23/01/2018 09:55
Turismo / Turismo em Goiás

O menor município goiano tem mais coisas pra fazer do que você imagina

Confira as principais atrações da menor cidade do estado de Goiás

Mariana
por Mariana Magalhães

O termo Anhanguera nomeou ruas, praças, estradas e emissora de televisão no Estado, em homenagem ao desbravador do cerrado goiano e mineiro Bartolomeu Bueno. Inclusive tem uma estátua enorme do bandeirante no cruzamento da Av. Anhanguera com a Av. Goiás, em Goiânia.

Anhanguera também é o nome dado ao menor município do estado de Goiás. O menor mesmo, tanto em população quanto em área, com população estimada em 1.126 pessoas (IBGE 2017) em 44 km². A pequena cidade goiana também é a quarta menor do Brasil, perdendo apenas para Serra da Saudade-MG (825 hab.), Borá-SP (834 hab.) e Araguainha-MT (1.024 hab.).

O município fica na beirinha da região sudoeste do Estado, a 11 km de Cumari, a 32 km de Goiandira e a 46 km de Catalão. Reconhecida como município autônomo desde 1953, suas ruas em parelelepípedo e arquitetura arte déco deixa a cidadezinha ainda mais charmosa. E o prefeito atual é Francisco da Silva, que já está em seu 4º mandato (não consecutivos) e é um dos pioneiros na cidade.

Mas e ai, o que a cidadezinha tem para oferecer? Para matar sua e a nossa curiosidade, o Curta Mais foi atrás pra saber o que tem pra fazer no menor município goiano. E descobrimos que ela pode ser mais agitada que Caldas Novas.

CARNAVAL DE RUA

Um município de pouco mais de mil habitantes só tem uma avenida principal que corta a cidade. E é na Av. Belchior que acontecem 3 dias de Carnaval, com banda e DJs. A festa é uma das mais agitadas do município e é aguardada o ano inteiro. Além dos moradores, estima-se que a cidade recebe mais 300 pessoas para o tradicional carnaval de rua da cidade, no início do ano, data nacional da festa mesmo.

FESTA DO ROSÁRIO

5088887ba124a972f55f9462d05bc963.jpg

Outra festa tradicionalíssima no município é a do Rosário. São 9 dias de fé, entre novenas, congada e procisões das imagens de Nossa Senhora do Rosário, São Benedito, Menino Jesus de Praga e São José, padroeiro da cidade. A festa religiosa acontece todo ano no mês de setembro e reúne fieis da região.

CARNANHANGUERA

Não bastasse o tradicional carnaval no início do ano, a cidade também realiza anualmente um carnaval fora de época, em novembro. O CarnaAnhaguera é uma pré-festa que reúne mais de 3 mil pessoas na cidade. Em 2017, a prefeitura resolveu fazer um pré-carnaval diferente e reuniu a folia com um rodeio show. Quer rolê mais goiano que isso?!

CACHOEIRAS

1b19c302ea4ceeae3fbbb925fc9931e3.jpg

Nem só de festa vive o município. Goiás se debruça em belezas naturais quando o assunto é ecoturismo e até lá na menor cidade do estado tem o que conhecer. Banhado pelo Ribeirão Pirapitinga, a poucos quilômetros da cidade, os moradores se divertem gratuitamente na Cachoeira da Usina. Ou então uma versão menor do cenário, na Cachoeirinha, banhada pelo Córrego das Vacas.

CASA DE PEDRA

3fecb8deede3e0367a39a7e2d3e2fdd9.jpg

Além das cachoeiras, há 4 km de Anhanguera existe uma enorme pedra a beira do Rio Paranaíba, onde os moradores fazem piquenique, pescam e contemplam a natureza. De acordo com relatos, a pedra é alta e seu espaço tem o tamanho de uma casa, podendo curtir umas 10 pessoas nela tranquilamente em sombra e água fresca.

BAILE DE FINAL DO ANO

56cf237cf03ac3a404b38562f4586f19.jpg

Dezembro é um mês festivo no país todo e não seria diferente no menor município goiano. Por lá, a primeira dama da cidade garante um baile de Réveillon aberto a toda comunidade, com direito a show ao vivo, queima de fogos e uma confraternização fraternal. Além disso, a cidade não fica pra trás nas tradicionais comemorações natalinas e todo ano o município inteiro (que não é tão grande assim) recebe decoração, estando entre as cidades mais iluminadas nessa época do ano. Para os moradores, vale a pena a visita pra ver uma das menores cidades do país sendo a mais iluminada!

ARQUITETURA ARTE DÉCO

00cd6e0ad008b57672f6a7c6b31c5023.jpg

A cidade foi emancipada em 1953, mas já era distrito dos municípios vizinhos no final do século XX. O auge da arquitetura arte déco em Goiás também marcou a estrutura da cidade, que conta com monumentos que confuguram sua história, como a sede da Câmara Municipal. Além das edificações, as ruas em paralelepípedo deixam a cidade ainda mais charmosa e genuinamente goiana. Vale a visita!

Notícias sobre: atividades

NOTÍCIAS RELACIONADAS

+ Turismo

Por dentro da histórica Igreja Matriz do século 18 de Corumbá de Goiás

Conjunto arquitetônico constituído pela Igreja Matriz de Nossa Senhora da Penha de França é patrimônio cultural de fé no estado


+ Turismo

6 flagras que só acontecem (ainda) no interior de Goiás

Situações que só mesmo nos menores municípios goianos ainda é possível presenciar


+ Turismo

Goiás ganha trilha histórica de 280 km destinada a aventureiros

Trecho inspirado no caminho de Santiago de Compostela, exalta a beleza do cerrado, a culinária goiana e os lugares históricos


+ Turismo

Descobrimos uma cachoeira quase intocável no lado oeste do cerrado goiano

Escondidas dentro da mata, são 2 quedas d’água formando piscinas naturais de água cristalina


+ Turismo

Com 7 belíssimas quedas, Cachoeira dos Cristais é ótima opção para toda família na Chapada

Um verdadeiro complexo de águas translúcidas, com estrutura de camping, restaurante e de fácil acesso.


+ Turismo

7 experiências que todo turista precisa ter em Goiânia

Alguns lugares obrigatórios que todo turista precisa conhecer na cidade


+ Turismo

Com 7 cachoeiras incríveis, Complexo do Prata é um paraíso quase intocado na Chapada dos Veadeiros

Todo o roteiro, repleto de paisagens incríveis, pode ser concluído em apenas um dia


+ Turismo

Flamboyants da Avenida Goiás Norte viram ponto turístico em Goiânia

Seria esta a rua mais bonita de Goiânia?


TV Curta Mais

MAIS LIDAS DE HOJE

+ CLUBE DE VANTAGENS CURTA MAIS

Curta Mais 2018. Todos os direitos reservados.