar dinheiro com o Tik Tok, que legal, mas também não podem só querer ganhar dinheiro rápido, ser famoso e esquecer que tem outras profissões incríveis, que você pode estudar. A sensação que eu tenho é que ninguém quer estudar”, afirmou.

Gianecchini opinou que muitos jovens não estão preocupados em conhecer a cultura brasileira para exercer um comportamento mais crítico e politizado. “Não conhecem um artista, não estão entendendo quem é Caetano Veloso, também não pode. Querem essa coisa de ser blogueirinho, e não querem aprofundar nas coisas. É isso que acho que tem que tomar cuidado’.

Na segunda parte de sua entrevista para o canal no Youtube de Theodoro Cochrane, filho de Marília Gabriela, Reynaldo Gianecchini falou sobre os boatos de que teria um caso com o enteado durante seu casamento.

“Eu nunca entendi de onde surgiram esses boatos, que não faziam o menor sentido. Ainda se a gente saísse junto para a ‘night’, algo assim, ainda poderia ter feito uma confusão, mas a gente nunca estava junto em nenhum lugar, só quando a família toda estava reunida. Muita fake news, maldade”, reclamou o ator.

Marília Gabriela, entretanto, opinou que os boatos vinham do preconceito da sociedade de ver uma mulher mais velha se relacionando com um homem mais jovem. “Surgiu do preconceito. Pensavam: ‘Essa mulher, tão mais velha que ele… ele, esse galã… não, isso não tá certo, não’, coisa que nunca passou pela cabeça dos nossos amigos próximos, que eram encantados com a nossa relação”.

Sem evitar nem mesmo temas mais polêmicos, o galã também falou sobre sua sexualidade.

Confira um trecho da entrevista:

Morador de rua que foi espancado por personal trainer fala sobre o assunto pela primeira vez

O morador de rua Givaldo Alves falou pela primeira vez após virar notícia e meme no Brasil inteiro por ter sido flagrado transando com a esposa de um personal trainer em Planaltina, no Distrito Federal. Em entrevista exclusiva ao portal Metrópoles, ele afirmou que a relação foi consensual e que a mulher que o convidou.

Baiano de 48 anos, Givaldo Alves, assim como em depoimento à polícia, reafirmou que a relação com a mulher foi consensual e que, inclusive, foi convidado por ela a entrar no veículo, mesmo após dizer que não “tinha tomado banho”. “Eu andava pela rua e ouvi um grito: ‘Moço, moço’. Olhei para trás e só tinha eu. E ela confirmou comigo dizendo: ‘Quer namorar comigo?’.”

“Moça, eu não tenho dinheiro, sou morador de rua. Não tenho dinheiro nem para te levar ao hotel. Então, ela disse: ‘Pode ser no meu carro’”, iniciou.

A entrevista foi concedida na tarde de quarta-feira (23/3), após várias tentativas de contato da reportagem com o principal personagem desse inusitado caso. Givaldo contou que gosta de literatura e que já exerceu inúmeras atividades laborais, como operário na área de construção civil e como motorista responsável pelo transporte de produtos perigosos.

Givaldo também disse que foi casado, tem uma filha de 28 anos e peregrinou por cidades da Bahia, Tocantins, Minas e Goiás até chegar a Brasília. Desde então, alterna a rotina nas ruas entre abrigos públicos e casas de passagens.

Em um dos momentos mais importantes da conversa, ele rebate as acusações do personal sobre o crime de estupro. “Deus me colocou em um lugar cercado por câmeras que comprovam não ter havido nada disso (estupro). Se fosse outro morador de rua, possivelmente já estaria preso”, disse, aliviado.

Ao ser agredido pelo educador físico, Givaldo conta ter reagido e revidado. “Nós trocamos socos”. O sem-teto diz que só tomou conhecimento de que a mulher era casada quando recebia atendimento médico no hospital.

Em função da briga com o personal, Givaldo sofreu um edema no olho e ficou com a costela quebrada. Sem acreditar na notoriedade que ganhou nas redes sociais, o sem-teto comenta a situação: “Não me arrependo”.

 

*Com informações do Portal Metrópoles

Imagem extraída do Google

Anitta se apresenta em popular talk show nos Estados Unidos e web comemora

Anitta deu mais um grande passo em sua carreira internacional. A cantora, de 28 anos, participou do popular talk show americano The Tonight Show, apresentado por Jimmy Fallon, para divulgar a sua nova música, Boys Don’t Cry, na noite desta segunda-feira (31/1).

Durante a entrevista, Fallon encheu Anitta de elogios e também quis saber como é ser uma artista brasileira com carreia nos Estados Unidos: ‘’Eu sei que no Brasil você é uma superstar e é uma loucura. Qual a diferença do Brasil com os EUA?’’ perguntou ele.

‘’No Brasil, eu tenho 12 anos de carreira e tudo começou a crescer muito rápido. Quando me tornei muito grande lá, eu pensei “Ok, qual o próximo passo? Quero fazer algo desafiador”. Me falaram que para brasileiros era impossível fazer uma carreira internacional e sempre que escuto a palavra impossível, eu quero fazer isso’’, disse a estrela.

Além da entrevista, Anitta também cantou a sua nova música ao vivo no palco do talk show. Enquanto isso, os internautas brasileiros comemoraram a performance da estrela e vibraram com o sucesso da nossa estrela em terras gringas.

Confira a repercussão:



 

 



 



 







 

A apresentação da nova música, na íntegra:

 

 

Imagem Extraída do Google

Xuxa desabafa sobre suposto pacto com o diabo

Em entrevista para o canal ”Seja Seu”, no Youtube, Xuxa Meneguel resolveu desabafar sobre rumores antigos que dizem que ela fez um pacto com o diabo para conseguir fama e dinheiro em sua carreira. Os boatos acompanham a vida da apresentadora desde os tempos em que ela trabalhava com exclusividade para o público infantil. Teorias surgiram na época quando curiosos ouviram as músicas da Xuxa, rodando os discos ao contrário, e ouviram certas mensagens subliminares com teor satânico.

A eterna rainha dos baixinhos desabafou dizendo não ter nenhum acordo com o demônio e que tem muito agradecimento a Deus, que segundo ela, foi o responsável por tudo que conquistou até hoje.

”Alguém que tem pacto com o cara lá debaixo não poderia ter nem um terço das coisas que tenho, porque isso dá muito força pra ele. Eu tenho uma relação de amizade, de amor, com o cara lá de cima. E ele também tem comigo. Se desse para eu ser lembrada como uma pessoa que acreditou nos sonhos, que sempre acreditou mais nos bichos do que nas pessoas, porque elas me enganavam. Que mesmo não cantando, eu consegui levar minha mensagem para tanta gente” contou.

Confira a entrevista:

A entrevista foi concedida para o fotógrafo Brunno Rangel e o diretor criativo Marcelo Feitosa.

 

Imagem: Reprodução 

Veja também:

Anitta é a primeira brasileira a se apresentar no VMA

Neymar dá resposta sincerona à Patricia Pillar e web repercute a treta

Cantor de pagode Thiaguinho entra na lista de empresários bilionários da Forbes

Sérgio Reis diz que sua fala sobre ameaça ao STF foi uma brincadeira com um amigo

Em entrevista exclusiva para o Domingo Espetacular, da Record TV, o cantor Sérgio Reis disse que vem sofrendo várias intimidações depois que seu áudio, ameaçando invadir o Supremo Tribunal Federal (STF), foi vazado. O artista afirma que se arrepende da sua fala e que o áudio não passou de uma brincadeira.

 

“Não me arrependo de nada. Só esta frase infeliz, que eu brinquei com um amigo, que vazou. Mas não é a realidade. E se eu falei, foi brincando”, contou Sérgio em entrevista ao repórter Roberto Cabrini.

 

No áudio que foi motivo da investigação da Polícia Federal consta a voz do cantor afirmando: “Se em 30 dias não tirarem aqueles caras nós vamos invadir, quebrar tudo e tirar os caras na marra. Pronto. É assim que vai ser”.

 

Durante a entrevista, Sérgio afirma que sabe que corre risco de uma eventual prisão. “Mas não tem problema, eu vou lá. Não matei ninguém, não bati em ninguém, não agredi ninguém”. E quando foi perguntado sobre o áudio da investigação, ele  se exalta: “Esquece esse áudio. Eu errei, dá licença de eu errar? Então acabou, morreu aí, não fala mais. Se não eu paro a entrevista aqui.”

 

Ao continuar a entrevista, o artista se retratou. “Se caso eu os ofendi, me perdoe, como ser humano, e também com respeito ao cargo de vocês. Agora, respeitem o povo também. Isso é o que eu peço, acho que estou sendo justo. Peço desculpas se eu magoei o Alexandre, o Barroso ou qualquer um. Nunca falei de todos eles. Já cruzei com esses ministros e nunca joguei uma frase: ‘Ae, safado’. Nunca fiz isso, nem faria, porque não é justo”, disse.

 

Investigação 

 

Nesta semana, Sérgio Reis foi um dos alvos de mandados de busca e apreensão da PF, como parte de um inquérito que apura “eventual cometimento do crime de incitar a população, através das redes sociais, a praticar atos violentos e ameaçadores contra a Democracia, o Estado de Direito e suas Instituições, bem como contra os membros dos Poderes”.

 

De acordo com a Polícia Civil, “a investigação teve início após a circulação de vídeos e áudios nas redes sociais e em matérias jornalísticas em que alguns indivíduos, dentre eles o cantor Sérgio Reis, manifestam-se no sentido de cometerem crimes previstos nos artigos 147, 163 e 262 do Código Penal”.

 

O cantor convocou protestos em Brasília para promover o fechamento de estradas e sitiar a cidade, com a invasão do Supremo Tribunal Federal (STF) e derrubada de ministros.

 

Pedro Bial diz que só entrevistaria Lula com detector de mentiras; veja o vídeo

O jornalista e apresentador Pedro Bial, que atualmente comanda o programa de entrevistas Conversa com Bial nas madrugadas da TV Globo, disse que só entrevistaria o ex-presidente Lula se pudesse usar um polígrafo (detector de mentiras).

“O Lula já disse que gostaria de fazer o programa comigo, mas teria que ser ao vivo”, revelou Pedro Bial no Manhattan Connection, da TV Cultura, após ser questionado sobre quais personalidades não aceitariam participar de seu programa de entrevistas. “Pode até ser ao vivo, mas teria que ter um polígrafo acompanhando todas as falas dele”, completou sobre o ex-presidente.

Sucessor de Jô Soares, nas madrugadas da Globo, Bial rapidamente ficou entre os assuntos mais comentados da web após a fala. No Twitter, internautas subiram a tag “Jô Soares”, pedindo a volta do “Programa do Jô”.  “O Bial é o típico falso intelectual. Fala umas abobrinhas e tem gente que já o coloca como “culto”. Dizer que já tivemos Jô Soares em programas de entrevistas, esse sim inteligentíssimo, para um forçado Bial, que tem capacidade pra ficar no máximo num BBB da vida”, escreveu uma pessoa. “Quem nasceu Pedro Bial nunca vai chegar a Jô Soares”, disse outro.

Após a polêmica, Bial ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Assista ao trecho da entrevista:

Fábio Jr gostaria de ver Fiuk fora do BBB e Cleo revela torcida para outro participante

Se depender da torcida da família, Fiuk tem opiniões diferentes entre o pai, Fábio Jr, e a irmã, Cleo. Em uma entrevista à Quem, Cleo e Fábio Jr disseram o que estão achando dele dentro do reality e fizeram revelações sobre sua participação no programa.

“Se eu pudesse falar com ele por um minuto, o que diria? Falaria: ‘Vamos para casa, filho?’”, afirmou Fábio Jr. “O que eu tinha para falar, falei antes dele ir: ‘seja você mesmo, você é um cara de bom coração e boa índole’”, completou.

O cantor ainda reforçou que “a questão não é mais se vai ganhar ou não“: “As dores vão acontecer, os amores vão acontecer. O melhor caminho é ser você”, completou.

Cleo, que também é filha de Fábio Jr., deu suas contribuições durante a entrevista. Ela, porém, foi na contramão do pai, dizendo que essa não é a hora de Fiuk desistir: “Não falaria para ele voltar para casa. Ia mandar ele ir até a final”. Cleo já havia declarado sua torcida antes para uma outra participante, Camilla De Lucas: “Eu amo muito a Camilla. Acho que a Camilla é a grande ganhadora”.

Fiuk tem outros três irmãos: Tainá, Krízia e Záion. Além deles e do pai, a torcida de Fiuk é completa com a mãe, Cristina Karthalian.

Família Real ignora entrevista bombástica de Meghan Markle e Harry à Oprah

A Família Real ignorou a bombástica entrevista de Meghan Markle e do príncipe Harry à apresentadora Oprah Winfrey, na noite de domingo (8), na qual, entre outras coisas, o casal revelou que existia a preocupação com que cor o filho Archie teria e que a duquesa teve pensamentos suicidas. Além de não divulgar nenhum comunicado sobre o tema, a realeza não mencionou o fato em suas redes sociais, onde, nesta segunda-feira (9), comemorou o Commonwealth Day, a celebração anual dos 54 países da Commonwealth.

No Instagram da Clarence House, do príncipe Charles, o herdeiro do trono falou sobre as dificuldades durante a pandemia e a necessidade de união. Já o Royal Family, que acompanha sobretudo a rainha Elizabeth II, a soberana apareceu em uma foto assinando uma mensagem para os 54 países – em sua maioria ex-colônias inglesas.

O Kensington Royal, que é a conta do príncipe William e de Kate Middleton, também postou uma foto da rainha, com a mensagem, e celebrou a data.

ENTENDA

Na entrevista com Oprah, Meghan e Harry falaram sobre a atual relação com membros da família real: enquanto ela contou que Kate Middleton a fez chorar, ele disse que tem falado com a avó como nunca antes, mas que não fala com o pai e deu a entender que cortou relações com o irmão, o príncipe William, apesar de ainda amá-lo.

Eles ainda falaram sobre as possíveis questões raciais que movimentaram a coroa desde que Meghan ficou grávida de Archie, atualmente com 1 ano e 10 meses. “Quando eu estava grávida, começaram as conversas. Ele (Archie) não terá segurança. Ele não receberá um título e também preocupações e conversas sobre como seria a cor de sua pele quando ele nascesse”, desabafou ela.

Harry afirmou que estava vendo a história se repetindo, referindo-se à  mãe, a princesa Diana, que morreu em 31 de agosto de 1999, em um acidente de carro, ao ser perseguida por paparazzi.

Confira entrevista completa de Marcius Melhem a Roberto Cabrini: ‘quero justiça’

Roberto Cabrini entrevistou o humorista Marcius Melhem. Pela primeira vez na televisão, ele fala sobre as acusações de assédio que recebeu da também humorista Dani Calabresa. A atriz afirma ter sido assediada quando Melhem era chefe dela no departamento de humor em uma emissora de TV.

Confira na íntegra a entrevista de 40 minutos que traz novas revelações sobre o caso: