Goiânia recebe Mutirão com diversos serviços veterinários gratuitos

Neste fim de semana, dias 24 e 25 de fevereiro, Goiânia recebe um Mutirão com diversos atendimentos veterinários, na Praça da Vitória, na Vila Jardim São Judas Tadeu. Oferecidos pelo Centro de Saúde e Bem-Estar Animal, a equipe multidisciplinar da Unidade de Pronto Atendimento Animal (UPAVet) oferecerá vários serviços para a população de baixa renda que levar o seu pet.

A iniciativa é da prefeitura por meio da Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma).

“Os atendimentos serão de clínica médica para consultas de rotina, agendamento de consultas e castração”, explica o presidente da Amma, Luan Alves. Para receber atendimento, o tutor do animal deve apresentar, para fins de cadastro, os seguintes documentos: cópia do Cadúnico, comprovante de endereço e documentos pessoais como CNH ou carteira de identidade.

O superintendente de Bem-Estar Animal da Amma e médico veterinário, Messias Fabiano, explica ainda que a população poderá, conforme o andamento da consulta, receber encaminhamento para exames de rotina e imagem, tais como ultrassom e radiografia. “Estes serviços abrangentes visam garantir o bem-estar e a saúde dos animais, fornecendo uma gama completa de cuidados veterinários durante o evento”, considera.

UPAVet

Fora do Mutirão, os mesmos atendimentos são oferecidos na UPAVet de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 18h. A entrega de senhas para triagem é das 7h às 8h e das 13h às 14h. São oferecidas castração para cães e gatos e consultas com especialistas em oftalmologia e neurologia, além das consultas ambulatoriais.

Para receber atendimento, o tutor do animal deve apresentar na recepção, para fins de cadastro, os seguintes documentos: cópia do CadÚnico, comprovante de endereço e documentos pessoais como CNH ou carteira de identidade. O telefone para contato é: (62) 3291-2202.

 

Veja também:

Eleições 2024: saiba quem são os pré-candidatos à Prefeitura de Goiânia

A quase oito meses do primeiro turno das Eleições 2024, o cenário em Goiânia ainda não está totalmente definido quando se trata dos nomes que vão disputar a Prefeitura. Com uma diversidade de trajetórias e ideologias, os postulantes que se apresentaram até o momento têm buscado ampliar suas frentes partidárias. O Curta Mais Política levantou os nomes dos principais pré-candidatos ao Executivo da Capital. Confira:


Adriana Accorsi (PT)
Primeira pré-candidata oficialmente confirmada, a deputada federal aceitou o convite do presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva e da presidente do PT, Gleisi Hoffmann, para concorrer à Prefeitura de Goiânia. Bem colocada nas pesquisas de intenção de voto (oscilando entre a primeira e a terceira colocação), Adriana tem como principal desafio formar uma frente partidária que alcance além dos partidos de esquerda.

Gustavo Gayer (PL)
O partido do ex-presidente Jair Bolsonaro convidou o deputado federal para concorrer à prefeitura. Vice-campeão de votos em 2022, Gayer também tem ocupado as primeiras colocações nas últimas pesquisas e, assim como Adriana, tem pela frente o desafio formar uma base que consiga ir além do seu ciclo político. No caso dele, o bolsonarismo.

Jânio Darrot (MDB)
O ex-prefeito de Trindade pretende disputar o Executivo de Goiânia com o apoio do governador Ronaldo Caiado (UB) e do vice-governador Daniel Vilela (MDB). Recentemente, Jânio foi alvo de uma operação de busca e apreensão realizada pela Polícia Civil, o que desidratou sua pré-campanha. No entanto, o político garante que manterá seu nome na disputa.

Leonardo Rizzo (Novo)
O empresário do ramo imobiliário anunciou que vai disputar a Prefeitura de Goiânia. Na ocasião, Rizzo afirmou que vai defender as pautas do partido e “criar soluções para a cidade”. Ele concorreu ao Senado nas eleições de 2022, quando obteve pouco mais de 1% dos votos.

Matheus Ribeiro (PSDB)
O jornalista anunciou o lançamento de sua pré-candidatura para o dia 2 de março. Se for confirmado, será sua segunda eleição. Em 2022, foi candidato a deputado federal e obteve 46.961 votos, ficando na suplência do partido. Conforme apurado pelo Curta Mais, Matheus tem a preferência do ex-governador Marconi Perillo para concorrer ao Paço.

Rogério Cruz (Republicanos)
O partido deu aval para o atual chefe do Executivo buscar a reeleição em Goiânia. Ex-vereador, Cruz foi eleito vice-prefeito em 2020 e assumiu o cargo de prefeito após a morte do titular da chapa, Maguito Vilela (MDB).

Vanderlan Cardoso (PSD)
O senador tem afirmado que vai disputar a Prefeitura de Goiânia pela terceira vez. O parlamentar aparece tecnicamente empatado com Adriana Accorsi e Gustavo Gayer nas principais pesquisas de intenção de voto. No entanto, Vanderlan enfrenta resistências dentro do próprio partido, uma vez que parte do PSD pretende caminhar com o candidato apoiado pela base de Ronaldo Caiado.

Outros nomes
Além das pré-candidaturas citadas, outros nomes correm por fora. Entre os caiadistas, por exemplo, os nomes do ex-presidente da Assembleia Legislativa, José Vitti (União Brasil) e Ana Paula Rezende (MDB), filha do ex-prefeito Iris Rezende, têm sido lembrados com frequência. No PSDB, além de Matheus Ribeiro, também são comentados os nomes da vereadora Aava Santiago, do ex-deputado federal Valdivino de Oliveira, e da ex-secretária estadual de Educação, Raquel Teixeira.

Na esquerda, outros políticos também anunciaram que pretendem disputar o cargo. Fábio Tokarski, ex-deputado estadual, garante que concorrerá pelo PCdoB. O presidente do Partido Verde (PV), Cristiano Cunha, também se apresenta como pré-candidato ao Paço Municipal.

Castelinho do Lago das Rosas, ícone cultural de Goiânia, será restaurado

Durante vistoria realizada na quarta-feira (24/1) no Castelinho do Lago das Rosas, o prefeito Rogério Cruz anunciou a transformação do espaço após sua completa recuperação.

Atualmente sob a responsabilidade da Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma), o Castelinho será direcionado à Secretaria Municipal de Cultura (Secult) para abrigar diversas atrações e eventos culturais.

“O espaço será utilizado para atrações e eventos especiais, voltados a toda população da cidade. Queremos trazer segurança para esses locais tão bonitos e conhecidos como o Lago das Rosas e o nosso Castelinho. Fica aqui a nossa determinação para que esse processo, em parceria com a Cultura, transforme esse local em um ponto de referência para a população goianiense”, expressou o prefeito Rogério Cruz, ao destacar a importância histórica do Castelinho para Goiânia.

Castelinho, no Lago das Rosas, era alvo constante de pichações e depredações (Foto: Domingos Ketelbey – Mais Goiás)

Atualmente em processo de revitalização pela Amma, o local passa por pintura e reestruturação dos banheiros, que agora contam com grades em suas janelas e portas reforçadas para evitar futuros danos.

“Esse espaço, histórico para a cidade, frequentemente é alvo de pichações e depredações, e precisa ser ocupado e resgatado pelo poder público, além de ser utilizado pela população que frequenta a unidade de conservação”, afirmou o presidente da Amma, Luan Alves.

O secretário municipal de Cultura, Zander Fábio, destacou que o Castelinho receberá um extenso trabalho de arte urbana, com o uso de incentivos municipais e federais.

“Vai ser feito um grande trabalho de arte urbana, o maior que uma Prefeitura já fez em Goiânia. Vamos promover um chamamento para que artistas de grafite realizem intervenções no local e, assim, evitar pichações e depredações neste patrimônio público”, explicou o titular da Secult.

 

Veja também:

 

Quase 100 mil imóveis em Goiânia estão livres do IPTU este ano; veja se o seu está na lista

A Prefeitura de Goiânia divulgou, nesta quinta-feira (18/1), as novas regras para o Imposto sobre Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) deste ano. Vinícius Henrique Alves, titular da Secretaria Municipal de Finanças (Sefin), apresentou em coletiva de imprensa os detalhes da cobrança do tributo em 2024, destacando o aumento no número de famílias beneficiadas pelo IPTU Social.

Em comparação com o ano anterior, o valor venal máximo do imóvel para usufruir do benefício foi elevado de R$ 140 mil para R$ 157 mil. Essa alteração resultou na isenção do pagamento para cerca de 85 mil famílias, aproximadamente 14 mil a mais do que em 2023.

Vinícius Alves enfatizou que o IPTU Social é um compromisso do prefeito Rogério Cruz em busca de justiça tributária e apoio às famílias carentes da cidade.

O trabalho da Sefin para ampliar o número de beneficiados foi destacado pelo secretário, ressaltando que desde julho do ano passado a equipe vem buscando formas de contemplar mais pessoas sem prejudicar a arrecadação municipal.

Reposição Inflacionária e Número de Imóveis Inscritos

Neste ano, o único acréscimo no valor do imposto é a reposição inflacionária pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), com uma alíquota de 4,68%. Em 2023, a Prefeitura tinha 674 mil imóveis inscritos, e em 2024 esse número subiu para 793 mil, incluindo pelo menos 94 mil imóveis que terão redução no IPTU devido à correção das alíquotas.

Além disso, alguns casos específicos terão aumento no valor do IPTU em 2024, como imóveis com acréscimo de área de terreno e de área edificada, alteração de uso residencial para não residencial, alteração de imóvel edificado para não edificado, e imóveis novos, remanejados e remembrados.

Central do IPTU, pagamento Antecipado e calendário de parcelas

Assim como no ano passado, a Central do IPTU estará disponível para os contribuintes, localizada no antigo prédio da Federação do Comércio do Estado de Goiás (Fecomércio), na Rua 19, Centro, com início das atividades em 5 de fevereiro. A equipe da Sefin estará presente para esclarecer dúvidas e abrir processos de contestação do IPTU, se necessário.

Os contribuintes podem acessar o site da Prefeitura de Goiânia (www.goiania.go.gov.br) para pesquisar ou emitir o boleto para pagamento antecipado, com desconto de 10%, ou aguardar o recebimento do boleto em casa ainda este mês. O pagamento pode ser feito pelo cartão de débito ou crédito, com parcelamento em até 12 vezes, PIX, ou pelo aplicativo Prefeitura24horas.

Confira calendário de pagamento:

1ª parcela ou cota única: vencimento em 20 de fevereiro

2ª parcela: vencimento em 20 de março

3ª parcela: vencimento em 22 de abril

4ª parcela: vencimento em 20 de maio

5ª parcela: vencimento em 20 de junho

6ª parcela: vencimento em 22 de julho

7ª parcela: vencimento em 20 de agosto

8ª parcela: vencimento em 20 de setembro

9ª parcela: vencimento em 21 de outubro

10º parcela: vencimento 20 de novembro

11º parcela: vencimento 20 de dezembro

Prefeitura de Goiânia reforça apoio ao setor de bares e restaurantes em Goiânia

A parceria entre a Prefeitura de Goiânia e o Festival Gastronômico Curta Mais Por Menos é um exemplo inspirador de colaboração entre o setor público e iniciativas privadas para fortalecer a identidade cultural e econômica da nossa capital. O festival, que se destaca por destacar as melhores criações originais dos bares e restaurantes locais, não apenas aquece a economia, mas também promove um intercâmbio enriquecedor entre a comunidade e os estabelecimentos gastronômicos.

No cenário atual, onde a valorização da cultura local é mais crucial do que nunca, a Prefeitura de Goiânia demonstra seu compromisso com o desenvolvimento da cidade ao apoiar eventos como o Curta Mais Por Menos. Essa iniciativa não apenas ressalta a diversidade culinária, mas também reforça a importância de preservar e celebrar as tradições gastronômicas únicas de nossa região.

Para o prefeito Rogério Cruz o festival é uma iniciativa bastante criativa, pois fortalece o nome da capital, além de impulsionar a economia local. “Ao promover opções ricas e autênticas para as famílias goianienses, o evento se torna um catalisador do orgulho local, incentivando os moradores a explorarem e apreciarem as joias culinárias que a cidade tem a oferecer”, afirma.

O Curta Mais Por Menos não é apenas um festival gastronômico, mas também um veículo para enriquecer o jornalismo cultural, e o entretimento em Goiás, de acordo com Rogério Cruz. Ele diz que ao  destacar as histórias por trás das criações dos participantes e ao colocar em foco a riqueza da comunidade local. A plataforma se torna um instrumento poderoso para contar a narrativa autêntica de Goiânia”, finaliza.

 

Prefeitura de Goiânia transforma a cidade com obras e projetos inovadores

O melhor da cidade está em toda parte. Basta andar pelas ruas da nossa capital para perceber o movimento e o trabalho da prefeitura, que tem transformado Goiânia num verdadeiro canteiro de obras. Com arrojo e ousadia, a atual gestão tem inovado na administração de Goiânia com projetos em que visam mais qualidade de vida e bem-estar ao cidadão goianiense. Ações que atendem a demandas históricas da população em áreas como mobilidade, recapeamento e drenagem urbana.

Os valores investidos são significativos e entram para a história da capital. Um exemplo é a área de drenagem urbana, problema que aflige a população há muitos anos, e que agora tem sido combatido com a construção de mais de 20 mil metros de galerias pluviais, com R$67,8 milhões em investimentos.

Em outra frente, a construção e revitalização asfáltica avança e beneficia todas as regiões. São 2 programas sendo tocados ao mesmo tempo. O Programa 630 km já tem 85% das obras concluídas, 78,81% delas executadas no atual mandato, num custo total de R$ 260 milhões. Já o Projeto 500 km chega a 62 vias, incluindo algumas importantíssimas para o fluxo na cidade, como as avenidas Independência, T-9 e 85. O investimento é da ordem de R$ 357 milhões e tem obras em andamento em 27 bairros.

O Complexo Viário da Avenida Castelo Branco é uma das obras que está com seu cronograma adiantado. A intervenção, orçada em R$ 14 milhões, está sendo feita no entroncamento das avenidas Leste-Oeste e Castelo Branco, com 34% já concluído.

Este é o quinto grande viaduto executado pela atual administração, dando sequência a um programa de intervenções na mobilidade urbana, preparando Goiânia para os próximos anos. As obras anteriores incluem o Viaduto da Moda Regina Pimenta Peixoto Moura, na Região da 44, o Complexo Viário Luiz José Costa, conhecido como Complexo da Jamel Cecílio, o Viaduto Lauro Belchior, ligando os setores Novo Mundo e Leste Universitário e o Complexo Viário Iris Rezende Machado, no cruzamento das avenidas Perimetral e Goiás, que integra o complexo do BRT Norte-Sul. Nessas obras, foram investidos cerca de R$ 54,5 milhões.

 o

Goiânia iluminada

Outro marco da atual gestão é a modernização da iluminação nos bairros da cidade, uma antiga reivindicação da nossa gente. Com a instalação de 32.291 pontos em LED, a cidade está mais clara e segura para todos. A iluminação na BR-153 também foi melhorada, com a substituição das lâmpadas antigas por LED em 16 quilômetros da via, garantindo mais segurança a quem passa pelo trecho urbano da rodovia, na divisa com Aparecida de Goiânia.

Os belos parques e praças públicas também recebem atenção especial. Cerca de 400 espaços de lazer e convivência foram revitalizados e 55 novas praças e 7 parques foram construídos em diferentes regiões da cidade, descentralizando e ampliando o acesso ao lazer. Um trabalho que consolida nossa capital como uma das cidades mais verdes do mundo. Além disso, a prefeitura também instalou 120 academias ao ar livre em praças da cidade, contribuindo para a saúde e qualidade de vida da população.

 

Transporte público

Com planejamento e dedicação, a prefeitura também implantou grandes melhorias no transporte público da capital.  Os benefícios incluem o congelamento da tarifa em R$ 4,30 desde 2019, o Bilhete Único, a biometria facial, o Cartão Família, o pagamento da passagem por aproximação de crédito e débito e ainda o Passe Livre do Trabalhador, que recebeu o Prêmio Nacional de Mobilidade Urbana. 

 

Goiânia inovadora

A partir do desenvolvimento de projetos inovadores e inteligentes em áreas como transporte, mobilidade, saúde e educação, Goiânia coleciona reconhecimentos regionais e nacionais. Em setembro deste ano a Capital recebeu o selo de ouro de cidades inteligentes, durante o principal evento de cidades inteligentes do país, Connected Smart Cities. O selo prata foi recebido em 2021.

 

Cultura em toda parte

É, mas essa gestão tem mais do que obras e construções a mostrar. A cultura, por exemplo, é um setor que recebeu um cuidado especial, numa série de projetos e iniciativas como a cidade nunca tinha visto. O foco das ações é na democratização do acesso à cultura e na valorização do artista local. Por meio de políticas públicas, emendas parlamentares, parcerias e novos projetos idealizados pela Secult (Secretaria Municipal de Cultura), Goiânia deu um salto cultural que fez o bordão “Dez Vezes Mais” virar realidade. Das 40 ações culturais que haviam no início do mandato, saltamos para 400 ações em todas as áreas e modalidades da cultura.

Tendas

As Tendas Culturais com shows em espaços públicos, exposições de arte, intervenções artísticas no Centro, as apresentações de artistas de rua (com cachê da prefeitura) se espalham pelos 4 cantos da cidade, além de formações, concertos, conferências, os tradicionais eventos em datas celebrativas e um grande projeto cultural voltado ao público LGBTQIA+, como nunca havia sido feito.

Para 2024, a expectativa é continuar investindo para que mais ações possam acontecer, mais artistas tenham espaço, sejam valorizados e reconhecidos, e que Goiânia continue pulsando arte nos 4 cantos da cidade. Uma cidade que se prepara para o futuro em todas as áreas, desde a infraestrutura que garante qualidade de vida, até as expressões culturais, que são a alma de nossa gente.

Prefeitura

Imagem: Reprodução

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Recorde de inscrições na Lei Paulo Gustavo agita a cena cultural de Goiânia

A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), registrou um expressivo número de inscrições para projetos culturais pela Lei Paulo Gustavo. Os quatro editais, abertos em 18 de outubro e encerrados na última quinta-feira (9/11) às 23h59, receberam um total de 1.369 propostas.

 

O prefeito Rogério Cruz expressou sua surpresa diante do recorde de inscritos. “É um marco notável de participação em uma lei de incentivo, e ficamos extremamente felizes com isso. A classe artística enfrentou desafios significativos durante a pandemia, e essa lei foi concebida para mitigar essas dificuldades. Agora, avançaremos para os próximos passos, com quase R$13 milhões destinados a beneficiar esses projetos e artistas. Esperamos que sejam integralmente aproveitados em nossa cidade”, declarou o prefeito.

 

Em consonância com outras cidades que adotaram a Lei Paulo Gustavo, Goiânia conta com uma comissão colaborativa que atua em conjunto com a Secult para coordenar os processos e avaliar os projetos nas etapas subsequentes do cronograma. O secretário de Cultura, Zander Fábio, destacou a responsabilidade técnica na avaliação dos projetos: “Agora, com as inscrições concluídas, procederemos à análise técnica de todos os projetos, seguindo rigorosamente os prazos estabelecidos nos editais. Nosso compromisso é garantir que as avaliações sejam conduzidas em conformidade com todas as exigências e considerações estipuladas nos editais”.

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Conheça o espaço público para descarte de lixo eletrônico em Goiânia

A Prefeitura de Goiânia está promovendo a correta destinação do lixo eletrônico através da Central de Logística Reversa, administrada pela Companhia de Urbanização (Comurg). O espaço público de serviço de entrega voluntária está disponível todos os dias da semana, das 7h às 22h, na Rua S-03 com a Avenida T-14, no Setor Bela Vista, e não requer agendamento prévio.

Recentemente, a Associação Goiana dos Produtores de Algodão (Agopa) participou dessa iniciativa, realizando a entrega voluntária de um lote de equipamentos de informática. Foram corretamente descartados 11 no-breaks, oito gabinetes de computadores, três monitores e um aparelho de telefone.

 

Central de logística reversa. Fotos: Luciano Magalhães/Comurg

Central de logística reversa. Fotos: Luciano Magalhães/Comurg

 

 

O presidente da Comurg, Alisson Borges, elogiou essa ação cidadã, destacando que pequenas atitudes como essa são fundamentais para garantir a sustentabilidade e a urbanização da cidade.

A Central de Logística Reversa é uma medida essencial que visa proporcionar um destino sustentável para objetos que, de outra forma, poderiam ser descartados inadequadamente. “Goiânia agora possui um local exclusivo para receber produtos elétricos e eletrônicos danificados, sem utilidade ou pilhas descarregadas, e é fundamental que a comunidade e as empresas estejam cientes desse espaço”, enfatiza Alisson Borges.

Brenno Sarques, funcionário da Agopa que realizou a entrega dos materiais, elogiou a iniciativa da Prefeitura e lembrou a importância de não acumular esses componentes eletrônicos em locais expostos ao sol e à chuva, para evitar danos. Ele ressaltou que esses itens de informática, quando descartados corretamente, podem ser lucrativos para muitas pessoas.

A entrega de equipamentos eletrônicos inservíveis não requer agendamento prévio e os itens recebidos na Central são encaminhados às cooperativas parceiras cadastradas na Prefeitura.

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Foto da capa: Rafael Messias

Conheça os Apoiadores do 2º Prêmio Curta Mais – O ‘Melhor da Cidade’ 2023

O Prêmio Curta Mais é uma iniciativa que visa compartilhar histórias inspiradoras de Goiânia, reunindo as melhores atrações da cidade em um só lugar. Como uma genuína startup, nossa jornada de dezesseis anos nos tornou referência em inovação, mantendo a qualidade em constante evolução.

Para garantir a imparcialidade do prêmio, assim como o júri técnico, nenhum dos patrocinadores influencia nas categorias premiadas. O 2º Prêmio Curta Mais – ‘O Melhor da Cidade’ 2023 conta com o apoio do Sicoob-Secovicred, do Sebrae, do Sistema Fecomércio (Sesc e Senac), do Governo do Estado de Goiás e da Prefeitura de Goiânia, além da Ambev através da cervejaria Spaten.

Nossa abordagem singular, caracterizada por sua leveza, criatividade e pioneirismo na arte de contar histórias, sempre serviu de inspiração e guia tanto para mídias locais quanto nacionais. A curadoria, intrínseca à nossa identidade, nos permitiu explorar novos lugares e transformar experiências em guias práticos e valiosos.

Como uma celebração de nossos dezesseis anos de jornada e uma homenagem aos empreendedores que impulsionam o cenário gastronômico, criamos o Prêmio Curta Mais. Nesta segunda edição, selecionamos 56 categorias e contamos com um painel de 60 jurados para escolher os melhores da cidade em 2023.

A votação iniciou com 10 categorias populares, em que leitores e seguidores do Curta Mais indicaram os vencedores. Nas outras 46 categorias, os estabelecimentos foram selecionados pela equipe de curadoria e avaliados por um júri técnico especializado.

A votação é conduzida em sigilo, com os vencedores sendo revelados na noite de premiação, marcada para 28 de novembro deste ano. Os estabelecimentos premiados receberão placas de reconhecimento e estarão no Guia Curta Mais – ‘O Melhor da Cidade’, um anuário impresso distribuído em hotéis e eventos na cidade.

As listas dos 10 melhores em cada categoria também estarão disponíveis no Guia Digital ao longo de 2024. Em 2023, esse guia registrou mais de 6 milhões de acessos, sendo referência para quem busca os melhores lugares em Goiânia.

O Prêmio Curta Mais é mais que uma cerimônia de premiação, é uma homenagem à resiliência, ao otimismo e ao empreendedorismo local, fundamentais em nossa jornada contínua. Este guia repleto de sugestões valiosas está ao seu alcance.

Relembre os ganhadores do Prêmio Curta Mais – O ‘Melhor da Cidade’ 2022

Goiânia em Cena: confira a programação de shows, datas, e locais do aniversário da capital

Entre os dias 16 e 22 de outubro, a Prefeitura de Goiânia realiza a 19° edição do Goiânia em Cena, comemoração aos 90 anos da Capital, com programações gratuitas. A abertura acontece hoje (16) às 19h, no Teatro Goiânia Ouro com apresentação do espetáculo “Plural”.

Segundo o secretário de Cultura, Zander Fábio, o evento celebra os 90 anos de evolução da cidade, com muita história, tradição e personalidades. “É um festival que reúne grandes nomes de teatro, circo e dança, com espetáculos oferecidos gratuitamente para a população”.

Espetáculos,

Imagem: Layza Vasconcelos

Nos últimos dois anos, a cidade tem vivenciado uma ascensão cultural notória. “Isso é um grande motivo para comemorarmos com eventos culturais, que levam ao público diversão e aprendizado”, afirma o prefeito Rogério Cruz. “Além de fomentar a classe artística”.

Durante a abertura, no dia 16, artistas de teatro, dança e circo serão homenageados em uma cerimônia de reconhecimento aos serviços prestados à sociedade goianiense, às 20h.

 Espetáculos,

Imagem: Layza Vasconcelos

 

Confira a Programação

17/10: às 15h e 17h, o Grupo de Teatro Arte & Fatos apresenta a peça “Os Avessos”, na Antiga Estação Ferroviária – Museu Frei Confaloni.

Às 19h, o espetáculo “Circo Magia e EstripuliaS” será exibido no Circo Laheto.

 

18/10: às 20h, o grupo Nalini Cia de Dança apresenta “Nega Lilu”, no Teatro Goiânia Ouro.

 

19/10: das 9h às 12h, o Circo Laheto ministra oficinas gratuitas de malabares, tecido acrobático, acrobacias de solo e cama elástica.

O Colectivo La Vitrina (Chile) oferece oficina de dança contemporânea no Centro Cultural UFG, no mesmo horário. Inscrições até terça (17) no link

Às 19h, a Cia Malabariantes se apresenta no Circo Laheto.

Às 20h, no Beco da Cordona, festa com DJ Ingrid e DJ Mastrella.

 

20/10: às 20h, Débora di Sá e banda apresentam “Maria Grampinho”, no Teatro Goiânia Ouro.

Às 20h, no Centro Cultural da UFG, será exibido “Contos de Cativeiro”.

 

21/10: das 9h às 12h, Abílio Carrascal ministra a oficina “Introdução à interpretação teatral” no Centro Cultural da UFG

Às 13h, a Tenda Cultural “Ocupa Gyn” realiza sete intervenções culturais no Jardim Botânico.

Às 20h, o Colectivo La Vitrina (Chile) apresenta o espetáculo de dança “Fluctuantes”, no Teatro Goiânia.

Às 21h, o DJ Igor Zargoy apresenta “Latinidades e Afrofuturismos” no Beco da Codorno.

 

22/10: Tenda Cultural “Ocupa Gyn” no Lago das Rosas

Às 16h, o Giro 8 Cia de Dança apresenta “Cerrado Mundo Mágico, no Teatro Goiânia

Encerramento do evento às 18h no Beco da Codorna com shows de Cocada Coral, Terra Cabula, Djs Bruno Caveira e Gabi Matos.

Serviço

19° Goiânia em Cena

Quando: 16 a 22 de outubro

Ingressos: Retirada pelo Sympla para espetáculos em casas teatrais. Demais, entrada por ordem de chegada

Mais informações: @festivalgoianiaemcena

Imagem: Reprodução

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

“Goiânia 90 anos Sempre Rosa” marca o início da Campanha Outubro Rosa na capital

A icônica avenida Assis Chateaubriand, no setor oeste, ganhará uma charmosa instalação em um trecho ao lado da Praça Tamandaré! E o motivo é lindo (e nobre). A Sociedade Brasileira de Mastologia – regional Goiás (SBM-GO), com apoio da Prefeitura de Goiânia, promove a partir do dia 1º de outubro, o evento “Goiânia 90 anos Sempre Rosa – Guardando Você do Câncer de Mama”.  O evento será gratuito.

Para chamar a atenção do público goianiense, a avenida – conhecida pelo grande fluxo – será coberta por guarda-chuvas cor-de-rosa, em homenagem à Campanha Outubro Rosa, que alerta sobre a prevenção do câncer de mama. Porém, quem passa pelo local, já pode conferir o resultado parcial da instalação.

Além da arte a céu aberto, o projeto “Goiânia 90 anos Sempre Rosa” realizará, na Praça Tamandaré, a partir das 8h da manhã, ações voltadas para a prevenção e conscientização do câncer de mama.


Programação
Na programação do evento, estão apresentações das baterias das Atléticas Madrasta (Medicina/UFG) e Caótica (Medicina/PUC). Além de uma caminhada, com participação do grupo de motociclistas Ladies of Harley.

A comunidade também receberá serviços da Comissão da Mulher Advogada da OAB-GO, das Ligas Acadêmicas de UFG, PUC, UniRV e Unifimes, além de Nutrevida, Via Nut e Açaí Ninja.

Outubro Rosa
Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, o câncer de mama é o tumor mais prevalente do mundo. O Instituto Nacional de Câncer (INCA), estima que, somente em 2023, 74 mil novos casos da doença ocorreram no Brasil. Uma média de mais de 200 diagnósticos por dia.

SERVIÇO
Campanha Outubro Rosa: “Projeta-se de rosa, juntos somos mais fortes.”
Data: 01/10/2023 (domingo)
Horário: 08h00 às 13h00
Local: Praça Tamandaré – Goiânia-GO
Evento Gratuito e sem necessidade de inscrição
Informações 62 98163-1331 (Boomerang Comunicação)

 

 

7 de Setembro: veja como será o Desfile Cívico da Independência do Brasil em Goiânia

Goiânia volta a realizar o tradicional desfile cívico-militar em celebração à Independência do Brasil no dia 7 de Setembro. O evento não acontecia desde 2019, devido à pandemia do coronavírus. O desfile realizado pela prefeitura municipal e pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult), acontece a partir das 8h, na Avenida Tocantins, no Centro.

Neste ano, o evento celebra os 200 anos da Independência do Brasil e conta com a participação de cerca de três mil efetivos na avenida, entre membros do Exército, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Guarda Civil Metropolitana, Polícia Penal, Polícia Científica, Polícia Civil, e alunos de escolas militares, estaduais e municipais.

O palanque será montado na esquina da Avenida Tocantins com a Avenida Anhanguera, onde haverá o hasteamento das bandeiras com a execução do Hino Nacional, na presença de autoridades municipais e estaduais. O acesso ao local é restrito e organizado com liberação. A expectativa é que o evento reúna cerca de 10 mil pessoas, com término até 12h.

“Estamos organizando para que seja uma manhã de celebração. Que possamos, no Dia da Independência do Brasil, refletir sobre a importância do respeito aos valores humanos e do enfrentamento às desigualdades”, afirma o secretário municipal de Cultura, Zander Fábio.

desfile

 

Veja também:

7 curiosidades sobre o Grito da Independência do Brasil que você provavelmente não sabe

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Foto de capa: Fábio Lima

Goiânia é uma das 5 capitais mais seguras do Brasil

 

Goiânia ficou em 5° lugar no ranking de cidades mais seguras do Brasil com população maior que 1 milhão de habitantes. Os dados foram divulgados pelo portal de imóveis MySide no começo do mês.

O anuário 2023 de Cidades Mais Seguras do Brasil reúne 319 municípios com mais de 100 mil habitantes, usando como fonte de pesquisa o Painel de Monitoramento de Mortalidade da Secretaria de Vigilância em Saúde e Ambiente (SVSA), do Ministério da Saúde. Além do Censo 2022 do IBGE.

Para cada cidade, o índice de segurança é calculado seguindo a quantidade de mortes violentas a cada 100 mil habitantes.

A fim de definir o conceito, a pesquisa realizou o agrupamento de categorias e ajuste de dados com base no método de classificação estatística de mortalidade CID-10, da OMS (Organização Mundial da Saúde).

Segundo a pesquisa, Goiânia registrou uma taxa de homicídio igual a 21,5 a cada 100 mil habitantes. A população da Capital é de 1.437.237 pessoas, aponta o resultado do último Censo do IBGE (2022).

 

Confira o Ranking 

Cidades mais seguras do país com população acima de 1 milhão de habitantes 

1. Guarulhos (SP) – 9,3 assassinatos/ 100 mil habitantes 

2. São Paulo (SP) – 13,0 assassinatos/ 100 mil habitantes

3. Brasília (DF) – 14,2 assassinatos/ 100 mil habitantes

4. Campinas (SP) – 15,2 assassinatos/ 100 mil habitantes 

5. Goiânia (GO) – 21,5 assassinatos/ 100 mil habitantes 

6. Belém (PA) – 23,1 assassinatos/ 100 mil habitantes 

7. Belo Horizonte (MG) – 24,5 assassinatos/ 100 mil habitantes

8. Porto Alegre (RS) – 28,7 assassinatos/ 100 mil habitantes

9. Curitiba (PR) – 29,1 assassinatos/ 100 mil habitantes

10. Rio de Janeiro (RJ) – 32,1 assassinatos/ 100 mil habitantes

 

Segurança no Estado

Dados divulgados pela Agência de Notícias Cora Coralina em junho de 2022, as ocorrências de roubo tiveram redução de 26,5% em todo o Estado de Goiás, enquanto a média nacional apresentou um recuo de 3,9% nas ocorrências de 2021.

“No momento em que passamos a pedir a eficiência e profissionalização da nossa polícia, 7.2 milhões de goianos e goianas passaram a viver em paz”, pontuou o Governador Ronaldo Caiado.

Uma pesquisa do Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) mostra que, em 2022, com 153,9% Goiás foi o segundo estado com as menores taxas de roubo de carro por 100 mil habitantes.

Durante solenidade em julho deste ano, o então Governador apresentou dados que mostram queda dos índices criminais no Estado em até 11 modalidades. Sendo elas 80% no latrocínio, 63% em roubo de cargas e 25% em roubo a propriedade rural.

Para o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, a Capital ganha em segurança com a especialização das forças policiais do Estado.

“O Estado de Goiás estando em segurança, Goiânia ganha com isso, por ser uma capital pujante e em constante crescimento”, pontuou o Prefeito em solenidade no dia 11 de agosto deste ano. “A parceria nossa Guarda Civil Metropolitana (GCM) com o governo do Estado, por meio da Polícia Militar, e outras forças de segurança, garante mais segurança aos goianienses”.

Imagem: Marcos Aleotti Fotografia – Curta Mais

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

 

Goiânia pode ter um ‘Central Park’ para chamar de seu

Goiânia deve ganhar um presentão de aniversário, e aqui vai um spoiler: um grande projeto de revitalização do plano original de Goiânia, tão nobre quanto o projeto do Central Park, em Nova Iorque, tramita no Paço Municipal. Com previsão para entrar em vigor próximo ao dia 24 de Outubro, a proposta para reerguer o Bosque dos Buritis será guiada pelo Escritório de Paisagismo Burle Marx, responsável por manter vivo os conceitos aplicados por Roberto e Haruyoshi Ono.

O grupo contratado pela Sefin (Secretaria Municipal de Finanças) assinará o novo projeto com valor total de R$ 265,3 mil. Com duração de 12 meses, o acordo tem por objetivo a geração de empregos e renda para a cidade. Além de criar saídas para o Setor Central e vários eixos entre eles.

A projeção, que deve ser divulgada até o fim do mês de agosto, procura dar vida ao parque urbano com a implementação de atrações públicas, como show das águas no lago principal. A ideia é que as fontes dancem conforme as músicas programadas pela coordenação do local.

Outro ponto defendido pela Sefin é de que seja criado um circuito para que o público possa transitar através de toda a extensão do Bosque, o que não acontece hoje devido a presença de edifícios no local.

Essa iniciativa gerou críticas aos órgãos responsáveis por prever a mudança de pontos culturais e educacionais como o Museu de Arte de Goiânia (MAG) e do Centro Livre de Arte para outro ponto da Região Central, “possivelmente o Grande Hotel”, como informou o jornal O Popular.

Dentro da posta, estão previstas outras inciativas como incentivos fiscais entre 5 e 10 anos para os retornos de faculdades. Bem como o incentivo à comércio e residências que “limparem” suas fachadas em prol da conservação do Art Déco, em parceria com o Iphan.

Segundo a Sefin, os comércios ambulantes devem desocupar as calçadas da Região Central para dar lugar aos pedestres da cidade.

O projeto previsto para entrar em vigor no mês de outubro, é de autoria da Prefeitura de Goiânia por meio do Grupo GT Formento, formado pelas Secretarias Municipais de Finanças (Sefin), de Planejamento e Habitação (Seplanh) e de Desenvolvimento e Economia Criativa (Sedec), visa requalificar todo o Setor Central da cidade.

Imagem: Reprodução

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

>Veja Também<

Bonito e apaixonante, parque de Goiânia é considerado primeiro patrimônio paisagístico da cidade

Parque em área nobre de Goiânia é queridinho pela população e tem atrativos fantásticos

Após problema com alvará, Cine Ritz volta a funcionar em Goiânia

O Cine Ritz, cinema de rua que fica no centro de Goiânia, já está em funcionamento. Nesta sexta-feira, (4) o estabelecimento foi desinterditado pela Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh) da Prefeitura de Goiânia. O local foi fechado por falta de alvará de localização.

Em nota, a Prefeitura de Goiânia afirmou que “as providências foram tomadas como medida emergencial dada a importância cultural do espaço. A administração do Cine Ritz agradeceu a prontidão das secretarias municipais em ajudar a resolver a questão com tamanha agilidade”.

Pelas redes sociais, o Cine Ritz informou o retorno de suas atividades e agradeceu a comoção feita pelo público goianiense. Na publicação, o estabelecimento disse que “é um cinema que preza pela qualidade, pela acessibilidade, pela diversidade, pela família, pela alegria e beleza. Pela arte e diversão, valores estes fundamentais e legítimos a todo cidadão. Valores estes, que acreditamos, deveriam e devem ser apoiados’’.

Além disso, o Cine Ritz revelou as dificuldades para se manter como um dos principais cinemas de Goiânia: ‘’Desde a pandemia sofre com os altos gastos gerados por aluguel, impostos, pagamentos de várias contas mensais, funcionários, distribuidoras e lutando para sobreviver”, informou a publicação.

Programação

Neste sábado (5), o Cine Ritz já conta com uma super estreia em sua programação de filmes. MEGATUBARÃO 2 em 3D, continuação de Barbie em diversas sessões, Oppenheimer em sessões especiais, a animação Elementos e, ainda, sessão especial de Missão Impossível – Acerto de Contas.

Confira:

SALA 1
11h – OPPENHEIMER – DUBLADO
14h -BARBIE – DUBLADO
16h15 – MEGA TUBARÃO 2 – 3D DUBLADO
18h30- BARBIE – LEGENDADO
21h – MEGA TUBARÃO 2 – 3D DUBLADO

SALA 2
11h – MISSÃO IMPOSSÍVEL 7 – DUBLADO
13h30 – ELEMENTOS 2D DUBLADO
15h45 – BARBIE 2D DUBLADO
18h -OPPENHEIMER 2D – LEGENDADO
21h – BARBIE 2D DUBLADO

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

FOTO: LETÍCIA COQUEIRO