Por que armazenar feijão em potes de sorvete pode ser prejudicial à saúde?

Cuidado! Colocar feijão em potes de sorvete pode ser prejudicial à saúde

Beatriz Bueno
Por Beatriz Bueno
Por que armazenar feijão em potes de sorvete pode ser prejudicial à saúde?

Quem nunca, né? Muitas vezes, repetimos hábitos ao longo da vida sem perceber os riscos à saúde que podem representar. Uma prática comum entre nós brasileiros é armazenar feijão cozido em potes de sorvete, uma tradição tão enraizada quanto o samba, o futebol e a nossa sagrada pamonha quando cai aquela chuvinha.

Mas, essa conveniência pode esconder perigos para a saúde. Descubra os motivos por trás dessa prática e como ela pode impactar negativamente sua saúde.

Fim da decepção do sorvete que, na verdade, era feijão 

Os potes de sorvete, geralmente feitos de plástico, podem conter substâncias químicas incompatíveis com o armazenamento de alimentos, conforme alertado pela OMS (Organização Mundial da Saúde). Embora a entidade tenha indicado que o plástico em si não cause danos prejudiciais ao entrar em contato com outros componentes, surge um problema significativo quando se trata de armazenar feijão nesses recipientes.

O principal risco está centrado no feijão contido no pote, pois ele pode absorver odores ou resíduos, facilitando a proliferação de bactérias. O pote de sorvete não foi projetado para armazenar alimentos, o que significa que o feijão pode estar exposto a bactérias e fungos. Isso aumenta o potencial de intoxicação alimentar ao consumir o produto armazenado de maneira inadequada.

Portanto, é crucial optar por potes específicos para a conservação de alimentos e evitar possíveis problemas de saúde associados a práticas inadequadas de armazenamento.

>Veja Também<

Poucas pessoas conhecem o feijão tropeiro na chapa servido em Goiânia que já foi até premiado

Cidade goiana já foi conhecida como a ‘Capital do Feijão’

Comprovado! Arroz com Pequi faz bem para a Saúde

 

Quer receber nossas notícias e dicas de turismo, gastronomia e entretenimento em primeira mão? Siga o Curta Mais no Instagram: @guiacurtamais e nas outras redes sociais, você também pode entrar em nosso canal do WhatsApp clicando aqui.