Hungria, Iza, Gilsons e Marcelo Falcão são atrações confirmadas no festival TIM Music em Goiânia

A primeira edição do TIM Music, maior festival de música gratuita do Brasil, estreia em Goiânia nos dias 8 e 9 de junho. Com apoio do Governo de Goiás, o evento terá diversas atrações locais e nacionais, e será realizado no Centro Cultural Oscar Niemeyer, de forma gratuita.

A Line-up do festival já confirmou grandes atrações da música como Iza, Marcelo Falcão, Hungria, Sandra de Sá, Luiza Martins, Gilsons e talentos regionais como Pedra Bruta, Maduli, Maíra e Banda Madá.

De acordo com a organização, o festival promete trazer variedade de formatos e sonoridades em um clima suave e harmonioso, inspirado pelo Cerrado brasileiro.

Confira a programação abaixo:

Sábado, 08/06

Pedra Bruta

Maduli

Maíra

Banda Madá

Sandra de Sá

Luiza Martins

Atração final: Iza

Domingo 09/06

Banda 7meia2

DJ Múcio, que convida o cantor Mario Broder

Gilsons (José Gil, Francisco Gil e João Gil, filho e netos de Gilberto Gil)

Marcelo Falcão

Atração final: Hungria

Festival

O Tim Music Goiás é promovido pela produtora Fluir Experiências, com recursos do Programa Goyazes da Secretaria da Cultura (Secult) e patrocínio da TIM. A iniciativa traz como proposta a diversidade de ritmos, formatos e sonoridades, com objetivo de democratizar o acesso à cultura.

Também é resultado do compromisso do Governo do Estado com a promoção do lazer e do entretenimento de qualidade para a população. O festival, além de oferecer uma programação musical de alto nível, também visa o desenvolvimento da cultura, da economia, e do turismo local.

 

*Com informações g1

Goiânia recebe 1ª edição do maior festival musical gratuito do Brasil, em junho

Goiânia está prestes a marcar história com o primeiro festival musical gratuito de grande porte, que acontece nos dias 08 e 09 de junho, no Centro Cultural Oscar Niemeyer. Com sua estreia na cidade, o evento promete não apenas oferecer entretenimento de qualidade, mas também celebrar a diversidade musical e cultural da região. Com uma variedade de ritmos, formatos e sonoridades, o festival irá cativar o público local e nacional, reunindo artistas de destaque e talentos emergentes.

A entrada franca e a classificação livre garantem que pessoas de todas as idades e origens possam participar e apreciar essa experiência única. O evento é uma oportunidade para difundir valores como acessibilidade, sustentabilidade, tecnologia e diversidade. Sob a realização da produtora Fluir Experiências, o TIM Music Goiás promete ser um momento inesquecível de união, cultura e diversão para todos os presentes. O festival musical é realizado com recursos do Programa Goyazes do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Cultura, patrocínio da TIM e realização da produtora Fluir Experiências.

Além de oferecer uma programação musical diversificada, também terá espaço para atividades culturais e experiências interativas. Com áreas destinadas à gastronomia local, os visitantes poderão mergulhar ainda mais na riqueza cultural de Goiânia enquanto desfrutam dos shows. 

O impacto positivo vai além dos dias do evento, deixando um legado duradouro na comunidade local. A iniciativa não só estimula o turismo cultural na região, mas também fortalece a cena musical local, proporcionando visibilidade para talentos emergentes e fomentando o desenvolvimento econômico através do apoio à indústria criativa. Ao celebrar a música em todas as suas formas, o festival reforça o papel fundamental da arte na construção de conexões, memórias e identidades culturais, deixando um marco significativo na história cultural de Goiânia.

 

Banda The Calling é a grande atração da semana em Goiânia

Mais uma atração internacional em Goiânia! A banda de pop rock americana The Calling, que fez muito sucesso no início dos anos 2000, chega pela primeira vez na capital goiana para um show nesta sexta-feira, 3 de Maio. O grupo sobe no palco do Centro Cultural Oscar Niemeyer com a turnê: “Camino Palmero – 20th Anniversary Tour”, que celebra os 20 anos de carreira da banda, a partir das 20 horas.

O The Calling começou em San Fernando Valley, na Califórnia, Estados Unidos, quando Aaron Kamin e Alex Band se conheceram em 1995. Depois de passar por diversas alterações, somente em 2000 o grupo se destacou no cenário do rock americano com a participação no filme “Show Bar” cantando “Wherever You Will Go”. Em 2002, o grupo ganha o Prêmio de Artista Revelação no EMA, o MTV Europe Music Awards.

Este ano a banda roda o Brasil com a sua turnê de 20 anos de seu maior álbum, “Camino Palmero”, que continha outros grandes sucessos como “Adrienne” e “Could It Be Any Harder”. Além do show principal, haverá uma abertura com Liberati, o guitarrista do grupo, com um set acústico de voz e violão.

Os ingressos ainda estão à venda no site Alpha Tickets, com preços a partir de R$ 90,00.

Goiânia é o tesouro arquitetônico do modernismo brasileiro

Goiânia, capital do estado de Goiás, é um verdadeiro tesouro arquitetônico que reflete o brilhantismo do movimento modernista no Brasil. Fundada em 1933, a cidade surge como um projeto visionário concebido pelo renomado arquiteto Atílio Corrêa Lima, cuja inspiração nos princípios do movimento modernista trouxe à vida uma metrópole que une funcionalidade, racionalidade e beleza estética.

O planejamento urbano de Goiânia, carinhosamente apelidada de “Cidade Planejada”, é um exemplo notável de como a visão modernista foi habilmente incorporada à paisagem urbana. Suas amplas avenidas, praças arborizadas e um sistema viário meticulosamente concebido não apenas refletem um cuidado singular com o espaço público, mas também demonstram uma organização urbana exemplar que visa a promover uma convivência harmoniosa entre seus habitantes e o meio ambiente.

A cidade de Goiânia não é apenas um marco da arquitetura moderna brasileira, mas também uma fonte de inspiração para outras localidades que buscam desenvolver projetos urbanos sustentáveis e esteticamente agradáveis. Sua abordagem inovadora e pioneira tem sido objeto de estudo e admiração, destacando-se como um modelo a ser seguido no campo do planejamento urbano.

Além disso, o legado arquitetônico de Goiânia não se limita apenas aos edifícios emblemáticos e espaços públicos, mas também se estende aos detalhes, como o cuidado com o paisagismo e a integração de elementos naturais à estrutura urbana. Essa atenção aos detalhes confere à cidade uma atmosfera única, onde a modernidade convive em perfeita harmonia com a natureza.

Em suma, Goiânia é muito mais do que uma simples capital estadual; é uma obra-prima da arquitetura modernista, um testemunho vivo da visão e do talento de seus criadores, e um exemplo inspirador de como o planejamento urbano pode moldar o futuro das cidades de forma positiva e sustentável.

Ao percorrer as ruas de Goiânia, é possível apreciar edifícios icônicos que representam o modernismo em sua essência. Um exemplo marcante é o Palácio das Esmeraldas, sede do governo estadual. Projetado por Atíllio Corrêa Lima, o edifício apresenta elementos arquitetônicos modernistas, como linhas retas, janelas amplas e uma fachada imponente. O Teatro Goiânia, outro destaque arquitetônico, também exibe a influência do modernismo, com sua estrutura elegante e linhas geométricas.

Além dos edifícios públicos, bairros residenciais como o Setor Oeste são verdadeiros símbolos do modernismo em Goiânia. Com casas e prédios de design arrojado, esse bairro se destaca pelo equilíbrio entre a arquitetura moderna e a integração com a natureza, proporcionando amplos jardins e espaços de convivência ao ar livre. É uma verdadeira harmonia entre o ambiente urbano e o natural.

Outro arquiteto que deixou sua marca no modernismo em Goiânia foi Lucio Ferrari Pinheiro. Projetos como o Edifício Parthenon, com linhas limpas, formas geométricas e uso criativo de materiais, contribuem para a preservação do patrimônio arquitetônico modernista e deixam uma marca única na paisagem urbana de Goiânia.

Contudo, o modernismo na arquitetura de Goiânia vai além dos edifícios históricos e se estende a obras mais contemporâneas. Um exemplo notável é o Centro Cultural Oscar Niemeyer, inaugurado em 2006. Projetado pelo renomado arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer, o complexo é uma verdadeira joia do modernismo brasileiro. Com seu design arrojado e formas sinuosas, o Centro Cultural atrai visitantes devido à sua beleza arquitetônica única.

O Arte Décor

O Arte Décor em Goiânia é um movimento artístico que deixou uma marca indelével na arquitetura da cidade. Inspirado no Art Déco e no Modernismo, o estilo Arte Décor se destaca por suas linhas elegantes, detalhes ornamentais e uso criativo de materiais. Durante o período de desenvolvimento da cidade, nas décadas de 1930 e 1940, diversos prédios públicos e residenciais foram construídos seguindo essa estética, conferindo a Goiânia um rico acervo arquitetônico. Os edifícios históricos do centro da cidade, como o Grande Hotel, o Coreto da Praça Cívica, o Lyceu de Goiânia,, são exemplos notáveis desse estilo, apresentando fachadas elaboradas, elementos decorativos e uma atmosfera sofisticada que transportam os visitantes para uma época de glamour e refinamento.

Além dos edifícios históricos, o estilo Arte Décor também se faz presente em diversos estabelecimentos comerciais, como bares, restaurantes e lojas em Goiânia. Esses espaços são cuidadosamente decorados, com móveis e objetos de design que remetem à época do movimento. O Arte Décor em Goiânia representa não apenas um estilo arquitetônico, mas também uma parte importante da história da cidade, preservando sua identidade cultural e encantando moradores e visitantes com sua beleza atemporal.

 Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

Leia também:

Museu goianiense guarda joias do modernismo e encanta visitantes

Clube histórico de Goiânia é um grande ícone da arquitetura modernista

Kevin O Chris faz show em Goiânia no Sense Festival em junho

No palco, Kevin O Chris promete agitar o público com seus sucessos, incluindo hits como “Vamos pra Gaiola”, “Finalidade Era Ficar em Casa” e “Dentro do Carro”, este último com um sample de “Day Tripper”, dos Beatles, no dia 15 de junho, no Centro Cultural Oscar Niemeyer, a partir das 20h. O fenômeno do funk carioca é conhecido por sua musicalidade contagiante, embalada pelo ritmo do 150 BPM. Os ingressos podem ser adquiridos pelo link digital, ou presencialmente no Salve, que fica localizado na rua 1136, setor Marista.

Além de Kevin O Chris, outros artistas confirmados para o Sense Festival incluem a cantora Glória Groove, o cantor e ator Xamã, e a pagodeira Gica, entre outros. O evento oferece diferentes opções de ingressos, incluindo Pista Premium, Área Vip SALVE! e Camarote Sense, cada um com seus próprios benefícios, como vista privilegiada do palco, áreas de alimentação e banheiros exclusivos.

Não perca essa oportunidade de curtir e se divertir muito no Sense Festival em Goiânia. Garanta seus ingressos e prepare-se para uma noite inesquecível de música e diversão!

Goiânia Noise Festival é a atração do fim de semana na capital

Fim de semana agitado em Goiânia! A 28ª edição do festival Goiânia Noise começa na sexta-feira (12/4) e segue até domingo (14/4). O Cento Cultural Oscar Niemeyer receberá 52 apresentações em três dias, divididas nos dois palcos e também no Estúdio Sesc-Noise.

Além disso, 10 DJs também comandam as pick ups numa área especial. Entre os principais nomes do line up deste ano estão Nação Zumbi, Terno Rei, Rancore, Francisco El Hombre, Letrux, Krisiun, Nervosa, Boogarins (foto), Violins e Carne Doce, entre outros.

Os ingressos ainda estão à venda no site Bilheteria Digital e na Monstro Discos, com valores a partir de R$ 50,00. O domingo é gratuito, mas com a necessidade de retirar ingresso pelo site. O evento também conta com a opção de meia entrada solidária, mediante a doação de 1 litro de leite que será encaminhado para a Organização das Voluntárias de Goiás (OVG).

Atrações

Como de costume, o Goiânia Noise apresenta um line up com uma grande diversidade de estilos, linguagens, sotaques e pesos, do indie rock ao thrash metal, passando por psicodelismos, ritmos afro-brasileiros, stoner rock, rockabilly, punk rock, disco music, guitar rock e aquela roqueiragem mais tradicional mesmo.

Além dos shows com nomes de maior destaque, os chamados headliners, o Noise aposta em artistas mais novos ou que já começam a se destacar na cena alternativa brasileira, fazendo um grande panorama do que há de melhor no cenário nacional. É o caso das bandas paulistas The Mönic e Los Clandestinos Trio, da Blastfemme, do Rio de Janeiro, Lucas Hanke, de Porto Alegre, e da YPU, de Brasília.

O line up traz ainda nomes bem tradicionais do underground nacional como os veteranos do Devotos, de Recife, Galinha Preta, de Brasília, os mineiros da Verbase e Dorsal Atlântica, banda carioca que foi uma das fundadoras do heavy metal no Brasil.

Entre os artistas goianos, os destaques são Boogarins, Carne Doce, Violins, Mechanics, Terra Cabula, a cantora Maduli e Johnny Suxxx, que volta aos palcos após cinco anos. A seleção goiana conta ainda com revelações, apostas e veteranos como Spiritual Carnage, Red Sand King, Blowdrivers, Lâmpada Mágica, Fat Drive Factory, Ousel, Mundhumano, Vento Cobre e muitas outras. Ao todo são 23 bandas goianas no line up, confirmando mais uma vez a característica do Noise de ser a maior vitrine da música produzida no Estado.

O festival conta ainda com uma outra programação no Estúdio Sesc-Noise, um espaço que funciona como um terceiro palco e onde 12 artistas selecionados irão se apresentar e gravar uma música sob direção do produtor musical Gustavo Vazquez, responsável por discos premiados do rock independente nacional. O resultado das gravações será compilado em um álbum digital que será lançado pela Monstro Discos nas principais plataformas de streming musical.

O 28º Goiânia Noise Festival é uma produção da Monstro Discos, com co-realização do SESC e apoio da Equatorial, via Lei Goyazes, e do Governo de Goiás.

Goiânia recebe Festival de Tattoo com mais de 100 tatuadores e entrada gratuita

Goiânia recebe nos dias 5, 6 e 7 de abril, a segunda edição da Goiás Tattoo Festival, convenção de tatuagem, piercing, gastronomia e arte. Realizado pela Taboo Produções, o festival terá início às 10 horas e término previsto para meia-noite, no Centro Cultural Oscar Niemeyer. A entrada é gratuita para o público.

Mais de 100 tatuadores de diferentes partes do Brasil estarão presentes no evento, que terá como destaque da programação a competição com premiação para as melhores tatuagens em 20 categorias. As inscrições poderão ser feitas durante a convenção. O troféu 2024 é assinado pelo artista plástico Ale Amorin.

Flash Day

Treze artistas participarão do Flash Day Tattoo. Adrien Dorme, Alberto de Sá, Cris Lopes, Gustavo Ludovico, Job Yeshua, Kazan Tattoo, Laiz Galvão, Mariela Drago, Matheus Costa, Paula Dame, Rafael Play, Robson Fig e Yuri Aurora. As tatuagens terão preço inicial a partir de R$ 250,00.

A Goiás Tattoo Festival contará, também, com workshops para tatuadores e profissionais de body piercing, com André Tenório/SC (Realismo) e Ronaldo Sampaio/SP (Piercing), além de um gratuito para iniciantes, “Encurtando a Estrada”. Estas atividades serão realizadas no Coletivo Centopeia.

Mais informações no perfil de Instagram @goiastattoofestival ou pelos números 62 99248-0496 (Encurtando a Estrada), 11 96398-9247 (body piercing) e 47 99954-1963 (Realismo).

A convenção proporcionará, ainda, a reconstrução gratuita de aréola mamária para mulheres que venceram o câncer de mama, com a tatuadora paramédica, Janaina Lima. Interessadas em agendar o procedimento devem fazê-lo pelo número de WhatsApp (62) 98128-1829, diretamente com a profissional. As vagas são limitadas.

Diversão e arte para todas as idades

Onze artistas comandarão o line-up musical do evento. Na sexta-feira (5), sobem ao palco as bandas Clube Retrô e Rollin Chamas, além das DJs Yasmim Lauck e Tuli, do coletivo Selvática. No sábado (6) é a vez de Aurora Rules, Lado Hostil, André Mols (TNY) e das DJs Iara e Poli, ambas do coletivo Selvática, que também encerra as atrações musicais no domingo (7), com as DJs Gabi Matos e Eloah.

Banda Rollin Chamas está presente na programação (foto: divulgação)

Além disso, completa a programação a exposição “Tatuador por um dia”, que proporcionará aos presentes a experiência do tatuador; a Feira das Minas, com mais de quinze barraquinhas; Espaço Kids Flávio’s com recreação gratuita (oficinas de slime, pinturinha artística, massinhas de modelar e desenhos) e Food Trucks.

O Espaço Kids funcionará na sexta-feira (5), das 17h30 às 21h30; e no sábado (6) e domingo (7), das 15h30 às 19h30.

Na área externa, as crianças também poderão se divertir com inflável, pula-pula e fliperama – sendo estas atrações pagas.

Em 2024, a Goiás Tattoo Festival é realizada com recursos do Programa Goyazes do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Cultura.

Jão promete megashow em Goiânia

Estrela do pop nacional, ele conquistou o Brasil! A SUPERTURNÊ do cantor Jão promete marcar a história da música nacional, proporcionando não só momentos inesquecíveis aos fãs, mas também consolidando ainda mais sua carreira como um dos grandes nomes do pop nacional da atualidade.

Com passagem confirmada em várias cidades brasileiras, o megashow de Jão em Goiânia está marcado para o dia 4 de Maio, no Centro Cultural Oscar Niemeyer, a partir das 21h.

Os ingressos estão à venda no site Eventim, com valores a partir de R$ 90,00, e podem chegar até R$ 900,00, a depender do local escolhido.

Com uma discografia promissora e uma presença de palco magnética, Jão conquista cada vez mais espaços de destaque internacional, tornando-se o maior artista pop nacional masculino. Sua participação no Rock in Rio 2024 e a iminente turnê nos estádios comprovam o seu sucesso e a sua crescente relevância na indústria musical.

Para sua “Superturnê”, Jão pensou em quatro atos: terra, ar, água e fogo. Isso representa seus álbuns “Lobos”, “Anti-Herói”, “Pirata” e “Super”. Em duas horas, interpretará 28 canções, ou seja, grande parte do repertório.

Para o show em Goiânia, o público pode esperar hits como: ‘’ ⁠Escorpião’’, ‘’Essa Eu Fiz Pro Nosso Amor’’, ‘’Idiota’’, ‘’A Última Noite’’, ‘’Me Lambe’’, ‘’ Eu Posso Ser Como Você’’, ”Gameboy”, dentre outros.

 

Cinema em Goiânia recebe Festival Internacional de Animação com entrada gratuita

O Lanterna Mágica – Festival Internacional de Animação chega a sua 6ª edição em 2024 repleto de novidades. A lista dos filmes selecionados e a programação completa foram anunciadas em coletiva de imprensa na manhã desta terça-feira (26) e estão disponíveis no site lanternamagicafestival.com.br.

O festival, que promove exibições de filmes de todo o mundo, palestras, debates, oficinas e consultoria para projetos, vai acontecer entre os dias 19 e 24 de março (terça-feira a domingo), no CineX, cinema que fica no Centro Cultural Oscar Niemeyer, em Goiânia.

Toda a programação do evento tem entrada gratuita, incluindo as sessões de cinema. Por esse motivo, essa pode ser a oportunidade para quem ainda não conhece os cinemas CineX ter uma experiência na sala, reiterando o objetivo do festival de ser um espaço de democratização do acesso à cultura e de ocupação de diferentes locais e regiões da cidade. O festival já passou anteriormente por espaços como o Cine Cultura e o Lyceu de Goiânia, aportando desta vez em uma sala comercial.

Novidades

A novidade desta edição é que, além das mostras, o festival conta com uma série de ações que deixaram a programação ainda mais robusta. O calendário de atividades foi dividido em três eixos principais: exibição, que inclui as mostras mencionadas acima; mercado, com o Lanterna Film Market, que irá promover estudos de casos, palestras, debates e encontros entre profissionais da animação; e o Lanterna Educa, com atividades de formação e exibições educativas em escolas públicas da capital.

O festival também anuncia como novidade a criação do prêmio da imprensa, um convite aos jornalistas e críticos de cinema a votarem após cada exibição das mostras competitivas.

Ponto de encontro

Divulgar o mercado brasileiro e mundial de animação, promover encontros e conexões entre outros Estados e países, ocupar espaços e fomentar o acesso à cultura. O Lanterna Mágica chega a 2024 consolidado como um dos principais festivais do gênero e celebra a sua 6ª edição com um grande encontro entre realizadores ao longo da programação.

Desta vez, todos os realizadores nacionais estarão presentes a convite do festival, além de alguns nomes internacionais selecionados para as mostras. “Essa é uma edição muito marcante para mim. Além de ser a primeira em que eu assumo a direção sozinha, também é a primeira vez que tenho condições de trazer todos os realizadores para o festival. Um festival é feito não só de exibição de filmes, mas também de encontros, de networking, de momentos de trocas com quem está fazendo esse tipo de produção em Estados diferentes e em outros lugares do mundo”, destaca Camila Nunes, idealizadora e diretora do Lanterna Mágica.

Lanterna Educa

Pela primeira vez, o Lanterna Mágica inclui uma vertente inteiramente voltada para ações educativas. A exibição de mostras especiais para escolas da rede pública de ensino já aconteceu anteriormente, mas nesta edição o projeto conta com atividades de formação específicas.

Uma delas é a Oficina de Storyboard, com o diretor e roteirista Guto Bicalho, realizador dos curtas premiados “Sangro” e “Fuga Animada”. A oficina, com quatro encontros, irá ensinar sobre narrativa e conceitos básicos de cinema, além de desenvolver na prática o storyboard completo de um filme.

Já a Oficina de Produção de Animação tem como público-alvo professores da rede pública e será ministrada por Isabela Veiga, que atua em edição, animação, produção executiva e assistência de direção. A atividade visa capacitar professores para que possam trazer para a sala de aula a linguagem do cinema e da animação, despertando novos olhares criativos em seus alunos.

Também faz parte do Lanterna Educa o Hospital de Projetos, que irá servir como um laboratório de desenvolvimento de animações, com consultorias e mentorias para os trabalhos inscritos.

Mostra africana

Em busca da promoção de intercâmbios intercontinentais, o Lanterna Mágica apresenta a Mostra de Animação Africana em parceria com o Festival Animage, de Pernambuco. “O que mais me chamou atenção e me fez admirar o Animage foi essa mostra de animação africana. É muito do que eu acredito, do que eu pesquiso, do que eu sou e do que trago como bagagem, que é essa conexão da diáspora da mulher negra”, diz Camila Nunes.

Além disso, a diretora do festival destaca a Mostra Gondwana, que reúne filmes dos outros países de África e Américas, com foco na animação feita por pessoas racializadas nesses países, incluindo os povos originários. “Gondwana, então, significa a retomada da união desses dois territórios”, aponta.

O festival

Desde 2017, movimentando a cena do audiovisual goiano, o Lanterna Mágica ocupa diferentes espaços culturais da capital, conectando produtores de animação e ampliando a visibilidade do gênero. Todos os anos, os filmes inscritos passam por uma curadoria oficial realizada por especialistas da área, integrando a programação de mostras competitivas, não competitivas e especiais.

O Lanterna Mágica atualmente é uma realização de Camila Nunes, produtora audiovisual, e da produtora goiana Baloo Filmes.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

19/03/24 (Terça-feira)

Credenciamento e chegada dos participantes

Manhã

→ Lanterna Educa

Oficina de Storyboard, com Guto Bicalho

Noite

20h00 – Mostra Longa Convidado, com o filme “Bizarros peixes das fossas abissais”

20/03/24 (Quarta-feira)

Manhã

→ Lanterna Educa

Oficina de Storyboard, com Guto Bicalho

Hospital de Projetos Animados

09h – Sessão Infantil, para as escolas

→ Lanterna Film Market

10h – Estudo de caso: Bia Desenha

Tarde

14h – Sessão Infantil, para as escolas

→ Lanterna Film Market

14h – Painel: Inteligência Artificial, Direitos Autorais e os Desafios do Futuro do Audiovisual

Noite

18h30 – Mostra Competitiva Nacional

20h – Mostra Competitiva Internacional

21/03/24 (Quinta-feira)

Manhã

→ Lanterna Educa

Oficina de Storyboard, com Guto Bicalho

Hospital de Projetos Animados

09h – Sessão Infantil, para as escolas

→ Lanterna Film Market

10h – Estudo de Caso: Processo Criativo do Mundo Bita

Tarde

14h – Sessão Infantil, para as escolas

→ Lanterna Film Market

14h – Debate: Composição Musical e Direitos Autorais

→ Lanterna Educa

Hospital de Projetos Animados.

Noite

18h30 – Mostra Longa Convidado, com o filme “Sonhos de Clarice”

20h – Mostra Competitiva Internacional

22/03/24 (Sexta-feira)

Manhã

→ Lanterna Educa

Oficina de Storyboard, com Guto Bicalho

Oficina de Animação para Professores, com Isa Veiga.

Hospital de Projetos Animados

09h – Sessão Infantil, para as escolas

→ Lanterna Film Market

10h – Painel Internacional de Animação

Tarde

14h – Sessão Infantil, para as escolas

→ Lanterna Film Market

14h – Encontro Mundial de Animação: As Narrativas que Alcançam o Mundo

→ Lanterna Educa

Hospital de Projetos Animados

Noite

18h30 – Mostra competitiva nacional

20h – Mostra competitiva internacional

23/03/24 (Sábado)

Manhã

→ Lanterna Educa

Oficina de Animação para Professores, com Isa Veiga

Hospital de Projetos Animados

09h – Sessão Infantil, aberta ao público

→ Lanterna Film Market

10h – Encontro de Animação Goiana

Tarde

14h – Mostra Africana: Festival Animage

15h – Mostra Gondwana

15h30 – Intercâmbios Intercontinentais entre Animação Africana, Afro-diaspórica e Originária

16h30 – Mostra Panorama de Animação Goiana

Noite

→ Lanterna Educa

18h – Pitching de encerramento do Hospital de Projetos Animados

18h30 Mostra Longa Convidado, com o filme “Placa mãe”

21h – Premiação das Mostras competitivas do Festival e do Hospital de Projetos Animados

24/03/24 (Domingo)

Manhã

→ Lanterna Educa

Oficina de animação para professores com Isa Veiga

→ Lanterna Film Market

10h  – Cinema e Educação

Tarde

14h – Sessão Infantil aberta ao público

15h – Encerramento do festival com apresentação musical de Renan Inquérito – Parada Poética

 

Xamã e Gloria Groove são atrações confirmadas em festival inédito que acontece em Goiânia

O cantor de hits como Leão (em parceria com Marília Mendonça), Malvadão e outros sucessos, Xamã se apresentará no Sense Festival, no dia 15 de junho, em Goiânia.

O artista, que atualmente também está no ar na novela Renascer (TV Globo) foi a primeira atração revelada pelo festival que promete boas vibrações e um mergulho em um universo de sensações por meio diversidade musical e cultural. “Dublê de Marido” é a atual música de trabalho do artista. O single estreou no TOP 200 do Spotify Brasil. Com produção de Pedro Lotto, o single mescla o rap ritmado com a sensualidade do funk, trazendo elementos do trap e uma pitada de R&B.

Outra grande atração confirmada é a cantora Gloria Groove. A multiartista recentemente lançou a canção ‘Bruxaria 3000’, que já soma mais de 1,4 milhões de views no Youtube e 1,5 milhões de streams no Spotify, maior plataforma de áudio do mundo. Além do sucesso da canção que abriu o projeto, o álbum – que conta com 13 faixas inéditas e diversas participações especiais, como Anitta, Valesca Popozuda, Ludmilla, Thiago Pantaleão, entre outros – já caiu no gosto do público e se tornou um dos queridinhos dos fãs.

 

Sobre o festival

Inédito, o Sense Festival será realizado no Centro Cultural Oscar Niemeyer, palco de grandes shows na capital goiana. As vendas serão iniciadas em breve. As informações serão atualizadas por meio da página no Instagram, @festivalsense .

 

 

Confira as atrações confirmadas no 28º Goiânia Noise Festival

A Monstro Discos anunciou as principais atrações do 28º Goiânia Noise Festival, que será realizado entre os dias 12 e 14 de abril, no Centro Cultural Oscar Niemeyer.

Entre as atrações divulgadas estão nomes de peso da música brasileira como os pernambucanos da Nação Zumbi (que este ano celebra 30 anos do clássico disco Da Lama ao Caos) e do Devotos, os goianos do Boogarins, as bandas indie Terno Rei, Francisco El Hombre e Rancore, a cantora Letrux e os grupos de heavy metal Krisiun e Nervosa.

Rancore é uma banda brasileira de rock, formada em 2001 na cidade de São Paulo. A banda tem influências de punk rock, hardcore punk e outros gêneros, e uma das atrações no festival

 

Programação

A edição deste ano contará com mais de 40 shows divididos em dois palcos, além da volta do Estúdio Noise, uma espécie de terceiro palco onde artistas tocam e gravam ao vivo. A primeira noite, na sexta-feira, dia 12 de abril, contará com apresentações das bandas Nação Zumbi, Francisco El Hombre, Devotos e Krisiun. Já no sábado, dia 13, será a vez do Terno Rei, Letrux e Nervosa. Para encerrar, dia 14 de abril, subirão aos palcos os grupos Boogarins e Rancore.

“Ainda iremos anunciar outros artistas e novidades, mas esses são, basicamente, os headliners de cada noite”, explica Leo Bigode, criador e produtor do festival. “O line up é bem diversificado, com bandas de vários estilos, linguagens e gerações e tudo misturado, como sempre fizemos”.

De volta ao Oscar Niemeyer, o Goiânia Noise contará com uma tradicional estrutura de shows intercalados em dois palcos montados no Palácio da Música e na Esplanada. A área externa receberá também bares, praça de alimentação, uma feira de artigos pop e o Estúdio Noise.

Ingressos

Os ingressos estarão à venda já na próxima semana através do site Bilheteria Digital e haverá descontos para quem doar 1 litro de leite, a exemplo do que aconteceu na edição do ano passado. Todo o leite arrecadado será encaminhado para a Organização das Voluntárias de Goiás (OVG). Mais informações podem ser obtidas nas redes oficiais do festival.

Goiânia Noise Festival 2024 já tem data para acontecer

O Goiânia Noise Festival, em sua 28ª edição, vai retornar em 2024 nos palcos do Centro Cultural Oscar Niemeyer. O evento está marcado para os dias 12 a 14 de abril, consolidando sua presença nesta locação, que já sediou sete edições anteriores do festival desde 2006.

A primeira incursão no Oscar Niemeyer ocorreu em 2006, ano inaugural do centro cultural, com apresentações de bandas como Los Hermanos, Matanza, Nação Zumbi, Patrulha do Espaço, Ratos de Porão, BNegão e os Seletores de Frequencia, dentre outros.

Em 2012, o festival retornou ao CCON, trazendo shows de diversos artistas. A edição de 2016 apresentou três palcos na esplanada do CCON, contando com performances de Sepultura, Black Alien, CPM 22, Nação Zumbi, BNegão, além de eventos paralelos como campeonato de skate e disputa de rimas.

Em 2022, o Noise voltou ao Oscar Niemeyer com dois palcos dentro do Palácio da Música, oferecendo ao público a diversidade musical de Ratos de Porão, Terno Rei, Carne Doce, Casa das Máquinas, Black Pantera, Far From Alaska e Assucena, entre outros.

28 anos de tradição

Para a edição de 2024, mais de 30 bandas já confirmaram presença. O festival ocupará o Centro Cultural Oscar Niemeyer com dois palcos, um localizado dentro do Palácio da Música e o outro montado na Esplanada, coberto para garantir uma experiência excepcional aos espectadores.

Leonardo Razuk, produtor e idealizador do festival, disse em entrevista para o Mais Goiás, que a tradição e essência do Goiânia Noise Festival continuam vivas. A edição de 28 anos também marca o retorno do “Estúdio Noise”, gravando ao vivo bandas selecionadas durante o evento, cujo material será posteriormente lançado como um álbum digital disponível no Spotify.

A programação completa e informações sobre a venda de ingressos serão divulgadas em breve, com previsão de disponibilidade para compra já em fevereiro.

 

Últimos dias para aproveitar a programação do Natal do Bem em Goiânia

A programação do Natal do Bem em Goiânia termina neste sábado (06/1). Considerado o maior do gênero no Brasil com viés social, o evento terá no total 52 dias de duração, com 22 dias a mais nesta edição após a grande demanda do ano anterior.

Realizado no Centro Cultural Oscar Niemeyer, o Natal do Bem funciona até sexta-feira, das 18h às 23h. No sábado, das 16h às 23h.

O espaço tem mais de 30 mil metros quadrados, 2 milhões de pontos de luz e uma árvore de Natal de 40 metros de altura, além de Vila de Brinquedos, Vila dos Doces, Vila do Papai Noel, Carrossel, Vila Gelada e muito mais.

A Vila Gastronômica conta com 20 quiosques de alimentação, com as mais diversas opções, sendo que cada um oferece em seu cardápio um prato social ao preço de R$ 10.

O ambiente recebeu um conjunto de elementos visuais, auditivos e táteis para transformar as atrações em opções inclusivas de lazer. Todos os espaços de visitação são acessíveis a pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

Como acontece desde 2021, são disponibilizadas duas linhas de ônibus exclusivas (990 e 991) saindo dos terminais Praça da Bíblia e Isidória, em direção ao CCON, definidas em parceria com a RedeMob. O preço da passagem é a tarifa convencional. O estacionamento é gratuito e tem capacidade para 7 mil veículos.

Oficina de caligrafia do Papai Noel no Natal do Bem 

Nesta edição, o Natal do Bem conta com um espaço especial da Saneago, com o tema “Oficina de Caligrafia do Papai Noel”. A casinha da companhia na Vila do Papai Noel disponibiliza calígrafos que estão à disposição da população para escrever mensagens de fim de ano em cartões.

Além disso, há um local instagramável para fotos, com temática de lambe-lambe e impressão na hora. Assim como nas demais atrações do evento, a entrada é gratuita.

 

Veja também:

 

Confirmado! The Calling faz show em Goiânia em 2024

A banda de pop rock americana e grande sucesso nos anos 2000, The Calling, está prestes a realizar sua primeira apresentação em Goiânia, marcada para a noite de sexta-feira, dia 3 de maio, às 20h abertura, no Palácio da Música, localizado no Centro Cultural Oscar Niemeyer. A turnê, intitulada “Camino Palmero – 20th Anniversary Tour”, celebra duas décadas do álbum de estreia que os catapultou para o estrelato.

O espetáculo contará ainda com uma performance de abertura do talentoso Liberati, guitarrista do grupo, que encantará o público com um set acústico de voz e violão. Os ingressos, já à venda no site alphatickets.com.br, variam de R$ 80 (frontstage) a R$ 90 (camarote), com opções de meia entrada disponíveis (solidária e conforme previsto por lei), mas vale ressaltar que a disponibilidade é limitada.

Sobre “The Calling”

A trajetória do The Calling teve início em 1995, no Vale de San Fernando, Califórnia, quando Aaron Kamin e Alex Band se conheceram. O vínculo inicial foi estabelecido durante o namoro de Aaron com a irmã mais velha de Alex. Após o término do relacionamento, a amizade persistiu, e a ambição de formar uma banda ganhou forma.

Inicialmente como “Generation Gap”, a banda enfrentou desafios devido à diferença de idade e interesses entre os membros, levando à breve existência da formação. Contudo, a determinação de Aaron e Alex perdurou, resultando na criação da banda “Next Door”. Após persistência e envio de demos para um diretor da RCA, assinaram um contrato que levou à formação do The Calling.

Em 2000, o grupo alcançou destaque ao apresentar a emocionante “Wherever You Will Go” no filme “Show Bar”. O álbum de estreia, “Camino Palmero”, lançado após cinco anos de preparação, incluiu sucessos como “Wherever You Will Go”, “Adrienne” e “Could It Be Any Harder”. Ao longo dos anos, a banda acumulou prêmios, incluindo Artista Revelação no EMA e Melhor Banda da rádio NJR. A turnê de 20 anos celebra o sucesso duradouro deste álbum marcante na história do The Calling.

 

Goiânia recebe show de Leo chaves com entrada gratuita

No próximo domingo, dia 10, às 20h, o renomado cantor Leo Chaves promete encantar os espectadores com sua apresentação no Palácio da Música, localizado  no Centro Cultural Oscar Niemeyer (CCON), que abriga o segundo maior Natal do Brasil, conhecido como o Natal do Bem da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG). A atmosfera mágica do evento, que já se tornou uma tradição esperada por milhares de pessoas, ganhará um toque especial com a presença do artista. A entrada é gratuita.

Palco de Emoções e Solidariedade

Palácio da Música recebe show de Leo Chaves com entrada gratuita/Foto: Divulgação

O Palácio da Música, em pleno Oscar Niemeyer, se transformará em um palco de emoções e solidariedade durante o aguardado show de Leo Chaves. O evento faz parte das celebrações do Natal do Bem, que tem como propósito não apenas proporcionar entretenimento de qualidade, mas também promover a solidariedade e arrecadar recursos para iniciativas beneficentes, tornando a experiência musical ainda mais significativa.

Leo Chaves: Um Espetáculo à Parte

Cantor Leo Chaves em Goiânia

Leo Chaves,  em sua carreira solo, o cantor e compositor ficou conhecido durante os embalos sertanejos, “Tem que ser você”, Fada Borboletas, estrela cadente dentre outros. Conhecido por sua voz envolvente e performances carismáticas. O público goiano pode esperar um espetáculo à parte, repleto de sucessos que marcaram sua trajetória musical e novidades que prometem surpreender. 

Tradição e Encanto: O Natal do Bem

Decoração de Natal no Centro cultural Oscar Niemeyer (CCON)/Foto por Aline Cabral

O Natal do Bem faz parte das ações do Goiás Social e conta com entrada e estacionamento totalmente gratuitos.A festa surpreende com personagens que interagem de forma lúdica e divertida. Teatro, música, canto, dança e corais integram a extensa programação cultural desta edição. O elenco é composto por 95% de artistas locais, que levam cultura, arte e diversão para todos os espaços do complexo natalino.

O projeto deste ano foi ampliado e conta com 30,2 mil m 2, 2 milhões de pontos de luz e uma árvore de 40 metros de altura. Serão 3,5 mil vagas de estacionamento disponíveis aos visitantes, além de duas linhas de ônibus exclusivas saindo dos terminais Praça da Bíblia e Isidória em direção ao CCON. Este ano, a Vila Gastronômica contará com 20 quiosques, com as mais diversas opções de alimentação.

Todos os espaços e ambientes do complexo recebem um conjunto de elementos visuais, auditivos e táteis, além de rampas de acesso para transformar as atrações em opções acessíveis a todos os públicos. 

>Veja também<