‘Suiça da América do Sul’ conquista turistas brasileiros

Conhecida como a “Suíça da América do Sul”, Bariloche, na Argentina, é um cenário paradisíaco que cativa turistas brasileiros em busca de paisagens deslumbrantes, montanhas majestosas e uma variedade de atividades ao ar livre.

Localizada na província de Río Negro, a cidade se destaca pela imponente Cordilheira dos Andes, proporcionando vistas espetaculares durante todas as estações do ano.

'Suiça da América do Sul' conquista turistas brasileiros

Foto: Melhores Destinos

No inverno, Bariloche se transforma em um paraíso para os entusiastas de esportes de neve, oferecendo oportunidades emocionantes para esquiar, praticar snowboard, caminhar com raquetes de neve e explorar de snowmobile.

Antes de embarcar nessa aventura, confira informações essenciais para aproveitar ao máximo sua experiência em Bariloche.

 

Tudo que você precisa saber antes de ir para a “Suíça da América do Sul”?

 

Ao planejar sua viagem para Bariloche, é crucial conhecer alguns detalhes que tornarão sua estadia ainda mais enriquecedora. Descubra informações essenciais para garantir uma experiência sem contratempos.

 

Qual Mês Começa a Nevar em Bariloche?

Localizada na região da Patagônia, Bariloche experimenta neve principalmente durante o inverno, geralmente a partir do final de junho até meados de setembro.

Durante esse período, as estações de esqui, como o renomado Cerro Catedral, oferecem pistas variadas e infraestrutura moderna para esquiadores de todos os níveis.

 

Temporada de Neve em Bariloche

Durante a temporada de neve, as montanhas ao redor de Bariloche se transformam em um espetáculo de brancura, atraindo turistas locais e internacionais em busca de aventuras de inverno.

'Suiça da América do Sul' conquista turistas brasileiros

Foto: Melhores Destinos

Recomenda-se fazer reservas antecipadas para hospedagem, aluguel de equipamentos e aulas de esqui, especialmente durante os períodos de maior demanda.

 

Condições Climáticas Favoráveis para a Neve

Bariloche apresenta invernos rigorosos, com temperaturas frequentemente abaixo de zero. Essas condições favorecem a formação e acumulação de neve, criando o ambiente ideal para atividades no gelo branco.

A geografia montanhosa e os ventos da Patagônia desempenham papéis cruciais na formação de neve na região.

 

Atividades de Inverno em Bariloche

Além do esqui e snowboard no Cerro Catedral, Bariloche oferece emocionantes atividades na neve. Desde passeios de snowmobile até caminhadas com raquetes de neve, há opções para todos os gostos.

A cidade recomenda que os visitantes se vistam adequadamente, utilizando roupas impermeáveis e realizando reservas antecipadas para garantir uma experiência inesquecível.

 

Preparativos para Aproveitar a Neve em Bariloche

Viajar para Bariloche durante a temporada de neve exige preparativos adequados. As temperaturas extremamente baixas exigem vestimentas específicas, como calças impermeáveis, luvas e botas adequadas.

'Suiça da América do Sul' conquista turistas brasileiros

Foto: Melhores Destinos

Para quem deseja esquiar ou praticar snowboard, um checklist do equipamento é essencial.

Reservar antecipadamente hospedagem, aluguel de equipamentos e aulas de esqui, juntamente com um seguro de viagem para atividades na neve, garantirá uma estadia segura e memorável.

 

Dicas para Visitar Bariloche Fora da Temporada de Neve

Bariloche encanta durante todo o ano, oferecendo atividades além das estações de esqui. Passeios de barco pelos lagos, caminhadas na neve, visitas a termas, e apreciação de vistas panorâmicas no Cerro Campanário ou Cerro Otto são algumas opções.

O Parque Nacional Nahuel Huapi, a Rota dos Sete Lagos e o Circuito Chico proporcionam experiências únicas em meio à natureza exuberante.

 

Quando Abrem as Estações de Esqui em Bariloche?

As estações de esqui em Bariloche geralmente abrem a partir de meados de junho, variando conforme as condições climáticas.

É importante ficar atento às datas de abertura e às condições das pistas ao planejar a visita.

 

Paisagens e Lugares para Desfrutar da Neve em Bariloche

Cerro Catedral, Cerro Otto, Parque Nacional Nahuel Huapi e Mirador Bahía López são locais imperdíveis para apreciar a neve e capturar fotos espetaculares.

'Suiça da América do Sul' conquista turistas brasileiros

Foto: Melhores Destinos

O Centro Cívico de Bariloche oferece um mergulho na história e cultura local.

 

Gastronomia e Bebidas Típicas de Inverno em Bariloche

A gastronomia de Bariloche no inverno é uma celebração de sabores reconfortantes. Carnes, peixes, massas e pizzas destacam-se, enquanto o fondue de queijo é uma escolha clássica para aquecer os visitantes em meio às baixas temperaturas.

'Suiça da América do Sul' conquista turistas brasileiros

Chocolates em Bariloche. Foto: Melhores Destinos

A região oferece uma experiência culinária rica e variada, refletindo a diversidade de sua cultura.

 

Leia Também

Marcelo Albuquerque, fundador do guia Curta Mais, recebe Título de Cidadão Goiano

Correios abrem inscrições para Concurso Internacional de Cartas com prêmio de R$ 10 mil

Países na Europa super econômicos para fugir do tradicional

Conheça a cidade que é um pedacinho da Itália em Goiás

Chapada Week: tudo sobre o evento que oferece descontos imperdíveis na Chapada dos Veadeiros

Quina: prêmio acumula em mais de R$ 18 milhões

 

Descubra Bariloche em todas as suas facetas, seja na emocionante temporada de neve ou nos encantos que a cidade reserva durante o ano inteiro.

Planeje sua viagem e entregue-se à magia deste destino argentino que conquista corações brasileiros.

Conheça os 3 países mais baratos para brasileiros e que valem a visita em 2024

O ano de 2024 chegou com tudo! E promete muitas oportunidades para os amantes de viagens, especialmente para aqueles que buscam destinos internacionais, sem comprometer o orçamento. Entãos, nós fomos atrás e descobrimos os 3 países mais baratos para brasileiros e que valem a visita!

Os três países proporcionam aventuras inesquecíveis e são gentis com o bolso dos brasileiros.

 

Conheça os encantos acessíveis da Argentina, Colômbia e Chile!

 

Que tal explorar novas culturas este ano? Topa?

 

Conheça os 3 países mais baratos para brasileiros e que valem a visita em 2024

 

Argentina: tango, gastronomia e paisagens deslumbrantes

Conheça os 3 países mais baratos para brasileiros e que valem a visita em 2024

Foto: Visit Argentina

A Argentina, terra do tango e dos pampas, figura como um dos destinos mais acessíveis para brasileiros em 2024.

Com a desvalorização do peso argentino em relação ao real, viajar para esse país tornou-se uma opção ainda mais atraente. Buenos Aires, a capital, cativa com sua arquitetura europeia, ruas vibrantes e uma cena gastronômica única.

As regiões vinícolas de Mendoza oferecem paisagens deslumbrantes, enquanto a Patagônia surpreende com seus glaciares imponentes.

Com uma ampla variedade de atrações, a Argentina é um convite ao encontro de experiências ricas sem comprometer o orçamento do viajante.

 

Colômbia: diversidade cultural e natureza exuberante

Conheça os 3 países mais baratos para brasileiros e que valem a visita em 2024

Foto: Hoteis.com

A Colômbia, país que tem conquistado cada vez mais espaço no coração dos turistas, é outra escolha sensata para quem busca destinos econômicos em 2024.

Com a recente estabilização econômica, a Colômbia oferece uma gama de opções para explorar, desde as praias caribenhas de San Andrés até as ruas históricas de Cartagena. A diversidade cultural é evidente nas cidades, refletindo-se na música, dança e culinária.

A cidade de Medellín, por exemplo, conhecida como a Cidade da Eterna Primavera, apresenta uma atmosfera agradável e inúmeras atrações a preços acessíveis.

Além disso, Cartagena e San Andres são um paraíso para os amantes da natureza, com paisagens que variam de praias paradisíacas a selvas exuberantes. Imperdível para 2024, não acha?.

 

Chile: do Deserto do Atacama à Patagônia Chilena

Foto: Nós no Chile

O Chile, com sua geografia diversificada que abrange o deserto mais árido do mundo, o Deserto do Atacama, até as majestosas paisagens da Patagônia Chilena, surge como outro destino extraordinário e acessível.

Santiago, a capital, oferece uma mistura de modernidade e tradição, enquanto o Valle Nevado atrai os amantes de esportes de inverno. A rota dos vinhos no Vale Central proporciona experiências enológicas inesquecíveis.

O Chile também se destaca pela segurança e facilidade de locomoção, tornando-o uma escolha prática e atraente para os turistas brasileiros.

Com uma moeda estável, o peso chileno, e uma variedade de atrações a custos acessíveis, o Chile figura como um destino que realmente vale a pena explorar em 2024.

O país é composto por muita cultura e singularidades, e essas características o tornam um destino extremamente atrativo e interessante.

Descubra as principais curiosidades chilenas:

  • O Chile é o maior produtor de cobre do mundo;
  • A cidade mais ao sul da Terra, Puerto Williams, é chilena;
  • O Chile é o melhor lugar do mundo para realizar observações astronômicas;
  • O edifício mais alto da América Latina, Costanera Center Torre, fica no Chile;
  • O Chile é o país que possui mais vulcões no mundo (mais de 500);
  • As múmias mais antigas do mundo estão no Chile;
  • O Chile é o país mais longo e fino/estreito do mundo;
  • O maior terremoto já registrado no mundo ocorreu no Chile;
  • Os vinhos chilenos são reconhecidos mundialmente;
  • Não é permitido beber bebidas alcoólicas nas ruas chilenas;
  • O Deserto do Atacama, localizado no território chileno, é o deserto mais seco do mundo.

 

A Argentina, Colômbia e Chile emergem como destinos acessíveis para os brasileiros em 2024, oferecendo não apenas riquezas culturais e naturais, mas também uma experiência enriquecedora que se alinha a orçamentos conscientes.

Ao optar por destinos que proporcionam uma excelente relação custo-benefício, os viajantes têm a oportunidade de explorar o melhor que esses países têm a oferecer sem comprometer suas finanças.

Embarque nessa jornada emocionante, descubra novas culturas, sabores e paisagens, e faça de 2024 o ano em que suas viagens se tornarão inesquecíveis, sem esvaziar sua carteira.

Confira o ranking do Google dos 10 destinos turísticos mais buscados pelos brasileiros em 2023

O Google apresentou insights valiosos sobre as preferências de viagem dos brasileiros ao longo de 2023. A análise abrangente, conduzida em parceria com o portal G1, considerou o período de janeiro até o início de dezembro, revelando que Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Seguro conquistaram as três primeiras posições no ranking.

A pesquisa revelou uma distribuição geográfica diversificada entre os destinos mais buscados, com cinco cidades nordestinas, duas do Sudeste, duas do Sul do Brasil e uma internacional, situada nos Estados Unidos.

Destaque especial para Gramado, no Rio Grande do Sul, que conquistou a quinta posição no ranking.

 

Ranking dos 10 destinos mais buscados em 2023, segundo o Google:

 

Rio de Janeiro (RJ)

Confira o ranking dos 10 destinos turísticos mais buscados pelos brasileiros em 2023

Foto: Melhores Destinos

O Rio de Janeiro, conhecido como a “Cidade Maravilhosa”, é um ícone do turismo brasileiro. Abrigando a famosa Praia de Copacabana e o icônico Cristo Redentor no Morro do Corcovado, o Rio oferece uma mistura única de praias deslumbrantes, vida noturna animada e uma rica herança cultural.

Com eventos como o Carnaval e o Reveillon de Copacabana, a cidade atrai visitantes de todo o mundo em busca de experiências inesquecíveis.

 

São Paulo (SP)

Confira o ranking dos 10 destinos turísticos mais buscados pelos brasileiros em 2023

Foto: Melhores Destinos

Como a maior cidade do Brasil, São Paulo é um centro cultural e econômico vibrante. Conhecida por sua diversidade gastronômica, vida noturna agitada e eventos culturais, São Paulo oferece uma experiência urbana única.

Museus renomados, como o MASP, e bairros como Vila Madalena contribuem para a atmosfera cosmopolita dessa metrópole, que atrai tanto negócios quanto turismo de lazer.

 

Porto Seguro (BA)

Confira o ranking dos 10 destinos turísticos mais buscados pelos brasileiros em 2023

Foto: Conexão123

Porto Seguro, na Bahia, combina história e beleza natural de maneira encantadora. Marcado pelo descobrimento do Brasil em 1500, o município preserva o Centro Histórico, repleto de casarões coloniais.

Além disso, suas praias paradisíacas, como Trancoso e Arraial d’Ajuda, atraem turistas em busca de sol, mar e cultura. O axé e as festas populares são elementos vibrantes da vida noturna local.

 

Orlando (EUA)

Confira o ranking dos 10 destinos turísticos mais buscados pelos brasileiros em 2023

Foto: divulgação

Orlando, na Flórida, é sinônimo de magia e entretenimento. Lar dos parques temáticos da Disney e da Universal, a cidade atrai famílias e amantes de parques de diversões de todo o mundo.

Além dos parques, Orlando oferece uma variedade de opções de compras, restaurantes e eventos culturais. Um destino completo para quem busca diversão e experiências memoráveis.

 

Gramado (RS)

Confira o ranking dos 10 destinos turísticos mais buscados pelos brasileiros em 2023

Foto: Melhores Destinos

Gramado, no Rio Grande do Sul, encanta com sua arquitetura europeia e clima ameno. Conhecida por festivais como o Natal Luz, a cidade proporciona uma atmosfera romântica e acolhedora.

Além dos eventos, os visitantes podem explorar a Rua Coberta, o Lago Negro e degustar as delícias da culinária local. Gramado é um destino ideal para casais e famílias em busca de tranquilidade.

 

Fortaleza (CE)

Confira o ranking dos 10 destinos turísticos mais buscados pelos brasileiros em 2023

Foto: Viaje na Viagem

Fortaleza, no Ceará, é um paraíso tropical conhecido por suas praias de águas cristalinas e clima quente. A Praia de Iracema e a Praia do Futuro são destinos populares para os amantes do sol e do mar.

Além das belezas naturais, Fortaleza oferece uma rica cena cultural, com artesanato, música e dança, representando a vibrante cultura nordestina.

 

Salvador (BA)

Confira o ranking dos 10 destinos turísticos mais buscados pelos brasileiros em 2023

Foto: KAYAK

Salvador, na Bahia, é um tesouro histórico e cultural do Brasil. Com sua arquitetura colonial, o Pelourinho é Patrimônio da Humanidade.

A cidade preserva a herança afro-brasileira em sua culinária, música e festas como o Carnaval, sendo um destino essencial para quem busca imersão na rica história e cultura brasileira.

 

Curitiba (PR)

Confira o ranking dos 10 destinos turísticos mais buscados pelos brasileiros em 2023

Foto: HCC Hotels

Curitiba, no Paraná, destaca-se por sua abordagem inovadora e sustentável. Com seus parques bem cuidados, como o Jardim Botânico, e uma infraestrutura urbana eficiente, a cidade proporciona uma experiência única.

Museus, como o Museu Oscar Niemeyer, e a gastronomia diversificada contribuem para a atmosfera cultural e cosmopolita de Curitiba.

 

 

Ipojuca (PE)

Confira o ranking dos 10 destinos turísticos mais buscados pelos brasileiros em 2023

Foto: Guia do Turismo Brasil

Ipojuca, em Pernambuco, é um verdadeiro paraíso tropical. Conhecida pela famosa Praia de Porto de Galinhas, eleita diversas vezes como uma das melhores praias do mundo, a cidade atrai visitantes com suas águas cristalinas, piscinas naturais e recifes de corais.

Ideal para quem busca tranquilidade e contato direto com a natureza.

 

Maceió (AL)

Confira o ranking dos 10 destinos turísticos mais buscados pelos brasileiros em 2023

Foto: em algum lugar do mundo

Maceió, em Alagoas, é um destino de litoral deslumbrante e rica cultura local. Suas praias, como Pajuçara e Ponta Verde, são conhecidas pela areia fina e águas calmas.

A cidade também oferece uma experiência cultural única, com suas feiras de artesanato, culinária regional e festas tradicionais. Maceió é um convite ao relaxamento e à imersão na autenticidade nordestina.

 

A diversidade regional do Brasil reflete nas escolhas dos viajantes, destacando a riqueza turística em diferentes partes do país.

Entre as cidades mais procuradas, a efervescência cultural, as belezas naturais e a diversidade de experiências contribuíram para o interesse crescente dos usuários do Google.

 

Tópicos em evidência na busca do Google em 2023

Além dos destinos turísticos, a retrospectiva anual do Google, divulgada no início deste mês, trouxe à tona os eventos e tópicos que capturaram a atenção dos usuários ao longo do ano.

A Copa do Mundo feminina, o desaparecimento do submarino Titan e o conflito em Israel e Gaza foram alguns dos temas que registraram os maiores aumentos de interesse.

Ao analisar esses dados, percebemos que os brasileiros, além de buscarem destinos encantadores, também estiveram ávidos por informações sobre eventos globais, mostrando uma ampla gama de interesses entre os usuários.

 

 

Espírito Santo esconde um pedacinho da Toscana ainda pouco conhecido pelos brasileiros

Entre as paisagens montanhosas do Espírito Santo, esconde-se um refúgio ainda pouco conhecido, que evoca a atmosfera encantadora da Toscana: a Rota do Lagarto, localizada no município de Domingos Martins. Este destino, marcado pela imponente Pedra Azul, revela-se como um dos pontos turísticos mais cativantes do estado capixaba.

O Parque Estadual da Pedra Azul proporciona uma experiência única ao permitir que os visitantes se aproximem da majestosa Pedra Azul, da Pedra do Lagarto e da natureza exuberante que envolve a região.

Situada nas Montanhas Capixabas, esta área também abraça outros destinos encantadores, como Santa Teresa, Santa Leopoldina e Venda Nova do Imigrante.

Contudo, é na Rota do Lagarto que reside o verdadeiro encanto, com suas pousadas, cafés e restaurantes que se estendem por uma estradinha de 8 km, assemelhando-se a um cenário de cinema.

Uma experiência que remete aos charmosos ambientes de Gramado, na Serra Gaúcha e da Toscana, na Itália.

 

Desbravando a Rota do Lagarto, no Espírito Santo:

 

  1. Entrada da Rota do Lagarto e Casa do Turista

A entrada da Rota do Lagarto fica próxima à BR-262 (Km 89). Ali, encontra-se a Casa do Turista, um Centro de Atendimento ao Turista administrado pelo Montanhas Capixabas Convention & Visitors Bureau, Agrotures, Associação Turística de Pedra Azul e Secretaria de Estado do Turismo do Espírito Santo.

A Rota do Lagarto, pavimentada e acessível 24 horas, revela-se como uma jornada fascinante. A paisagem se transforma em um túnel de árvores, proporcionando uma atmosfera de bosque encantado, com astrapéias florescendo na temporada de outono e inverno.

 

  1. Pousada Pedra Azul

Ao seguir pela Rota do Lagarto, chega-se à Pousada Pedra Azul, um destino imperdível mesmo para aqueles que não estão hospedados. O restaurante da pousada, aberto a não hóspedes, oferece pratos saborosos, e o destaque vai para o Lago Negro, que, em dias calmos, reflete a deslumbrante Pedra Azul.

Explorar os jardins da Pousada, com cachoeiras, flores e hortênsias, completa uma experiência única.

Espírito Santo esconde um pedacinho da Toscana ainda pouco conhecido pelos brasileiros

Foto: divulgação/Pousada Pedra Azul

 

  1. Portal da Pedra Azul e Trilhas do Parque Estadual
Espírito Santo esconde um pedacinho da Toscana ainda pouco conhecido pelos brasileiros

Foto: Instagram @portaldapedraazul_

A próxima parada é no charmoso Portal da Pedra Azul, que abriga um café e lojas de lembranças. Junto a ele, encontra-se a entrada do PEPAZ – Parque Estadual da Pedra Azul.

O local oferece diversas opções para fotografias, incluindo uma vista deslumbrante através de um gazebo próximo.

Espírito Santo esconde um pedacinho da Toscana ainda pouco conhecido pelos brasileiros

Piscinas Naturais. Foto: divulgação/IEMA

Para explorar as trilhas do parque, é aconselhável agendar com antecedência para garantir um guia, especialmente para a Trilha das Piscinas Naturais.

 

  1. Fjorland e Restaurante Don Due
Espírito Santo esconde um pedacinho da Toscana ainda pouco conhecido pelos brasileiros

Foto: divulgação/ Instagram @dondue.es

A Fjordland, uma área destinada a cavalgadas ecológicas, também funciona como um café, proporcionando uma experiência única.

Mais adiante, o Restaurante Don Due, considerado um dos melhores na Rota do Lagarto, oferece uma vista encantadora da Pedra Azul.

 

  1. Quadrado de São Paulino: Jardins do Marietta Delicatessen e Tuia Gastronomia
Espírito Santo esconde um pedacinho da Toscana ainda pouco conhecido pelos brasileiros

Foto: Instagram @tuia_gastronomia_arte

A última parada é no Marietta Delicatessen e Tuia Gastronomia e Arte. Este local surreal e perfeito oferece um cenário digno de fotografias, com jardins coloridos e um ambiente que parece saído de um sonho. Não deixe de explorar a loja da Marietta Delicatessen e saborear os crepes e outras delícias no Tuia Gastronomia.

Espírito Santo esconde um pedacinho da Toscana ainda pouco conhecido pelos brasileiros

Foto: Instagram @marietta_delicatessen

 

Onde se hospedar na Rota do Lagarto, Espírito Santo

Uma ótima escolha de hospedagem em Domingos Martins é o Hotel Fazenda China Park.

O Hotel Fazenda China Park vai além de ser apenas um lugar para se hospedar. Sua infraestrutura de lazer engloba um parque aquático com 7 piscinas e 2 toboáguas, um centro gourmet, uma extensa área de Mata Atlântica e uma tirolesa emocionante. A opção de andar de teleférico é uma excelente maneira de apreciar a beleza da natureza local.

Mesmo para aqueles que não estão hospedados no hotel, há a possibilidade de adquirir um passe para o uso diurno e aproveitar o parque aquático, teleférico e áreas externas.

Além das atividades ao ar livre, o Hotel Fazenda China Park também oferece uma piscina coberta e aquecida, com banheiras de hidromassagem e piscinas exclusivas para crianças (apenas para hóspedes). Ideal tanto para viagens em casal quanto em família, o hotel proporciona uma variedade de opções de lazer, incluindo uma sala de cinema.

As opções de acomodação são diversas, desde suítes padrão até chalés e suítes de luxo, algumas com ofurô, perfeitas para uma viagem de lua de mel.

 

Ao explorar a Rota do Lagarto, cada parada revela um capítulo distinto desse paraíso escondido nas Montanhas Capixabas.

Uma experiência que transcende o comum, transformando cada visitante em um protagonista desse conto encantador!

7 tendências para o turismo que vão dominar 2024

À medida que nos aproximamos de 2024, os sentimentos de indiferença e distanciamento surgem como resultado da crise global, do aumento do custo de vida e das preocupações com as mudanças climáticas. Em todo o mundo, as pessoas têm se desconectado emocionalmente das notícias e dos acontecimentos nacionais e globais para fazer uma pausa necessária.

No passado, conhecer novos lugares era uma maneira de escapar da vida cotidiana. No entanto, a Booking.com mostra em sua mais recente pesquisa* que viajar será a própria vida em 2024. Inclusive, os brasileiros são a segunda nacionalidade que se sentem mais vivos do que nunca quando estão de férias (88%) – atrás apenas dos tailandeses e empatados com os chineses – e 79% deles querem que seu dia a dia em casa se aproxime mais da vida que levam nas viagens. E com a inteligência artificial pronta para trazer grandes transformações no próximo ano, os viajantes recorrem cada vez mais à tecnologia para fazer o trabalho pesado e encontram mais tempo para dar asas à imaginação e viver experiências enriquecedoras.

Para descobrir como as viagens vão tirar as pessoas do piloto automático e levá-las a experimentar o melhor da vida, a Booking.com encomendou uma pesquisa com mais de 27 mil viajantes em 33 países. Esses dados foram combinados com os insights da plataforma digital líder em viagens para revelar sete previsões de viagem para 2024.

 

1) Entusiastas do (alter) ego 

Em 2024, os viajantes se sentirão mais vivos ao criar o próprio alter ego nas férias, e os brasileiros estão entre as dez nacionalidades que mais inventarão histórias sobre sua vida real para pessoas que conhecem nas viagens (40%). Esses entusiastas do alter ego adoram a emoção de incorporar uma versão 2.0 de si mesmos e fazem de tudo para viver seu melhor personagem, com mais de três em cada cinco (62%) aproveitando o anonimato das viagens e a oportunidade de se recriar.

Alimentando a ideia de que as pessoas assumem outra identidade quando viajam para se sentirem mais vivas, o Brasil está em quarto lugar entre os entrevistados globais que mais afirmam viver sua melhor versão nas férias (82%) – atrás da Tailândia, Índia e Emirados Árabes Unidos -, quando são mais livres e abraçam novos aspectos da própria personalidade. Além disso, mais da metade (53%) dos turistas do país até alugariam um carro melhor do que aquele que dirigem em casa para assumir essa nova identidade, e sete em cada dez (68%) se sentem protagonistas em suas viagens e com poder para estrelar a própria vida.

 

2) Amantes de experiências refrescantes

O clima nunca esteve tão quente, com temperaturas recordes que causam ondas de calor em todo o mundo. As condições estão acelerando o aumento de viajantes que buscam climas mais amenos para se refrescar, com a maioria (56%) dos brasileiros relatando que as mudanças climáticas terão impacto na forma de planejar as férias em 2024, e 70% afirmando que, se a temperatura subir perto de casa, elas passarão as férias em um lugar mais fresco.

Esse efeito deve significar um crescimento de viagens que oferecem experiências aquáticas, com 41% dos brasileiros querendo passar as férias em um destino perto da água. Além disso, quase nove em cada dez (86%) viajantes do Brasil concordam que estar perto da água traz uma sensação imediata de relaxamento (estando os brasileiros em segundo lugar entre as nacionalidades que mais concordam com essa afirmação, atrás dos colombianos e empatados com os mexicanos). Essa forma de viajar para se sentir bem provavelmente vai difundir atividades como yoga flutuante, banhos sonoros na água e meditação na neve, e é esperado um aumento dos retiros de terapia de gelo, dos hotéis subaquáticos e da prática de “mermania”, em que a água deixa de ser apenas o cenário para se tornar o evento principal.

 

3) Aventureiros do acaso 

Os viajantes cada vez mais querem se render ao elemento surpresa e se aventurar em territórios inexplorados durante as férias. Com isso, mais da metade (53%) dos turistas brasileiros gostaria de reservar uma viagem surpresa onde tudo, até o destino, é desconhecido até a chegada. Cansado da “mesmice” do dia a dia e buscando experiências autênticas, o viajante aventureiro de 2024 quer escapar das férias padronizadas, com 49% dos brasileiros preferindo se aventurar em destinos alternativos e quase um terço (28%) afirmando que viajaria com pessoas desconhecidas.

Abandonando a rigidez do planejamento para vivenciar experiências ao acaso, esse perfil aventureiro abre mão do controle em prol da arte de viver o momento. Inclusive, metade (50%) dos viajantes do Brasil adoraria não ter planos definidos antes de viajar, enquanto mais de dois terços (71%) preferem viajar com planos adaptáveis para poder mudar a rota de acordo com o momento.

O setor de turismo já está respondendo rapidamente com serviços flexíveis habilitados por tecnologia, dando aos viajantes a opção de cancelar e mudar os planos. A explosão da inteligência artificial, que já contou com o lançamento do planejador de viagens com IA da Booking.com, ganhará ainda mais força em 2024: os brasileiros são a quinta nacionalidade que mais confiariam na inteligência artificial para planejar uma viagem (62%), depois dos chineses, indianos, tailandeses e vietnamitas.

 

4) Arqueólogos da culinária

Em 2024, os arqueólogos gastronômicos vão se aprofundar nas origens dos alimentos nas férias para descobrir tesouros culinários. E a pesquisa mostra que quase dois terços (58%) dos viajantes do país estão mais interessados em aprender sobre a história das iguarias de um destino do que sobre o passado do lugar.

Três em cada quatro (74%) brasileiros querem experimentar culinárias nativas, e é provável que haja um aumento nas experiências culturais típicas que levam os viajantes a lugares que contam a história por trás da comida que servem, trazendo orgulho e renda para comunidades em todo o mundo.

Os viajantes fãs de gastronomia adotarão uma abordagem experimental que alterna entre as realidades digital e física para transformar cada descoberta em uma extravagância multissensorial. Mais da metade (56%) deles quer uma experiência alimentar física e digital ao mesmo tempo, por meio de tecnologias de realidade virtual ou aumentada, como uma iluminação que altera o humor, harmonização de aromas e paisagens sonoras que potencializam a imersão na tradição culinária.

 

5) Praticantes do bem-estar 

Em meio à instabilidade global e a um mundo cada vez mais agitado, viajantes reservam férias com foco no desenvolvimento pessoal para retomar a vida que realmente querem. A nova era do turismo do sono, por exemplo, oferece concierges do sono e tecnologia de ponta para atender aos 58% dos brasileiros que querem viajar em 2024 para se concentrar no sono ininterrupto.

Para os viajantes do Brasil que já estão acostumados a dormir sozinhos, quase um terço (31%) reservaria um tempo para uma viagem que possibilite encontrar um novo amor, enquanto 38% aproveitariam as férias para superar um ex. Em contrapartida, dentre as pessoas que estão em um relacionamento, quase um quarto (22%) tem como prioridade em 2024 aprofundar a conexão com o próprio parceiro durante uma viagem. Enquanto isso, os pais cada vez mais cansados estão buscando tranquilidade em férias completamente solitárias, com a maioria (54%) planejando viajar sem filhos e parceiros.

 

6) Fãs do luxo à la carte

Incentivados pela crise do custo de vida, os viajantes em 2024 empregarão truques para poupar dinheiro e cortar custos. No entanto, eles ainda pretendem desfrutar de férias com luxos “à la carte”, experimentando como é viajar como os ricos, mesmo que apenas por um momento. Esses fãs do luxo à la carte querem parecer ricos e fugir da realidade de ter que fazer sacrifícios financeiros, mas, nos bastidores, eles buscam itinerários de viagem econômicos com a ajuda da inteligência artificial. Inclusive, sete em cada dez (70%) viajantes do Brasil vão querer insights e dicas da IA nas férias para melhorar a própria experiência com sugestões de serviços complementares e ofertas, tudo isso com apenas um toque do dedo – e os brasileiros estão entre as seis nacionalidades que mais se interessam em obter ajuda da IA no planejamento da viagem, atrás dos chineses, indianos, tailandeses, emiradenses e vietnamitas.

Além disso, mais da metade (54%)  planeja escolher destinos onde o custo de vida seja mais barato do que em sua cidade natal, enquanto outras pessoas preferem viajar para mais perto de casa, com o intuito de desfrutar de férias luxuosas por menos para reduzir os custos (42%). Muitos (62%) viajantes brasileiros estarão dispostos a pagar por passes diários para usar as comodidades de um hotel 5 estrelas, em vez de se hospedar lá, e há ainda um número considerável de pais (36%) que planeja levar as crianças para viajar fora da alta temporada e, assim, fazer o dinheiro valer mais em 2024.

 

7) Apreciadores conscientes da estética

Já se foi o tempo em que as palavras “sustentável” e “elegante” não eram necessariamente sinônimas, e quando “ecoviagem” evocava imagens de locais rústicos. Em 2024, a interseção do design e da atenção plena vão influenciar as viagens, abrindo novas portas para viajantes que querem fazer escolhas mais conscientes e responsáveis. Isso não se aplica somente a uma viagem curta, mas surge como um estilo de vida.

Atualmente, há um crescente movimento de hotéis e outros locais de hospedagem que oferecem soluções criativas e esteticamente agradáveis a desafios ambientais e sociais importantes. Esses viajantes exigentes buscarão uma arquitetura que tenha características ambientais em sua essência, sendo que mais da metade (51%) dos viajantes brasileiros preferem acomodações com elementos de inovação sustentável; três em cada cinco (62%) querem ver a sustentabilidade em ação; e quase dois terços (64%) esperam ver o exterior dentro das acomodações, com espaços verdes e plantas.

Em 2024, em troca de contribuir para os esforços de conservação, os itinerários sustentáveis darão aos viajantes acesso exclusivo aos locais que eles ajudam a preservar, da forma mais consciente e responsável. Muitas pessoas têm interesse em aplicativos de viagem sustentável, onde possam desbloquear recompensas (71%), como experiências com moradores locais em regiões pouco conhecidas (44%) ou visitando lugares remotos aos quais os turistas teriam acesso limitado (45%).

De acordo com Arjan Dijk, Vice-Presidente Sênior e Diretor de Marketing da Booking.com, “nossas previsões de viagem para 2024 refletem a ideia de que viajar não é uma maneira de escapar da vida, mas sim um catalisador para vivermos da melhor forma possível. Desde aventuras em um novo destino até experimentar uma nova cultura e todas as experiências relacionadas, quando viajamos, podemos nos tornar a nossa melhor versão. Na Booking.com, nossa missão é fazer com que vivenciar o mundo fique mais fácil para todas as pessoas e acreditamos no poder das viagens para inspirar, transformar e enriquecer vidas. Por isso, temos o compromisso de possibilitar experiências extraordinárias que toquem no coração de cada viajante em 2024 e no futuro”.

 

*A pesquisa Previsões de Viagem para 2024 foi encomendada pela Booking.com e realizada com um grupo de adultos que planeja viajar a lazer ou a negócios nos próximos 12 a 24 meses. No total, 27.730 pessoas em 33 países e territórios participaram da pesquisa. As pessoas entrevistadas responderam a uma pesquisa on-line em julho de 2023.

Brasileiros famosos que morreram em 2022

O ano de 2022 ainda não acabou, mas está marcado pela perda de diversas personalidades importantes em áreas como dramaturgia, literatura, música, política e comunicação no Brasil.

Hoje vamos relembrar os principais artistas e famosos brasileiros que nos deixaram com saudades neste ano.

Confira:

 

Elza Soares

Em 20 de janeiro, aos 91 anos, a cantora faleceu por causas naturais. 

elza

 

Ludmila Ferber

A pastora morreu no dia 27 de janeiro, depois de cravar uma luta contra um câncer desde 2018, que havia sido inicialmente diagnosticado no pulmão, e depois foram identificadas metástases no fígado e nos ossos.

pastora

 

 

Olavo de Carvalho

O escritor brasileiro morreu aos 74 anos, nos Estados Unidos, no dia 24 de janeiro. Filósofo autoproclamado, era considerado um representante do conservadorismo no Brasil, com expressiva influência na extrema-direita brasileira.

olavo

 

Batoré

O ator Ivan Gomes, o Batoré de ‘A Praça é Nossa’ morreu em 10 de janeiro aos 61 anos em decorrência de parada cardiorrespiratória.

batore

 

 

Françoise Forton

A atriz faleceu no dia 16 de janeiro de 2022. Ela estava internada na Clínica São Vicente, no Rio de Janeiro, onde tratava um câncer.

françoise

 

 

Paulinha Abelha

Em fevereiro deste ano, a cantora de forró, do grupo Calcinha Preta, morreu em Aracaju, aos 43 anos de idade. A cantora estava em coma com problemas renais.

paulinha

 

Arnaldo Jabor

O cineasta, escritor, crítico e colunista morreu no dia 15 de fevereiro, após ter sofrido um AVC.

arnaldo

 

 

Isaac Bardavid

O ator e dublador, famoso por ser a voz do personagem Wolverine, morreu aos 90 anos, em Niterói, região metropolitana do Rio de Janeiro, após dar entrada em um hospital para tratar um enfisema pulmonar.

wolverine

 

 

 

Milton Gonçalves

O ator morreu aos 88 anos devido a complicações de saúde causadas por um Acidente Vascular Cerebral (AVC) sofrido em 2020.

milton

 

 

Marilu Bueno

A atriz Marilu Bueno morreu aos 82 anos em 22 de junho de 2022 após complicações de uma cirurgia no abdômen.

marilu

 

 

João Paulo Diniz

João Paulo Diniz morreu aos 58 anos, após sofrer um infarto fulminante no dia 31 de Julho. Ele era um dos seis filhos do bilionário Abílio Diniz, considerado um dos homens mais poderosos do Brasil.

joao

 

 

Cláudia Jimenez

A atriz morreu no dia 20 de agosto, aos 63 anos. Ela estava internada e passou por pelo menos três cirurgias no coração, enfraquecido por causa da radioterapia para tratar um câncer no tórax.

claudia

 

Marilene Galvão

A cantora da dupla Irmãs Galvão/As Galvão morreu em 24 de agosto de 2022 aos 70 anos. A artista lutava contra o mal de Alzheimer.

as

 

 

Jô Soares

O escritor e humorista Jô Soares morreu no dia 5 de agosto, aos 84 anos, em São Paulo. Ele morreu em decorrência de uma insuficiência renal e cardíaca, estenose aórtica e fibrilação atrial.

jo

 

 

Guilherme de Pádua

O ex-ator e pastor Guilherme de Pádua, assassino da atriz Daniella Perez, morreu no dia 6 de novembro, aos 53 anos. A informação foi divulgada pelo fundador da Igreja Batista da Lagoinha, Márcio Valadão, em uma transmissão ao vivo pelas redes sociais. A causa da morte foi infarto.

guilherme

 

 

Roberto Guilherme

Aos 84 anos, o ator Roberto Guilherme – eternizado com o personagem “Sargento Pincel” em “Os Trapalhões” – morreu no dia 11 de novembro devido a um câncer.

pincel

 

 

Gal Costa

Uma das cantoras mais importantes do Brasil, Gal Costa morreu, na manhã do dia 9 de novembro, aos 77 anos. A causa ainda é desconhecida.

gal

 

 

Rolando Boldrin

Também no dia 9 de novembro, aos 86 anos morreu o ator, cantor e apresentador Rolando Boldrin, que comandava o “Sr.Brasil” na TV Cultura desde 2005.Gal Costa morreu, na manhã do dia 9 de novembro, aos 77 anos. A causa ainda é desconhecida.

rolando

 

 

Isabel Salgado

No dia 16 de novembro, a ex-ponteira da seleção brasileira de vôlei, Isabel Salgado morreu aos 62 anos. Ela foi diagnosticada com a Síndrome Aguda Respiratória do Adulto (SARA), uma doença rara. A ex-jogadora chegou a ser internada no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, mas não resistiu. 

isabel

 

 

Erasmo Carlos

O cantor e compositor, representante da Jovem Guarda, Erasmo Carlos, morreu no dia 22 de novembro, aos 81 anos, no Rio de Janeiro. Ele foi vítima de uma inflamação da camada de gordura abaixo da pele.

erasmo

 

 

Márcia Manfredini

A atriz Márcia Manfredini, famosa por interpretar a personagem Abigail em “A Grande Família”, da Globo, morreu no dia 5 de dezembro. A causa da morte não foi informada.

marcia

 

Pedro Paulo Rangel

No dia 21 de dezembro morreu o ator Pedro Paulo Rangel. Devido a uma insuficiência respiratória.

pedro

Pesquisa aponta que metade dos brasileiros economiza dinheiro para gastar com amantes

Metade dos homens brasileiros reserva parte de suas finanças para gastar em relações extraconjugais. A constatação é de uma pesquisa do portal Gleeden, site especializado em encontros e relações não monogâmicas, divulgada neste mês.

Segundo a empresa, o levantamento ouviu quase 7 mil usuários do serviço, para mapear o perfil da infidelidade financeira de maridos e namorados.

Entre os usuários ouvidos, 6% indicaram que sempre reservam parte do seu dinheiro para as amantes, enquanto outros 44% revelam fazer isso às vezes.

O levantamento mostra ainda que 59% dos maridos escondem parte das finanças da esposa e 23% guardam dinheiro vivo com o objetivo exclusivo de gastá-lo com a amante, pois preferem não usar um cartão de débito ou crédito exclusivo para esse fim.

Silvia Rubies, diretora de comunicação para Espanha e Américas do Gleeden, diz que os dados provam que parte dos homens brasileiros não são apenas infiéis nos relacionamentos, como nas finanças domésticas. “(Parte deles) utiliza uma espécie de ‘caixa 2’ para se relacionar com uma ou mais amantes”, conclui.

 

*Agência Estado

 

 

Brasileiros poderão solicitar cidadania portuguesa pela internet

Os brasileiros poderão tirar a cidadania portuguesa pela internet. O anúncio foi feito pelo ministro da Justiça, Pedro Ferrão Tavares. A via digital começará a funcionar até o fim do ano no já existente site da Justiça, ferramenta atual para verificar o andamento de pedidos.

Você também pode gostar:

Goiano abre Pit Dog em Portugal e faz sucesso

Parlamento em Portugal aprova lei que beneficia visto de trabalho para brasileiros

Diante do constante aumento de pedidos, o governo espera aliviar a pressão no atendimento dos cartórios de Portugal. ‘’O contexto é de um grande volume de pedidos para acesso à nacionalidade. Grande parte do trabalho administrativo é recepção e validação dos documentos. Para aliviar a pressão do atendimento presencial, vamos disponibilizar a submissão online’’, disse o ministro à agência Lusa.

Após o envio do pedido, será feita uma pré-avaliação dos documentos apresentados, numa operação para ganhar tempo e evitar filas. A segunda etapa seguirá os trâmites existentes dos processos enviados atualmente ao Instituto dos Registos e Notariado (IRN).

Os pedidos de cidadania são o serviço mais solicitado no IRN e os prazos para a conclusão dos processos podem superar em 10 vezes os prazos legais. A proposta do ministro é agilizar o trâmite pela internet como tem sido feito na renovação do cartão cidadão, a identidade portuguesa.

O titular da pasta da Justiça preferiu não antecipar uma data exata. Mas o mais provável é que leve alguns meses para que seja total a integração do novo serviço à plataforma, que será renovada.

Desde março deste ano, cidadãos portugueses que vivem fora da Europa podem pedir online o registro de nascimento e a cidadania para os filhos nascidos há menos de um ano, destacou o advogado.

 

*Agência O Globo

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? É só entrar em um dos grupos do Curta Mais. Basta clicar AQUI e escolher.

 

Parlamento em Portugal aprova lei que beneficia visto de trabalho para brasileiros

A Assembleia da República de Portugal aprovou nesta quinta-feira (21/07) projeto de lei que facilita a entrada e a permanência de estrangeiros no país. Com isso, cidadãos que fazem parte da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), entre eles, o Brasil, poderão obter vistos especiais para trabalhar em terras lusitanas. As informações são do Correio Braziliense.

A autorização valerá por 120 dias, podendo ser renovada por mais 60. Os chamados nômades digitais poderão requerer residência por até três anos em Portugal, benefício que será estendido aos familiares. As novas regras só dependem de regulamentação do governo português para entrar em vigor.

Com as alterações na lei, os interessados em trabalhar em Portugal poderão requerer os vistos especiais diretamente nas embaixadas ou nos consulados portugueses. Hoje, esse processo é extremamente burocrático e demorado, pois é feito por meio do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), órgão que perdeu mais de 300 funcionários nos últimos anos e têm mais de 160 mil processos em análise. A aposta do governo de Portugal é atrair mão de obra para dinamizar a economia, que cresce de forma lenta e sofre o rápido processo de envelhecimento da população.

Mas que fique claro: não será uma farra de vistos, como é vendido por meio de redes sociais e por aqueles que oferecem facilidades. As pessoas que se candidatarem a vagas de trabalho em Portugal terão de apresentar passagens de ida e volta e comprovar que têm condições de se manterem no país caso não consigam emprego no tempo de vigência da autorização especial. Os estrangeiros que se beneficiarem das novas regras serão inscritos na Receita Federal local, na Seguridade Social e no Sistema de Saúde. Pelas regras atuais, os estrangeiros que pretendem trabalhar em Portugal precisam apresentar contrato com empresa local. Com as novas regras, os interessados poderão entrar no país e, então, procurar um emprego.

Vale ressaltar ainda que Portugal sofre com uma inflação altíssima, próxima de 9% ano, com aluguéis e valores de imóveis em disparada. Os juros também apontam para cima. Hoje, é possível encontrar milhares de trabalhadores estrangeiros, especialmente brasileiros, vivendo em condições sub-humanas. Como não ganham o suficiente para ter moradias dignas, alugam espaço em camas para dormir. Ou seja, quem trabalha dia, paga para dormir à noite. E vice-versa. São constantes também ver estrangeiros mendigando pelas ruas, sem condições de retornarem aos países de origem.

Imigração

O Brasil é a maior comunidade estrangeira em Portugal. O último relatório do SEF (íntegra – 6 MB), com dados de 2021, mostra que existem 698.887 estrangeiros vivendo legalmente no país. Destes, 204.694 (29,3% do total) são brasileiros. É um aumento de 11,3% com relação a 2020. O número de brasileiros em Portugal é ainda maior, visto que os dados oficiais não contabilizam quem tem cidadania de algum país da UE (União Europeia), nem imigrantes em situação irregular.

Em 2021, foram emitidos 39.406 novos títulos de residência para brasileiros. Quase metade (44,7%) era de trabalho. Depois, reagrupamento familiar (31,1%), estudo (10,8%), cartão de residência permanente (9,3%) e outros (4,1%).

 

Pesquisa revela que apenas 3% dos homens brasileiros se acham feios

Uma pesquisa inédita realizada pelo Instituto Ideia, e encomendada pela Revista GQ Brasil, mostra que apenas 3% dos homens no Brasil se consideram feios. Praticamente um em cada dois (47%) se acham bonitos, 44% se veem como “na média” e 6% preferiram não responder.

Questionados sobre o homem brasileiro que mais admiram, 7% responderam “eu mesmo”. E com relação à aparência? Apenas 13% já fizeram ou topariam fazer uma cirurgia plástica e 9% aceitariam ou já aplicaram botox. A saúde mental também foi tema: 16% dizem fazer terapia e 65% não teriam problema em fazer sessões.

Os dados também mostram que 28% dos homens se acham mais inteligentes que a média, ante 7% que se enxergam inferiores neste quesito – grande parte se vê na média (65%).

A autoestima também se traduz na forma de o homem brasileiro se vestir. Exemplo? A pesquisa aponta que 69% evitam parecer-se desleixados, 63% driblam a aparência brega e 61% não gostam de chamar a atenção.

A pesquisa “O Que Pensa o Homem Brasileiro”, encomendada pela GQ Brasil ao Instituto Ideia, ouviu 663 pessoas, via aplicativo mobile, entre os dias 5 e 11 de abril de 2022. Foram ouvidos homens de 18 anos ou mais, residentes em todo o território nacional, com amostra segundo critérios do Censo 2010 e da PNAD 2021.

O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima estimada para o total da amostra é de aproximadamente 2.85 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Devido ao arredondamento, a soma dos percentuais pode variar de 99% a 101%. Todos os questionários foram checados para verificação de inconsistências.

 

Imagem: Pixabay

Novas regras facilitam que brasileiros conquistem a cidadania portuguesa

Novas regras que facilitam o reconhecimento da cidadania portuguesa entraram em vigor neste mês. A medida deve beneficiar brasileiros descedentes de portugueses. 

De acordo com especialistas os principais beneficiados serão netos e cônjuges. Com a mudança, ficam reduzidas as exigências de comprovação de vínculos com o país. 

Antes, quando os pais não haviam feito a requisição da cidadania, eles precisavam comprovar laços com o país europeu. Com as novas regras, os Bisnetos precisam comprovar que, pelo menos, uma geração anterior esteja viva para requerer a cidadania.

Pesquisadores brasileiros criam inteligência artificial que pode detectar incêndios em segundos

Pesquisadores da Universidade Federal do Ceará (UFC) em parceria com uma equipe internacional desenvolveram uma inteligência artificial capaz de identificar focos de incêndio em tempo real e, a partir disso, acelerar o acionamento de equipes de combate ao fogo. As informações são do portal Só Notícia Boa.

O algoritmo computacional pode ser usado em drones e câmeras de vigilância comuns, facilitando o monitoramento de incêndios em espaços públicos ou em ambientes fechados.

De acordo com um trabalho recém-publicado na revista internacional IEEE Transactions on Industrial Informatics, são necessários entre 30 e 210 milissegundos (menos de um segundo) para o reconhecimento em imagem do padrão de princípios de incêndio.

Ação rápida dos bombeiros

“Com um sistema desses, a gente consegue prever incêndios e reduzir o tempo de atuação dos bombeiros”, explica Victor Hugo de Albuquerque, um dos autores do projeto e professor do Laboratório de Engenharia de Sistemas de Computação (Lesc), vinculado ao Departamento de Engenharia de Teleinformática (Deti) da UFC.

Os pesquisadores criaram uma Rede Neural Convolucional (CNN, na sigla em inglês), algoritmo de aprendizado profundo aplicado principalmente na detecção, identificação e classificação de elementos em imagens.

Um banco com milhares de imagens de áreas públicas foi utilizado para “treinar” a CNN no reconhecimento de características de frames em três situações distintas: com fogo; com fumaça e sem fogo; e sem fumaça e sem fogo.

Logo, quando era testado com uma nova imagem, o algoritmo conseguia classificá-la automaticamente e gerava o alerta.

Os principais diferenciais para outras redes neurais já existentes, de acordo com o professor Victor Hugo, são: capacidade de processamento relativamente baixa,  consome pouca energia e pode ser integrada a um hardware utilizado por drones ou ser usada em nuvem.
Os testes comparativos revelaram que a nova rede possuía os melhores resultados no reconhecimento das imagens.

Testes de campo

Para os próximos passos, os estudiosos pretendem fazer testes de campo com drones e o modelo proposto para avaliar o desempenho da CNN em situações controladas.

O algoritmo é resultado da tese de doutorado do pesquisador Jefferson Almeida, orientando de Victor Hugo, com financiamento da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Também participam pesquisadores da Tongji University (China), da Banasthali Vidyapith (Índia) e da King Faisal University (Arábia Saudita), além do professor Fabrício Gonzalez Nogueira, do Departamento de Engenharia Elétrica da UFC.

 

Imagem: Agência Brasília

 

Saiba quem são os dois jovens brasileiros que estão na lista de bilionários da Forbes

A Forbes publicou nesta última terça-feira (5), a lista de bilionários e há dois brasileiros: Pedro Franceschi, de 25 anos, e Henrique Dubugras, de 26 anos, com fortuna estimada em US$ 1,5 bilhão cada um. Os jovens são cofundadores da startup de cartões de crédito para empresas Brex, que foi avaliada em US$ 12,3 bilhões por investidores em janeiro. Com informações do Valor.

 

Segundo a revista, a Brex não é único “decacórnio” cujos fundadores se tornaram bilionários neste ano. Em todo o mundo, 30 startups ultrapassaram avaliações de US$ 10 bilhões em 2021, o dobro do número de 2020. Muitas são empresas de tecnologia, o que ajudou o setor a adicionar 38 recém-chegados à lista deste ano, incluindo Alex Shevchenko e Max Lytvyn (US$ 4 bilhões cada), ambos de 42 anos, cofundadores ucranianos da ferramenta de correção gramatical Grammarly, avaliada em US$ 13 bilhões por investidores em novembro.

 

O ano de 2021, diz a “Forbes”, foi um ano de baixa para os bilionários. Há 87 deles a menos, e eles têm US$ 400 bilhões a menos do que há um ano. “Ainda assim – em meio a uma guerra, a uma pandemia e a mercados em ritmo vagaroso – um total de 236 pessoas (em comparação ao recorde de 493 em 2021) se tornaram bilionários ao longo dos últimos 12 meses, informa a revista.

 

Os novos bilionários são de 34 países. A China tem 62, incluindo dois de Hong Kong — mais do que qualquer outro país. Entre eles estão Chris Xu (com patrimônio estimado em US$ 5,4 bilhões), de 52 anos, o misterioso fundador da varejista on-line de moda Shein.

 

O mais rico entre os novatos da lista que fizeram a própria fortuna também vem das proximidades, de Taiwan: Zhang Congyuan (US$ 11,7 bilhões), 74 anos, fundador da fabricante de calçados Huali Industrial, que produz para dezenas de marcas, como Nike, Puma UGG e Vans. Ele é a pessoa mais rica da China.

 

Os Estados Unidos vêm a seguir como segundo país com mais novatos na lista da “Forbes” (50), incluindo Gary Wang (US$ 5,9 bilhões), 28 anos, que é cofundador e diretor de tecnologia da bolsa de criptomoedas FTX, com sede nas Bahamas, e Scott Shleifer (US$ 5 bilhões), 44 anos, cofundador do braço de investimento em participações acionárias do fundo hedge Tiger Global Management.

 

Foto: Brex / Divulgação

Brasil atinge a marca de 320 milhões de vacinas aplicadas contra a Covid-19

 

O Ministério da Saúde informou na noite desta terça-feira (28) que o Brasil atingiu a marca de 320 milhões de vacinas aplicadas contra a covid-19. Segundo a pasta, a ampla imunização da população gerou redução na quantidade dos casos de pessoas infectadas, de mortes e a ocupação de leitos de UTI.

Conforme os dados, 143 milhões de brasileiros estão com ciclo vacinal completo, 161 milhões estão imunizados com a primeira dose da vacina e 16 milhões receberam pelo menos uma dose de reforço.

“Com o avanço da vacinação foi possível reduzir em mais de 90% o número de óbitos e o número de casos de covid-19, quando comparado ao pico da pandemia, em abril de 2021. Temos hoje, no Brasil, o menor número de óbitos por covid-19 desde abril de 2020”, destaca o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Com a redução dos casos de covid-19, o governo federal definiu, no dia 20 deste mês, as regras para doação de vacinas para outros países, por meio do consórcio Covax.

A produção nacional dos imunizantes da AstraZeneca é feita pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a partir da chegada do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), que também passou a ser feito no Brasil. As vacinas da Pfizer, com tecnologia de RNA mensageiro, também serão feitas em território nacional por meio do laboratório Eurofarma. “O Brasil deixará de ser um país importador de vacinas e será um país que produzirá vacinas”, completou o ministro.

 

*Agência Brasil

Imagem: Reprodução

Veja também:

De acordo com a OMS, fim da pandemia da Covid-19 está próximo

Intervalo da 3ª dose da vacina contra a Covid-19 será de quatro meses

 

Saiba quais são os destinos turísticos mais procurados pelos brasileiros no fim de ano

Após longos períodos de isolamento, o avanço na vacinação no Brasil abriu portas para que os brasileiros procurassem por destinos para viajar no ano novo e no carnaval. Em matéria publicado na CNN Brasil, o country manager do KAYAK no Brasil (empresa de buscador de voos), Gustavo Vedovato, disse que os principais destinos para o Réveillon são o Rio de Janeiro, Recife e Salvador.

“Dentre as principais procuras, o nordeste é o foco”, afirma Vedovato. “Muito por conta do verão junto com o período de férias”.  Ele destacou ainda que Florianópolis teve uma redução nos preços se comparado com o mesmo período de 2019 de 16%, Recife; 12%; e a cidade carioca, 6%.

Para fazer melhores economias, o country manager do KAYAK no Brasil, declara que para passagens domésticas é necessário que os brasileiros se planejem 30 dias antes “para encontrar passagens mais baratas” e para viagens internacionais, de 3 a 4 meses.

Os principais destinos procurados pelos brasileiros foram:

1. Rio de Janeiro

2. Recife

3. Salvador

4. São Paulo

5. Fortaleza

6. Maceió

7. Florianópolis

8. Porto Seguro

9. Natal

10. João Pessoa

 

“Dentre as regiões mais procuradas no exterior, Miami é a única cidade com queda de 3% nos preços”, diz Vedovato. O preço de uma passagem para Paris, por exemplo, subiu 22%, se comparado com o mês anterior.

Ao longo do ano, houve uma crescente busca por viagens internacionais em abril, e, em julho, as buscas por lugares brasileiros se igualaram ao exterior.

 

*Fonte CNN Brasil

Imagem: Divulgação

Veja também:

Reveillon sem barulho: 10 lugares em Goiás para passar a virada longe da muvuca