Cine Ritz em Goiânia passa por reforma e ganha nova fachada

Agora, o cinema de rua conta com apoio do Sesc Goiás e foi beneficiado pelos recursos da Lei Paulo Gustavo; saiba mais detalhes

Thaís Muniz
Por Thaís Muniz
image
Foto: Diomício Gomes

O Cine Ritz, último reduto do cinema de rua em Goiânia, ganhou uma nova fachada. Esta mudança marca o início de uma fase renovada para o espaço, agora em parceria com o Serviço Social do Comércio (Sesc), que assumiu a Sala 2 em outubro do ano passado, rebatizando-a como Sala Sesc Ritz.

A revitalização da fachada é apenas o primeiro passo de uma série de mudanças programadas para o primeiro semestre de 2024. Frederico da Cruz Machado, diretor do Cine Lume, empresa proprietária do cinema desde 2018, compartilhou que o Cine Ritz foi beneficiado pelos recursos da Lei Paulo Gustavo.

Entre as melhorias previstas estão a substituição de projetores, troca de carpetes, e reformas nos banheiros, parte elétrica, roleta e bilheteria.

O principal objetivo é preservar a tradição cinematográfica local e promover a exibição de uma ampla variedade de filmes nacionais e internacionais. E ainda, reforçar a ocupação dos espaços culturais no Centro de Goiânia.

A nova fachada do Cine Ritz reflete o compromisso em fomentar a cultura em Goiânia e incentivar o comércio local. “O centro precisa do impulso tanto do poder público quanto do privado. Continuaremos trabalhando por essa região tão importante da nossa capital”, afirma Marcelo Baiocchi, presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Goiás (Fecomércio)

A Assessora Técnica em Audiovisual do Sesc Goiás, Carol Breviglieri, disse que além do visual, o cinema terá novas mudanças, tanto na infraestrutura quanto na projeção dos vídeos. E reforça que aos domingos, acontece a Sessão Pipoca, que começa a partir das 11h.

Tradição em Goiânia

Desde os anos 90, o Cine Ritz enfrentou desafios significativos, tornando-se um símbolo de resistência cultural na capital. Antes da parceria com o Sesc, o cinema passou por momentos difíceis com o declínio da popularidade das salas de cinema do tipo, agravado pela pandemia em 2021, quando ficou fechado por 10 meses devido ao isolamento social.

Para superar essas adversidades, uma vaquinha online foi organizada pela equipe do Cine Ritz, garantindo a sustentabilidade financeira do cinema. Este estabelecimento foi o último cinema de rua com programação comercial que conseguiu manter-se ao longo das décadas, enquanto outros locais no centro, como o Cine Casablanca e Cine Capri, foram substituídos por igrejas.

 

*Com informações Jornal O Popular

Veja também:

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar aqui e escolher.