Com investimento milionário, Teatro histórico na Cidade de Goiás será reformado

O Cine Teatro São Joaquim, que fica na Cidade de Goiás, passará a abrigar uma sala de cinema regular de fato, graças à instalação de uma série de equipamentos adquiridos via lei federal Paulo Gustavo, com investimento de R$ 740 mil, operacionalizados pelo Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult).

O anúncio da modernização do espaço foi feito pela secretária de Estado da Cultura, Yara Nunes, durante a 25ª edição do Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica 2024), no início de junho. A instalação da aparelhagem está prevista para ocorrer a partir do segundo semestre deste ano, após seleção de empresa especializada por meio de edital público.

A secretária Yara Nunes enfatizou a importância do projeto de modernização do cinema, um símbolo histórico da cidade de Goiás. O objetivo é democratizar o acesso à cultura para os vilaboenses.

“Esta adaptação representa um marco na valorização do nosso patrimônio cultural e no acesso à sétima arte. Ao aliar a riqueza histórica do espaço à tecnologia de ponta, o Cine Teatro São Joaquim se tornará um polo de entretenimento e formação cinematográfica para a comunidade”, pontuou.

Ao todo, serão instalados 60 equipamentos no Cine Teatro São Joaquim, levando o espaço a se tornar, após 167 anos de sua criação, uma sala de cinema, com suporte adequado, inclusive, para receber filmes do circuito comercial. Serão instalados um projetor DCP 4K – Certificação DCI; uma lente de alto brilho; um servidor; um processador de áudio, seis caixas acústicas frontais; uma caixa acústica subwoofer, oito amplificadores de som; 34 caixas acústicas surround; um nobreak 6kva; um pedestal para projetor digital; um rack para som; dois microfones sem fio; um computador Desktop, e uma tela motorizada.

Funcionamento

A curadoria e a organização da grade de programação serão feitas pela equipe do Cine Cultura, unidade da Secult Goiás que funciona no Centro Cultural Marietta Telles Machado, na Praça Cívica, em Goiânia. A intenção é promover sessões especiais, com um roteiro de obras de qualidade.

A grade de filmes será flexível, para conciliar com a programação alternativa do Cine Teatro São Joaquim, que também recebe apresentações diversas, sobretudo shows e peças teatrais. O público terá acesso aos dias e horários dos filmes na própria unidade e por rede social.

O Cine Teatro São Joaquim também é o principal espaço de exibição de filmes do Festival Internacional de Cinema Ambiental (Fica).

Foto: Secult Goiás

Histórico e melhorias

O Cine Teatro São Joaquim é considerado o primeiro teatro do Centro-Oeste e o mais antigo de Goiás. Sua inauguração data de 1857, no Beco da Lapa, na cidade de Goiás. Em seus primórdios, o espaço exibia peças dos principais centros culturais do país, como São Paulo e Rio de Janeiro.

Nos anos 80, o estado adquiriu o prédio onde existia o Cine Anhanguera, que também estava sendo desativado. E, em 1992, reativou (no novo endereço) o Cine Teatro São Joaquim, que voltou a ser palco de grandes espetáculos.

Em 2015, foi realizada uma obra de requalificação completa, com recursos do PAC Cidades Históricas, que atendeu às condições de acessibilidade universal e reequipou o Cine Teatro com novos sistemas de cênica, luminotécnica, acústica, projeção, refrigeração, prevenção de incêndio, subestação de energia e gerador, além de ampliação do backstage, área técnica, camarins e administração. A inauguração do Cine Teatro se deu junto ao lançamento da 19ª edição do Fica, em 2017.

Em 2023, o Governo de Goiás realizou novos serviços na unidade, para melhor receber o público do 24º Fica. Os serviços incluíram reparos de goteiras, infiltrações, iluminação, revisões elétricas e no sistema de proteção a incêndios.

Matheus Nachtergaele confirma presença no Fica 2024

O ator, diretor e autor Matheus Nachtergaele estará presente na 25ª edição do Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica), que ocorre na Cidade de Goiás entre os dias 11 e 16 de junho. Nachtergaele participará da conferência de cinema “Antonio Candido: Brasil Narrado, Narrações do Brasil” no sábado, 15 de junho, às 10h30, no Cine Teatro São Joaquim.

O ator estará acompanhado de Eduardo Escorel, cineasta e diretor do filme “Antonio Candido, Anotações Finais”, que faz parte da mostra especial do festival. A conferência abordará a produção do filme e os processos criativos das obras dos diretores e atores, com espaço para perguntas e comentários do público.

O filme “Antonio Candido, Anotações Finais” é baseado nos cadernos inéditos deixados por Antonio Candido e aborda diversos temas como fragilidade física, notícias de jornal, preferências literárias e memórias de infância.

Na edição anterior do Fica, o festival destacou o filme “A Flor do Buriti”, premiado no Festival de Cinema de Cannes, e contou com a participação de Aílton Krenak e a exibição do filme “Adeus, Capitão” de Vincent Carelli.

Fica 2024 é a edição com mais filmes inscritos em toda a história do festival em Goiás

O 25ª Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica) foi a edição com mais inscrições de filmes brasileiros e estrangeiros em comparação com todas as edições anteriores.

Os números recordes de inscrições em cada categoria revelam a solidificação do festival e a relevância do tema escolhido. O Fica acontece entre os dias 11 e 16 de junho, na cidade de Goiás, e é uma realização do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), em correalização com a Universidade Federal de Goiás (UFG), por meio da Fundação Rádio e Televisão Educativa (RTVE).

Nesta edição, foram 1.078 filmes inscritos, em comparação com 540 obras no festival de 2023. O montante representa praticamente o dobro em relação à edição anterior.

Além disso, nesta 25ª edição, 76 países, de todos os continentes, com exceção da Antártica, submeteram propostas de filmes para a Mostra Internacional Washington Novaes, contra 24 países da edição do ano passado. No Brasil, 26 dos 27 estados participaram da seletiva.

No total, foram 459 filmes brasileiros, 560 estrangeiros e 121 filmes goianos disputando as inscrições. Só para se ter uma ideia, a primeira edição contou com 154 inscrições, sendo que a média entre todas as edições do festival é de cerca de 400 filmes inscritos. Os países mais bem representados foram Brasil, Irã, Índia e Estados Unidos, já os estados foram São Paulo, Goiás, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

A mostra Washington Novaes concentra o maior número de inscritos, com 900 propostas, em seguida a mostra do Cinema Goiano, com 57 produções, já a mostra de Cinema Indígena e Povos Tradicionais, mesmo sendo inédita nesta edição, recebeu 50 filmes inscritos, e a mostra Becos da Minha Terra ficou com 12 propostas inscritas, o que revela o fortalecimento da produção audiovisual da cidade de Goiás. O festival vai destinar premiações que variam de R$ 5 mil a R$ 35 mil, além de troféus e menções honrosas.

O diretor de programação do festival, Pedro Novaes, considera a visibilidade do festival e o propósito ao qual ele se propõe como impulsionadores desse aumento significativo de inscritos: “Acho que são três coisas: a recuperação da imagem do FICA como um festival extremamente relevante, o fato da questão ambiental estar no centro do debate político e, ainda, o uso de uma nova plataforma para as inscrições, a Film Freeway, onde já estão centenas de outros festivais internacionais importantes”, avalia.

Evento multicultural

O Fica 2024 conta com uma vasta programação gratuita, com mostras competitivas, debates com grandes nomes do cinema nacional e internacional, atividades de cunho ambiental e atrações culturais.

Saiba mais aqui:

 

Confira a programação completa do FICA 2024 em Goiás

A programação oficial completa do 25º Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica) já está disponível. Ao celebrar 25 anos do festival, que será realizado entre os dias 11 e 16 de junho na Cidade de Goiás, essa edição traz uma programação vasta, com grandes novidades e parcerias inéditas. Para acessar a programação detalhada visite o site oficial do festival.

O Fica é uma realização do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), em correalização com a Universidade Federal de Goiás (UFG), por meio da Fundação Rádio e Televisão Educativa (RTVE).

O festival conta também com apoio do programa Goiás Social, das secretarias de Estado da Retomada, de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), Saneago, Universidade Estadual de Goiás (UEG), Instituto Federal de Goiás (IFG), Serviço Social do Comércio (Sesc), Prefeitura da cidade de Goiás, Grupo Kelldrin e Saga BYD.

O evento contará com uma programação variada, incluindo mostras competitivas, mostras paralelas, minicursos, oficinas, sessões especiais de filme, encontro de escolas de cinema e realizadores, homenagens, mesas de debate, fóruns, rodas de conversa, tenda multiétnica, exposições, feiras de artesanato e gastronomia, programação especial de parceiros, além da programação cultural com artistas locais, regionais e nacionais.

Na noite de sexta-feira, (14/06), a cantora Sandra Sá anima o público no palco da Praça de Eventos, seguido da banda Ira!, no sábado (15/06), e Silva encerrando a 25ª edição, no domingo (16/06).

A começar pelo tema “Tecnologia, Inovação e Mudanças Climáticas”, o festival traz para o centro do debate uma discussão atual e importante sobre o papel da tecnologia para as grandes alterações sistêmicas pelas quais o meio ambiente precisa passar.

O Fica está alinhado com os debates da Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP-30), que será realizada em 2025, na cidade de Belém (PA).

O 25º Fica marca a edição dos recordes. O festival consolidou sua representatividade no cenário internacional sendo a edição com o maior número de filmes internacionais inscritos de toda a história, 1.078 produções de 76 países de cinco continentes.

No Brasil, 26 dos 27 estados participaram da seletiva. Esta edição do Fica foi, ainda, a que teve o maior número de mulheres diretoras, quase metade das produções são dirigidas por mulheres, um grande avanço na representatividade feminina no mercado audiovisual.

Além disso, o Fica 2024 conta com grandes parceiros como a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), as embaixadas da Bélgica e Canadá, que estão trazendo mais arte e conhecimento para o evento, a Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai) e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Novidades

Uma das grandes novidades desta edição é a criação da Mostra Competitiva de Cinema Indigena e Povos Tradicionais com o objetivo de fortalecer a produção audiovisual feita por pessoas que fazem parte das comunidades e territórios. Além dessa mostra, o festival conta ainda com outras três competitivas: Mostra Washington Novaes, Mostra do Cinema Goiano e Mostra Becos da Minha Terra, exclusiva para produções locais.

“A maior de todas as transformações do Fica é a quantidade de participações, não somente de goianos, mas de instituições e organizações internacionais. Então o público esse ano está muito diverso, demonstrando ainda mais a credibilidade do festival, além da quantidade de filmes que nós recebemos, que, inclusive, deu a oportunidade de abrir uma segunda sala de cinema, com a participação de indígenas com a mostra própria também, e isso mostra que o Fica, a cada ano, está tomando maiores proporções e maior credibilidade”, afirma Yara Nunes, secretária de Cultura do Estado.

Fica Sustentável

Uma das grandes preocupações do festival é com as ações sustentáveis durante todo o evento. A coleta dos resíduos recicláveis do Fica 2024, por exemplo, será realizada pela cooperativa de catadores da cidade. Além disso, acontecerá a revitalização da área conhecida como Chapéu de Padre, com limpeza, plantio de espécies nativas do Cerrado e ações de recuperação do local, além de todo o material de divulgação do festival ter sido feito com produtos recicláveis.

 

Confira a programação da 22ª Semana Nacional de Museus em Goiás

A 22ª Semana Nacional de Museus (SNM), em celebração ao Dia Internacional dos Museus (18 de maio), começa oficialmente na segunda-feira (13/05) e se estende até domingo (19/05).

Em Goiás, no entanto, as atividades iniciam já nesta sexta-feira (10/05), com palestra no Museu da Imagem e do Som (MIS). Todas as unidades da Secretaria da Cultura (Secult) e o Arquivo Histórico Estadual também terão programação especial.

No MIS, a primeira atividade é a oficina “Para que o caderno de registro de visitantes e pesquisa de público?”, com Luis Felipe Pinheiro, museólogo, analista de dados e coordenador da unidade, e Aluane de Sá, museóloga e coordenadora do Núcleo de Conservação e Preservação do Acervo (NUCPA). A palestra será das 09h às 10h30, na sexta-feira (10/05), no Centro Cultural Marietta Teles Machado, na Praça Cívica, em Goiânia.

No dia 13, segunda-feira, às 17h30, será inaugurada a exposição fotográfica Goiânia Art Déco Festival, no Centro Cultural Octo Marques, com a presença de Gutto Lemos, idealizador e proponente da iniciativa. A mostra temporária faz parte do projeto Goiânia Art Déco Festival, que reúne uma série de fotografias do patrimônio cultural Art Déco da capital sob a ótica de vários artistas.

Também na segunda-feira, das 19 às 22h, no MIS, será realizada a palestra “Memórias de si, dos outros e das coisas: percursos de Edna Luísa de Melo Taveira a partir de seu arquivo pessoal”, com a pesquisadora Ana Cristina Santoro, conservadora do Museu Antropológico da Universidade Federal de Goiás (UFG); e mediação da museóloga Aluane de Sá, coordenadora do NUCPA.

As demais unidades geridas pela Secult Goiás que contam com programação especial são Arquivo Histórico Estadual e os museus Pedro Ludovico (Goiânia), Conde dos Arcos (cidade de Goiás) e Ferroviário de Pires do Rio. Discentes de Museologia, Artes, História, áreas afins e demais pessoas interessadas na temática podem conferir os detalhes no site da Secult Goiás.

Silva é mais uma atração confirmada no Fica 2024 em Goiás

Reconhecido pelas canções autorais e por suas releituras originais no “Bloco do Silva”, um de seus discos mais buscados, o cantor capixaba Silva fecha as atrações musicais do 25º Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica), no domingo (16/06), na Praça de Eventos, na Cidade de Goiás. O show é uma apresentação do Sesc Goiás.

Sandra de Sá e Ira! completam a programação artística nacional com shows na sexta-feira (14) e sábado (15), respectivamente. O festival, que acontece entre os dias 11 e 16 de junho, contará, ainda, com mais 27 atrações regionais e locais.

O Fica é uma realização do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), em correalização com a Universidade Federal de Goiás (UFG), por meio da Fundação Rádio e Televisão Educativa (RTVE).

Sobre o artista

Silva é cantor, compositor e músico multi-instrumentalista. Natural do Espírito Santo, o artista deu os primeiros sinais de talento musical aos três anos de idade. Com dez álbuns lançados, turnês nacionais e internacionais, diversas canções autorais e releituras que o levaram à indicação ao Grammy Latino, além de parcerias com grandes nomes da música brasileira, Silva celebra a crescente carreira e promete um show com muita MPB, Soul Music e Ska, Bossa Nova, Jazz e samba.

Evento multicultural

O Fica 2024 conta com uma vasta programação gratuita, com mostras competitivas, debates com grandes nomes do cinema nacional e internacional, atividades de cunho ambiental e atrações culturais.

O festival conta com apoio do programa Goiás Social; das secretarias de Estado da Retomada; de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti); e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad); Saneago; Universidade Estadual de Goiás (UEG), Instituto Federal de Goiás (IFG); Serviço Social do Comércio (Sesc) e Prefeitura da cidade de Goiás. Este ano o evento também tem como apoiadores a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai) e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Resgate da Música Sacra e Patrimônio Cultural: primeiro Órgão de Tubos de Goiás é restaurado

Totalmente restaurado, o Órgão de Tubos da Igreja Nossa Senhora do Rosário, na Cidade de Goiás, será entregue à comunidade durante as celebrações da Semana Santa, nesta quinta (28/3).

A peça, uma das mais emblemáticas na trajetória da música litúrgica em Goiás e em todo o Brasil, será usada na Missa do Lava-pés e da Santa Ceia do Senhor, que terá início às 19h, seguida da adoração ao Santíssimo Sacramento.

O Governo de Goiás investiu R$ 184.157,82 no restauro do instrumento, por meio do Programa de Incentivo à Cultura – Goyazes, mecanismo gerenciado pela Secretaria de Estado da Cultura (Secult Goiás), e com o patrocínio do Grupo Equatorial Energia. O órgão é o primeiro do tipo no Estado.

A proposta do projeto, além da preservação, é que o órgão se torne um ponto focal para concertos, atraindo visitantes e turistas.

Além de reavivar a música sacra na Igreja do Rosário, a revitalização da peça também entra nas comemorações do ano jubilar dos 140 anos da presença dos frades dominicanos em Goiás, que teve início em 23 de abril de 2023.

O restauro

As obras tiveram duração de cinco meses, com início em novembro de 2023. Os serviços foram executados em São Paulo, por uma empresa especializada em restauração de instrumentos religiosos. Reitor da Igreja Nossa Senhora do Rosário, Frei Cristiano Bhering, explica que o instrumento estava há mais de 15 anos parado por apresentar diversos problemas.

“O fole do órgão, que é o pulmão dele, é feito de pele de carneiro e com o passar do tempo ele deteriorou porque a umidade do ar aqui é muito seca. Além do sistema mecânico que passou a ser elétrico, também foi feito todo um trabalho de revitalização e de reconstrução do fole, consertos e novo revestimento dos tubos, das canaletas e teclado, e de descupinização das peças”, ressalta.

Marco cultural

O órgão de tubos da Igreja do Rosário é a primeira peça do gênero em Goiás e uma das pioneiras do Brasil, encomendada em 1947 por Dom Frei Cândido Penso.

A igreja do Rosário ostentou entre os anos de 1940 e 1956 o título de Igreja Catedral da Prelazia de Santana do Bananal, coexistindo na cidade de Goiás, com a Catedral de Santana, naquela época Catedral da Arquidiocese de Goiás.

Para dar notoriedade à catedral prelatícia de Nossa Senhora do Rosário, Dom Cândido Penso encomendou dois trabalhos. O primeiro, um órgão de tubos para as celebrações litúrgicas; e o segundo, executado nos anos cinquenta, a pintura de afrescos por Frei Nazareno Confaloni.

O Órgão de Tubos da igreja do Rosário, além de simbólico, é de grande relevância para os vilaboenses e o público em geral, pois representou um grande passo na modernização e erudição da música litúrgica, até então muito executada nas igrejas.

 

Veja também:

Confira a programação completa da Semana Santa na Cidade de Goiás

A Procissão de Ramos na manhã deste domingo (23/03), marcou o início da programação da Semana Santa na Cidade de Goiás. A missa foi celebrada no Santuário do Rosário e que simboliza a entrada de Jesus em Jerusalém. A encenação foi repetida em outras igrejas da cidade histórica, em diferentes horários do dia, mobilizando a comunidade vilaboense em um evento que completa 279 anos.

Às 6h desta segunda-feira Santa (25) ocorreu a primeira Via Sacra, no Santuário de Aparecida. A programação se repete na Terça-Feira Santa, na Capela de Nossa Senhora da Guia. Nestes dois dias, as tradicionais missas são realizadas em diferentes igrejas vilaboenses.

A programação das festividades em celebração à Semana Santa na Cidade de Goiás segue até o dia 31 de março. A tradição é promovida pela comunidade local em colaboração com a Diocese de Goiás – Catedral de Sant’Ana. Toda a programação é gratuita.

Confira abaixo a programação da semana na Cidade de Goiás:

25/03 Segunda-Feira Santa

19h – Missa, Unção dos Enfermos e Bênção da Saúde no Santuário de Nossa Senhora do Rosário.

26/03 Terça-Feira Santa

6h – Via Sacra da Capela de Nossa Senhora da Guia (Bacalhau) até a Capela de Santo Expedito. Em seguida, Missa.
19h – Missa no Santuário do Rosário.
19h – Missa da Saúde na Capela Nossa Senhora Aparecida, Setor Aeroporto.

27/03 Quarta-Feira Santa

6h – Celebração Penitencial na Capela de São Vicente de Paulo.
9h30 – Missa no Lar São Vicente de Paulo.
17h – Fogareuzinho, saindo do Quartel do XX até o Santuário do Rosário.
18h – Via Sacra da Igreja da Boa Morte até o Santuário do Rosário. Em seguida, Celebração Penitencial.
19h – Missa da Saúde na Comunidade São Carlos.
23h59 – Procissão do Fogaréu, início em frente ao Museu de Artes Sacras da Boa Morte.

28/03 Quinta-Feira Santa: Lava-pés e Ceia do Senhor

9h – Missa do Crisma no Santuário do Rosário.
19h – Missa da Ceia do Senhor e Lava-Pés no Santuário do Rosário, seguida de adoração ao Santíssimo Sacramento até a meia-noite.
19h – Missa na Capela de São Vicente de Paulo, com rito do Lava-Pés.

29/03 Sexta-Feira Santa: Paixão e Morte do Senhor Jesus Cristo

5h – Via Sacra na Capela São Vicente.
5h – Via Sacra da Capela Nossa Senhora Aparecida (Setor Aeroporto) até a Igreja Santa Rita.
10h – Canto do Perdão Masculino na Igreja de Nossa Senhora D’Abadia.
14h – Canto do Perdão no Santuário do Rosário.
15h – Celebração da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo e Adoração da Santa Cruz no Santuário do Rosário.
15h – Solenidade da Paixão e Morte do Senhor na Capela São Vicente.
15h – Celebração do Beijo da Cruz na Igreja Santa Rita.
15h – Adoração da Santa Cruz no Mosteiro da Anunciação.
18h – Canto do Perdão Feminino na Igreja São Francisco de Paula.
20h – Cerimônia da Dramatização do Descendimento da Cruz no Largo do Chafariz. Em seguida, Procissão do Senhor Morto.

30/03 Sábado Santo

8-15h – Visita ao Cristo Sepultado no Santuário Nossa Senhora do Rosário.
18h30 – Concerto de Páscoa no Santuário do Rosário.
19h – Vigília Pascal na Igreja Santa Rita de Cássia.
19h – Solene Vigília Pascal na Capela São Vicente.
20h – Solene Vigília Pascal no Santuário Nossa Senhora do Rosário.

31/03 Domingo de Páscoa – Ressurreição do Senhor

4h – Vigília Pascal no Mosteiro da Anunciação.
8h – Missa da Ressurreição na Igreja Santa Rita.
9h – Missa da Ressurreição no Santuário do Rosário, com saída da Folia do Divino Espírito Santo.
9h – Missa da Ressurreição no Santuário de Aparecida, Areias.
18h30 – Missa da Ressurreição no Mosteiro da Anunciação.
19h – Missa da Ressurreição na Capela São Vicente. 19h – Missa da Ressurreição na Igreja Santa Rita.

 

Veja também:

 

11 cidades brasileiras extraordinárias para conhecer na Semana Santa ( 2 delas ficam em Goiás)

Para aqueles que desejam aproveitar a Semana Santa para uma viagem memorável, o Brasil, com sua diversidade cultural e geográfica, apresenta uma variedade de destinos que vão desde tranquilos refúgios até celebrações religiosas intensas e animadas. O feriado, marcado especialmente pela Sexta-Feira Santa e pelo Domingo de Páscoa, oferece a oportunidade perfeita para uma escapada de três dias cheia de novas experiências e momentos de descanso.

Entre os destinos que merecem destaque para essa época do ano, Trancoso, na Bahia, se sobressai por suas praias encantadoras e atmosfera sofisticada; Recife atrai não só pela agitação de sua vida noturna mas também por eventos culturais significativos, como a “Paixão de Cristo” em Nova Jerusalém; e Paraty, que, com sua rica história e belezas naturais, preserva as tradições da Semana Santa com suas procissões e celebrações centenárias.

Adicionando à lista, a Cidade de Goiás e Trindade, ambas no estado de Goiás, são escolhas inesquecíveis para os interessados em vivenciar as festividades religiosas com profundidade. A Cidade de Goiás, com seu charme histórico e as famosas procissões da Semana Santa, oferece uma experiência cultural rica, enquanto Trindade, conhecida como a capital da fé, acolhe fiéis com suas cerimônias religiosas marcantes e a atmosfera de devoção intensa.

Destinos como Ouro Preto, com suas tradicionais celebrações religiosas e os famosos tapetes de flores, e Aparecida do Norte, um dos maiores centros de peregrinação religiosa do Brasil, também se destacam como locais de grande significado espiritual e conexão religiosa.

Para os aventureiros de espírito e amantes da natureza, a Chapada Diamantina promete cenários de cachoeiras e trilhas espetaculares. Além disso, opções como o Rio de Janeiro, Angra dos Reis, Ilhabela, Bertioga, Campos do Jordão, Gramado, e Vila Velha oferecem desde praias paradisíacas até experiências gastronômicas, incluindo o irresistível chocolate, garantindo uma Páscoa doce e memorável.

Estes destinos são apenas uma amostra do que o Brasil tem a oferecer durante a Semana Santa, proporcionando uma excelente oportunidade para explorar a rica diversidade e cultura do país. Seja em busca de tranquilidade, aventura, celebração religiosa, ou simplesmente para saborear chocolates deliciosos, há sempre um destino pronto para ser descoberto e apreciado.

1. Aparecida, São Paulo – A cidade de Aparecida é muito conhecida pelo seu intenso turismo religioso, especialmente durante a Páscoa. Milhares de turistas visitam o Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, um importante centro de peregrinação para fiéis ao redor do mundo. A enorme catedral conta com diversas atrações, como a Basílica Nova, que tem quase 72 mil m². Vale também visitar o Museu Nossa Senhora Aparecida, que abriga um acervo religioso sobre a devoção da padroeira do Brasil. Confira a programação da Semana Santa no Santuário Nacional de Aparecida. No site da wemobi, é possível encontrar passagens para Aparecida saindo de Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo.

A cidade goiana de Trindade é conhecida como a Capital da Fé

A cidade goiana de Trindade é conhecida como a Capital da Fé

2. Trindade, Goiás – .Trindade, localizada no estado de Goiás, se destaca como um destino imperdível para os que desejam vivenciar a Semana Santa de maneira especial. Conhecida como a capital da fé, Trindade atrai milhares de fiéis e turistas em busca de experiências religiosas profundas e momentos de reflexão. Durante este período, a cidade se transforma, hospedando uma série de eventos e celebrações que refletem sua rica tradição católica.

Os visitantes de Trindade podem esperar participar de missas especiais, procissões e atos litúrgicos que marcam os dias sagrados da Semana Santa. A cidade é famosa pelo Santuário Basílica do Divino Pai Eterno, um ponto de peregrinação significativo que recebe fiéis de todo o Brasil e do mundo, oferecendo um ambiente de fé e devoção inigualável.

Além das atividades religiosas, Trindade também proporciona aos visitantes a oportunidade de explorar a cultura local, com feiras de artesanato, comidas típicas e a hospitalidade característica do povo goiano. A proximidade com Goiânia permite ainda que os turistas combinem a vivência espiritual com passeios pela capital do estado, enriquecendo ainda mais a experiência da Semana Santa.

Portanto, para aqueles que buscam um destino que oferece tanto um profundo significado religioso quanto a chance de conhecer mais sobre a cultura regional, Trindade se apresenta como uma escolha excepcional. A cidade promete momentos de reflexão e renovação espiritual, cercados por uma comunidade acolhedora e cheia de fé

3. Nova Jerusalém, Pernambuco – Nova Jerusalém é uma cidade-teatro localizada em Brejo da Madre de Deus, no distrito de Fazenda Nova, a 190 quilômetros de Recife. Todos os anos, na Semana Santa, a região encena o espetáculo Paixão de Cristo, com a participação de artistas brasileiros. O local é considerado o maior teatro ao ar livre do mundo e é uma réplica de Jerusalém. Dependendo do tipo de excursão que você contrata, é possível visitar Caruaru, a capital do forró, e seguir até o Teatro Nova Jerusalém para conhecer os nove cenários da peça. Alguns dos principais ambientes são o Templo de Jerusalém, o Palácio de Herodes, o Fórum de Pilatos e o Sepulcro. Você também poderá vestir roupas típicas da época e ainda jantar no lugar onde é encenada a Santa Ceia. No site da wemobi, é possível encontrar passagens para Pernambuco saindo de Bahia, Ceará e Rio Grande do Norte.

4. Nova Trento, Santa Catarina – Colonizada por italianos, a cidade exala história e natureza, com suas vinícolas, chácaras e reservas naturais. O Santuário de Santa Paulina é um de seus pontos turísticos mais famosos. O local foi construído em homenagem à Madre Paulina, primeira ítalo-brasileira canonizada como santa. Em 2024, a agenda da Semana Santa do Santuário traz missas com bênção dos ramos, procissões e celebrações no dia de Ressurreição. Confira a programação completa. A Igreja Matriz São Virgílio também é outro lugar onde ocorrem missas e procissões no feriado da Páscoa. Aproveite para admirar sua bela arquitetura e explorar as cafeterias próximas. No site da wemobi, é possível encontrar passagens para Santa Catarina saindo de Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo.

5. Recife e Olinda, Pernambuco – As paróquias e igrejas da região metropolitana de Recife sempre se preparam para a chegada da Páscoa. A Catedral da Sé de Olinda geralmente recebe missas e inicia procissões pelas ruas da cidade. Também vale a pena visitar a Basílica do Carmo, em Recife, um verdadeiro tesouro da Ordem Carmelita. E não deixe de prestigiar a Basílica e Mosteiro de São Bento, um complexo arquitetônico barroco reconhecido pela UNESCO como Patrimônio Histórico da Humanidade. No site da wemobi, é possível encontrar passagens para Pernambuco saindo de Bahia, Ceará e Rio Grande do Norte.

6. Ouro Preto, Minas Gerais – Em Ouro Preto, a Semana Santa é uma festividade tradicional, na qual a cidade inteira participa. Os próprios moradores confeccionam tapetes de flores que colorem a paisagem e guiam os desfiles e procissões. Além disso, as pessoas fazem toalhas de mesa para ornamentar o altar no Domingo de Páscoa. A cada ano, as paróquias mais antigas da cidade se revezam para conduzir o cerimonial. A Igreja Nossa Senhora do Rosário, a Igreja São Francisco de Assis e a Igreja Nossa Senhora do Pilar são algumas delas. No site da wemobi, é possível encontrar passagens para Ouro Preto saindo de Rio de Janeiro e São Paulo.

7. Salvador, Bahia – Na Semana Santa, suas paróquias, diaconias e 700 comunidades contam com programações exclusivas. No Centro, as celebrações iniciam com muitos festejos, na Catedral Basílica do Santíssimo Salvador. Há missas, benção dos ramos, procissões e mais. Aproveite para conhecer outros templos da cidade, como a Igreja do Bonfim e a Igreja e Convento de São Francisco, situada no Pelourinho e considerada uma das Maravilhas do Barroco Português. No site da wemobi, é possível encontrar passagens para Salvador saindo de Ceará, Distrito Federal, Goiás e Pernambuco.

8. Cuiabá, Mato Grosso – A capital do Mato Grosso se destaca por abrigar igrejas seculares, museus, galerias de arte, monumentos e comunidades tradicionais. A cidade é um verdadeiro templo ecumênico e faz parte do Caminho de Santana, uma trilha cultural e religiosa entre Cuiabá e a Chapada dos Guimarães. Na Semana Santa, a Catedral Basílica do Senhor Bom Jesus de Cuiabá, sede da arquidiocese, realiza a maior parte das celebrações. Visite também a Igreja Nossa Senhora do Bom Despacho e aprecie sua arquitetura inspirada no mesmo estilo da Catedral de Notre Dame. No site da wemobi, é possível encontrar passagens para Cuiabá saindo de Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás e Pernambuco.

 

9. Campos do Jordão, São Paulo – Que tal aproveitar a Páscoa para relaxar em meio à tranquilidade do interior paulista? Nessa época, a região serrana já começa a esfriar, sendo um ótimo período para se aquecer com um vinho em frente à lareira. Leve a criançada para tirar fotos com os coelhos gigantes que caminham pelas ruas da cidade. Depois, faça o passeio de bondinho e acompanhe o desfile alegórico com decorações especiais e apresentações. Finalize o dia visitando a Fábrica de Chocolates Araucária e observe o processo de produção dos doces. No site da wemobi, é possível encontrar passagens para Campos do Jordão saindo do Rio de Janeiro.
10. Gramado, Rio Grande do Sul – A cidade mais famosa da serra gaúcha é muito procurada durante o período da Páscoa. Afinal, há muitas atrações e eventos para a família inteira: as ruas ficam repletas de ornamentos temáticos, há paradas com apresentações, lojas de chocolate e oficinas criativas para a criançada. Além disso, todos os anos, Gramado celebra a Procissão de Passos, que ilumina a Avenida Borges de Medeiros com tochas e velas, encenando os últimos momentos de vida de Jesus Cristo. Lá, também fica a Igreja Matriz São Pedro, onde ocorrem cultos musicais e missas de Páscoa. Confira a programação completa da Páscoa de Gramado de 2024. No site da wemobi, é possível encontrar passagens para Rio Grande do Sul saindo de Distrito Federal, Goiás, Paraná e São Paulo.

11. Cidade de Goiás:

Passar a Semana Santa na Cidade de Goiás, também conhecida como Goiás Velho, é uma experiência única que envolve fé, tradição e cultura. Este local, reconhecido como Patrimônio Histórico e Cultural Mundial pela UNESCO, ganha vida durante esta época com a celebração da Procissão do Fogaréu, um evento que atrai visitantes de todo o Brasil e do exterior, interessados em vivenciar uma das mais impactantes manifestações da fé católica​​.

A Procissão do Fogaréu, com suas origens no século XVIII, encena a prisão de Jesus Cristo de uma forma dramática e emocionante. Ao cair da noite, as luzes da cidade se apagam, e farricocos, vestidos com túnicas e capuzes, iluminam as ruas históricas com tochas, criando um espetáculo de sombras e luz que é tanto belo quanto sombrio. Esta tradição, após um hiato, foi revitalizada na década de 1960 e desde então se tornou um símbolo da cidade, destacando-se como o principal evento da Semana Santa local​​.

Além da Procissão do Fogaréu, a Semana Santa em Goiás Velho é marcada por outras atividades religiosas e culturais, como missas, procissões adicionais e apresentações teatrais que contam os últimos dias de Cristo. Durante este período, é possível também explorar o rico patrimônio histórico da cidade, com suas ruas de pedra, arquitetura colonial preservada e museus que contam a história de Goiás e do Brasil​​.

A cidade é também lar da poetisa Cora Coralina, cuja residência se transformou em museu e é uma parada obrigatória para os visitantes. Para os amantes da natureza, a proximidade com a Serra Dourada oferece uma oportunidade para trilhas e contemplação da paisagem natural única da região​​.

Para quem busca uma experiência autêntica da Semana Santa, repleta de fé, história e cultura, a Cidade de Goiás é o destino ideal. É uma oportunidade de mergulhar em tradições seculares, explorar um patrimônio mundial e sentir a emoção de uma das mais belas celebrações religiosas do Brasil. A atmosfera da cidade, especialmente durante a Semana Santa, é capaz de tocar o coração de todos, independentemente de crenças, em um convite à reflexão e ao encontro com as raízes mais profundas do espírito humano.

Leia também:

A extraordinária Veneza Brasileira fica no Nordeste é o destino queridinho dos goianos para a Semana Santa

Santuário extraordinário e apaixonante em Minas Gerais é o destino perfeito para a Semana Santa

Cidade de Goiás recebe concerto gratuito de trompete e piano

O projeto “Goiás Cidade Musical”, uma iniciativa do Instituto Biapó, Museu Casa de Cora Coralina e a Comissão Tricentenário Cidade de Goiás, retorna para enriquecer a cena cultural da cidade de Goiás. No dia 23 de março, sob a lua cheia, a cidade histórica será palco de uma programação especial dedicada à música clássica, com destaque para a apresentação do Duo Cardoso-Teixeira, composto por Tonico Cardoso e Andréa Teixeira.

Diálogos Musicais e Concerto Brasileiríssimo

A jornada musical começa às 17h na Associação Mulheres Coralinas com os “Diálogos Musicais”, um encontro que promove a troca de experiências e saberes musicais. A noite se encerra com o “Concerto Brasileiríssimo” às 21h30, no Instituto Biapó, onde o duo Cardoso-Teixeira, após uma turnê de sucesso pelo Brasil, México e Europa, apresentará um repertório que inclui tanto músicas de domínio público quanto composições autorais, meticulosamente selecionadas pela curadora Andréa Teixeira, em parceria com a Rádio Nova Fogaréu.

Trajetórias Musicais Notáveis

Tonico Cardoso, renomado professor de trompete da EMAC/UFG e ex-trompetista da Orquestra Sinfônica do Espírito Santo, e Andréa Luisa Teixeira, pianista e pesquisadora com um histórico de prêmios em concursos nacionais e internacionais, têm cultivado uma parceria musical produtiva ao longo dos últimos dez anos. Suas performances exploram a profundidade e a diversidade da música brasileira, promovendo um diálogo enriquecedor entre o trompete e o piano.

Um Luar, Um Violão, Uma Serenata

Após o concerto, às 23h, o projeto “Um Luar, Um Violão, Uma Serenata”, curado por Marlene Vellasco, convida o público para uma caminhada serenata pelo Centro Histórico da Cidade Patrimônio Mundial. Este momento promete uma imersão nostálgica ao som de clássicos do cancioneiro popular, fortalecendo o elo entre a música e o patrimônio cultural goiano.

Informações do Evento

  • Evento: Diálogos Musicais – Duo Cardoso-Teixeira
    • Data: 23 de março
    • Horários e Locais: 17h na Associação Mulheres Coralinas e 21h30 no Instituto Biapó
  • Evento: 3ª Serenata de 2023
    • Data: 23 de março
    • Horário: 23h
    • Local de Concentração: Largo do Rosário

Qual a primeira capital de Goiás?

A história de um estado muitas vezes é contada pelas marcas deixadas em sua primeira capital. Em Goiás, essa narrativa ganha vida na cidade de Vila Boa, hoje conhecida como Cidade de Goiás. Entre suas ruas de pedra e casarões coloniais, reside um legado que remonta aos primórdios da colonização brasileira, que oferece  aos visitantes uma imersão na riqueza cultural e histórica do estado.

Foto: divulgação

Localizada no coração do cerrado brasileiro, a primeira capital de Goiás é um testemunho vivo das transformações que moldaram a região ao longo dos séculos. Fundada em 1727, Vila Boa foi o centro administrativo e cultural da capitania de Goiás durante o período colonial, desempenhando um papel crucial no desenvolvimento da região.

O conjunto arquitetônico preservado da Cidade de Goiás conta a história da ocupação portuguesa na área, com igrejas barrocas, casarões coloniais e praças que refletem a influência da época. Entre os pontos de destaque estão a Igreja Matriz de Sant’Ana, construída no século XVIII, e o Museu das Bandeiras, que abriga artefatos e documentos que contam a trajetória da cidade e do estado.

 

Igreja Matriz de Sant’Ana/Foto: divulgação

Além de seu valor histórico, a primeira capital de Goiás também é um centro cultural, onde tradições seculares se mesclam com a vida contemporânea. Festivais de música, dança e gastronomia celebram a diversidade cultural do estado, enquanto artistas locais mantêm viva a herança artística e artesanal da região.

Atualmente, a cidade de Goiás recebe visitantes de todo o Brasil e do mundo, atraídos pela sua atmosfera encantadora e pelo rico patrimônio histórico. Ruas de pedra que contam histórias, igrejas centenárias que guardam segredos e uma paisagem que reflete a força e a beleza do cerrado brasileiro fazem da primeira capital de Goiás um destino imperdível para aqueles que desejam explorar as raízes e a identidade desse estado tão diverso e fascinante.

 

Saiba como se inscrever no FICA 2024; premiações chegam a R$35 mil

O Governo de Goiás, através da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), está anunciando a abertura das inscrições para as mostras competitivas da 25ª edição do Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica). Este evento, que ocorrerá entre os dias 11 e 16 de junho na cidade de Goiás, oferece prêmios substanciais, com valores chegando até R$ 35 mil.

Os interessados podem se inscrever até 08 de março de 2024, utilizando a ficha eletrônica disponível no site oficial do Fica: fica.go.gov.br/. Existem quatro opções de mostra competitiva entre as quais os produtores ou realizadores de filmes podem escolher: Mostra Competitiva Internacional Washington Novaes, Mostra Competitiva do Cinema Goiano, Mostra Competitiva Becos da Minha Terra de Filmes Vilaboenses e Mostra de Cinema Indígena e de Povos Tradicionais.

A Mostra Competitiva Internacional Washington Novaes, a principal do festival, contará com uma comissão composta por sete integrantes para avaliar as obras inscritas. Serão selecionados seis longas-metragens e oito curtas ou médias-metragens, incluindo três filmes goianos. São oferecidos prêmios de até R$ 35 mil.

As premiações das demais mostras serão: Mostra de Cinema Goiano (até R$ 11 mil), Mostra Becos da Minha Terra de Filmes Vilaboenses (até R$ 5 mil) e Mostra de Cinema Indígena e de Povos Tradicionais (até R$10 mil). A lista das obras selecionadas será publicada no site do festival até 08 de abril. O regulamento completo está disponível no site: https://fica.go.gov.br/.

Fica 2024 é uma realização do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Cultura, em correalização com a Universidade Federal de Goiás (UFG). O festival também conta com apoio das secretarias de Estado da Retomada e Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), Universidade Estadual de Goiás (UEG), Instituto Federal de Goiás (IFG), Serviço Social do Comércio (Sesc), Goiás Social e Prefeitura da cidade de Goiás.

Programação de carnaval agita a Cidade de Goiás nesta sexta-feira

O vibrante Carnaval na histórica Cidade de Goiás está a todo vapor, com eventos emocionantes programados para toda a comunidade. A animação começa com a escola do Rei Momo e da Rainha do Carnaval 2024, nesta sexta-feira, 9, a partir das 16h o primeiro bloco tomará as ruas, a celebração já está em pleno andamento. Os foliões irão se reunir  no barracão da Escola de Samba Mocidade Independente do João Francisco, localizado no setor Rio Vermelho, para dar início à diversão.

Além de ser uma tradição enraizada na cultura local, o carnaval na Cidade de Goiás é uma oportunidade única para os moradores e visitantes se unirem em celebração e alegria. Os blocos, desfiles e encontros proporcionam momentos de descontração e comunhão, fortalecendo os laços comunitários e promovendo a diversidade cultural que caracteriza esta cidade histórica.

Festividades para os foliões na Cidade de Goiás/ foto divulgação

Carnaval 2024: cidades do interior de Goiás que tem tradição na folia

Com o Carnaval 2024 à vista, Goiás se prepara para oferecer aos foliões uma experiência única repleta de tradição e diversão.

Se você está ansioso para cair na folia, não precisa ir longe. Neste artigo, apresentamos as programações especiais das cidades do interior goiano que são verdadeiros tesouros carnavalescos.

Em Caldas Novas, as Águas Quentes serão o cenário perfeito para um Carnaval vibrante, com shows de Hugo & Guilherme e Israel & Rodolfo.

Na histórica Cidade de Goiás, o tema “Cerrado” dá o tom ao Carnaval Cultural, com desfiles de blocos, escolas de samba e apresentações variadas.

Pirenópolis, conhecida por sua tradição, inova ao integrar Jazz à folia carnavalesca.

Aruanã, Uruaçu, Jaraguá, Cavalcante, Minaçu e Goianésia também entram na lista de destinos imperdíveis.

 

Confira a programação do Carnaval 2024 em cidades do interior de Goiás que tem tradição na folia:

 

Caldas Novas

Carnaval 2024: cidades do interior de Goiás que tem tradição na folia

Foto: Tribuna do Planalto

Tradicional destino turístico durante o feriado de Carnaval, a cidade de Caldas Novas terá alguns dias de folia durante o mês de fevereiro.

De 10 a 12 de fevereiro, o Espaço Municipal de Eventos, ao lado do Ginásio de Esportes, será palco de uma festa vibrante, o Carnaval das Águas Quentes.

 

Programação

 

Atrações locais e nacionais

A diversão está garantida com shows de artistas renomados nacionalmente, incluindo Hugo & Guilherme, Israel & Rodolfo, Jiraya Uai, Vinicius Cavalcante e Abelvolks. A programação não deixa de prestigiar talentos locais, proporcionando uma experiência única para todos os foliões.

 

Carnaval Antigo

Além do Carnaval das Águas Quentes, o mês de fevereiro reserva mais alegria com o Carnaval Antigo, realizado nos dias 02, 06, 20, 23 e 27. A Praça 4 Rodas, no Setor Olegário Pinto, será o cenário para marchinhas, exposição dos Bonecos Gigantes, Encontro de Carros Antigos, e uma diversidade gastronômica e infantil.

 

Dias:

02, 06, 20, 23 e 27 de fevereiro

Local:

Praça 4 Rodas, Setor Olegário Pinto

 

Carnaval das Águas Quentes:

10/02 – 21:00h às 3:30h – SÁBADO

  • DJ Mattz
  • JirayaUai
  • DJ Dan Live
  • DJ Nadir Netto
  • Israel e Rodolfo
  • DJ Izzi

 

11/02 – 21:00h às 3:30h – DOMINGO

  • DJ Anny Satz
  • DJ Watila Gyn
  • DJ Décio Gomes
  • DJ Brunno Carvalho
  • Hugo e Guilherme
  • Vinícios Cavalcante

 

12/02 – 21:00h às 3:30h – SEGUNDA-FEIRA

  • Fagner Lopes
  • Henrique e Cristiano
  • Rodrigo Viana
  • Hugo e Ray
  • Cleber e Cauã
  • Kleo Dibah
  • DJ Humcher

 

Local:

Espaço Municipal de Eventos, ao lado do Ginásio de Esportes

Entrada: 1KG de alimento não perecível

 

Cidade de Goiás

Carnaval 2024: cidades do interior de Goiás que tem tradição na folia

Foto: Prefeitura de Goiás

Um dos mais tradicionais Carnavais do estado de Goiás acontece na histórica e charmosa Cidade de Goiás. A cidade de Goiás, a 143 km de Goiânia, terá 50 atividades gratuitas durante o carnaval.

A prefeitura de Goiás, antiga capital do estado, anunciou que o tema do carnaval em 2024 será o Cerrado. Apresentações de 8 blocos, 3 escolas de samba e 2 afoxés, mostram a diversidade cultural da primeira capital goiana.

Haverá ainda shows de marchinhas, samba e música eletrônica com som automotivo e DJs. São 4 locais de apresentações.

As festas atraem turistas de todo o Brasil e até de fora. Ainda é possível aproveitar a estadia na cidade para fazer passeios pelas vielas e fotografar os prédios históricos.

A programação do Carnaval 2024 está no site da prefeitura

 

Pirenópolis

Carnaval 2024: cidades do interior de Goiás que tem tradição na folia

Carnaval em Pirenópolis – Goiás — Foto: Divulgação/Marcello Dantas

Destino turístico queridos dos moradores de Goiânia e arredores, Pirenópolis tem um Carnaval animado por Marchinhas, concursos de fantasias e muita música.

Junto com o Carnaval da Cidade de Goiás, o Carnaval de Pirenópolis é um dos mais tradicionais do estado, combinando opções para quem quer curtir sozinho ou com a família.

Pirenópolis, a 129 km de Goiânia, promete casar tradição e novidade na folia de 2024. O Centro Histórico será o palco para o Carnaval Cultural e as marchinhas e o Carnaval de Rua serão mantidos. A inovação ficará por conto do “Carna Jazz”, que traz Jazz integrado a folia carnavalesca.

Vale aproveitar o período para conhecer as belezas naturais da cidade, como a Cachoeira das Araras e dos Dragões e, é claro, visitar o patrimônio histórico da cidade.

 

Programação:

Sexta | 09/02

  • 19h | bloco Zé Pereira – Cortejo pelo Bonfim;

 

Sábado | 10/02

  • 17h | Zazaricando;
  • 20h | Bloco Santa Dica;

 

Domingo | 11/02

  • 17h | Alafia;
  • ⁠18h | Zazaricando;
  • 19h30 | Bloco CATULÉ;

 

Segunda | 12/02

  • 10h | Canarinhos da Terra;
  • 17h | Zé Pereira;
  • 19h30 | Bloco CATULÉ;

 

Terça | 13/02

  • 16h | Cortejo Maracatu Baque de Rocha
  • 18h | Bloco Zé Pereira
  • 19h | Bloco Santa Dica
  • 20h | Encontro de todos os Blocos na Zazá

 

Aruanã

Carnaval 2024: cidades do interior de Goiás que tem tradição na folia

Foto: divulgação

Destino às margens do Rio Araguaia, o Carnaval de Aruanã é conhecido por ser um dos mais animados e tradicionais do estado, reunindo multidões. A programação do feriado já foi confirmada pela prefeitura.

Aruanã, a 314 km de Goiânia, divulgou uma programação de carnaval para criançada.

O Bloco Kids será realizado na Praça Couto Magalhães nos dias 10, 11 e 12 de fevereiro, das 17h30 às 19h. O evento terá desfile das fantasias, bloquinho com trio elétrico e pintura facial.

Além disso a cidade terá bloquinhos de Carnaval e disputa entre eles.

Shows ainda não foram confirmados.

 

Leia Também

10 cidades em Goiás para passar o Carnaval no sossego

 

Uruaçu

Carnaval 2024: cidades do interior de Goiás que tem tradição na folia

Foto: divulgação

Uruaçu é a opção de Carnaval para quem quer curtição. Durante o período de festa, os foliões podem curtir apresentações musicais com grupos de renome nacional: já estiveram por lá Israel e Rodolfo, Naldo Benny e Banda Calypso.

A programação do Carnaval de 2024 está confirmada. A festa acontece entre os dias 10 e 13 de fevereiro, na Praia Generosa, às margens do Lago Serra da Mesa.

Pela manhã serão realizadas atividades esportivas nas quadras de areia da praia. Quem quiser participar dos campeonatos, que serão realizados nas modalidades de vôlei, futebol e beach tennis, devem se inscrever na Superintendência Municipal de Esportes. No período da tarde o “esquenta” da folia começa com os DJs Higor Danini e Gringo Uai. Também vai ter som automotivo.
Os shows com artistas e DJs de renome vão acontecer no palco principal do evento, sempre à partir das 17h.

No sábado (10/02), Kinho Barão, ex-vocalista da banda Luxúria e o Dj Brenno Paixão vão comandar o “Reinado de Momo”.

Domingo (11/02), a folia fica por conta da dupla Zé Ricardo e Thiago e do Dj Jiraya Uai.

Segunda (12/02), Jhon Amplificado, Dj Wam Baster e Dj Leris serão as atrações no palco principal.

Terça-feira (13/02) acontece o show mais aguardado do Carnaval de Uruaçu, Manu Bahtidão dita o ritmo da festa. Outra atração do ultimo dia de evento será o DJ Carlos Henrique.

A previsão é que todas as noites de carnaval sejam encerradas por volta das 11 horas da noite.

Durante o feriado, vale aproveitar os banhos no Lago Serra da Mesa, o segundo maior lago artificial do país, ou visitar algumas das cachoeiras da cidade.

Dica: siga as orientações de segurança.

 

Jaraguá

Carnaval 2024: cidades do interior de Goiás que tem tradição na folia

Foto: Prefeitura de Jaraguá

A cidade de Jaraguá tem na sua programação o já tradicional Carnaval de Marchinhas, realizado na Praça do Coreto, também é comum desfiles de blocos na programação, e apresentação do Rei Momo e da Rainha do Carnaval, fazendo da cidade destino perfeito para curtir o feriadão com a família.

A programação nos dias de carnaval, que mantém o formato de anos anteriores, oferece matinê para crianças, bloco Melhor Idade, Bloco do Zé Pereira, marchinhas no coreto, rally de boias, corrida de gaiolas e som automotivo na Praça JK.

As marchinhas no coreto contarão com apresentações de Heróis do Botequim, Maíra, Grace Carvalho e Mr. Gyn, banda goiana conhecida pela canção “Minha Juventude”.

Já o Carnaval automotivo, na Praça JK, contará com a participação dos Dj’s Nando, Dj Caik, Dj Vicente Faleiro e Dj Bruno Reys.

A cidade possui ainda vários rios e cachoeiras, e trilhas para a prática de mountain bike e motocross para agradar os mais aventureiros.

 

Cavalcante

Carnaval 2024: cidades do interior de Goiás que tem tradição na folia

Foto: divulgação

A cidade de Cavalcante abriga o Parque Nacional Chapada dos Veadeiros e é riquíssima em belezas naturais.

Durante o Carnaval, a cidade recebe ainda mais turistas – a Central de Atendimento ao Turista informa que chega a dobrar o número de pessoas por lá.

Na programação organizada pela prefeitura, a cidade recebe shows que animam o público e as tradicionais marchinhas.

No Carnaval de 2024 haverá ainda um tradicional desfile de bloquinhos.

Também vale combinar a programação de Carnaval com banhos nas cachoeiras de Santa Bárbara e São Felix, visitas às comunidades Kalunga e Vçao das Almas e ainda passear de bike pelas trilhas de Cavalcante.

Para ver a programação completa clique AQUI.

 

Minaçu

Carnaval 2024: cidades do interior de Goiás que tem tradição na folia

Foto: Goiás Turismo

Prefeitura de Minaçu está preparando cinco dias de festa para o Carnaval de 2024. A folia acontece entre os dias 9 e 13 de fevereiro, na Praia do Sol, com entrada gratuita

A atração principal para este ano será a dupla Humberto & Ronaldo. Ao longo do evento, também sobem ao palco Giann Túllio, Evelyn Duarte, Hey Doc, Breno Paixão, DJ Daff, Que Se Funkey, DJ Wam Baster e DJ Lord, Maristela Muller, DJ Carlos Henrique e Pedro Volt.

De acordo com a prefeitura, além dos shows, o Carnaval de Minaçu também será agitado por som automotivo.

 

Confira a programação completa do Carnaval de Minaçu 2024:

09/02 – Giann Túllio, Evelyn Duarte, Hey Doc
10/02 – Humberto & Ronaldo, Breno Paixão, DJ Daff
11/02 – Que Se Funkey, DJ Wam Baster e DJ Lord
12/02 – Maristela Muller, DJ Carlos Henrique e Pedro Volt
13/02 – Som automotivo

 

Goianésia

 

Uma das festas mais animadas e procuradas do Carnaval de Goiás acontece na cidade de Goianésia. Na programação, a cidade promove shows, blocos de marchinha e som automotivo.

A edição desse ano conta com Zé Neto e Cristiano, Manu Batidão, Israel e Rodolffo e MC Daniel.

Com expectativa de receber quase 30 mil pessoas por noite, o evento é gratuito e será realizado no Parque da Lagoa Princesa do Vale. Além disso, terá área reservada para som automotivo.

  • Sexta-feira (09/02): Zé Neto & Cristiano;
  • Sábado (10/02): Manu Bahtidão;
  • Domingo (11/02): Israel & Rodolffo;
  • Segunda-feira (12/02): MC Daniel.

 

Conheça a família goiana que produz picolés e sorvetes artesanais há quase 50 anos

A Praça do Coreto, no coração do centro histórico de Goiás Velho, é um dos destinos turísticos mais emblemáticos da cidade. Além de suas igrejas e casarões históricos, o local atrai moradores e visitantes durante quase todo o ano, para tomar sorvete com uma família goiana muito especial. Eles produzem picolés e sorvetes artesanais há quase 50 anos!

Conheça a família goiana que produz picolés e sorvetes artesanais há quase 50 anos

Foto: divulgação

A família Barbosa da Silva assumiu o ponto que fica justamente em baixo do coreto. Os sorvetes são caseiros, artesanais e deliciosos!

A sorveteria, situada em baixo do coreto, é uma construção típica que se integra à história da cidade e, há 45 anos, é palco de muitos encontros saborosos do antigo”Goiás Velho”.

O estabelecimento, com suas portas abertas todos os dias, é parte intrínseca da narrativa local.

Visitar a Cidade de Goiás e não tomar um sorvete na Sorveteria do Koreto, é como ir à Roma e não ver o Papa!

Gumercino Barbosa da Silva, aos 48 anos e um dos administradores do estabelecimento, compartilha a história familiar que se entrelaça com a trajetória da sorveteria.

Seu pai, também Gumercino, adquiriu o local há quatro décadas e meia, dando início a um negócio que, hoje, pertence a ele e a seus cinco irmãos.

“É uma emoção servir um produto que toca as pessoas. Para muitos, aqui foi o local onde experimentaram o primeiro sorvete de suas vidas. Existe uma história”, relata Gumercino em uma entrevista para o site Terra.

Conheça a família goiana que produz picolés e sorvetes artesanais há quase 50 anos

Foto: divulgação

A família, inicialmente composta por onze irmãos, deixou a vida no campo para trabalhar com o pai na cidade. Desde então, a sorveteria tem sido o pano de fundo de suas vidas. “O coreto existe há quase cem anos e sempre foi uma sorveteria. Antes do meu pai comprar, ele era bem pequeno, não tinha a parte de cima”, relembra Gumercino.

Durante todo o ano, a sorveteria recebe uma movimentação constante, mas é no verão que a visita se intensifica, especialmente durante o Carnaval e o Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (FICA).

Conheça a família goiana que produz picolés e sorvetes artesanais há quase 50 anos

Foto: divulgação

Os sorvetes e picolés, em sua maioria elaborados com frutas típicas do cerrado, são produzidos artesanalmente pela própria loja.

“São todos naturais. Compramos as frutas diretamente dos produtores do Cerrado e realizamos um procedimento para congelá-las e garantir durabilidade. Os sabores mais populares são cajazinho, murici e mangaba”, revela Gumercino.

Os preços são acessíveis, cada picolé custa R$ 5 e as bolas de sorvete de creme são comercializadas por R$ 5.

Aberta em 1923, a sorveteria está na família Barbosa da Silva, atuais proprietários, desde 1955, mantendo a tradição de fabricar os melhores sorvetes de massa e picolés, 100% feitos com frutos naturais, do Cerrado e outras regiões.

Conheça a família goiana que produz picolés e sorvetes artesanais há quase 50 anos

Foto: divulgação

 

Sabores de sorvetes e picolés artesanais produzidos pela família goiana Barbosa da Silva

Delícias típicas como Castanha Barú, Cajazinho, Mangaba, Cupuaçu, entre outros sabores divinos você encontra na Sorveteria do Koreto, além do delicioso Empadão Goiano, feito da forma mais tradicional da cidade.

Os produtos são caseiros mesmo, com nada ou quase nada de produtos industrializados na sua fabricação.

 

Praça do Coreto

A praça Dr. Tasso de Camargo, popularmente conhecida como Praça do Coreto, está localizada na região central (centro histórico) da Cidade de Goiás. A praça é ponto de encontro dos moradores da cidade, especialmente em dias festivos.
Está próxima à outros monumentos importantes da cidade, como a Catedral de Santana, o Palácio Conde dos Arcos, a Casa da Real Fazenda e o Museu da Boa Morte.

Embora esteja localizada no centro histórico da cidade, a Praça do Coreto foi construída no início do século XX e foi alterada diversas vezes. O Coreto foi construído na gestão do prefeito Lincoln Caiado de Castro, em 1923 e foi desenhado por Wiaker Sócrates do Nascimento.

 

Mais Informações

Sorveteria Koreto

EndereçoR. Moretti Foggia, 180 – Centro, Cidade de Goiás – GO 

Telefone(62) 99141-1188