Chrystian, da dupla sertaneja “Chrystian e Ralf”, morre aos 67 anos

Artista foi internado em São Paulo nesta quarta-feira (19) após passar mal e cancelou apresentação que faria no fim de semana

Thaís Muniz
Por Thaís Muniz
WhatsApp Image 2024 06 20 at 07.24.21

O cantor Chrystian, da dupla sertaneja “Chrystian e Ralf”, morreu aos 67 anos na noite desta quarta-feira (19) após ser internado no Hospital Samaritano, em São Paulo. A informação foi confirmada pela família e equipe do artista.

Chrystian foi diagnosticado com um rim policístico – distúrbio no qual cistos se desenvolvem nos órgãos – e internado em fevereiro deste ano para realizar um transplante de rim. No entanto, a cirurgia foi adiada após surgirem imprevistos nos exames pré-operatórios.

A cerimônia de despedida ocorrerá no Cerimonial Ossel, localizado na Avenida Goiás, 459, no bairro Santo Antônio, em São Caetano do Sul (SP).

O velório está programado para esta quarta-feira (20), das 11h às 16h. Em seguida, o sepultamento acontecerá às 17 horas! A despedida será aberta ao público e fãs do cantor.

Vida e Carreira

Chrystian, cujo nome de batismo é José Pereira da Silva Neto, foi uma figura icônica da música sertaneja brasileira. Nascido em 3 de novembro de 1956, em Goiânia, Chrystian formou, ao lado de seu irmão Ralf, uma das duplas mais afinadas e respeitadas do Brasil. A dupla Chrystian & Ralf deixou uma marca indelével na história da música sertaneja, sendo reconhecida pela harmonia vocal perfeita e por sucessos que atravessaram gerações.

Chrystian começou sua carreira musical ainda na infância, incentivado pela família. Na década de 1970, ele e seu irmão Ralf decidiram formar a dupla que mais tarde seria aclamada como uma das mais afinadas do Brasil. O timbre marcante de Chrystian, aliado à técnica vocal apurada de Ralf, resultou em um dueto perfeito que conquistou fãs por todo o país.

No início da década de 1980, ele foi casado por alguns meses com a cantora Gretchen, mas não tiveram herdeiros.

A dupla ganhou destaque nacional nos anos 1980 e 1990, com sucessos como “Chora Peito”, “Nova York” e “Cheiro de Shampoo”. Ao longo da carreira, Chrystian & Ralf lançaram diversos álbuns e receberam inúmeros prêmios, consolidando-se como referências no gênero sertanejo. Além de cantor, Chrystian também se destacou como compositor, criando músicas que se tornaram hinos do sertanejo.

O Legado de Chrystian

Chrystian não foi apenas um extraordinário cantor, mas também um talentoso compositor. Suas composições, carregadas de emoção e sensibilidade, enriqueceram o repertório sertanejo, deixando um legado imensurável para a música brasileira. Suas canções falavam de amor, saudade e vida no campo, ressoando profundamente com o público sertanejo.

A contribuição de Chrystian para a música sertaneja vai além das canções e dos álbuns vendidos. Ele influenciou gerações de novos artistas, que cresceram ouvindo e admirando seu trabalho. Sua habilidade de transmitir emoções através da música era incomparável, fazendo com que cada apresentação fosse única e memorável.

A morte de Chrystian deixa uma lacuna enorme no cenário musical brasileiro. Ele faleceu aos 67 anos, deixando fãs e colegas artistas em luto. A notícia de seu falecimento trouxe uma onda de homenagens e lembranças de momentos inesquecíveis proporcionados por sua música.

Homenagens e Despedidas

Diversos artistas e fãs prestaram homenagens a Chrystian nas redes sociais, lembrando de sua contribuição para a música e da pessoa generosa e talentosa que ele era. “Perdemos um dos maiores nomes da música sertaneja, um artista completo que deixará saudades”, comentou um famoso cantor sertanejo.

Chrystian será lembrado como uma lenda da música sertaneja, um cantor e compositor que emocionou gerações com seu talento e sua voz inconfundível. Sua trajetória serve de inspiração para muitos, e seu legado continuará vivo nas canções que ele deixou. Chrystian marcou a história da música brasileira e será eternamente lembrado por seu inestimável contributo ao sertanejo.

Ralf, seu irmão e ex-parceiro, fez uma publicação nas redes sociais lamentando a morte e o fato de não poderem se despedir. No texto, ele disse: “fizemos o nosso melhor”.

Chrystian e Ralf (foto: arquivo pessoal)

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? Basta clicar aqui e entrar no canal do WhatsApp do Curta Mais.