Pesquisa aponta que empresas Pet Friendly possuem melhora em rendimento

A nova tendência de Pets no trabalho está ganhando o mundo; saiba mais detalhes

Amanda Mendonça De Oliveira
Por Amanda Mendonça De Oliveira
pet

Já pensou em levar seu pet para o trabalho? Os nossos melhores amigos de quatro patas ocupam um lugar cada vez mais importante em nossas vidas, sendo considerados por alguns como importantes integrantes da família. Passar tempo com esses bichinhos pode recarregar nossas energias, por isso, para os “pais de pet”, poder trabalhar ao lado de seu bichinho de estimação seria um sonho. Diante disso, uma tendência emergente que ganhou destaque é a adoção de políticas “Pet Friendly”, permitindo que os funcionários levem seus animais de estimação para o local de trabalho.

Segundo uma pesquisa realizada em Singapura, além de um sonho, trabalhar com a companhia de seu pet também seria bastante benéfico. A pesquisa foi realizada pela Universidade Nacional de Singapura, divulgada em 2022 pelo periódico inglês, The Straits Times, e indica que o convívio com pets no ambiente de trabalho pode causar uma melhora na empatia, além de uma redução do estresse. Essa redução se dá por meio da interação com o animal de estimação – que baixa o nível de cortisol (o hormônio do estresse) no organismo. A pesquisa também mostrou que, ao fazer carinho em um pet, nosso organismo libera dopamina e serotonina, causando uma sensação de bem-estar. 

O estudo contou com três etapas, e entrevistou um escopo de 370 pessoas em um período de duração de dois anos. Nele, foram analisadas as emoções dos funcionários do zoológico de Singapura, e de funcionários de organizações com espaços pet friendly nos Estados Unidos. Os entrevistados afirmam que após ter contato com os animais no ambiente de trabalho se sentiram mais “comovidos”, e com o “coração quentinho”.

“Colaboradores que trabalham com animais são treinados a observar constantemente os sinais não-verbais de desconforto. E, curiosamente, essa compaixão provocada pelos pets é transferida, também, para comportamentos em relação aos colegas de trabalho, como dar um esforço extra para ajudar o outro”, explicou Sam Yam Kai Chi, professor associado da NUS e responsável pela pesquisa. 

O resultado da pesquisa também revelou que com um maior contato com os pets, os funcionários obtêm uma maior empatia e comportamento pró-social, o que significa uma melhora na comunicação entre os funcionários e no trabalho em equipe. Pesquisadores ainda afirmam que com a estrutura e regras corretas, as empresas podem adotar o estilo pet friendly como estratégia para desenvolver um melhor ambiente de trabalho. 

Diante de tantos resultados positivos, vale considerar a adoção de práticas pet friendly como uma abordagem estratégica para promover um ambiente de trabalho mais saudável e produtivo. Ter a oportunidade de trabalhar em organizações pet friendly, além de ajudar a reduzir a preocupação do tutor com o seu pet, também alegra o ambiente de trabalho, trazendo “fofura” para a rotina da empresa. E você, já pensou em trabalhar com seu pet?

 

Fonte: STATE

 

>Veja Também<

Conheça João, o cachorro que trabalha na Assembleia Legislativa de Goiás

Descubra como proteger seu pet dos fogos na virada do ano

10 hotéis para cachorros e gatos em Goiânia

10 Filmes com cachorro para se emocionar e amar ainda mais os Animais

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar aqui e escolher.