Nova IA prevê data da morte com 74% de precisão

Isso é muito Black Mirror!
Um estudo foi publicado na revista Nature Computational Science, descrevendo a criação de uma inteligência artificial capaz de prever a data da morte de uma pessoa.

Pesquisadores das Universidades Técnica da Dinamarca (DTU), de Copenhague (ITU) e Northeastern utilizaram o chatbot chamado life2vec para realizar esse feito, analisando dados que indicam fatores relacionados a uma vida mais curta ou mais longa.

Precisão

O life2vec foi treinado com informações de 6 milhões de dinamarqueses entre 2008 e 2016, respeitando as leis de proteção de dados. Semelhante ao ChatGPT, os cientistas interagem com o chatbot fazendo perguntas simples, como “morte dentro de quatro anos?”, e o bot realiza previsões com uma precisão de aproximadamente 74%, conforme mencionado no artigo.

Os pesquisadores destacam a abrangência do conjunto de dados, que inclui informações sobre saúde, educação, profissão, renda, endereço e horário de trabalho ao longo de vários anos.

Eles enfatizam que o modelo permite a previsão de uma variedade de resultados, desde mortalidade precoce até nuances de personalidade. Ao utilizar métodos de interpretação de modelos de deep learning, os pesquisadores investigam o algoritmo para compreender os fatores subjacentes que influenciam as previsões.

Além da previsão da data da morte, a inteligência artificial tem sido empregada em outros estudos para antecipar eventos na vida das pessoas, como o risco de ataque cardíaco ou morte por câncer de pulmão.

 

Veja também:

 

Astro de Rocky e The Mandalorian, Carl Weathers morre aos 76 anos

Uma das lendas do cinema de ação, Carl Weathers faleceu aos 76 anos. A morte do ator, cuja carreira inclui o lendário personagem Apollo Creed nos filmes de Rocky, além de papéis memoráveis em The Mandalorian e O Predador, foi confirmada pela sua família nesta sexta-feira (2).

“Nós estamos profundamente tristes por anunciar a morte de Carl Weathes. Ele morreu em paz enquanto dormia na quinta-feira, 1º de fevereiro de 2024,” diz a declaração de sua família. “Carl foi um ser humano incrível que viveu uma vida extraordinárias. Através de suas contribuições com o cinema, as artes e esportes, ele deixou uma grande marca e é reconhecido pelo mundo todo através de várias gerações. Ele era um irmão, pai, avô, parceiro e amigo amado.”

Ele deixa pra trás sua ex-esposa, Mary Ann, e seus dois filhos.

Carreira

Weathers nasceu em Nova Orleans em 1948 e teve uma carreira de 50 anos no entretenimento, atuando e dirigindo em filmes e séries. Weathers se tornou um dos grandes ícones do cinema de ação nos anos 1970 e 1980, estrelando grandes produções encabeçadas por ambos Sylvester Stallone e Arnold Schwarzenegger.

Seu papel mais conhecido foi o de Apollo Creed nos filmes de Rocky. Ao lado de Schwarzenegger, ele protagonizou o clássico O Predador, de 1987, e recentemente, Weathers virou presença constante em The Mandalorian, uma das séries mais populares do universo de Star Wars. Interpretando Greef Karga, ele foi de fora da lei até xerife, e chegou a dirigir dois episódios da produção da Lucasfilm no Disney+.

 

Veja também:

 

Morre aos 47 anos Rubens Arteiro, ex-diretor do Centro Cultural Oscar Niemeyer

O ex-gestor do Centro Cultural Oscar Niemeyer em Goiânia, Rubens Arteiro, faleceu aos 47 anos. Arteiro foi vítima de um afogamento na madrugada desta segunda-feira (29), no Rio de Janeiro, e seu corpo foi encontrado no mar.

Nascido como Rubens Ananias em 22 de julho de 1977, ele deixa dois filhos. Segundo informações de fontes próximas ouvidas pelo Curta Mais, o ex-diretor estava na companhia de amigos quando entrou no mar durante a madrugada, resultando no acidente fatal.

Conhecido por sua ousadia e amor por esportes de aventura, Arteiro era uma figura muito querida por seus amigos. Além disso, era um amante de cervejas artesanais, que resultou no trabalho em grandes eventos do tema, como o Festival Festival Parada Beer Fogo e Caneca, além de atuar como gerente de marketing da Goiás Turismo, e na gestão de um dos principais centros culturais de Goiás, o Oscar Niemeyer.

Até o momento, ainda não foi divulgada informações sobre o velório.

Morre Antônio Batista da Silva, fundador da Vinícola Jabuticabal em Hidrolândia

Na manhã desta sexta-feira, 29 de dezembro, o distrito de Nova Fátima, localizado em Hidrolândia (Goiás), despediu-se do produtor rural Antônio Batista da Silva, fundador da renomada Vinícola Jabuticabal.

Aos 97 anos, Antônio Batista faleceu em sua residência na Fazenda Jabuticabal, propriedade de mais de 100 hectares, conhecida por abrigar o maior pomar de jabuticaba do mundo, com impressionantes 42 mil pés da fruta tipicamente brasileira. A causa da morte não foi informada.

Antônio Batista ficou famoso por lançar um desafio peculiar: quem conseguisse comer uma fruta de cada um dos 42 mil pés de jabuticaba em uma única visita à fazenda ganharia o título de proprietário, com a propriedade passada oficialmente para o vencedor. Este desafio, lançado na década de 1980, tornou a Fazenda Jabuticabal conhecida em todo o país, atraindo visitantes de diversas regiões.

A fazenda também ganhou destaque pela criação da Vinícola Jabuticabal, que se tornou referência na produção de vinhos e sucos de jabuticaba. A propriedade se estendia por Nova Fátima, Hidrolândia, e era um local de visita obrigatória para os amantes da fruta e apreciadores de vinhos especiais.

Com mais de 150 quilos de jabuticaba necessários para cumprir o desafio, a lenda permaneceu intacta, sem que ninguém conseguisse concluir a tarefa proposta por Antônio Batista.

As informações sobre o velório e enterro do fundador de Antônio Batista não foram divulgadas até o momento.

 

Veja também:

Famosos que faleceram em 2023

O ano de 2023 foi um período marcante e repleto de acontecimentos notáveis, e com isso, muitas coisas boas aconteceram. Ascensão de avanços significativos e mudanças revolucionárias que impactaram positivamente o mundo. Tecnologias inovadoras, como a inteligência artificial, nos ensinaram uma nova maneira como interagirmos e trabalhar na internet. Além disso, a Copa do Mundo Feminina de Futebol atingiu níveis inéditos de visibilidade e reconhecimento, destacando o talento e a excelência das atletas femininas neste esporte que é cheio de preconceito e machismo.

Apesar disso, nem só de notícias boas o ano de 2023 foi marcado. Personalidades icônicas da mídia faleceram e nos deixaram com um enorme vazio, e uma legião de fãs desolados. Mesmo com notícias tristes, o legado e as contribuições que deixaram para o mundo permaneçam marcados, os tornando eternos.

Pensando nisso, o Guia Curta Mais, criou uma lista como tributo aos grandes nomes que nos deixaram ao longo do ano de 2023. Nunca é tarde para homenagear pessoas que fizeram tanto para a sociedade.

Atriz Lolita Rodrigues morre aos 94 anos

O mundo artístico brasileiro está de luto neste domingo, 5 de novembro, com a triste notícia do falecimento de Lolita Rodrigues, aos 94 anos. A icônica atriz e apresentadora, considerada uma das pioneiras da televisão no Brasil, nos deixou após uma batalha contra a pneumonia. Lolita estava internada no Hospital Nossa Senhora das Neves, em João Pessoa (PB), onde veio a falecer.

Lolita Rodrigues, filha de imigrantes espanhóis, nasceu em Santos, litoral de São Paulo, mas escolheu João Pessoa como seu lar, ao lado de sua filha, a médica Silvia Regina Rodrigues Leite. A atriz, conhecida por sua voz marcante e talento excepcional, fez história na televisão brasileira.

 

Carreira de Lolita Rodrigues

Sua trajetória na arte começou nas radionovelas da Rádio Record, em 1939. Lolita passou por diversas rádios importantes, incluindo Bandeirantes, Cultura e Tupi, onde ganhou dois Troféus Roquette Pinto como “Melhor Cantora”. Ao lado de seu marido, Aírton Rodrigues, ela apresentou programas icônicos como “Almoço com as Estrelas” e “Clube dos Artistas” na TV Tupi, durante muitos anos.

Em 1957, seu sonho de se tornar atriz foi realizado quando interpretou a personagem Esmeralda na telenovela “O Corcunda de Notre Dame”, a convite de Cassiano Gabus Mendes. Ela também participou da primeira telenovela diária, “2-5499 Ocupado”, formando um triângulo romântico inesquecível com Glória Menezes e Tarcísio Meira.

Lolita Rodrigues será lembrada não apenas por sua carreira brilhante na televisão, mas também por sua amizade duradoura com outras lendas como Hebe Camargo e Nair Bello. A entrevista conjunta das três no Programa do Jô, em 2000, é um tesouro da televisão brasileira.

Após encerrar sua participação em “Viver a Vida” em 2010, Lolita decidiu se aposentar e mudou-se para João Pessoa, onde passou seus últimos anos ao lado da família.

Seu legado perdurará como um testemunho do pioneirismo e da paixão que dedicou à arte ao longo de sua vida. O Brasil chora a perda de uma verdadeira lenda da televisão, enquanto celebramos sua extraordinária contribuição para a cultura do nosso país.

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Foto de Capa: 

Ator Matthew Perry, o Chandler de Friends, morre aos 54 anos

Notícia muito triste! O ator americano Matthew Perry, astro de uma das séries de maior sucesso da tv americana, morreu neste sábado, 28 de Outubro. O astro era conhecido por seu papel na série ‘’Friends’’, o personagem Chandler Bing, na produção que durou dos anos 90 ao início dos 2000.

Ele foi encontrado morto em sua casa nos Estados Unidos. De acordo com o site TMZ, o ator estava em uma banheira de hidromassagem na casa onde vivia, em Los Angeles. 

Socorristas teriam ido ao local atender a uma pessoa que sofria uma parada cardíaca. Próximo à banheira, não havia drogas nem indícios de crime. Perry tinha 54 anos de vida.

Carreira

Matthew Perry estreou na televisão em 1979, com uma pequena participação na série “240-Robert”. Anos depois, em 1994, o ator ficou mundialmente conhecido ao interpretar o sarcástico Chandler Bing, em “Friends”.

Perry também participou de diversos filmes e séries, como: “Go On”, “The Good Wife” e “Dezessete Outra Vez”. 

Em 2021, o público pode revê-lo no especial Friends: The Reunion, que reuniu, além do intérprete de Chandler, o elenco do clássico programa – Jennifer Aniston (Rachel), Courteney Cox (Monica), Lisa Kudrow (Phoebe), Matt Le Blanc (Joey), David Schwimmer (Ross).

friends

Ao longo dos últimos anos, porém, Matthew Perry se afastou da carreira artística. Em vez de séries ou filmes, aparecia na imprensa em notícias que repercutiam problemas pessoais – como a de que estaria vivendo recluso em um quarto de hotel, gerando preocupação em antigos colegas e amigos, ou tendo gasto milhões para se manter sóbrio.

O ator falou sobre diversos problemas que enfrentou, incluindo o vício em drogas, incluindo bebidas alcóolicas e opioides. Numa das internações, afirma que os médicos disseram que tinha apenas 2% de chances de sobreviver. “O inferno existe. Eu estive lá”, afirmou em sua biografia.

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

 

Serie investigativa extraordinária desvenda o assassinato de John Lennon

Em uma revelação impactante, a Apple TV+ anunciou a produção original “John Lennon: Assassinato sem Julgamento”. Dividida em três capítulos, a série documental traz uma abordagem inédita sobre o trágico assassinato do ex-Beatle em 1980, com entrevistas exclusivas de testemunhas e imagens nunca antes vistas da cena do crime. O objetivo é esclarecer o evento que chocou o mundo e reacender o debate sobre a controversa condenação de Mark David Chapman, o assassino confesso. A data de estreia ainda aguarda confirmação.

Narrada pelo renomado vencedor do Emmy, Kiefer Sutherland (“24 Horas”, “The Caine Mutiny Court-Martial”), a série promete trazer entrevistas reveladoras com os advogados de defesa, psiquiatras, detetives e procuradores diretamente envolvidos nas investigações. Com acesso exclusivo ao Departamento de Polícia de Nova Iorque, ao Conselho de Liberdade Condicional e ao Gabinete do Procurador Distrital, a produção promete oferecer um olhar sem precedentes sobre este evento marcante da história.

O anúncio desta série documental coincide com o lançamento de uma música inédita dos Beatles. “Now and Then” será lançada em 2 de novembro, conforme confirmado por Paul McCartney e Ringo Starr. Segundo Paul, a faixa será a “última gravação” do grupo. Além disso, o documentário “Now And Then — The Last Beatles Song”, dirigido por Oliver Murray e com roteiro autoral, será lançado em 1º de novembro, às 16h30, por meio do canal oficial dos Beatles no YouTube. 

Assassinato:

Em 8 de dezembro de 1980, Mark David Chapman disparou contra John Lennon na entrada do edifício Dakota, em Nova York, onde o cantor residia com sua esposa, Yoko Ono. Poucas horas antes, ele havia abordado o artista, pedindo um autógrafo em uma cópia do álbum “Double Fantasy”, de Lennon e Ono. Em 2022, Chapman teve seu pedido de liberdade condicional negado pela 12ª vez, mantendo-o sob custódia.

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

 

Michael Gambon, o Dumbledore de Harry Potter, morre aos 82 anos

Estrela da saga “Harry Potter”, no papel de Alvo Dumbledore, o ator Michael Gambon morreu aos 82 anos nesta quinta-feira (28). A informação foi confirmada pela família do artista, dizendo que ele morreu ‘’pacificamente no hospital após um ataque de pneumonia’’.

A agente de publicidade Clair Dobbs divulgou uma nota, no Jornal The Guardian, em nome da mulher do ator, Anne Gambon, e de seu filho, Fergus Gambon, para confirmar a morte.

“Estamos arrasados em anunciar a perda de Sir Michael Gambon. Amado marido e pai, Michael morreu pacificamente no hospital com sua esposa Anne e seu filho Fergus ao lado de sua cama, após um ataque de pneumonia”, diz a nota.

A família pediu respeito à privacidade “neste momento doloroso” e aproveitou para agradecer pelas mensagens de apoio e amor.

Carreira

Michael Gambon era um renomado ator britânico conhecido por sua carreira no teatro, cinema e televisão. Ele é mais famoso por sua interpretação do personagem Alvo Dumbledore nos filmes da série Harry Potter após a morte de Richard Harris, o ator original que interpretou Dumbledore nos dois primeiros filmes da franquia. Gambon assumiu o papel a partir do terceiro filme, “Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban” (2004), e continuou a desempenhar o papel nos filmes subsequentes.

Gambon nasceu em 19 de outubro de 1940, em Dublin, Irlanda, mas cresceu na Inglaterra. Ele começou sua carreira no teatro e ganhou reconhecimento por suas atuações em produções clássicas e contemporâneas nos palcos londrinos.

Em 2015, Gambon anunciou sua aposentadoria dos palcos de teatro. O motivo do afastamento era sua memória, que não o permitia mais lembrar suas falas. Antes de tomar a decisão, o ator chegou a atuar com um fone de ouvido ligando-o a um ponto no palco, por medo de esquecer o que dizer e ficar sem fala na frente da plateia.

Devido ao sucesso das suas atuações enquanto ator, recebeu da Rainha Elizabeth II o título de “Sir”.

 

Veja também:

Harry Potter: 10 histórias fascinantes sobre o castelo de Hogwarts

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

 

Atriz Aracy Balabanian morre aos 83 anos

Morreu na manhã desta segunda-feira (7), a atriz Aracy Balabanian aos 83 anos. A artista, que havia sido diagnosticada com câncer no pulmão no fim do ano passado, estava internada na Clínica São Vicente na Zona Sul do Rio de Janeiro. A notícia foi confirmada pelo portal Metrópoles.

Em outubro de 2022, ao passar por um tratamento para um derrame pleural, que causa acúmulo de líquido nos pulmões, Aracy descobriu dois tumores nos órgãos e ficou bastante abalada.

O último trabalho inédito da atriz foi em 2019, quando participou do especial de fim de ano da TV Globo ”A Magia Acontece”. No ano anterior, ela fez uma aparição em Malhação: Vidas Brasileiras.

Foto: divulgação

Cantora americana Tina Turner morre aos 83 anos

A icônica cantora americana Tina Turner, conhecida como a rainha do rock n’ roll, faleceu aos 83 anos. A notícia foi confirmada por um porta-voz da cantora ao site Sky News.

Tina Turner alcançou grande sucesso juntamente com seu ex-marido, Ike Turner, nos anos finais da década de 1960 e no início dos anos 1970. Infelizmente, o casamento deles foi marcado por violência doméstica, e eles se separaram oficialmente em 1987, após anos de relacionamento conturbado.

Após a separação, Tina embarcou em uma carreira solo brilhante, destacando-se como uma cantora extraordinária. Ela encantou o público com hits como “What’s Love Got to Do with It” nos anos 1980, consolidando seu lugar como uma das artistas mais influentes de sua geração.

A trajetória de Tina Turner é um exemplo de superação, mostrando sua força e talento excepcionais. Sua voz poderosa e sua presença cativante no palco a tornaram uma verdadeira lenda da música, deixando um legado duradouro que continuará a inspirar gerações futuras.

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Rainha do Rock nacional, Rita Lee morre aos 75 anos

Morreu, aos 75 anos, a eterna rainha do rock, Rita Lee. Ela deixa o marido, Roberto de Carvalho, com quem teve três filhos: João, Antônio e Beto Lee. As informações são do G1.

Ela foi diagnosticada com câncer de pulmão em 2021 e vinha fazendo tratamentos contra a doença. A família da cantora divulgou um comunicado em suas redes sociais: “Comunicamos o falecimento de Rita Lee, em sua residência, em São Paulo, capital, no final da noite de ontem, cercada de todo o amor de sua família, como sempre desejou”. O velório será aberto ao público, no Planetário do Parque Ibirapuera, na quarta-feira (10), das 10h às 17h.

Rita Lee Jones nasceu em São Paulo, em 31 de dezembro de 1947. O pai, Charles Jones, era dentista e filho de imigrantes dos EUA. A mãe, a italiana Romilda Padula, era pianista, e incentivou a filha a estudar o instrumento e a cantar com as irmãs. 

Como um dos pilares da música brasileira, Rita Lee foi uma musicista completa: além de cantora, era compositora, multi-instrumentista, atriz, escritora e ativista; e ainda poliglota – fluente em português, inglês, francês, castelhano e italiano.

Ela é dona de vários sucessos que foram verdadeiras trilhas sonoras por décadas dos brasileiros, como “Ovelha Negra”, “Doce Vampiro”, “Mania de Você”, Amor e Sexo”, “Erva Venenosa (Poison Ivy)”, “Pagu”, “O Amor em Pedaços”, “Agora só falta você”, “Minha Vida (In my life)”, “Jardins da Babilônia”, entre muitos outros hits históricos.

 

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

 

Dona Iris: missa de sétimo dia será realizada nesta segunda-feira em Goiânia

A missa de 7º dia em homenagem à ex-senadora, deputada federal e primeira-dama de Goiás, Iris de Araújo Rezende Machado, será realizada nesta segunda (27) às 19h na Igreja Matriz de Campinas.

Dona Iris morreu, aos 79 anos no último dia 21 de Fevereiro, após ter complicações no pulmão após uma cirurgia, segundo informou uma das filhas dela, Ana Paula Machado. O boletim divulgado pelo Hospital Albert Einstein, onde ela estava internada, informou que ela faleceu em decorrência do “agravamento de doenças pulmonares prévias”.

Além da família, uma das presenças confirmadas na missa está a do governador Ronaldo Caiado que cumpre agenda na capital.

Carreira política

Dona Iris começou a vida pública ao ser designada como suplente do senador Maguito Vilela em 1999 e assumir temporariamente o cargo em 2003. Ela já foi candidata à vice-presidente da República, presidente do PMDB e primeira-dama de Goiânia e de Goiás dos cargos eletivos do marido, Iris Rezende, que morreu em 2021 e foi prefeito da capital goiana e governador do estado.

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Morre a jornalista Glória Maria aos 73 anos

A jornalista Glória Maria morreu, na madrugada desta quinta-feira (2), no Rio de Janeiro. A comunicadora da Rede Globo estava internada no Hospital Copa Star para tratar de um câncer no cérebro.

A doença foi descoberta pela jornalista em 2019. Na ocasião, ela precisou se afastar dos trabalhos na TV para tratar a doença. Glória, inclusive, foi submetida a um processo cirúrgico de emergência que tinha como finalidade a retirada de uma “lesão expansiva cerebral”, ou seja, a remoção do tumor.

Carreira

Na Globo desde 1971, a carioca foi a primeira repórter a entrar ao vivo e, em cores, no Jornal Nacional. De 1998 a 2007, apresentou o Fantástico e, desde 2010, integrava a equipe do Globo Repórter.

A jornalista também foi âncora do RJTV e Jornal Hoje. Glória também ficou conhecida por reportagens especiais ao redor do mundo como no deserto do Saara e na Palestina. Mostrou mais de 100 países em suas reportagens e protagonizou momentos históricos.

Glória Maria tinha 73 anos e deixa duas filhas, Maria e Laura.

Locutor esportivo Edson Rodrigues morre aos 79 anos

Morreu na manhã desta quinta-feira (26), em Goiânia, o jornalista e locutor esportivo Edson Rodrigues aos 79 anos. Considerado o ‘Pelé das narrações’ em Goiás, Edson estava internado e lutava contra um câncer no pâncreas.

Edson foi locutor por mais de 60 anos e passou por várias emissoras goianas, entre elas a Rádio Anhanguera, do Grupo Jaime Câmara. A CBN Goiânia mostrou que o narrador também teve participações na Brasil Central, Difusora, K do Brasil e por último, na Rádio Bandeirantes.

De acordo com a família, a previsão é que o velório comece a partir de 12h. Já o sepultamento, deve acontecer às 17h, no Cemitério Parque Memorial de Goiânia.

Em nota, o governador Ronaldo Caiado (UB) e a primeira-dama Gracinha Caiado lamentaram a morte de Edson. O político pontuou que o narrador registrou os momentos mais marcantes do futebol goiano.

“Narrou milhares de gols e emocionou torcedores. Em mais de seis décadas de carreira e paixão pelo rádio, foi referência nas emissoras pelas quais passou e se tornou o grande nome da narração esportiva em Goiás. A história desse grande profissional permanecerá viva em nossa memória. Meus sentimentos e solidariedade à família e aos amigos de Edson Rodrigues”, escreveu o governador.