10 comidas que os goianos fazem melhor que os mineiros

A culinária goiana é um tesouro gastronômico que se destaca de forma única, inclusive quando comparada à aclamada culinária mineira. Com sabores autênticos e uma tradição culinária profundamente enraizada, os pratos goianos cativam os paladares, deixando uma impressão duradoura de deleite e satisfação.

Um exemplo marcante dessa excelência gastronômica é a galinhada, um clássico da culinária goiana. Esta iguaria, preparada com pedaços suculentos de frango, arroz e temperos tradicionais, é uma celebração de sabores que acariciam o paladar goiano e envolvem a todos que provam.

Outro destaque incontestável é a pamonha goiana, feita com milho fresco e envolta em suas próprias palhas. Este prato goiano supera os mineiros. Doce, salgada ou temperada, é cremosa e derrete na boca, enchendo cada mordida com um sabor irresistível que é uma verdadeira festa para os sentidos.

Pensando nesses pratos goianos com mais sabor que os pratos mineiros, o Curta Mais selecionou 10 sabores irresistíveis para sua mesa, confira e aprecie.

Descubra a comédia romântica da Netflix que desvenda sabores e aromas da Toscana e que deixou público apaixonado

“Somente uma reforma completa pode fazer uma grande casa.” Essa é a metáfora que permeia o filme “Sob o Sol da Toscana” (Under the Tuscan Sun), uma adaptação do livro de memórias de Frances Mayes, dirigida por Audrey Wells, que é sucesso na Netflix. Lançado em 2003, o filme é uma jornada emocional que nos leva a explorar não apenas as belezas da paisagem toscana, mas também a busca por reconstrução pessoal e a redescoberta da vida após adversidades.

“Sob o Sol da Toscana” nos apresenta Francês (interpretada de maneira encantadora por Diane Lane), uma escritora que enfrenta uma série de reviravoltas em sua vida. Após um doloroso divórcio, ela decide comprar uma villa na Toscana, na Itália, na esperança de encontrar um novo começo. A villa, apesar de estar em um estado precário, encanta Frances com seu charme e potencial.

A direção de arte e a cinematografia do filme capturam magistralmente a beleza da Toscana, com suas colinas ondulantes, vinhas intermináveis e arquitetura rústica. O cenário deslumbrante torna-se um personagem por si só, proporcionando um ambiente que nutre o processo de cura de Frances.

Uma jornada pela autodescoberta em  “Sob o Sol da Toscana”

O filme é muito mais do que uma simples história de reforma de propriedade. É uma jornada de autodescoberta e recomeço. Frances se esforça para reconstruir sua villa, o que se traduz metaforicamente em sua própria reconstrução pessoal. Ela aprende a lidar com desafios inesperados, como infiltrações, reformas intermináveis e a solidão de um novo país.

Diane Lane entrega uma atuação cativante como Frances. Ela consegue transmitir a gama completa de emoções de sua personagem, desde a tristeza profunda até a alegria exuberante. Sua jornada de autodescoberta é crível e comovente, tornando-a uma protagonista com a qual é fácil se identificar.

“Sob o Sol da Toscana” é uma obra cinematográfica que se destaca por sua habilidade em capturar os encantos da Itália, não apenas visualmente, mas também por meio dos sabores e cores que permeiam a narrativa. Aqui, vamos explorar as ricas nuances das cores e dos sabores da Itália no filme:

Cores Vibrantes:

O filme é uma verdadeira celebração das cores vivas da Itália. A cinematografia habilmente retrata a paisagem da Toscana, com suas colinas verdes exuberantes, campos de girassóis dourados e vinhas que se estendem até onde a vista alcança. O contraste entre o azul intenso do céu e o verde da paisagem é hipnotizante. Essas cores naturais se fundem com as fachadas coloridas das casas rurais e das cidades italianas, criando uma paleta visual deslumbrante que cativa os espectadores.

Sabores da Gastronomia Italiana:

A gastronomia italiana é uma parte central da narrativa. As refeições preparadas com produtos locais frescos são uma verdadeira festa para os sentidos. Os pratos são cuidadosamente elaborados, desde massas artesanais até azeites de oliva extra virgens. O filme nos leva a uma jornada culinária, com cenas que mostram Frances e seus amigos desfrutando de refeições à mesa, regadas a vinho local. A comida não é apenas um elemento decorativo, mas sim um meio de expressão cultural e conexão entre personagens. Os espectadores podem quase sentir o aroma das refeições enquanto assistem.

Interações com os Locais:

Além dos sabores, as interações calorosas com os habitantes locais também enriquecem a experiência. O filme retrata a hospitalidade italiana, mostrando como os personagens principais são recebidos de braços abertos pela comunidade local. Essas interações oferecem uma visão autêntica da cultura italiana, destacando a importância das relações humanas e do senso de comunidade.

Em resumo, “Sob o Sol da Toscana” é uma celebração não apenas da beleza visual da Itália, mas também dos sabores e das cores que a tornam uma experiência sensorial única. Através das paisagens deslumbrantes, da gastronomia cativante e das interações calorosas, o filme nos transporta para o coração da cultura italiana, deixando uma impressão duradoura de seus encantos.

 

O bom elenco de   “Sob o Sol da Toscana”

O filme “Sob o Sol da Toscana” é enriquecido por um elenco talentoso que desempenha papéis de apoio cruciais, contribuindo para a riqueza da narrativa. Aqui, destacamos alguns dos membros notáveis do elenco de apoio:

Sandra Oh como Patti:

Sandra Oh traz sua notável presença para o filme, retratando o papel de Patti, a melhor amiga de Frances. Sua atuação é uma adição bem-vinda à trama, injetando doses de humor e autenticidade. Patti é a amiga leal de Frances que a incentiva a seguir em frente e abraçar a vida na Toscana. A química entre Sandra Oh e Diane Lane (Frances) é palpável, tornando suas interações naturais e envolventes.

Lindsay Duncan como Catherine:

Lindsay Duncan interpreta Catherine, uma escritora que se torna amiga de Frances durante sua jornada na Toscana. Catherine é uma personagem fascinante que vive sua vida de forma independente e inspira Frances a buscar sua própria independência e autodescoberta. Lindsay Duncan entrega uma atuação sólida, trazendo complexidade ao papel e compartilhando uma química convincente com Diane Lane.

Elenco Diversificado:

Um aspecto notável do filme é a diversidade do elenco de apoio. Personagens de diferentes origens e personalidades são apresentados ao longo da história, refletindo a natureza acolhedora e inclusiva da Toscana. Essa diversidade adiciona camadas à narrativa, destacando como pessoas de diferentes partes do mundo podem encontrar um lar na região italiana. O elenco diversificado contribui para a autenticidade da experiência, criando um ambiente rico em interações culturais e humanas.

Em conjunto, o elenco de apoio de “Sob o Sol da Toscana” desempenha um papel fundamental em enriquecer a trama e trazer profundidade aos relacionamentos explorados no filme. Suas atuações cativantes e a química entre os membros do elenco contribuem para tornar a experiência cinematográfica ainda mais memorável e envolvente.

Leia também:

Filme da Netflix surpreende com visual arrebatador, mas deixa a desejar na trama

Netflix tem ótima novidade para os fãs da série ”The Chosen”

Opinião do Público e Crítica sobre  “Sob o Sol da Toscana”

“Sob o Sol da Toscana” recebeu uma recepção mista da crítica, com algumas críticas elogiando a atuação de Diane Lane e a beleza da Toscana, enquanto outras consideraram a trama previsível. No entanto, o filme conquistou o coração do público com sua história envolvente e suas paisagens deslumbrantes.

A recepção de “Sob o Sol da Toscana” por parte do público e da crítica revela uma variedade de perspectivas sobre o filme, destacando seus pontos fortes e eventuais críticas.

Opinião da Crítica:

  • Elogios à Atuação de Diane Lane: Um dos aspectos mais elogiados pela crítica foi a atuação de Diane Lane como Frances. Sua interpretação cativante e emocionalmente envolvente foi destacada como um dos pontos altos do filme.
  • Beleza da Toscana: A cinematografia do filme, que captura a deslumbrante paisagem da Toscana, também recebeu elogios consistentes. A forma como o cenário se torna um personagem por si só foi apreciada pelos críticos.
  • Narrativa Previsível: Por outro lado, algumas críticas mencionaram que a trama do filme pode ser previsível e seguir certos tropos do gênero de drama romântico. Isso pode ter levado a uma sensação de falta de surpresa para alguns críticos.

Opinião do Público:

  • Atração pela História Envolvente: O público em geral pareceu ser atraído pela história de recomeço e autodescoberta de Frances. Muitos espectadores encontraram a narrativa inspiradora e tocante.
  • Encanto com as Paisagens Italianas: A beleza da Toscana, conforme retratada no filme, cativou o público. As cenas deslumbrantes da região italiana evocaram um forte senso de escapismo e apreciação pela cultura e natureza locais.
  • Identificação com a Protagonista: A personagem Frances, interpretada por Diane Lane, conquistou a simpatia do público. Sua jornada de superação e transformação ressoou com muitos espectadores que enfrentaram desafios em suas próprias vidas.
  • Variedade de Opiniões: É importante notar que a recepção do público foi diversificada. Alguns espectadores podem ter encontrado o filme comovente e inspirador, enquanto outros podem ter sido menos impactados pela trama.

No geral, “Sob o Sol da Toscana” parece ter conquistado uma base de fãs dedicada que aprecia a combinação de atuação sólida, cenários deslumbrantes e uma história que fala sobre redescoberta e recomeço. Ao mesmo tempo, a diversidade de opiniões destaca que a experiência cinematográfica é subjetiva, e o filme pode ressoar de maneiras diferentes com diferentes públicos

 

Em “Sob o Sol da Toscana”, somos levados a uma jornada de redescoberta e renovação através dos olhos de Frances. O filme nos lembra da beleza da Itália, da importância da amizade e da capacidade de recomeçar mesmo quando a vida nos surpreende com desafios inesperados. É uma obra que aquece o coração e nos convida a sonhar com a possibilidade de encontrar alegria e significado mesmo nas circunstâncias mais difíceis.

 

Leia também:

Netflix divulga o filme espanhol mais assistido de 2023

Comédia vampiresca com Leandro Hassum lidera ranking mundial da Netflix

“A Sociedade da Neve”: conheça a história real por trás do chocante filme da Netflix

Extraordinário filme com narrativa bíblica chega a Netflix e conquista o Top 1 no Brasil

Conheça os pratos típicos do Cerrado e experimente os sabores dessa região única

O Brasil é um país rico em diversidade cultural e gastronômica, e o Cerrado é uma das regiões que mais se destaca por sua culinária única e saborosa. Com uma variedade de ingredientes nativos, os pratos típicos do Cerrado são uma verdadeira explosão de sabores. Então, que tal conhecer alguns desses pratos e experimentar o que essa região tem de melhor?

No coração do Brasil, o Cerrado não é apenas conhecido por sua biodiversidade e paisagens deslumbrantes, mas também por sua rica culinária. Os pratos típicos dessa região refletem a cultura e os ingredientes encontrados nesse bioma singular.

Um dos destaques da culinária do Cerrado é o pequi, fruto característico da região. Com seu aroma marcante e sabor único, o pequi é utilizado em diversos pratos, como o arroz com pequi, frango com pequi e o famoso empadão de pequi. Experimentar essas delícias é se aventurar em uma explosão de sabores típicos do Cerrado.

Chegou a época de catar pequi; saiba os benefícios e receitas com o fruto  do Cerrado | Gazeta do Cerrado

Foto: Banco de Imagens

Outro ingrediente emblemático da região é a guariroba, uma espécie de palmito do Cerrado. Sua textura fibrosa e sabor suave fazem dela um ingrediente versátil em pratos como a salada de guariroba, o refogado e até mesmo em risotos. A guariroba é um verdadeiro tesouro gastronômico do Cerrado.

As propriedades nutricionais da guariroba

Foto: Sabor da Terra

Além disso, não se pode falar da culinária do Cerrado sem mencionar a pamonha. Feita a partir do milho verde, a pamonha é uma iguaria tradicional e muito apreciada na região. Seja na versão doce ou salgada, a pamonha é uma delícia que representa a tradição culinária e os sabores autênticos do Cerrado.

 

Leia Também

Gastronomia Goiana: sabores tradicionais e culinária de dar água na boca

 

Pamonha de frango com queijo meia cura | Hoje tem Frango :

Foto: Hoje tem Frango

Existem também outras receitas à base de milho que são muito populares na região, como o angu de milho verde e a canjica.

O arroz com pequi é um dos pratos típicos mais apreciados da região. No Tocantins, uma grande estrela da culinária é o chambari. Carne com osso, cozida na panela de pressão por horas e que é servida com arroz, farinha e aquela saladinha.

Chambari é um dos principais pratos típicos do Tocantins | Gazeta do Cerrado

Chambari. Foto: Banco de Imagens

Outros ingredientes muito utilizados na culinária do Cerrado são o baru, uma castanha típica da região, e a carne de porco, que é muito presente nos pratos de festividades e comemorações. A carne de porco pode ser preparada de diversas formas, como o leitão à pururuca e a costelinha de porco com baru.

Costelinha de porco com geleia de cagaita e crosta de baru - Prazeres da  Mesa

Foto: Prazeres da Mesa

A paçoca de carne de sol não pode ficar de fora dessa lista! Pode ser feita com farinha de mandioca fina ou farinha de puba (grãos grossos), carne de sol e pimenta opcional. Socada no pilão, até a carne ficar desfiadinha, tem um sabor único e incrível!

Cozinha da Matilde | Carne de sol e paçoca de carne com buriti

Foto: Cozinha da Matilde

Ao experimentar a culinária típica do Cerrado, você terá a oportunidade de descobrir uma variedade de sabores e ingredientes únicos que caracterizam essa região tão especial. Delicie-se com os pratos típicos do Cerrado e mergulhe nessa experiência gastronômica que irá encantar os seus sentidos.

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Foto de Capa: EBC

Estes são os melhores sorvetes das melhores gelaterias de Goiânia

Richesse – Beijo de Dama

Richesse

Imagem: Reprodução / Instagram.

Quem ama e entende de sorvete dificilmente não conhece esse que é um clássico da cidade. O sabor autoral da Richesse merece abrir nossa lista pelo conjunto da obra. Um mix de castanhas que garantem a combinação perfeita de crocância e cremosidade.

Endereço: Av. Dep. Jamel Cecílio, 3300 – Loja 130 – Jardim Goiás

Telefone: (62) 3546-2000

 

Alata – Pistache e Clitória

alata

alata

Imagem: Reprodução / Instagram.

A gelateria que leva a assinatura do chef Ian Baiocchi apostou em sabores exclusivos e fora da casquinha, com perdão do trocadilho. Ao escolher o melhor sabor da casa, ficamos divididos entre duas paixões: o diferentão (e incrível) Clitória Cinnamon Roll e o generoso Pistache que, infelizmente, é sazonal quando o chef consegue o genuino pistache do Iran. Ambos valem a caloria e cada Real investido!

Endereço: Alameda Dom Emanuel Gomes, 214 – qd.236 lote16 – St. Marista

Telefone: (62) 98298-0400

 

Fava Sorvetes – Semente de Abóbora

fava

Imagem: Reprodução / Instagram.

Saudade do maravilhoso Meze? O inovador restaurante de alta gastronomia fechou mas, pra nossa sorte, o chef Henrique Pontes está de volta à frente da convidativa sorveteria localizada no Setor Oeste. Quando for ao local, peça pelo Semente de Abóbora e entenda porque da nossa indicação.

Endereço: R. João de Abreu, 116 – St. Marista.

Telefone: (62) 99986-1183

 

Amaretto – Chocolate Belga com Leitinho

amaretto

Imagem: Reprodução / Instagram.

A marca que conta com dois endereços, nos setores Oeste e Bueno, aposta na diversidade de sabores. Mas dois deles chamam a atenção e merecem nosso destaque: o Chocolate Belga e Leitinho – a harmonização perfeita que vale sua atenção.

Oeste – Rua 9, 1087 – Setor Oeste. Telefone: (62) 3932-5379

Bueno – Rua T-38, 756 – Qd. 143, Lt. 17 – Setor Bueno. Telefone: (62) 3093-5121

 

Baccio Di Latte – Pistache

bacio

Imagem: Reprodução / Instagram.

Apesar do tamanho da rede, presente em quase todo país, a Bacio Di Latte consegue manter a proposta artesanal. Entre os vários sabores disponíveis, o Pistache, no ponto perfeito, merece nota máxima.

Goiânia Shopping – Av. T-10, 1300 – St. Bueno. Telefone: (62) 3921-3020

Flamboyant – Av. Dep. Jamel Cecílio, 3300 – Jardim Goiás. Telefone: (62) 3275-1053

 

Crema & Cioccolato –  Capadócia

crema

Imagem: Reprodução / Instagram.

Se Goiânia vive uma febre de ótimas gelaterias hoje muito se deve aos desbravadores italianos à frente da Crema & Cioccolato, pioneira do gênero na cidade. A escolha é difícil entre os muitos bons sabores mas vamos de Capadócia que faz enorme sucesso com a clientela cativa do lugar.

Loja 1 – Av. T-11, 297 – Quadra 115 – Lote 19 – St. Bueno. Telefone: (62) 3088-6331

Loja 2 – Rua T-37, 2982 – St. Bueno. Telefone: (62) 3541-4018

Loja 3 – Av. São João, 187 – Alto da Glória. Telefone: (62) 3921-0003

10 lugares em Goiânia para comer os melhores pastéis de todos os sabores e tamanhos

Receita simples, com uma massa que leva, basicamente, farinha de trigo, água e sal, o pastel ganhou o coração do brasileiro, aparecendo em lanchonetes, bares, barracas de feira, aniversários… O diferencial entre eles é, quase sempre, o recheio, que pode ser salgado ou doce.

Se você também ama comer um Pastel, seja com um refrigerante, suco ou caldo de cana, vamos listar para você conhecer algumas das melhores pastelarias de Goiânia.

Esta lista foi selecionada com a ajuda de nossos seguidores e pela curadoria do guia Curta Mais através de critérios imparciais com base na experiência, conhecimento e credibilidade acumulados em mais de uma década de serviços prestados à nossa cidade. Nossa missão é reunir num só lugar o melhor da cidade. Se tá no Curta Mais, pode confiar que é bom!

Confira:

Pastelaria do Meu

pastelaria

Endereço: Mercado Popular da Rua 74, nº329, Centro

Contato: (62) 98194-8961

Instagram: @pastelaria_do_meu

 

Pastel do Del

pastel

Endereço: Avenida Planície, nº 1333, Vila Itatiaia / Pro Brazilian Vila Nova

Contato: (62) 99415-1259 / 99545-4281

Instagram: @pasteldodel

 

Pasticceria Goiana

Pasticceria

Endereço: Rua C-210, nº 43, Jardim América

Contato: (62) 99251-5885

Instagram: @pasticceria.goiana

 

Vai Tomá no Kuka Bar

kuka

Endereço: Rua C 30, nº 18, Jardim América

Contato: (62) 3942-7221

Instagram: @kukabar

 

Restaurante Sugiro 44

sugiro

Endereço: Mercadão da Moda 44, Avenida Contorno, nº 1119, Centro

Contato: (62) 98109-3172

Instagram: @sugiro44

 

Pastelaria Formosa

formosa

Endereço: Rua 6, nº 3, Centro / Avenida Anhanguera, nº 5588, Centro

Contato: (62) 3091-6115

Instagram: @_pastelariaformosa

 

Pastelaria do Silas

pastelaria

Endereço: Feira do Setor Coimbra (quarta-feira) / Feira do Setor dos Funcionários (quinta e domingo) / Feira do Setor Fama (Sábado) 

Contato: (62) 99973-2822

Instagram: @pastelaria_dosilas

 

Pastelaria do Jorge

Pastelaria

Endereço: Diversas feiras livres em Goiânia

Instagram: @pastelariadojorge

 

Pastelaria e Açaí do Peres

pastel

Endereço: Avenida Boulevard esquina com Rua do Alumínio, Setor Goiânia 2

Contato: (62) 98436-8001

Instagram: @pasteldoperes

 

Pastelli Gourmet

Pastelli

Endereço: Avenida Alexandre de Morais, nº 1814, Parque Amazônia / Avenida Milão, nº 1902, Setor Celina Park

Contato: (62) 3229-9228

Instagram: @pastelligourmet

 

Menção Honrosa:

Pastelaria Mimosa

Pastelaria

Endereço: Avenida Anhanguera, nº 4462, Centro

Contato: (62) 3225-7277

 

O Curta Mais não se responsabiliza por eventuais mudanças. Consulte sempre antes de sair de casa!
Imagens: Reprodução redes sociais
Imagem de Capa extraída do Google

Coca-Cola com sabores de laranja e limão siciliano chega em Goiânia

Tem coisa melhor que uma bebida refrescante quando os termômetros marcam altas temperaturas? Com toques cítricos que potencializam essa sensação, Coca-Cola Laranja e Coca-Cola Limão Siciliano chegam para reforçar a plataforma premium da marca e começam a ser distribuídas esta semana no Brasil em edição limitada. 

Para Javier Rodriguez, vice-presidente de Marketing da Coca-Cola Brasil, os consumidores estão sempre em busca de novas experiências e produtos que promovam diferenciação. “Faz parte do DNA da Coca-Cola apostar em inovação para se manter relevante em cada momento de consumo”, afirma.

Coca-Cola Laranja e Coca-Cola Limão Siciliano foram comercializadas em apenas dois países – Japão e Turquia, respectivamente — antes de desembarcarem no Brasil. Em formato sofisticado – latas sleek de 310 ml – a novidade por aqui é a redução de quase 30% de açúcar em relação à Coca-Cola original. A fórmula traz a mistura de açúcar e adoçantes.

Os lançamentos já começaram a ser distribuídos no Brasil. Em Goiás teremos as embalagens disponíveis nas cidades de Goiânia, Anápolis e Morrinhos e no Estado do Tocantins, estará disponível em Palmas.

Terraço New York: aposta para curtir ótimos pratos ao estilo nova iorquino e vista panorâmica em Goiânia

Se você gosta de admirar uma vista linda da cidade e do céu, nada melhor do que estar em um lugar privilegiado e com gente especial pro momento ficar ainda mais singular.

A dica de hoje é o Terraço New York, que tem uma vista panorâmica pra tornar o clima ainda mais poético. O restaurante vai te propiciar os mais excêntricos sabores em um ambiente super aconchegante com o clima da metrópole mais agitada e moderna do mundo. A sofisticação e a harmonia do restaurante vão te surpreender; lá tem um amplo espaço e ambientes agradáveis que combinam perfeitamente com happy hours e encontros à dois.

 

Com cardápio autêntico, os pratos são espetaculares e vão surpreender até os paladares mais ousados. Confira algumas das opções:

 

92f5efeaf01833ec5084b707601dce0e.png

Beef Ancho Argentino

76e4276944f252b94a2f3d73e512792e.PNG

Risoto Tailandês

a082505b8151ab4251f7e80d8f4f1e71.jpg

Porção de Camarão

 

E já que amanhã é feriado, você ainda pode curtir drinks incríveis e diferentes, que parecem ter saído de um filme ambientado na cidade:

de1759b314e669343e8875bf59db3f2b.jpg

 

O Terraço New York fica na AV 136, à noite funciona todos os dias, e é necessário reserva para visitar o local. 

c3265e4de51a1041f9bd8d89894684bb.jpg

 

Vale a pena conhecer, hein?

 

S E R V I Ç O

Terraço New York

Onde: Av. 136, 797, Ed. New York – Setor Sul

Funcionamento: Seg. à Sex. 12h as 15hs | Seg. à Qui. 19:30hs as 00:00hs Sex. 19:30hs as 01h | Sábado das 12h as 16h e 19:30 as 01h | Domingo das 12h as 16h

Telefone: (62) 3642 – 4962

O sabor de um vinho é construído através do contato da bebida com vários dos nossos sentidos

Pra saborear um bom vinho é necessário dar atenção a todos os nossos sentidos: o paladar, o olfato e a visão. Assim fica mais fácil identificar e diferenciar a infinidade de tipos de vinhos e safras que existem.

 

A cor do vinho é determinada pelo tipo de uva utilizada em sua fórmula: o tinto é feito com uvas de coloração avermelhada ou roxa (e é o tipo mais consumido no mundo); o branco é feito com uvas brancas ou escuras, desde que não seja utilizada a casca; e o rosé é apenas com uvas escuras que liberem pouca coloração.

O nível de açúcar do vinho também é uma maneira de classificar a bebida: o seco tem até 5g de açúcar por litro; o suave tem mais de 20g de açúcar por litro e o demi-sec tem de 5 a 20g de açúcar por litro.

 

O tipo de uva também interfere no sabor de cada bebida:

Cabernet Sauvignon

É a mais utilizada na produção de vinhos mundialmente. Com ela são feitos vinhos de mesa tintos, secos e balanceados no amargor e aroma.

Malbec

Também para vinhos de mesa tintos e secos, no entanto mais amargos que a Cabernet Sauvignon.

 

Merlot

Com um aroma mais frutado e delicado, tem o mesmo sabor suave da Cabernet Sauvignon.

Tannat 

Essa tem uma coloração bem forte, e é utilizada para blends.

 

Pinot Noir

Utilizada geralmente em espumantes. 

Chardonnay 

Considerada uma das mais nobres para a produção de vinhos, a uva de coloração branca é a responsável pelos champagnes na França.

 

Então, qual o seu favorito? 

Slim Gastronomia Saudável: mais um achadinho pra comer bem e sem peso na consciência

Quem gosta de apreciar uma boa gastronomia sabe que nem sempre é fácil comer bem de maneira saudável. Por isso valorizamos lugares que conseguem unir o sabor à saúde de uma forma única.

Nesse novo achadinho, Slim Gastronomia Saudável, você encontra todos os tipos de pratos, desde lanches a refeições completas – e cada um deles é elaborado pensando no melhor benefício para o seu organismo. Todo o cardápio tem o acompanhamento da nutricionista Fabiana Paschoa para que a culinária não seja apenas de baixa caloria, mas também seja rica em nutrientes.

065a2e4bd43d50ca86582589b917d444.jpg

29fef015284b18ae199d39d5855242f0.jpg

8d657bac626d948c0379ab49fe97249c.jpg

68df0f3901b9358d89d8be44fb3bd13b.jpg

Todos alimentos são preparados com sal rosa, azeite extra virgem e óleo de coco.

E além de tudo o ambiente é super agradável, com uma vibe bem natural, e possuem estacionamento ao lado direito do restaurante.

Vale a pena conhecer.

 

S E R V I Ç O

Slim Gastronomia Saudável

Funcionamento: Todos os dias das 11h30 às 22h, inclusive feriados.

Endereço: Av. República do Líbano, 2360 Qd. E-7 Lt.69

Telefone: (62) 3095-2220

Redes Sociais: Facebook | Instagram

Compre um sundae no McDonald’s e ganhe outro. Saiba como:

Depois da promoção na qual o cliente podia comprar um Big Mac e ganhar outro, o McDonald’s lança a Sundae 2×1: você compra 1 sundae e ganha outro.

A promoção é simples: você pode retirar seu cupom aqui e apresentá-lo impresso ou na tela de seu dispositivo móvel no momento em que estiver fazendo seu pedido. A promoção é válida até 31 de janeiro e estão disponíveis os sabores de morango, chocolate e caramelo.

Veja os restaurantes de Goiânia que participam da promoção:

Portal Shopping
Passeio das Águas Shopping
McDonald’s Jardim Goiás
Buriti Shopping
McDonald’s Avenida Milão
Goiânia Shopping
McDonald’s Avenida T10
Flamboyant Shopping Center
McDonald’s Avenida T63
Araguaia Shopping

As 15 cervejas mais excêntricas do mundo

O blog Maria Cevada preparou uma lista com as 15 cervejas mais excêntricas do mundo, com misturas que levam sabores inesperados como pizza, lagosta, maconha, pó lunar e até testículos de bois! Bizarrices à parte, não podemos dizer se elas têm gosto bom ou não – você tem coragem de experimentar?

 

Cerveja de sal marinho e lagostas vivas

A Saison Dell’Aragosta foi criada pelo mestre cervejeiro Tim Adams, da cervejaria Oxbow, em parceria com uma cervejaria italiana. Para criar a bebida, ele adicionou sal marinho e lagostas vivas na cerveja, que tem 4,5% de teor alcoólico.

 

Cerveja embalada com animais empalhados

A End of History, uma Eisbock de 55% de álcool fabricada pela Brewdog, não leva ingredientes exóticos na mistura, mas sim na embalagem – as garrafas são envoltas em animais empalhados.

 

Cervejas de maconha

O lúpulo, utilizado para conservar a cerveja e dar a ela aroma e amargor é um primo distante da maconha, que também tem conquistado seu lugar na produção da bebida – já estão sendo produzidos alguns rótulos de cervejas produzidos com maconha e seus derivados.

 

Cerveja de levedura vaginal

A artista tailandesa Toi Sennhauser ousou ao produzir uma cerveja que leva entre os seus ingredientes algumas leveduras de sua própria vagina. A Original Pussy Beer, como foi batizada, foi feita como parte de uma intervenção artística.

 

Cerveja de pizza

Para fabricar a Mamma Mia! Pizza Beer, o casal Tom e Athena Seefurth misturam tomate, orégano, manjericão e alho à bebida, e garantem que o sabor da pizza pode ser percebido no retrogosto. A bebida possui 4,6% de álcool.

 

Cerveja de levedura de barba

Depois da levedura vaginal, é a vez das leveduras das barbas se tornarem ingredientes das cervejas. O mestre-cervejeiro John Maier, da Rogue, usou leveduras de sua própria barba para criar a Blonde Ale Beard Beer, que tem 5,6% de álcool e toques frutados de banana e laranja.

 

Cerveja com cocô de gambá

Os civetas, animais da família dos gambás, ingerem grãos de café que, após passar por reações enzimáticas em seus corpos, defecam grãos que serão utilizados na produção da Mikkeller Beer Geek Brunch Weasel, uma Imperial Stout de 10,9% de álcool.

 

Cerveja com pó da Lua

Essa é pra pirar os astrônomos: a Dogfish Head criou a Celest-jewel-ale, uma cerveja do estilo Oktoberfest com 5% de álcool e que tem pó lunar entre os ingredientes.

 

Cerveja com algas marinhas

Com 4,4% de álcool, a Kelpie Seaweed Ale é feita com algas cultivadas na cervejaria Williams Bros Brewing.

 

Cerveja com Viagra

Mais uma da Brewdog, a Brewdog Royal Virility Performance foi feita utilizando Viagra como uma homenagem ao casamento do Príncipe William e Kate Middleton – a ideia era entregar a bebida ao casal para que eles comemorassem o casório em grande estilo.

 

Cerveja para beber quente – mesmo

Cerveja tem que ser gelada, certo? Exceto pela La Dragonne. Produzida pela Brasserie des Franches-Montagnes, essa cerveja apimentada deve ser aquecida no fogão ou no micro-ondas antes de ser consumida.

 

Cerveja com iceberg

Criada pela Quidi Vidi, a Iceberg Beer é produzida com as águas de icebergs da região de Terra Nova e Labrador, província na Costa Leste do Canadá. A bebida tem 4,5% de álcool.

 
Cerveja com ouro

Essa é pura ostentação: a “Re”Gold, produzida pela cervejaria tcheca Zámek Zábřeh leva 0,018 gramas de ouro na receita. A cerveja tem 5,1% de álcool, e segundo o mestre cervejeiro Marek Pieton, o ouro não altera o sabor da bebida.
 

Cerveja com testículos de boi

Para os paladares mais excêntricos, que tal uma Stout Oyster Rocky Mountain? A cerveja produzida pela Wynkoop Brewing Company foi produzida com testículos de boi, e tem 7% de álcool.

 
Cerveja com ostra

A Flying Dog criou um rótulo que leva ostras na receita: a Pearl Necklace Oyster Stout tem 5,5% de álcool e é considerada uma das melhores Stouts produzidas. Parte do lucro das vendas da cerveja são direcionadas à uma iniciativa de preservação das ostras na Baía de Chesapeake.

 

Com informações do Maria Cevada.

‘Sabores Food Park’ movimenta final de semana com o melhor da Comida de Rua

A gastronomia chegou com tudo no final de semana. E, para a alegria de quem aprecia comida de rua, a novidade é a reunião de 20 chefs que vão promover neste sábado e domingo 4 e 5 de julho, das 16 às 22 horas, o primeiro ‘Festival Sabores Food Park’ de Goiânia. O evento acontece no Setor Bueno e conta  com um vasto menu gastronômico. O formato foi inspirado nos food parks que já acontecem nos grandes centros e reúne food truck, food bikes, food carts e barraquinhas ao livre. Entre os chefs convidados está Daniel Vieira, com seu food truck Chilli na Rua, especializado em culinária latina.

Opções

Bolo de pote, paleta mexicana e pizza gourmet são algumas das atrações gastronômicas que poderão ser degustadas. Lá, o goianiense também encontrará yakissoba, crepe, churros, batata recheada, pastel de leite ninho, pastel gourmet, sanduiche, ceviche, chilli mexicano, cachorro-quente entre outras gostosuras. Os valores variam de R$ 5 a 25 reais.

A programação inclui workshops abertos ao público, onde chefs irão compartilhar seu conhecimento. Estão agendadas ainda, oficinas de degustação orientada de cervejas artesanais, de vinhos chilenos e argentinos, de montagem de naked cakes e, também, de culinária saudável. Para as crianças, haverá brinquedoteca e barraquinhas julinas com as tradicionais brincadeiras de arraiás. 

Anote na agenda:

Festival Sabores Food Park

Quando: 04 e 05 de julho (sábado e domingo)

Horário: 16 às 22 horas

Local: Rua T-37. Setor Bueno

Informações: (62) 3087-6200

IZ Restaurante

O IZ Restaurante é um daqueles lugares refinados que servem uma comida autoral e criativa, despretensiosa e moderna. Inaugurado recentemente na capital, foi criado com a proposta de ter uma cozinha contemporânea, trabalhada com um menu sazonal. Quem assina os pratos é o chef Ian Baiocchi, que tem experiência pela Europa e nas melhores cozinhas de São Paulo.

Um mestre na arte de proporcionar novos sabores e misturas que parecem inusitadas. A casa serve um menu enxuto incluindo um couvert , entradas, pratos principais e sobremesas. Entre as criações do chef estão galinha d’Angola, pato, cordeiro, entrecôte, pirarucu e lagostim. Aproveite para conhecer e apreciar a melhor culinária em carnes e massas da capital. End: Rua 1129 nº 146. Setor Marista. Almoço: Ter-Sex 11h30-15h, Sábado e Domingo 12h-16h30 Jantar: Ter-Qui 19h30-23h30, Sexta e Sábado 20h-0h30. Telefone: (62)-3092-5177

iz     iz

 

Vantagem exclusiva do Clube Curta Mais!

Assinantes do Clube Curta Mais GANHAM um drink ou uma sobremesa mediante o consumo de um prato na casa!

O primeiro clube de assinantes de experiências do país, oferece planos gratuitos para novos membros em mensalidades a partir de R$9,99.

Uma economia real no bolso todo final de mês com experiências realmente exclusivas nos melhores programas e lugares, devidamente testadas e aprovadas pelo nosso time de curadoria.

Para aproveitar o benefício único e curtir essa experiência por completo, entre neste link, faça sua assinatura premium e aproveite esta e outras experiências que só o Clube Curta Mais proporciona aos seus membros.

Todo conteúdo desse site é de direito reservado ao Curta Mais.

Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização expressa e formalizada do veículo.

Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.

Curta Mais – Todos os direitos reservados.

Curta Mais não se responsabiliza por eventuais mudanças na programação ou localização aqui divulgados. Ligue sempre com antecedência para confirmar as informações e não perder viagem.