20 filmes indicados ao Oscar 2024 que estão disponíveis no streaming

Saiba onde encontrar e maratone os indicados antes da grande noite da premiação cinematográfica.

Mariane Faz
Por Mariane Faz
20 filmes indicados ao Oscar 2024 que estão disponíveis no streaming
Foto: divulgação

A contagem regressiva para a cerimônia do Oscar 2024 está acelerando, e se você está em busca dos principais indicados para montar sua maratona, temos uma boa notícia: muitos deles já estão disponíveis nos serviços de streaming brasileiros.

Neste guia, apresentamos uma seleção de 20 filmes que concorrem em diversas categorias, desde Melhor Filme até prêmios técnicos. Das cinebiografias envolventes aos dramas impactantes, há opções para todos os gostos.

Portanto, se prepara aí para mergulhar nas produções que cativaram a crítica e o público antes da revelação dos vencedores no próximo domingo, dia 10 de março.

 

Colocamos o trailer de cada produção para você escolher melhor!

 

Confira 20 filmes indicados ao Oscar 2024 que estão disponíveis no streaming

 

Ficção Americana (Prime Video)

Indicado a cinco troféus, incluindo Melhor Filme, Melhor Ator e Melhor Ator Coadjuvante, esta comédia dramática conta a história de Monk, um autor negro que desafia estereótipos com um livro provocativo.

 

Golda: A Mulher de Uma Nação (Prime Video)

Talvez o filme mais polêmico do ano entre os indicados, ao ponto de conseguir apenas uma indicação em Maquiagem e Penteados.

Outra cinebiografia, o drama estrelado por Helen Mirren acompanha a atuação de Golda Meir, primeira mulher a governar Israel, em meio à Guerra do Yom Kippur.

 

Barbie (HBO Max)

Estrelado por Margot Robbie e dirigido por Greta Gerwig, “Barbie” aborda de forma surpreendente a histórica boneca da Mattel, explorando temas sobre feminismo e igualdade de gênero.

Conquistou seis indicações ao Oscar, incluindo Melhor Filme, Melhor Ator Coadjuvante e Melhor Atriz Coadjuvante.

 

Homem-Aranha: Através do Aranhaverso (HBO Max)

A aguardada sequência de Homem-Aranha no Aranhaverso continua a saga de Miles Morales e Gwen Stacy.

Esta animação adolescente de super-heróis mantém um estilo incrível e espera reproduzir o feito do seu antecessor que venceu na categoria de Melhor Animação.

 

Resistência (Star+)

Este filme original dirigido por Gareth Edwards é uma ficção-científica visualmente impressionante e interessante que reconta a já conhecida história sobre um conflito entre humanos e as máquinas.

Disputa nas categorias de Melhor Som e Melhores Efeitos Visuais.

 

Flamin’ Hot (Star+)

Esta comédia dramática dirigida por Eva Longoria acompanha a história real de Richard Montañez, um zelador que transformou sua vida por meio da criação inesperada do sabor flamin’ hot, dos salgadinhos Cheetos. Indicado na categoria de Melhor Canção.

 

Elementos (Disney+)

A nova animação da Pixar aborda a versão antropomorfizada dos elementos naturais, dividindo mais do que alguns pontos de contato com “Divertidamente”.

O filme infantil traz a mensagem fundamental sobre aceitar as diferenças e aprender uns com os outros. Disputa na categoria de Melhor Animação.

 

Guardiões de Galáxia Vol. 3 (Disney+)

A despedida de James Gunn do Universo Cinematográfico Marvel causou impacto com “Guardiões da Galáxia Volume 3”.

A última aventura de Rocket Racoon e Peter Quill disputa na categoria de Melhores Efeitos Visuais.

 

Indiana Jones e a Relíquia do Destino (Disney+)

O quinto filme de Indiana Jones pode não ter agradado a todos, mas algo nele permanece universal: o poder da trilha sonora do veterano John Williams.

Disputa na categoria de Melhor Trilha Sonora Original.

 

Assassinos da Lua das Flores (Apple TV)

O mais recente filme de Martin Scorsese é indicado a nove troféus na premiação deste ano, incluindo Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Atriz e Melhor Ator Coadjuvante.

A trama conta a história real de como homens brancos enganaram, envenenaram e mataram dezenas de indígenas da etnia Osage nos EUA nos anos 1920 com o objetivo de tomar suas terras com petróleo.

 

Napoleão (Apple TV)

Chegando no canal no dia 1º de março, o controverso novo filme de Ridley Scott tem pouco compromisso com fatos históricos em favor do espetáculo.

Apesar da polêmica, o filme sobre o famoso imperador francês conseguiu três indicações: Melhor Design de Produção, Melhores Efeitos Visuais e Melhor Figurino.

 

Maestro – Vidas em Harmonia (Netflix)

“Maestro”, dirigido e protagonizado por Bradley Cooper, oferece uma perspectiva íntima sobre a vida do maestro Leonard Bernstein.

Com sete indicações ao Oscar, incluindo Melhor Filme e Melhor Ator, o filme promete uma experiência única.

 

A Sociedade da Neve (Netflix)

Maior vencedor do Prêmio Goya, “A Sociedade da Neve” reconta a história real dos estudantes uruguaios que enfrentaram o inimaginável nos Andes.

Indicado a Melhor Filme Internacional, destaca-se por sua abordagem humanizada e realista.

 

Nimona (Netflix)

Uma animação originalmente da Disney, “Nimona” ressurge na Netflix como uma obra LGBT+ indicada ao Oscar de Melhor Animação.

Explore a jornada da personagem titular, Nimona, em uma narrativa que desafia convenções.

 

O Conde (Netflix)

Usando o realismo fantástico, “O Conde” oferece uma crítica ácida ao legado sombrio da ditadura Pinochet no Chile, representando o ditador como um vampiro.

Uma visão única e provocativa indicada na categoria de Melhor Fotografia.

 

A Incrível História de Henry Sugar (Netflix)

Parte de uma série de curtas de Wes Anderson, este filme adapta de forma literal e metalinguística contos de Roald Dahl.

“A Incrível História de Henry Sugar” compete na categoria de Melhor Curta-Metragem.

 

Nyad (Prime Video)

“Nyad” narra a emocionante história real de uma ex-nadadora de 60 anos, desafiando limites ao atravessar 177 quilômetros entre Cuba e a Flórida.

Indicado nas categorias de Melhor Atriz Coadjuvante e Melhor Atriz.

 

E Depois? (Netflix)

Este curta situado em Londres explora os desafios do luto e a jornada para superar uma perda devastadora.

Uma reflexão intensa competindo na categoria de Melhor Curta-Metragem.

 

Rustin (Netflix)

A vida de Bayard Rustin, homem negro, gay e pacifista, é tema de “Rustin”, um drama que se destaca pela abordagem política e pessoal.

Colman Domingo, intérprete de Rustin, é indicado a Melhor Ator.

 

Jon Batiste American Symphony (Netflix)

O documentário destaca Jon Batiste, músico premiado, revelando o processo criativo por trás de “American Symphony”.

Indicado em Melhor Canção Original, oferece uma visão única da mente criativa de Batiste.

 

E aí gostou?

Enquanto nos despedimos desta jornada cinematográfica extraordinária, é evidente que o poder das narrativas visuais nos cativam e inspiram.

 

Leia Também

FGTS Digital: entenda tudo sobre a nova plataforma

Dia da Mulher: saiba tudo sobre a data e se é feriado

Lugares paradisíacos pertinho de Goiás que você precisa conhecer

Goiânia recebe espetáculo de dança “Pressa” com entrada gratuita

Saiba a data do eclipse solar total em 2024

 

O Oscar 2024, com sua seleção diversificada, celebra a excelência técnica e também a capacidade do cinema de provocar emoções, questionamentos e debates. Os filmes, agora disponíveis nas principais plataformas de streaming, tornam-se tesouros acessíveis, convidando-nos a revisitá-los e compartilhá-los com outros apaixonados por cinema.

Que essas obras-primas sirvam como testemunhas do talento e da criatividade presentes na indústria cinematográfica global. O cenário do entretenimento continua a evoluir, mas a magia do cinema permanece intocável.

Ao nos despedirmos da temporada de premiações, levamos conosco não apenas os vencedores, mas também as histórias que nos emocionaram, desafiaram e encantaram.

O cinema, afinal, é uma jornada infinita, e cada filme é um convite para explorar novos horizontes, estimulando nossa imaginação e conexão com a sétima arte. Que venham mais histórias cativantes e emocionantes, continuando a iluminar a tela e os corações de espectadores ao redor do mundo.

 

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? Basta clicar aqui e entrar no canal do WhatsApp do Curta Mais.