Maria Gadú, Marcelo Falcão e Toni Garrido são atrações do Canto da Primavera 2024 em Pirenópolis

O 23º Canto da Primavera – Mostra Nacional de Música de Pirenópolis – será realizado de 03 a 08 de setembro e já conta com três atrações nacionais confirmadas. Maria Gadú sobe no palco pirenopolino no dia 06 de setembro, sexta-feira; Marcelo Falcão no sábado, dia 07; e Toni Garrido no domingo, 08. Todos os shows são gratuitos.

Com investimento de R$ 3,3 milhões e programação gratuita, o Canto da Primavera 2024 é realizado pelo Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), e correalizado pela Universidade Federal de Goiás, por meio da Fundação Rádio e Televisão Educativa (RTVE). São parceiros do evento: a Prefeitura de Pirenópolis, a Secretaria de Estado da Retomada, o Goiás Social e o Sesc Goiás.

O evento, que é considerado a maior vitrine da música goiana, ainda vai contar com mais de 50 shows de artistas de Pirenópolis e de todo o Estado que serão selecionados por meio de um edital público. “Serão seis dias de imersão no melhor da música goiana. Esse é um evento dedicado a nossos artistas, que gera renda e impulsiona a economia e o turismo da região”, destaca Yara Nunes, secretária de Estado da Cultura.

Além dos shows musicais, o Canto da Primavera disponibiliza ainda um estúdio de gravação profissional gratuito para que novos artistas gravem músicas autorais com captação, edição, mixagem e masterização. A participação nessa atividade também será mediante seleção via edital.

As ações formativas também fazem parte das atividades do festival, que conta com oficinas musicais abertas ao público, mediante inscrição prévia. Tanto os artistas oficineiros como as apresentações regionais recebem cachês e são selecionados via edital público. As datas de abertura dos certames serão divulgadas em breve.

Atrações nacionais 

Maria Gadú

A participação da artista nesta edição do Canto da Primavera é uma promoção do Sesc Goiás. Maria Gadú conta com cinco indicações ao Grammy Latino, diversas indicações e prêmios Multishow e foi a vencedora do Prêmio da Música Brasileira de 2017, como melhor cantora pop/rock/reggae/hip-hop/funk. Em 2017, também foi premiada no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro para melhor trilha sonora do filme “Todas as canções de amor” (2018).

Marcelo Falcão

O compositor, cantor e instrumentista Marcelo Falcão, muito conhecido pelo trabalho como vocalista do grupo O Rappa e que hoje segue carreira solo, agitará a penúltima noite do Canto da Primavera com muito Reggae e hip-hop/rap. Com o grupo O Rappa, ao longo de 25 anos, o artista coleciona incontáveis sucessos e inúmeros prêmios. Foram 13 projetos lançados, milhares de apresentações no Brasil e no exterior e uma legião de fãs.

Toni Garrido

O ator, apresentador, cantor e multi-instrumentista Toni Garrido está envolvido atualmente com o projeto “Baile Free”, um mix de música black com eletrônico, saindo um pouco do reggae, marca registrada do artista. Toni Garrido se destacou à frente do grupo Cidade Negra. Em 2018, ao lado do baixista de Nando Reis, Felipe Cambraia, e do saxofonista George Israel (ex-Kid Abelha), criou o grupo Black Carlos, que toca canções nos estilos funk e soul da dupla Roberto e Erasmo Carlos.

Concurso Polícia Penal de Goiás terá 1,6 mil vagas; confira mais informações

Interessados em seguir carreira policial devem ficar atentos! A autorização para o concurso público da Diretoria-Geral de Polícia Penal (DGGP), com 1,6 mil vagas, já foi autorizado pelo Governo de Goiás. O documento foi assinado na noite desta quarta-feira (26/06), pelo governador em exercício, Daniel Vilela.

Também foi assinado o decreto que regulamenta as fases do concurso. De acordo com o dispositivo, o concurso contará com prova objetiva, prova discursiva, avaliação por equipe multiprofissional para candidatos com deficiência e avaliação médica.  Haverá, ainda, prova de aptidão física como parte da seleção.

O processo foi instruído com manifestação favorável da Procuradoria-Geral do Estado de Goiás, da Secretaria de Estado da Administração e da Secretaria de Estado da Economia. O decreto entrou em vigor após publicação no suplemento do Diário Oficial do Estado de quarta-feira, e regula as etapas do concurso público conforme o disposto na Lei Estadual 14.237, de 8 de julho de 2002, revogando o decreto estadual 9.454, de 24 de junho de 2019.

A remuneração ainda não foi divulgada. No entanto, de acordo com o Portal da Transparência do Governo do Estado, o salário inicial para um policial penal é de cerca de R$ 5,7 mil.

Temporada do Mais Araguaia 2024 terá shows de Cleber & Cauan, Naiara Azevedo, Leonardo e mais!

A temporada 2024 do Mais Araguaia começa nesta quinta-feira, 27 de junho, em Aragarças. O evento, promovido pelo Governo de Goiás em parceria com as prefeituras locais e o Sesc Goiás, oferece uma programação gratuita repleta de shows e atividades culturais. A abertura oficial será às 21h com a dupla Cleber & Cauan, que se apresentará na Avenida Beira Rio. Em seguida, às 23h, a cantora Jordana Felix encerrará a noite.

Na sexta-feira, 28 de junho, o cantor Kleo Dibah iniciará a programação às 21h, seguido por Com Bento às 23h, ambos na mesma localização. O sábado, 29 de junho, trará as duplas Fred & Fabrício e Ruan & Leandro, enquanto o domingo (30) será animado por Naiara Azevedo e Mauro & Gabriel, a partir das 21h.

Além dos shows noturnos na Avenida Beira Rio, durante o dia, as atrações ocorrem na Praia Quarto Crescente, um ponto tradicional que atrai muitos turistas.

Aruanã

A programação continua nos finais de semana de julho em Aruanã, na praça Couto Magalhães, com shows todas as sextas e sábados a partir das 17h30. Destaques incluem Almir Sater no dia 5 de julho, Victor & Leo no dia 12 e Leonardo no dia 19, sempre no Palco Aruanã. O Palco Sunset, outra atração especial, proporcionará espetáculos ao pôr do sol, começando às 17h30.

A temporada Mais Araguaia 2024 também envolve outras cidades do Vale do Araguaia, como Britânia, Nova Crixás e São Miguel do Araguaia. A iniciativa busca fomentar o turismo na região, promovendo cultura, entretenimento, segurança e educação ambiental, além de gerar negócios, empregos e renda para os municípios. A expectativa é de que mais de 1 milhão de turistas visitem a região ao longo de julho, atraídos pelas praias do Araguaia.

 

Com investimento milionário, Teatro histórico na Cidade de Goiás será reformado

O Cine Teatro São Joaquim, que fica na Cidade de Goiás, passará a abrigar uma sala de cinema regular de fato, graças à instalação de uma série de equipamentos adquiridos via lei federal Paulo Gustavo, com investimento de R$ 740 mil, operacionalizados pelo Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult).

O anúncio da modernização do espaço foi feito pela secretária de Estado da Cultura, Yara Nunes, durante a 25ª edição do Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica 2024), no início de junho. A instalação da aparelhagem está prevista para ocorrer a partir do segundo semestre deste ano, após seleção de empresa especializada por meio de edital público.

A secretária Yara Nunes enfatizou a importância do projeto de modernização do cinema, um símbolo histórico da cidade de Goiás. O objetivo é democratizar o acesso à cultura para os vilaboenses.

“Esta adaptação representa um marco na valorização do nosso patrimônio cultural e no acesso à sétima arte. Ao aliar a riqueza histórica do espaço à tecnologia de ponta, o Cine Teatro São Joaquim se tornará um polo de entretenimento e formação cinematográfica para a comunidade”, pontuou.

Ao todo, serão instalados 60 equipamentos no Cine Teatro São Joaquim, levando o espaço a se tornar, após 167 anos de sua criação, uma sala de cinema, com suporte adequado, inclusive, para receber filmes do circuito comercial. Serão instalados um projetor DCP 4K – Certificação DCI; uma lente de alto brilho; um servidor; um processador de áudio, seis caixas acústicas frontais; uma caixa acústica subwoofer, oito amplificadores de som; 34 caixas acústicas surround; um nobreak 6kva; um pedestal para projetor digital; um rack para som; dois microfones sem fio; um computador Desktop, e uma tela motorizada.

Funcionamento

A curadoria e a organização da grade de programação serão feitas pela equipe do Cine Cultura, unidade da Secult Goiás que funciona no Centro Cultural Marietta Telles Machado, na Praça Cívica, em Goiânia. A intenção é promover sessões especiais, com um roteiro de obras de qualidade.

A grade de filmes será flexível, para conciliar com a programação alternativa do Cine Teatro São Joaquim, que também recebe apresentações diversas, sobretudo shows e peças teatrais. O público terá acesso aos dias e horários dos filmes na própria unidade e por rede social.

O Cine Teatro São Joaquim também é o principal espaço de exibição de filmes do Festival Internacional de Cinema Ambiental (Fica).

Foto: Secult Goiás

Histórico e melhorias

O Cine Teatro São Joaquim é considerado o primeiro teatro do Centro-Oeste e o mais antigo de Goiás. Sua inauguração data de 1857, no Beco da Lapa, na cidade de Goiás. Em seus primórdios, o espaço exibia peças dos principais centros culturais do país, como São Paulo e Rio de Janeiro.

Nos anos 80, o estado adquiriu o prédio onde existia o Cine Anhanguera, que também estava sendo desativado. E, em 1992, reativou (no novo endereço) o Cine Teatro São Joaquim, que voltou a ser palco de grandes espetáculos.

Em 2015, foi realizada uma obra de requalificação completa, com recursos do PAC Cidades Históricas, que atendeu às condições de acessibilidade universal e reequipou o Cine Teatro com novos sistemas de cênica, luminotécnica, acústica, projeção, refrigeração, prevenção de incêndio, subestação de energia e gerador, além de ampliação do backstage, área técnica, camarins e administração. A inauguração do Cine Teatro se deu junto ao lançamento da 19ª edição do Fica, em 2017.

Em 2023, o Governo de Goiás realizou novos serviços na unidade, para melhor receber o público do 24º Fica. Os serviços incluíram reparos de goteiras, infiltrações, iluminação, revisões elétricas e no sistema de proteção a incêndios.

Pirenópolis recebe festival de vinhos com entrada gratuita

O início do inverno será celebrado com um festival que une vinhos consagrados, alta gastronomia e apresentações ao vivo de jazz, tendo como localização as imediações da Igreja Matriz de Pirenópolis.

Degustações orientadas de vinhos premiados – com destaque para a produção goiana e do Distrito Federal – palestras com especialistas, feira gastronômica com produtos artesanais da Rota dos Pirineus e shows gratuitos de jazz marcam o início da segunda edição do Wine Jazz Piri, que começa às 19 horas desta quinta-feira (20/06) e segue até domingo (24/06).

Vinhos do Cerrado

Cerca de 30 vinícolas instaladas em Goiás e no DF vão apresentar mais de 50 rótulos durante o Degusta Terroir do Cerrado. De acordo com o idealizador do evento, Ricardo Trick, “o Wine Jazz foi pensado para dar visibilidade à produção regional de vinhos do Cerrado, o mais novo terroir brasileiro, e que vem alcançando excelentes resultados. Temos em Goiás e no Distrito Federal rótulos que estão ganhando espaço nas principais adegas de apreciadores de vinho e, muitas vezes, não temos esse reconhecimento pelos que moram aqui, perto de nós”.

Vinícola Assunção (GO) – foto: divulgação

Para o presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, o Wine Jazz Piri é um projeto que casa perfeitamente com a promoção de um produto turístico goiano, que é a Rota dos Pirineus.

“A parceria em eventos como esse, que têm o propósito de juntar apreciadores de vinho, amantes da boa mesa e música de qualidade, é uma excelente forma de divulgar produtos turísticos como a Rota dos Pirineus, que se fortalece a cada dia”.

A cerimônia de abertura é também de premiação dos vinhos participantes. A avaliação, feita pelo jornalista e sommelier Marcelo Copello nos dias que antecedem o festival, culmina, além do prêmio, com o lançamento do Guia Marcelo Copello – Melhores Vinhos de Goiás e DF.

Todos os vinhos da região inscritos na avaliação que alcançarem pontuação igual ou acima de 84 pontos receberam medalhas de bronze, prata ou ouro que poderão serem afixadas nos estandes dos expositores durante o evento como forma de reconhecimento ao feito alcançado.

Programação

Boa parte da programação do Wine Jazz Piri é oferecida de graça. O público tem acesso gratuito diário à Arena Wine Jazz, montada ao lado da Igreja Matriz, onde uma feira de artesanato divide espaço com os estandes das vinícolas que levam o melhor da produção regional, ao lado de vinhos nacionais e internacionais.

É na Arena Wine Jazz, com a presença de todos os expositores de vinhos, produtos da Rota dos Pireneus e uma praça de alimentação, que ocorrem os shows gratuitos de jazz. Este ano o mestre de cerimônias é o músico João Frederico Scioti, mais conhecido como Derico, que faz participações especiais com bandas goianas. Derico integrou, por mais de 20 anos, as bandas dos programas Jô Soares Onze e Meia, no SBT, e Programa do Jô, na TV Globo.

Além das experiências gastronômicas promovidas no Salão Paroquial durante o Degusta Terroir do Cerrado, o Wine Jazz também promove eventos harmonizados em restaurantes e pousadas locais.

O evento, que acontece ao lado da Igreja Matriz de Pirenópolis, conta com apoio do Governo de Goiás, por meio da Goiás Turismo.

Confira a programação completa:

Quinta-feira (20/06)
LOCAL – Arena Wine Jazz (Largo da Matriz) – entrada gratuita
19 horas – Solenidade de abertura
20 horas – Premiação Melhores Vinhos de Goiás e DF – Guia Marcelo Copello
21 horas – Show de abertura Ricardo Pina Quarteto

Sexta-feira (21/06)
LOCAL – Theatro – entrada gratuita
10 horas – Palestra Marcelo Copello – Impressões sobre o Terroir do Cerrado
14 horas – Palestra Tati Tomain – Cerrado Único – Uma visão voltada ao mercado

LOCAL – Arena Wine Jazz (Largo da Matriz) – entrada gratuita
17 horas – Abertura da Feira
21 horas – Show Trio Cerrado
23 horas – Show Banda Yas Quarteto

LOCAL – Salão Paroquial da Igreja da Matriz – ingresso R$220 (BaladApp)
19 horas a 21 horas – Degusta Terroir do Cerrado

LOCAL – RESTAURANTE TROPICÁLIA – ingresso R$290 (BaladApp)
19 horas – Harmonização de vinhos e charutos com Etienne Carvalho

Sábado (22/06)
LOCAL – Vinícolas da Região – valor sob consulta
8h30 – Visitação em vinícolas e vinhedos

LOCAL – Pousada Villa do Comendador – ingresso R$ 270 (BaladApp)
10 horas – Harmonização de Espumantes – Borbulhas na Piscina com Tati Tomain

LOCAL – Arena Wine Jazz – entrada gratuita
12 horas – Abertura da Feira
21 horas – Show Duo Sciotti
23 horas – Show Banda Gafieira Jazz

LOCAL – Restaurante Haikai – ingresso R$280 (BaladApp)
13 horas – Harmonização com Comida Japonesa – Tati Tomain

LOCAL – Theatro – entrada gratuita
15 horas – Palestra Derico Sciotti – Empreendendorismo e Carreira Cultural no Brasil

LOCAL – Salão Paroquial da Igreja da Matriz – valor R$220 (BaladApp)
15h30 às 17h30 – Degusta Terroir do Cerrado
18h30 às 20h30 – Degusta Terroir do Cerrado

LOCAL – RESTAURANTE TROPICÁLIA – valor R$290 (BaladApp)
18 horas – Harmonização Vinhos e Charutos com Etienne Carvalho

Domingo (23/06)

LOCAL – Vinícolas da região – valor sob consulta
8 horas – Visitação à vinícolas

LOCAL – Arena Wine Jazz – acesso gratuito
12 horas – Abertura da Feira
13 horas – Show Adriana Losi e Banda
18 horas – Encerramento

 

 

 

Veja também:

Cidade pertinho de Goiânia recebe a tradicional Cavalhadas neste fim de semana

A tradicional encenação da batalha entre mouros e cristãos será realizada neste final de semana na cidade de Palmeiras de Goiás, a 94,5 km de Goiânia. Os festejos, que fazem parte do Circuito das Cavalhadas do Governo de Goiás, ocorre neste fim de semana, de 31 de maio, 1º a 2 de junho no Parque de Exposição Iris Rezende Machado.

O Circuito das Cavalhadas em 2024 abrange 15 cidades e conta com investimento de R$ 4,4 milhões, que garantirão ao público um dos mais belos espetáculos a céu aberto. Com este apoio, as Cavalhadas em Palmeiras de Goiás puderam preparar uma estrutura especial para atender a esta importante manifestação cultural.

As Cavalhadas em Palmeiras de Goiás registram mais de um século de existência. As festividades começam com as alvoradas e missas, e a tradicional cavalgada de abertura dos treinos 15 dias antes da realização das batalhas.

No primeiro dia da festa há o tradicional agito de dezenas de grupos de mascarados na praça da cidade, que seguem no entardecer com o cortejo dos cavaleiros e amazonas até o parque de exposição Iris Rezende Machado, onde é montado todos os anos o cavalhódromo da cidade.

As Cavalhadas ocorrem no período noturno com sua representação da luta entre mouros e cristãos, além do protagonismo da participação de uma menina palmeirense que interpreta Floripes, filha do rei mouro, que é raptada pelo rei cristão e convence o pai a se converter ao cristianismo.

As Cavalhadas

As Cavalhadas são uma representação tradicional dos torneios medievais que recriam as batalhas entre cristãos (vestidos de azul) e mouros (trajados de vermelho). A manifestação é inspirada no livro “Carlos Magno e Os Doze Pares da França”, quando o guerreiro cristão batalhou contra os sarracenos, de religião islâmica.

No Brasil, há registro do evento desde o século XVII, geralmente durante a festa do Divino nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país. No final das batalhas os cristãos vencem os mouros, que acabam se convertendo ao cristianismo.

Em Goiás as Cavalhadas são realizadas há mais de 200 anos. Uma festa que une religiosidade, cultura e valorização do patrimônio imaterial do estado com o fortalecimento do fluxo turístico e econômico das cidades que realizam os festejos.

Temporada Mais Araguaia 2024 terá investimento de R$ 4 milhões

Com atividades que vão desde apresentações artísticas até ações de educação ambiental e segurança, a temporada “Mais Araguaia 2024” deve receber investimento de R$ 4 milhões. O valor foi anunciado pelo governador Ronaldo Caiado (UB), com a justificativa de dar suporte à população e aos prefeitos da região.

O montante deve ser investido em ações nas cidades de Aruanã, Aragarças, Britânia, Nova Crixás e São Miguel do Araguaia. Todas serão palco de atividades durante o mês de julho. “O governo estará presente para garantir tranquilidade e segurança no período de férias”, afirma o governador.

Recursos do Ministério do Turismo também devem ser direcionados para fortalecer a programação artística e adquirir equipamentos de proteção e segurança. “Abraçamos com corpo e alma esse evento, com investimentos milionários na infraestrutura, na segurança pública, no meio ambiente e nos shows”, explica o presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral.

Segurança
Segundo divulgado pelo governo, o Corpo de Bombeiros terá efetivo de quase 400 profissionais distribuídos em novo postos operacionais ao longo do Rio Araguaia. A corporação atuará na prevenção de afogamentos e acidentes com embarcações, entre outras ações. Os bombeiros contarão com UTI aérea e helicóptero em dias de maior movimentação de turistas.

O Batalhão de Polícia Militar Ambiental, por sua vez, terá 110 servidores e policiamento náutico com 16 embarcações. Haverá diversas ações de fiscalização em barreiras rodoviárias para coibir crimes ambientais e crimes comuns.

Confira a programação completa do FICA 2024 em Goiás

A programação oficial completa do 25º Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica) já está disponível. Ao celebrar 25 anos do festival, que será realizado entre os dias 11 e 16 de junho na Cidade de Goiás, essa edição traz uma programação vasta, com grandes novidades e parcerias inéditas. Para acessar a programação detalhada visite o site oficial do festival.

O Fica é uma realização do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), em correalização com a Universidade Federal de Goiás (UFG), por meio da Fundação Rádio e Televisão Educativa (RTVE).

O festival conta também com apoio do programa Goiás Social, das secretarias de Estado da Retomada, de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), Saneago, Universidade Estadual de Goiás (UEG), Instituto Federal de Goiás (IFG), Serviço Social do Comércio (Sesc), Prefeitura da cidade de Goiás, Grupo Kelldrin e Saga BYD.

O evento contará com uma programação variada, incluindo mostras competitivas, mostras paralelas, minicursos, oficinas, sessões especiais de filme, encontro de escolas de cinema e realizadores, homenagens, mesas de debate, fóruns, rodas de conversa, tenda multiétnica, exposições, feiras de artesanato e gastronomia, programação especial de parceiros, além da programação cultural com artistas locais, regionais e nacionais.

Na noite de sexta-feira, (14/06), a cantora Sandra Sá anima o público no palco da Praça de Eventos, seguido da banda Ira!, no sábado (15/06), e Silva encerrando a 25ª edição, no domingo (16/06).

A começar pelo tema “Tecnologia, Inovação e Mudanças Climáticas”, o festival traz para o centro do debate uma discussão atual e importante sobre o papel da tecnologia para as grandes alterações sistêmicas pelas quais o meio ambiente precisa passar.

O Fica está alinhado com os debates da Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP-30), que será realizada em 2025, na cidade de Belém (PA).

O 25º Fica marca a edição dos recordes. O festival consolidou sua representatividade no cenário internacional sendo a edição com o maior número de filmes internacionais inscritos de toda a história, 1.078 produções de 76 países de cinco continentes.

No Brasil, 26 dos 27 estados participaram da seletiva. Esta edição do Fica foi, ainda, a que teve o maior número de mulheres diretoras, quase metade das produções são dirigidas por mulheres, um grande avanço na representatividade feminina no mercado audiovisual.

Além disso, o Fica 2024 conta com grandes parceiros como a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), as embaixadas da Bélgica e Canadá, que estão trazendo mais arte e conhecimento para o evento, a Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai) e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Novidades

Uma das grandes novidades desta edição é a criação da Mostra Competitiva de Cinema Indigena e Povos Tradicionais com o objetivo de fortalecer a produção audiovisual feita por pessoas que fazem parte das comunidades e territórios. Além dessa mostra, o festival conta ainda com outras três competitivas: Mostra Washington Novaes, Mostra do Cinema Goiano e Mostra Becos da Minha Terra, exclusiva para produções locais.

“A maior de todas as transformações do Fica é a quantidade de participações, não somente de goianos, mas de instituições e organizações internacionais. Então o público esse ano está muito diverso, demonstrando ainda mais a credibilidade do festival, além da quantidade de filmes que nós recebemos, que, inclusive, deu a oportunidade de abrir uma segunda sala de cinema, com a participação de indígenas com a mostra própria também, e isso mostra que o Fica, a cada ano, está tomando maiores proporções e maior credibilidade”, afirma Yara Nunes, secretária de Cultura do Estado.

Fica Sustentável

Uma das grandes preocupações do festival é com as ações sustentáveis durante todo o evento. A coleta dos resíduos recicláveis do Fica 2024, por exemplo, será realizada pela cooperativa de catadores da cidade. Além disso, acontecerá a revitalização da área conhecida como Chapéu de Padre, com limpeza, plantio de espécies nativas do Cerrado e ações de recuperação do local, além de todo o material de divulgação do festival ter sido feito com produtos recicláveis.

 

Bailarinos goianos conquistam 5 prêmios em competição nos EUA

Estudantes goianos da Escola do Futuro de Goiás em Artes Basileu França ganharam cinco prêmios no Youth America Grand Prix (YAGP), maior competição e programa de bolsas de estudos de balé do mundo, ocorrida no último final de semana em Nova Iorque (EUA).

Goiás traz para casa os segundos lugares nas categorias Sênior Masculina e Pas de Deux Sênior, e o terceiro lugar Pas de Deux Júnior, fora dois prêmios de “top 12” nas categorias júnior e sênior feminina.

“Estamos muito orgulhosos dos nossos estudantes. O balé do Basileu França alcança a marca de 21 prêmios internacionais conquistados nos principais festivais do mundo desde 2023. Isso mostra como os investimentos em ensino técnico de qualidade levam, cada vez mais, o nome de Goiás para o mundo”, relata o titular da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), José Frederico Lyra Netto.

A escola, que compõe a rede de ensino profissionalizante do Governo de Goiás, é mantida pela pasta e gerida pela Universidade Federal de Goiás (UFG).

Contra mais de 2,5 mil bailarinos de vários países na competição, João Pedro Silva e Yasmim Sabag ficaram em segundo lugar na categoria Sênior Pas de Deux, e João Pedro ainda levou o segundo lugar na categoria solo Junior Clássico e Contemporâneo Masculino.

Marcus Rufino e Martina Sanchez alcançaram o terceiro lugar na categoria Junior Classical Pas de Deux, enquanto Martina Sanchez e Yasmim Sabag ficaram no top 12 nas categorias solo Junior Clássico e Contemporâneo Feminino e Sênior Clássico e Contemporâneo, respectivamente.

Em 2023, dois bailarinos da escola venceram suas categorias no YAGP. Um deles foi justamente João Pedro, que, neste ano, já ganhou o Prix de Lausanne, competição considerada o “Oscar” do balé mundial, na Suíça.

“O Basileu França vem se consolidando como uma instituição profissionalizante que está de igual para igual com outras grandes escolas do mundo e, para Goiás, é a certeza do sucesso no investimento das políticas públicas”, afirma a coordenadora de Dança da EFG em Artes Basileu França, Simone Malta.

YAGP

O YAGP tem seletivas em todo o mundo, que culminam nesta grande final realizada em abril na cidade de Nova Iorque, e é uma competição voltada para bailarinos entre 9 e 19 anos, fornecendo bolsas de estudo em grandes companhias de dança do mundo.

Neste ano, além dos quatro vencedores, outros três bailarinos da EFG em Artes Basileu França conquistaram vagas para a final.

 

Veja também:

Goiás está com 700 vagas abertas para cursos gratuitos de Tecnologia

As Escolas do Futuro de Goiás estão com mais de 700 vagas abertas para cursos em tecnologia presenciais e on-line nas unidades de Goiânia, Aparecida de Goiânia, Mineiros, Santo Antônio do Descoberto e Valparaíso de Goiás.

As inscrições devem ser feitas até 26 de abril para os cursos on-line e até 6 de maio para os presenciais, exclusivamente pelo site efg.org.br/editais. Podem se inscrever pessoas acima de 16 anos com ensino fundamental completo.

As vagas são distribuídas da seguinte maneira: 202 em Goiânia, sendo 30 direcionadas para cursos técnicos, 89 para capacitação e 83 para qualificação; 149 em Mineiros, sendo 30 vagas para cursos técnicos, 29 para capacitação e 90 para qualificação; e 360 em Santo Antônio e Valparaíso, sendo 90 vagas de qualificação e 90 de capacitação, em cada unidade.

“Cada uma das Escolas do Futuro de Goiás tem R$ 7 milhões investidos apenas em laboratórios. São escolas de primeiro mundo voltadas para o ensino técnico, a fim de dar oportunidades rápidas de trabalho aos goianos, e em áreas do mercado que pagam bem. Por isso, sob determinação do governador Ronaldo Caiado, investimos pesado na área”, diz o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, José Frederico Lyra Netto.

Foto: Secti

 

Áreas

Entre os cursos disponíveis estão: Desenvolvimento de Jogos para Dispositivos Móveis, Pilotagem de Drone, Desenvolvimento Web, Robótica Educacional para Docentes, Impressão de Peças 3D, além de cursos básicos como Pacote Office, Técnicas de Vendas e mídias sociais. Há oportunidades também para o Decolab, iniciativa que oferta cursos voltados ao empreendedorismo.

As Escolas do Futuro de Goiás são unidades de ensino profissionalizante do Governo de Goiás, ligadas à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), e que buscam proporcionar oportunidades rápidas de trabalho em áreas do mercado bem remuneradas.

Sob a gestão da Universidade Federal de Goiás, essas unidades são fundamentais para o desenvolvimento tecnológico e a formação de talentos em Goiás.

 

Veja também:

Caiado nomeia Armando Vergílio como secretário de Relações Institucionais

O ex-deputado federal Armando Vergílio dos Santos Júnior é o novo secretário estadual de Relações Institucionais do Governo de Goiás. O decreto de nomeação, assinado pelo governador Ronaldo Caiado (União Brasil), foi publicado nesta quinta-feira (04/04), no Diário Oficial do Estado (DOE). A pasta é responsável pelo diálogo com políticos, líderes classistas e municipalistas.

A pasta também tem como objetivo proporcionar eficiência no relacionamento institucional com os poderes Legislativo e Judiciário, além de outras esferas da administração pública. A mudança foi realizada em razão da desincompatibilização de Lucas Vergílio, que deixou o cargo para disputar as eleições de 2024.

Presidente da Federação Nacional dos Corretores de Seguros (Fenacor), Armando Vergílio foi deputado federal entre 2011 e 2015 e secretário de Desenvolvimento da Região Metropolitana do Distrito Federal. Também esteve à frente das secretarias de Cidades; Governo; Trabalho; e Previdência. Vergílio também foi candidato a vice-governador nas eleições de 2014, na chapa de Iris Rezende (MDB).

Espetáculos de teatro, dança e circo invadem Porangatu a partir desta quinta-feira

Com apresentações de teatro, dança e circo, tem início nesta quarta-feira (04/04), a programação da 19ª edição da Mostra de Teatro Nacional de Porangatu (TeNpo). A mostra, que segue até o próximo domingo (07), será aberta às 19h30, no Teatro Tatersal, com o espetáculo “Dança Boba”, do Ateliê do Gesto (GO).

De acordo com a Secretaria Municipal de Turismo, a expectativa é que mais de cinco mil turistas de Goiás e Tocantins visitem a cidade durante os quatro dias de evento. A mostra é uma realização do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), com a correalização da Universidade Federal de Goiás.

A programação contará com 15 espetáculos de dança, teatro e circo, além oficinas artísticas. Mais de dez grupos cênicos de Goiás, São Paulo e Rio de Janeiro se apresentarão durante o evento. Destaque para o stand up do ator Eri Johnson, atração nacional que encerra o festival no dia 7 de abril.

Programa de abertura
No primeiro dia do evento (4/4), o espetáculo itinerante “Circo de Doisdo”, da companhia paulista Cia Pé de Cana, ocupa palco da Lagoinha, no Setor Sol Nascente, às 16h30. O Grupo Farândola Teatro-Circo (GO) também apresenta a montagem “A Orelha de Vicente”, às 17h30, no Teatro do Centro Cultural de Porangatu.

Escolhido para a abertura oficial do TeNpo, “Dança Boba” é um trabalho artístico que se baseia na construção de danças por meio de jogos de improviso originados no corpo de dois intérpretes. As danças ganham potência e dialogam com o público a partir da simplicidade, da construção poética desvelada em memórias, nostalgias, leveza, dramaticidade, ludicidade. A direção é de Daniel Calvet.

Atividades formativas
Como já é tradição no TeNpo, profissionais que têm trabalho nacionalmente reconhecido conduzem as oficinas do festival. As ações formativas dedicadas a toda a cadeia produtiva das artes cênicas se iniciam com a oficina “O ofício do ator”, conduzida pela atriz Cláudia Ohana (RJ), no Teatro do Centro Cultural de Porangatu. Também residente no Rio de Janeiro, a bailarina, coreógrafa e educadora Clara da Costa ministra a oficina “O Corpo no Teatro Musical” na Academia Vikings Cross.

Para pessoas interessadas em dança contemporânea, o coreógrafo e bailarino Kleber Damaso oferece o workshop “Dança – A roda como produtora de alegrias”. A atriz e diretora Izabela Nascente traz uma introdução às práticas do Teatro do Objeto e do Cinema, na atividade “Formas animadas para o audiovisual”. A atriz Rosane Christina de Oliveira se propõe a investigar o jogo em suas relações possíveis do Teatro com a filosofia, sociologia, antropologia, psicologia e várias possibilidades de estudos, na oficina Jogos Teatrais.

Resgate da Música Sacra e Patrimônio Cultural: primeiro Órgão de Tubos de Goiás é restaurado

Totalmente restaurado, o Órgão de Tubos da Igreja Nossa Senhora do Rosário, na Cidade de Goiás, será entregue à comunidade durante as celebrações da Semana Santa, nesta quinta (28/3).

A peça, uma das mais emblemáticas na trajetória da música litúrgica em Goiás e em todo o Brasil, será usada na Missa do Lava-pés e da Santa Ceia do Senhor, que terá início às 19h, seguida da adoração ao Santíssimo Sacramento.

O Governo de Goiás investiu R$ 184.157,82 no restauro do instrumento, por meio do Programa de Incentivo à Cultura – Goyazes, mecanismo gerenciado pela Secretaria de Estado da Cultura (Secult Goiás), e com o patrocínio do Grupo Equatorial Energia. O órgão é o primeiro do tipo no Estado.

A proposta do projeto, além da preservação, é que o órgão se torne um ponto focal para concertos, atraindo visitantes e turistas.

Além de reavivar a música sacra na Igreja do Rosário, a revitalização da peça também entra nas comemorações do ano jubilar dos 140 anos da presença dos frades dominicanos em Goiás, que teve início em 23 de abril de 2023.

O restauro

As obras tiveram duração de cinco meses, com início em novembro de 2023. Os serviços foram executados em São Paulo, por uma empresa especializada em restauração de instrumentos religiosos. Reitor da Igreja Nossa Senhora do Rosário, Frei Cristiano Bhering, explica que o instrumento estava há mais de 15 anos parado por apresentar diversos problemas.

“O fole do órgão, que é o pulmão dele, é feito de pele de carneiro e com o passar do tempo ele deteriorou porque a umidade do ar aqui é muito seca. Além do sistema mecânico que passou a ser elétrico, também foi feito todo um trabalho de revitalização e de reconstrução do fole, consertos e novo revestimento dos tubos, das canaletas e teclado, e de descupinização das peças”, ressalta.

Marco cultural

O órgão de tubos da Igreja do Rosário é a primeira peça do gênero em Goiás e uma das pioneiras do Brasil, encomendada em 1947 por Dom Frei Cândido Penso.

A igreja do Rosário ostentou entre os anos de 1940 e 1956 o título de Igreja Catedral da Prelazia de Santana do Bananal, coexistindo na cidade de Goiás, com a Catedral de Santana, naquela época Catedral da Arquidiocese de Goiás.

Para dar notoriedade à catedral prelatícia de Nossa Senhora do Rosário, Dom Cândido Penso encomendou dois trabalhos. O primeiro, um órgão de tubos para as celebrações litúrgicas; e o segundo, executado nos anos cinquenta, a pintura de afrescos por Frei Nazareno Confaloni.

O Órgão de Tubos da igreja do Rosário, além de simbólico, é de grande relevância para os vilaboenses e o público em geral, pois representou um grande passo na modernização e erudição da música litúrgica, até então muito executada nas igrejas.

 

Veja também:

Goiás é o estado mais competitivo do Brasil, aponta pesquisa

Goiás é destaque no Ranking de Competitividade dos estados, alcançando o 1° lugar em Potencial de Mercado em 2023. A pesquisa, realizada pelo Centro de Liderança Pública (CLP), avaliou indicadores como o tamanho do Produto Interno Bruto (PIB) de cada estado, o crescimento potencial da força de trabalho nos próximos anos e a dinâmica de crescimento do PIB nos últimos quatro anos.

“Isso reflete não apenas a força da nossa economia, mas também o compromisso da nossa gestão em promover políticas que impulsionem o crescimento econômico do Estado e ofereçam oportunidades de investimento para empresas se instalarem em Goiás”, disse o governador Ronaldo Caiado sobre os resultados.

O PIB goiano tem crescido acima da média nacional. De acordo com o Índice de Atividade Econômica Regional (IBCR), divulgado pelo Banco Central (BC), o crescimento goiano na variação acumulada no ano de 2023 foi de 6,1%, o maior nível em 13 anos. A média nacional no mesmo período foi de 2,4%.

No levantamento do CLP, o estado de São Paulo ocupou a segunda posição no ranking, seguido por Roraima. Já Santa Catarina e Tocantins estão no quarto e quinto lugar, respectivamente. A avaliação levou em conta o tamanho da economia de cada estado, oportunidades de investimento e as iniciativas das unidades federativas que geram ciclo de competitividade e desenvolvimento econômico.

Na edição de 2023 do Ranking de Competitividade dos Estados foram analisados ainda novos indicadores relacionados ao mercado de crédito, como comprometimento de renda, qualidade de crédito para pessoa física, volume de crédito, e inadimplência.

Sobre o ranking

O Ranking de Competitividade fornece uma perspectiva abrangente da administração pública estadual a partir da análise do conjunto de 10 pilares: capital humano, educação, eficiência da máquina pública, infraestrutura, inovação segurança pública, solidez fiscal, sustentabilidade ambiental, sustentabilidade social e potencial de mercado.

O ranking completo pode ser acessado no site: rankingdecompetitividade.org.br.

 

Veja também:

 

 

Polícia Militar reforça efetivo com a formação de 669 novos policiais

A Polícia Militar do Estado de Goiás (PM-GO) realizou na noite desta quinta-feira (14/03), a solenidade de formatura do Curso de Formação de Praças (CFP). No total, 669 novos policiais – sendo 656 combatentes e 13 músicos -, concluíram a capacitação e vão reforçar as atividades de policiamento ostensivo e manutenção da ordem.

O curso contou com 1.693 horas-aula e foi realizado nas dependências do Comando da Academia da PM, em Goiânia. “Goiás é um verdadeiro oásis no Brasil. Hoje, o cidadão tem qualidade de vida e liberdade de ir e vir”, afirmou a primeira-dama e coordenadora do Goiás Social, Gracinha Caiado, que representou o governador Ronaldo Caiado no evento.

Gracinha também enalteceu os esforços dos formandos do curso destinado aos aprovados no concurso público realizado em 2022. “Com a vitória de vocês, quem ganha é toda a sociedade. Tenham a certeza do respaldo e todo apoio para que possam exercer o papel de combate à criminalidade e de proteção das famílias goianas”, disse.

Os novos policiais serão empregados em todo o Estado e atuarão nos mais diversos serviços e unidades. “Os formandos não entraram numa instituição para ter uma profissão. Todos têm verdadeiramente um sacerdócio. Não serão meros cumpridores de obrigações, mas terão comprometimento com todo a população”, garantiu o comandante-geral da PM, André Avelar.

Os alunos do curso foram habilitados para, a partir de hoje, executar atividades de policiamento ostensivo e de manutenção da ordem. “Fazer parte dos quadros da PMGO é um exercício diário de responsabilidade, integridade e compromisso com Goiás. É por isso que são vocês que estão aqui hoje, estão qualificados para essa missão”, salientou o vice-governador Daniel Vilela, que enfatizou os deveres do grupo que chega ao efetivo policial goiano. “O crime avançava e as nossas forças de segurança estavam desmotivadas. O governador Ronaldo Caiado mudou essa realidade”, lembrou.

A solenidade reuniu diversas autoridades goianas. Entre elas, o vice-governador Daniel Vilela (MDB), que elogiou o trabalho da corporação. “Fazer parte dos quadros da PM é um exercício diário de responsabilidade, integridade e compromisso com Goiás. É por isso que são vocês que estão aqui hoje, estão qualificados para essa missão”.