Goiás bate recorde em saldo da balança comercial

Goiás, em 2023, celebrou um marco histórico ao atingir o maior saldo da balança comercial desde que a série histórica começou em 1997. Dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), analisados pelo Instituto Mauro Borges (IMB), vinculado à Secretaria-Geral de Governo (SGG), revelam um superávit de US$8,96 bilhões.

Esse valor representa um aumento de 6,7% em relação a 2022, destacando o desempenho notável de Goiás no comércio internacional.

No total, as exportações goianas em 2023 alcançaram US$13,846 bilhões, enquanto as importações foram de US$4,883 bilhões. Esse diferencial é impulsionado principalmente pelo setor de agronegócio, que vivenciou uma safra recorde de cereais, oleaginosas e leguminosas, totalizando cerca de 32,6 milhões de toneladas.

Goiás também registrou o maior volume exportado da história, atingindo 22 milhões de toneladas de produtos.

Destaques na pauta de exportações

Na pauta de exportações, a soja lidera o ranking, seguida por carne e minérios. O agronegócio se destaca como o principal responsável pelo cenário positivo na balança comercial, registrando o maior saldo desde 1997, com US$10,85 bilhões.

Além disso, o setor alcançou o maior valor da série histórica, atingindo US$11,99 bilhões, e exportou o maior volume, totalizando 21,6 milhões de toneladas.

O secretário-geral de Governo de Goiás, Adriano da Rocha Lima, enfatiza a importância desses números como indicadores do sucesso das políticas econômicas implementadas: “É mais um índice que aponta que estamos no caminho certo, assim como já houve em relação ao PIB no ano de 2022. Esses números somente corroboram que nossas políticas econômicas têm dado o apoio necessário ao mercado na exportação.”

O presidente do IMB, Erik Figueiredo, destaca a relevância do desempenho das exportações goianas, que reflete a robustez da economia estadual: “O desempenho das exportações goianas é mais um reflexo da economia vibrante do estado. Isso é ainda mais relevante quando observamos que esse histórico contém o período conhecido como boom das commodities (entre 2000 e 2010). Seguimos acumulando recordes em todas as dimensões macroeconômicas do estado.”

Importações e desafios internacionais

As importações de Goiás em 2023, no valor de US$4,883 bilhões, representam o terceiro melhor resultado desde 1997, ficando atrás apenas dos anos de 2022 e 2021. Os produtos farmacêuticos lideram a pauta de importações, seguidos por adubos (fertilizantes) e veículos. Os produtos farmacêuticos e fertilizantes juntos representam 51,8% do valor das importações totais do estado.

O segmento de produtos farmacêuticos registrou um aumento significativo de 30,1%, enquanto os fertilizantes apresentaram uma queda de 56,2% no valor importado e 10% no volume. Essas variações estão diretamente ligadas aos acontecimentos internacionais, como a guerra entre Rússia e Ucrânia e as flutuações nos preços das commodities nos últimos dois anos.

O cenário internacional impactou as importações, mas Goiás se destaca ao superar desafios e manter sua posição como protagonista no comércio exterior brasileiro. O boletim completo do Comércio Exterior elaborado pelo IMB está disponível para consulta, oferecendo uma análise detalhada dos indicadores econômicos do estado.

 

Veja também:

 

Revelamos o calendário de festas e eventos agropecuários em Goiás em 2024

O agronegócio, vital para a economia de Goiás, desempenha um papel crucial na realização de eventos significativos, incluindo feiras e exposições. Em 2024, Goiás se tornará um ponto de encontro para especialistas, profissionais e entusiastas do agronegócio, com uma agenda repleta de atividades focadas em fornecer informações valiosas, promover a inovação tecnológica no setor rural, fomentar negócios, compartilhar experiências e oferecer entretenimento ao público.

A Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa) planeja uma série de iniciativas ao longo do ano. O destaque fica por conta da 8ª Conferência Nacional sobre Defesa Agropecuária (8ª CNDA), programada para ocorrer de 4 a 6 de junho, no Centro de Convenções de Goiânia. Este evento, organizado pelo Governo de Goiás em parceria com a Agrodefesa e a Sociedade Brasileira de Defesa Agropecuária (SBDA), reunirá mais de 1.100 participantes e contará com mais de 100 palestras técnicas e reuniões institucionais. Será a primeira vez que um estado do Centro-Oeste sediará o evento, marcando um momento histórico para a região.

Telma Gonzaga, gerente de Educação Sanitária da Agrodefesa, destaca a importância dos eventos na promoção e fortalecimento da educação sanitária em Goiás. Ela ressalta: “Queremos mostrar a importância da defesa agropecuária para a sociedade, especialmente em relação à qualidade do alimento que chega até a mesa da população. Desde antes do plantio até o pós-colheita, toda a produção agrícola passa pela atuação da Agrodefesa. O mesmo ocorre na área animal. Por isso, é necessário cada vez mais proporcionar conhecimento para quem está no campo e nas cidades.” A Agência pretende levar informações relevantes sobre a sanidade vegetal e animal em Goiás, dialogando com diferentes públicos em uma variedade de eventos, como fóruns, exposições agropecuárias, dias de campo, workshops, leilões e feiras de tecnologia rural.

Para melhorar o acesso a esses recursos educativos, a Gerência de Educação Sanitária da Agrodefesa criou um acesso no portal www.agrodefesa.go.gov.br, que permite a solicitação de participação em eventos. Isso possibilita a instituições, entidades e outros interessados solicitar palestras dos profissionais da Agência ou a participação da Agrodefesa em eventos para compartilhar informações.

O Sistema Faeg/Senar/Ifag/Sindicatos Rurais, outro importante parceiro do Governo de Goiás no estímulo ao agronegócio, também tem uma extensa programação para 2024. A diretora de Comunicação, Marketing e Eventos do Sistema, Michelly Mancinelli, enfatiza: “Todos os eventos são idealizados e planejados com o objetivo de ampliar conhecimento sobre a agropecuária e quebrar paradigmas em relação ao setor, além de mostrar a relevância do agro para o campo e para a cidade.” A programação inclui desde expedições para conhecer a realidade da safra de soja até o maior evento da cadeia leiteira do Brasil, refletindo a diversidade e a riqueza do setor agropecuário em Goiás.

Confira eventos já programados para 2024 em Goiás
A lista pode sofrer alterações

JANEIRO
Expedição Safra Goiás

Data: 15 a 22 de janeiro de 2024
Local: Saída de Goiânia/várias cidades do estado
Informações: https://www.instagram.com/expedicao.safragoias/

6º Tour da Soja
Data: 19 de janeiro de 2024
Local: Instituto Goiano de Agricultura (IGA) – Montividiu (GO)
Informações: https://iga-go.com.br/noticias/save-the-date-tour-da-soja-2024

16º Encontro Nacional de Muladeiros
Data: 23 a 28 de janeiro de 2024
Local: Parque de Exposições – Iporá (GO)
Informações: https://www.instagram.com/encontromuladeirosipora/

4ª Vitrine da Soja

Data: 24 e 25 de janeiro de 2024
Local: Fazenda Paraíso – Jataí (GO)
Informações: https://www.instagram.com/vitrinedasoja/

Abertura Estadual da Colheita de Soja – GO/DF

Data: 26 de janeiro de 2024
Local: Parque Tecnológico Ivaldo Cenci (AgroBrasília) – Brasília (DF)

Corrida Senar Goiás

Data: 28 de janeiro de 2024
Local: Goiânia (GO)
Informações: https://sistemafaeg.com.br/senar

MARÇO
Encontro Estadual de Apicultura Goiana

Data: 27 de março de 2024
Local: Goiânia (GO)
Informações: https://sistemafaeg.com.br

ABRIL
21ª Tecnoshow Comigo – Maior feira de tecnologia rural do Centro-Oeste
Data: 8 a 12 de abril de 2024
Local: Centro Tecnológico Comigo (CTC) – Rio Verde (GO)
Informações: https://www.tecnoshowcomigo.com.br/

Expopec – Exposição das tecnologias voltadas ao desenvolvimento da pecuária e agricultura

Data: 17 a 20 de abril de 2024
Local: Parque de Exposições – Porangatu (GO)
Informações: https://www.instagram.com/sindicatoruraldeporangatu/

5ª Feinagro – Feira de Negócios da Comiva
Data: 23 a 26 de abril de 2024
Local: Parque de Exposições – Mineiros (GO)
Informações: https://feinagrocomiva.com.br/

MAIO

Agrotecnoleite Complem

Data: 07 a 10 de maio de 2024
Local: Centro Tecnológico Complem – Morrinhos (GO)
Informações: https://agrotecnoleitecomplem.com.br/

Agro Centro-Oeste Familiar
Data: 08 a 10 de maio de 2024
Local: Centro Universitário de Mineiros (Unifimes) – Mineiros (GO)
Informações: https://www.instagram.com/agrocentrooeste2024/

77ª Exposição Agropecuária do Estado de Goiás
Data: 16 a 26 de maio de 2024
Local: Parque de Exposições Pedro Ludovico Teixeira – Goiânia (GO)
Informações: https://sgpa.com.br/

Exposição Agropecuária de Jataí (Expaja 50 anos)
Data: 29 de maio a 2 de junho de 2024
Local: Parque de Exposições de Jataí (GO)
Informações: www.expaja.com.br

JUNHO
8ª Conferência Nacional de Defesa Agropecuária

Data: 04 a 06 de junho de 2024
Local: Centro de Convenções – Goiânia (GO)
Informações: http://www.agrodefesa.go.gov.br/noticias/1228-8ª-conferência-nacional-sobre-defesa-agropecuária-é-apresentada-para-parceiros-e-entidades-do-setor-produtivo-rural-em-goiás.html

Feira Nacional do Agronegócio de Pontalina e Região (Fenashow)
Data: 04 a 07 de junho de 2024
Local: Parque de Exposições Agropecuário de Pontalina (GO)
Informações: www.fenashow.com.br

Queima do Alho
Data: 22 de junho de 2024
Local: Rio Verde (GO)
Informações: https://www.sindicatoruralrioverde.com.br/

JULHO
Exposição Agropecuária de Rio Verde

Data: 04 a 14 de julho de 2024
Local: Parque de Exposições – Rio Verde (GO)
Informações: https://www.sindicatoruralrioverde.com.br/

Exposição Agropecuária de Catalão – ExpoCatalão 2024

Data: 26 de julho a 4 de agosto de 2024
Local: Parque de Exposição de Catalão (GO)
Informações: https://www.sindicatoruralcatalao.com.br/expocatalao

AGOSTO
Agrotrend – Encontro Estadual de Mercado Agropecuário
Data: 1º e 02 de agosto de 2024
Local: Goiânia (GO)
Informações: https://sistemafaeg.com.br

Interleite Brasil 2024
Data: 14 e 15 de agosto de 2024
Local: Centro de Convenções – Goiânia (GO)
Informações: https://www.interleite.com.br/

2º Encontro Mulheres em Campo
Data: 23 de agosto de 2024
Local: Goiânia (GO)
Informações: https://sistemafaeg.com.br

SETEMBRO
45ª Festa Estadual e 30ª Festa Nacional da Melancia
Data: setembro de 2024 (data a confirmar)
Local: Uruana (GO)

Confira eventos já programados para 2024 em outros estados
A lista pode sofrer alterações

FEVEREIRO
Show Rural Coopavel

Data: 05 a 09 de fevereiro de 2024
Local: Cascavel (PR)
Informações: https://showrural.com.br/

MARÇO
Expodireto Cotrijal

Data: 04 a 08 de março de 2024
Local: Não-Me-Toque (RS)
Informações: https://www.expodireto.cotrijal.com.br/

Farm Show MT
Data: 12 a 15 de março de 2024
Local: Primavera do Leste (MT)
Informações: https://www.farmshow.com.br/

Show Safra
Data: 18 a 22 de março de 2024
Local: Lucas do Rio Verde (MT)
Informações: https://www.showsafra.com.br/

ABRIL
Agro 360 Tocantins
Data: 18 a 20 de abril de 2024
Local: Peixe (TO)
Informações: https://agro360tocantins.com.br/

89ª Expozebu
Data: 27 de abril a 05 de maio de 2024
Local: Uberaba (MG)
Informações: https://expozebu.com.br/

Agrishow

Data: 29 de abril a 3 de maio de 2024
Local: Ribeirão Preto (SP)
Informações: https://www.agrishow.com.br/pt/home.html

MAIO
Agro Brasília
Data: 21 a 25 de maio de 2024
Local: Parque Tecnológico Ivaldo Cenci – Brasília (DF)
Informações: https://www.agrobrasilia.com.br/

Aqui Show Brasil
Data: 21 a 24 de maio de 2024
Local: São José do Rio Preto (SP)
Informações: https://aquishowbrasil.com.br/

Showtec 2024
Data: 21 a 23 de maio de 2024
Local: Maracaju (MS)
Informações: https://portalshowtec.com.br/

JUNHO
Bahia Farm Show

Data: 11 a 15 de junho de 2024
Local: Luis Eduardo Magalhães (BA)
Informações: https://bahiafarmshow.com.br/
Informações: https://www.sindicatoruralcatalao.com.br/expocatalao

AGOSTO
Congresso ANDAV

Data: 06 a 08 de agosto de 2024
Local: São Paulo (SP)
Informações: https://eventosandav.com.br/

Fenasucro e Agrocana
Data: 13 a 16 de agosto de 2024
Local: Sertãozinho (SP)
Informações: https://www.fenasucro.com.br/pt-br.html

SETEMBRO
14º Congresso Brasileiro do Algodão
Data: 03 a 05 de setembro de 2024
Local: Centro de Eventos do Ceará – Fortaleza (CE)
Informações: https://congressodoalgodao.com.br/

Goiás se aproxima de recorde histórico de novas empresas em 2023

Os dados recentemente divulgados pela Junta Comercial do Estado de Goiás (Juceg) sinalizam um horizonte esperançoso para o empreendedorismo goiano. Somente no mês de novembro, foram criadas 2.609 novas empresas, contribuindo para um total de 31.413 negócios estabelecidos de janeiro a novembro de 2023. Esse número expressivo sugere que Goiás se aproxima de um recorde histórico de novas empresas.

A marca anterior é de 2021, quando foram registradas 33.082 novas constituições empresariais.

O presidente da Juceg, Euclides Barbo Siqueira, celebra os dados animadores e prevê que o estado está a apenas 1.669 empresas de atingir um novo patamar histórico. Siqueira destaca que, desde 2021, não houve um mês sequer com menos de 2 mil CNPJs registrados, evidenciando a robustez desse crescimento. “O Governo fez sua parte, criando oportunidades, e a população respondeu empreendendo”, comemora o presidente.

Atualmente, Goiás abriga 1.101.629 empresas ativas em seus municípios, revelando que o espírito empreendedor está disseminado por todas as regiões. A região metropolitana lidera, mas o Entorno do Distrito Federal e a região Sul também marcam presença no ranking das cidades com maior número de negócios ativos. Goiânia (337.533), Aparecida de Goiânia (81.549), Anápolis (64.588), Rio Verde (34.851), Valparaíso de Goiás (24.514), Luziânia (24.050), Águas Lindas de Goiás (21.858), Caldas Novas (19.371), Senador Canedo (19.256), Trindade (18.446), Itumbiara (17.578), Catalão (17.549), Jataí (17.064), Formosa (15.281) e Planaltina de Goiás (12.366) compõem o top 15 de Goiás.

 

Chegando ao Recorde de Novas Empresas: Novembro

No último mês, diversos setores se destacaram na abertura de novos negócios, indicando uma ampla diversificação econômica em Goiás.

Os serviços combinados de escritório e apoio administrativo lideraram com 313 novos empreendimentos, seguidos pelas atividades de consultoria em gestão empresarial (206), comércio varejista de bebidas (183), treinamento em desenvolvimento profissional e gerencial (181) e preparação de documentos e serviços especializados de apoio administrativo não especificados anteriormente (169).

Goiás mantém sua posição de liderança no ranking de abertura de empresas nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, superando estados como Ceará e Mato Grosso. O tempo médio para concluir o processo de nova abertura em Goiás foi de 18 horas, abaixo da média nacional de 1 dia e 5 horas, conforme dados do Portal da Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas (Redesim), do governo federal.

 

Desenvolvimento regional com novas empresas em Goiás

A força do empreendedorismo em Goiás transcende a capital, refletindo um desenvolvimento econômico disseminado em diferentes regiões. O Entorno do Distrito Federal e a região Sul também estão presentes no mapa do empreendedorismo ativo, demonstrando que o estado está se consolidando como um polo de oportunidades para diversos setores.

O sucesso desse crescimento se deve, em parte, à implementação de medidas governamentais que incentivam a criação de empreendimentos e à resposta positiva da população, que abraçou o desafio empreendedor. A eficiência do processo de abertura de empresas em Goiás, com uma média de 18 horas, contribui para atrair investidores e novos empreendedores, fomentando ainda mais o ambiente de negócios no estado.

 

O que o recorde de novas empresas melhora em Goiás?

À medida que Goiás se aproxima de superar sua marca, as perspectivas futuras são promissoras para a economia local. O crescimento contínuo do número de empresas contribui para a geração de empregos, o aumento da arrecadação de impostos e o fortalecimento da economia estadual como um todo.

O ambiente empreendedor diversificado em Goiás, com atuação expressiva em setores como serviços, consultoria, comércio e treinamento profissional, demonstra a resiliência e a adaptabilidade do empresariado local. Diante desse panorama, a expectativa é que o estado não apenas alcance, mas ultrapasse suas metas, consolidando-se como um dos principais hubs empreendedores do país.

 

 

Presidente Lula visita Goiânia para encontro com empresários do agronegócio

O presidente Lula fará sua primeira visita a Goiânia nesse terceiro mandato. O encontro com 200 empresários da indústria, comércio e agronegócio está agendado para dia 28 de julho, às 10h, no Hotel K. A reunião foi intermediada pelo senador Jorge Kajuru (PSB/GO) e tem como objetivo aproximar o governo e o setor empresarial em prol do desenvolvimento do Estado.

O encontro entre o presidente Lula e os empresários do agronegócio é uma oportunidade única para apresentar demandas e discutir soluções para o desenvolvimento do setor em Goiás. Segundo o senador Jorge Kajuru, é fundamental mostrar que o governo Lula foi o que mais investiu no setor em seus mandatos anteriores, com um total de R$ 100 bilhões à época.

Além disso, a visita do presidente Lula também é importante para estreitar relações entre o governo federal e o Estado de Goiás. Após a reunião com os empresários, Lula terá um encontro com o governador Ronaldo Caiado para discutir questões relevantes para a região.

O senador Jorge Kajuru destacou que está apenas cumprindo seu dever como parlamentar goiano ao intermediar essa reunião. Ele ressaltou que é próximo do presidente Lula e que Caiado é seu irmão, mas faria isso por qualquer presidente que se colocasse para ajudar nosso Estado.

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Foto de Capa: Evaristo Sá

Descubra a importância da Musicalização Infantil para o Desenvolvimento das Crianças

Você já deve ter ouvido falar que a música é uma linguagem universal, capaz de nos conectar de forma profunda e emocional. Na educação infantil, essa conexão é ainda mais forte, pois a música pode ser uma ferramenta poderosa na formação dos pequenos.  A musicalização é uma prática pedagógica que utiliza a música como meio de educação e desenvolvimento infantil. Ela pode incluir diversas atividades, como cantar, dançar, tocar instrumentos, escutar e compor músicas. 

A musicalização infantil tem como objetivo principal estimular a capacidade criativa das crianças, influenciando em sua formação emocional, cognitiva e social. Através da música, é possível desenvolver habilidades como a percepção sonora, a coordenação motora, a memória, a atenção, a criatividade e a sensibilidade. O contato com a música desde cedo pode ajudar as crianças a desenvolverem habilidades que serão úteis em diversas áreas da vida, como no aprendizado da leitura e escrita, na matemática, nas artes, entre outras. Além disso, a música pode ajudar as crianças a melhorar sua autoestima, autoconfiança e sociabilidade. Outra vantagem da musicalização infantil é que ela pode ajudar a diminuir a ansiedade e o estresse nas crianças, promovendo um ambiente mais tranquilo e acolhedor. A música também pode ajudar a melhorar o humor das crianças, tornando o ambiente mais alegre e descontraído. Por isso, é importante que os pais incentivem seus filhos a terem contato com a música desde cedo, seja através de aulas de música, brincadeiras musicais em casa ou simplesmente ouvindo música juntos.

E se você quer curtir mais a música com os pequenos, a Holanda, Escola de Música localizada no Setor Marista, pode ser a escolha ideal. Por lá, a musicalização infantil é um caso à parte, a Holanda Marista é um centro de referência em neuropedagogia, psicomotricidade e neuroeducação musical. Os pequenos amam as aulas feitas sob medida em ambientes lúdicos, que estimulam ainda mais o aprendizado. A escola também desenvolve trabalho de excelência no atendimento de alunos especiais. 

 

escola

 

Sabe o melhor disso tudo? É que Assinante Premium do Clube Curta Mais tem 20% de desconto para todas as modalidades de aula, matricula e mensalidades da escola Holanda – Marista. Assim, inserir a música em sua vida ou na de seus filhos fica mais econômico. 

 

Serviço: 

Escola de Música Holanda 

Endereço: Rua 141, Qd 12-A, 240, Setor Marista

Telefones: (62) 3241-2540 / (62) 98311-7284

 

Curtiu? Não deixe de nos acompanhar por aqui para ficar sabendo de mais experiências incríveis, com um desconto exclusivo. Faça sua assinatura no Clube Curta Mais por apenas R$9,90 por mês, ou R$95,90 por ano, e tenha acesso aos melhores lugares e programas de Goiânia! 

Prefeitura vai investir R$ 70 milhões para abastecimento de água em Goiânia

O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, e o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, anunciaram, na tarde desta sexta-feira (17/12), em solenidade no Paço Municipal, investimentos de R$ 70,5 milhões para a conexão do Sistema de Abastecimento de Água Mauro Borges ao Centro de Reservação Cristina.

O projeto foi selecionado pelo Programa Avançar Cidades e os recursos são oriundos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Os serviços serão realizados pela Saneago, que fará a contrapartida de R$ 5,5 milhões (referentes aos trabalhos em Goiânia e também em Anápolis já, que, junto com a capital, a cidade foi selecionada e irá receber R$ 40,2 milhões).

O prefeito Rogério Cruz destacou o bom relacionamento do Executivo com o governo federal desde o início de sua gestão. “Nós estamos sempre em Brasília, em busca de recursos, nos vários ministérios da Presidência da República. E hoje é com grande alegria que recebemos o ministro Rogério Marinho para mais este anúncio de investimentos. Que possamos seguir assim até ao final de meu mandato com muita entrega de serviços e cuidando efetivamente das pessoas”, disse.

Rogério também reforçou a boa relação com o governo do Estado. “O governador Ronaldo Caiado é parceiro da Prefeitura de Goiânia, assim como o Planalto. Esta é mais uma oportunidade de trabalhar em conjunto com o governo, a exemplo de várias outras ações que temos em conjunto”, afirmou.

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, destacou a gestão do prefeito Rogério Cruz. “Você tem feito um excelente trabalho e se destacado em Goiânia. Está de parabéns pela administração. Sabemos que, além de sua dedicação, tem uma ótima equipe de auxiliares. Isso, sem dúvida, fará de Goiânia uma cidade ainda melhor e mais desenvolvida”, comentou o titular do MDR.

O presidente da Saneago, Ricardo Soavinski, representou o governador na cerimônia e agradeceu a parceria com a Prefeitura de Goiânia e o governo federal.

 

Imagem: Secom GO

Veja também:

Servidores que recebem até R$ 3 mil serão isentos de contribuição previdenciária em Goiás

O que considerar antes de criar um site?

Criar um site já não é algo que se limita às grandes empresas e instituições. Afinal, a democratização da internet e a migração dos negócios para o ambiente online torna uma página algo essencial e indispensável a quem almeja o sucesso.

Contudo, não basta criar uma página online. Sua criação deve acompanhar, dentre outras coisas, um roteiro pré-determinado, bem como analisar o mercado, o tipo de publicação e o formato que elas irão respeitar.

Para auxiliar você nessa tarefa, trouxemos, hoje, algumas dicas essenciais que devem ser consideradas na criação de um site. Continue lendo e as confira, garantindo o sucesso do seu empreendimento online.

O que considerar ao criar um site?

Existem elementos que fazem toda a diferença ao criar um site. Eles são capazes de garantir que ele atraia o público ao mesmo tempo em que o leva a se interessar pelos seus conteúdos e, consequentemente, aos serviços ou produtos oferecidos.

É por isso que é tão importante ter cuidado em cada passo da construção da página. Cada um deles tem um papel crucial no sucesso que ele fará perante o público e na atração de navegadores na internet.

Crie um site responsivo

Em primeiro lugar, ao criar um site em pleno ano de 2021 é imprescindível que você tenha cuidado para que ele seja responsivo. Isso significa que a sua página deve ter o poder de se adaptar tanto às telas de computador quanto às dos celulares.

Para se ter noção, considere que em junho de 2020 pesquisas no Brasil indicaram que 58% do público brasileiro já acessava a internet preferencialmente pelo smartphone. Ou seja, a forma de consumir produtos online atualmente está diferente.

Além disso, a mudança do algoritmo do Google requer a responsividade ao criar um site. Essa alteração fez com que os sites com essa capacidade ganhassem mais relevância ao serem apresentados em resultados de pesquisas feitas na plataforma.

Por isso, é indispensável que o seu site seja capaz de se adaptar aos mais diversos tipos de sites. Para isso, as informações devem ser dispostas de maneira clara e sem confusão entre elas. Da mesma forma, as imagens e fontes devem ter capacidade de adaptação.

Qualidade é importante

A segunda dica toca em um ponto igualmente crucial ao criar um site. Ela diz respeito à qualidade da página, afinal, é isso que poderá torná-la atrativa aos olhos do público. Isso engloba o formato do site, as abas que ele possui, sua organização e facilidade de navegação.

Todos esses pontos influem na atratividade que se apresenta ao público. Por exemplo, um site desorganizado, sem divisão dos conteúdos, produtos e informações em abas específicas e sem possibilidade de busca interna tende a afastar os consumidores.

Ao mesmo tempo, uma página online que disponha os conteúdos de maneira organizada, de fácil localização e bastante claros tem a tendência de ter muito mais sucesso em termos de acessos e de conversões.

Por isso, ao criar sua página online não deixe de fazer uso dos serviços de um criador de site de qualidade como o Zyro. Eles concedem, ao mesmo tempo, apoio de profissionais de qualidade, e, ainda, o direcionamento correto na criação do domínio.

Considere o conteúdo que será veiculado na página

Nossa terceira e última dica de cuidados indispensáveis ao criar um site é pensar, desde logo, em que tipos de conteúdos você pretende veicular no domínio. Para isso, não pense apenas no que você oferece, mas no que pode estar interligado ao produto ou serviço.

Por exemplo, considere a hipótese de uma loja que trabalha com produtos naturais diversos, como farinhas integrais, chás e sementes. O seu público, além de desejar obter mais informações da própria empresa e do que ela oferece, deseja saber informações interligadas aos serviços.

Nesse caso, então, o público pode procurar o porquê investir em certos tipos de alimentos para a sua saúde, quais são as propriedades e como usá-los. Dessa maneira, uma boa solução pode ser acoplar o site institucional e de vendas a um blog informativo.

Isso pode se dar à parte ou, então, dentro de abas específicas com notícias e dados relevantes. Independente de como o seja, criar um site com esse viés ou, ao menos, com parte do foco embasado em informações, pode ser uma boa estratégia.

Afinal, com isso você não apenas apresenta as soluções, mas também os problemas que podem ser resolvidos a partir do que você tem a oferecer. Portanto, não deixe de pensar em como você pode atrair o público através desse tipo de conteúdo.

Com essas dicas a sua marca será capaz de se consolidar na internet ao criar site específico para atendimentos online e para apresentação dos seus serviços. Isso é indispensável para se destacar perante a concorrência e, enfim, conquistar o sucesso!

Saiba porquê Aparecida de Goiânia é a maior referência em polos industriais de Goiás

Para falar de desenvolvimento econômico em Goiás, é preciso passar por Aparecida de Goiânia, cidade com 99 anos de idade, localizada coladinha à capital Goiânia, que tem se destacado em seu crescimento nas últimas décadas. Seria impossível para o Curta Mais dar dicas para os goianos sem falar dessa importantíssima cidade para o Estado.  

 

A economia é, inclusive, um dos pontos fortes de Aparecida de Goiânia. Atualmente possui sete polos empresariais e se consolida no pódio das cidades com esse tipo de empreendimento que concentra em um mesmo espaço, grande número de empresas ou indústrias, criando um ecossistema propício para formação de negócios.

 

São eles: 

Cidade Empresarial (complexo de comércio e de serviços); Polo Industrial Vice-presidente José Alencar; Pólo Empresarial Goiás; Distrito Municipal Agroindustrial de Aparecida de Goiânia (DIMAG), o Distrito Industrial de Aparecida de Goiânia (DAIAG), Polo de Reciclagem e o All Park Empresarial (privado). 

47b4a5fcfb6de942907ad8fb1baaf923.jpeg

Além desses, que já estão instalados e consolidados, outros cinco estão em processo de projeto como o Polo de Micro e Pequenas Empresas (municipal); Global Park (privado); Aparecida Business Log (ABL – privado); o Complexo Logístico, Industrial e Alfandegário (CLIA – privado); e o Complexo Empresarial Metropolitano (CEM – estadual). 

 

A atratividade de Aparecida para esses polos, começa por sua localização super estratégica. Situada na Região Metropolitana de Goiânia, a 70 km de Anápolis e 210 de Brasília, tem como principal meio de acesso a rodovia BR-153. A posição é privilegiada principalmente quando se fala em distribuição de produtos e no atendimento a importantes mercados consumidores, sendo Goiânia o principal deles. 

 

Em termos demográficos, o município é o mais populoso de Goiás, com aproximadamente 455.267, mil habitantes, de acordo com o Censo 2010. Segundo projeção do Instituto Mauro Borges, em 2014 contava com 511.323 habitantes, representando 7,8% da população de Goiás. No período de 2000/2013, apresentou taxa geométrica de crescimento anual de 3,11%, maior do que a do Estado, com 2,31% neste mesmo período.

 

Hoje o município conta com aproximadamente 58 mil empresas ativas  e somente nesses  polos são gerados mais de 120 mil empregos.  Em 2009 e 2010, o Produto Interno Bruto (PIB) de Aparecida era de R$ 3,8 bilhões e R$ 5,8 bilhões, saltando para R$ 12,9 bilhões, em 2018, um crescimento acumulado de 122% e elevação de 17,40% ao ano.  

47baddd8a418324b1578b464aef60464.jpeg

Um balanço feito em 2020, mostrou números muito positivos na geração de empregos e abertura de novas empresas. Os dados divulgados pela Secretaria Municipal da Fazenda (Sefaz) e Junta Comercial do Estado de Goiás (Juceg) apontaram que mesmo em um ano atípico a economia da cidade não foi abalada, ao contrário, cresceu em relação ao ano anterior.

 

Entre janeiro e novembro daquele ano, Aparecida atraiu 1.281 novas empresas, 2,65% maior em relação ao mesmo período de 2019. “Apesar dessa pandemia, nós acreditamos que quando o IBGE divulgar os números (PIB), nós devemos ter um crescimento na casa dos 10%”, projetou o secretário da Fazenda, André Luís Rosa, ao avaliar o desempenho da economia local neste ano.

 

Junto com a abertura de novas empresas,  Aparecida comemora ainda a geração e manutenção de empregos formais. Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), em 2020, foram contratados mais de 44 mil trabalhadores com carteira assinada. Com isso, a cidade encerra o ano com mais de 102 mil trabalhadores registrados. No ano de 2020, Aparecida de Goiânia foi uma das cidades brasileiras que mais gerou empregos com carteira assinada. O saldo positivo do município foi de 2.104 novos postos de trabalho. 

 

O município está entre as 100 cidades do Brasil que mais empreenderam em 2020, ocupando a 86ª posição e ficando em terceiro lugar em Goiás, segundo o Índice de Cidades Empreendedoras (ICE) divulgado pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap). Já em 2021, Aparecida se destaca no cenário estadual e nacional com saldo positivo entre demissões e contratações. Dados consolidados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) apontam que apenas nos três primeiros meses deste ano, o município ofertou 3.050 novos postos de trabalho.

 

Temos orgulho de mostrar o lado bom de cada cantinho desse Estado! 

Fotos: Secom e Ênio Medeiros 

UFG ganha laboratório de criação de protótipos aberto ao público

A primeira unidade do Projeto IPE – Ideias, Prototipagem e Empreendedorismo inaugura nesta quinta-feira (20), às 14h30, no Parque Tecnológico do Campus Samambaia. Com o objetivo de estudantes, inventores, empresários e qualquer pessoa interessada poderão aprender não apenas a desenhar e a manipular suas criações digitais, mas também a usar ferramentas de manufatura para construir e realizar os seus projetos.

A proposta é uma parceria da Universidade Federal de Goiás (UFG), junto com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com apoio da Fundação de Apoio à Pesquisa Funape (Funape) e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg).

O espaço contará com impressoras 3D, fresadoras, tornos e outros equipamentos para design, modelação, prototipagem, teste, fabricação e documentação. Ainda serão oferecidos cursos, treinamentos e acompanhamento para transformar projetos empreendedores em realidade e também para aprimorá-los, agregando conhecimento e inovação a produtos, processos e serviços.

Alcance e diversificação

O Projeto IPE prevê a instalação de sete laboratórios abertos de prototipagem. A unidade 1 será a mais diversificada, voltada ao atendimento de profissionais, estudantes e empresas de várias áreas. A Unidade 2 do projeto será instalada na Faculdade de Arquitetura e Artes Visuais, para atender demandas relacionadas às áreas de arquitetura, design de interiores, design de moda, artes visuais, entre outras. O IPE-Unidade 3 será implantado na Escola de Agronomia para atuar no apoio a ideias e projetos relacionados ao agronegócio. Todas essas três unidades serão localizadas no Campus Samambaia da UFG, em Goiânia.

SERVIÇO

Lançamento do Laboratório IPE

Quando: 20 de dezembro (Quinta-feira), às 14h30

Onde: Parque Tecnológico do Campus Samambaia – Rodovia R2, Campus Samambaia, Goiânia

Informações: (62) 3521-2041

Ler para uma criança na primeira infância contribui para seu desenvolvimento emocional, diverte e estimula o bom desempenho escolar

Segundo pesquisa da Fundação Itaú Social realizada em parceria com o Instituo Datafolha, em 2012, 96% dos entrevistados consideram importante ou muito importante incentivar o gosto pela leitura em crianças de até 5 anos. Entretanto, a mesma pesquisa revela que somente 37% costumam ler para elas. “Ler para uma criança é uma atitude transformadora. Por meio da leitura, a criança desenvolve a criatividade e adquire cultura, conhecimentos e valores”, afirma a educadora Ana Teberosky, professora da Universidade de Barcelona.

Estudos mostram também que ler para uma criança contribui para seu desenvolvimento emocional, favorece a concentração, reduz a ansiedade e a agressividade.

Quanto mais cedo começar, melhor. A primeira infância, que vai da gestação aos 6 anos, é uma fase muito propícia para que pais, irmãos mais velhos, tios e avós apresentem as histórias e a leitura para as crianças, participando de muitas descobertas. Isso propicia uma infância mais estimulante, ajuda no desempenho escolar e, na vida adulta, gera mais segurança e preparo. O local e a forma do livro podem variar: em casa, na escola, na casa de amigos; no papel, no celular ou no tablet.

O Curta Mais incentiva o hábito da leitura e convida toda a sociedade a criar o hábito com suas crianças. Que tal começar hoje mesmo?

 

Via: Superinteressante

Goiânia é a 14ª melhor cidade para empreender no Brasil

Goiânia é a 14ª melhor cidade brasileira para empreender

Uma pesquisa realizada pela Endeavor e divulgada pela revista Exame mapeou as 32 melhores cidades para ser empreendedor no Brasil, por meio do Índice de Cidades Empreendedoras (ICE) 2015.

A capital paulista lidera a lista, com ICE de 8,45. Florianópolis (SC) aparece em segundo lugar, com ICE de 8,36, e Vitória (ES), com 7,7. No ranking aparecem 22 capitais e 10 cidades do interior. Goiânia aparece em 14º lugar com ICE 6,26. Com base nas notas de zero a 10, a capital goiana levou 8,04 no Ambiente Regulatório (a campeã no quesito menos burocrática), 5,74 em Infraestrutura, Mercado com 4,98, Acesso a Capital 5,90, Inovação 5,07, Capital Humano 6,21 e Cultura Empreendedora 7,13.

O critério da Endeavor inclui os municípios com maior presença de empresas de alto crescimento. O índice tem sete campos de análise: ambiente regulatório, infraestrutura, mercado, acesso a capital, inovação, capital humano e cultura empreendedora. A partir desses indicadores, foi calculada uma nota para cada município.

Em tempos de crise, essa lista pode ser um bom mapa antes de decidir em que lugar abrir um negócio. Conheça as 32 melhores empresas para empreender no Brasil:

 

1 – São Paulo (SP) – ICE 8,45

2 – Florianópolis (SC) – ICE 8,36

3 – Vitória (ES) – ICE 7,70

4 – Recife (PE) – ICE 6,94

5 – Campinas (SP) – ICE 6,83

6 – São José dos Campos (SP) – ICE – 6,74

7 – Porto Alegre (RS) – ICE 6,60

8 – Curitiba (PR) – ICE 6,54

9 – Joinville (SC) – ICE 6,51

10 – Rio de Janeiro (RJ) – ICE 6,48

11 – Maringá (PR) – ICE 6,41

12 – Ribeirão Preto (SP) – ICE 6,33

13 – Belo Horizonte (MG) – ICE 6,33

14 – Goiânia (GO) – ICE 6,26

Índice Cidades Empreendedoras: 6,26

Ambiente Regulatório: 8,04

Infraestrutura: 5,74

Mercado: 4,98

Acesso a Capital: 5,90

Inovação: 5,07

Capital Humano: 6,21

Cultura Empreendedora: 7,13

goiania

Goiânia: boa de negócio.

 

15 – Sorocaba (SP) – ICE 6,08

16 – Caxias do Sul (RS) – ICE 5,87

17 – Londrina (PR) – ICE 5,73

18 – Uberlândia (MG) – ICE 5,68

19 – Brasília (DF) – ICE 5,64

20 – Blumenau (SC) – ICE 5,58

21 – Campo Grande (MS) – ICE 5,57

22 – João Pessoa (PB) – ICE 5,47

23 – Aracaju (SE) – ICE 5,46

24 – Salvador (BA) – ICE 5,39

25 – Natal (RN) – ICE 5,34

26 – Manaus (AM) – ICE 5,17

27 – São Luís (MA) – ICE 5,17

28 – Cuiabá (MT) – ICE 5,00

29 – Belém (PA) – ICE 4,98

30 – Fortaleza (CE) – ICE 4,82

31 – Teresina (PI) – ICE 4,55

32 – Maceió (AL) – ICE 4,03