Influencer goiano, João Vitor é indicado a Prêmio Ibest

João Vitor se tornou referência nacional no ativismo pela inclusão, contra o capacitismo e o preconceito, e já soma mais de 700 mil seguidores nas redes sociais

Thaís Muniz
Por Thaís Muniz
847ef359 b25f 46e1 9923 224a43826d45

O ativista digital goiano João Vitor de Paiva Bittencourt, de 23 anos, foi indicado para concorrer ao Prêmio iBest na categoria inclusão. João é o primeiro conselheiro jovem com síndrome de down do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) no Brasil. Na internet, é considerado um dos mais influentes pelo trabalho que faz pela inclusão e contra o capacitismo e o preconceito.

O Prêmio iBest é considerado a maior referência no reconhecimento do melhor na internet no país. Hoje é o maior prêmio do Brasil e também do mundo, com aproximadamente 20 milhões de usuários únicos somente em 2023. Desde que foi relançado, em 2020, o iBest tem como missão apresentar aos brasileiros os melhores do universo digital, considerando a presença unificada nas plataformas digitais de sites, apps e principais redes sociais.

Caso João seja eleito, ou mesmo esteja entre os Top3, Top10 ou Top20, ele deve ganhar um selo de certificação outorgado pelo iBest, além de ser reconhecido por todo o mercado digital.

João Vitor está cursando o sétimo período de Educação Física em uma universidade de Goiânia, onde foi o primeiro aluno com Síndrome de Down. Antes disso, ele chegou a passar em quatro vestibulares, sendo dois em Goiânia e dois em São Paulo.

“Eu estou muito feliz e honrado de ser indicado nesse prêmio. Muito feliz com a minha dedicação, com o meu trabalho e por estar aqui representando os goianos. Eu quero dizer que eu sou porta-voz das pessoas com deficiência daqui de Goiás. Eu sou muito dedicado e tenho força de vontade”, disse João Vitor em entrevista para o g1.

Para votar em João Vitor, acesse o link.

Quer receber nossas dicas e notícias em primeira mão? Basta clicar aqui e entrar no canal do WhatsApp do Curta Mais.