Saiba como usar o Telegram, maior concorrente do Whatsapp

O app funciona basicamente da mesma forma que o rival americano e já é um dos assuntos mais buscados da web no momento

Marcelo Albuquerque
Por Marcelo Albuquerque
ebb68712df691f84bce16cb4a29a0f38

A Justiça voltou a determinar o bloqueio do WhatsApp no Brasil. As operadoras foram notificadas no final da manhã e devem desativar o serviço “imediatamente”, de acordo com a justiça.

Na falta do WhatsApp, o Telegram ganha espaço. O aplicativo funciona basicamente da mesma forma que o rival americano: baseando-se na sua lista de contatos do celular, é possível criar chats e conversas em grupo apenas usando o número de telefone de cada usuário.

Não é à toa que o Telegram foi a primeira opção dos “órfãos” de Whatsapp. O aplicativo roda muito bem e rapidamente em qualquer aparelho, independentemente das configurações. Enquanto o Whatsapp chega a ocupar 7MB de memória RAM em modo suspenso, o Telegram não passa de 5MB, por exemplo.

No espaço de armazenamento interno, também não há do que reclamar. A versão mais recentemente atualizada do Telegram está disponível para download para Android, iOS e Windows mobile a partir de 10MB. Instalado, o aplicativo pode ser transferido para o cartão SD ou microSD e ocupa cerca de 33MB.

O app é totalmente gratuito – sem aquela história de “grátis por um ano”, como o Whatsapp – e não vem com anúncios ou outro tipo de conteúdo pago. O design é simples, limpo e dinâmico, o que ajuda a torná-lo mais rápido e eficiente do que os concorrentes.

Outro diferencial é a própria arquitetura do Telegram. O aplicativo é baseado na nuvem, o que diminui o peso sobre o hardware do seu smartphone. Além disso, são diversas as opções de criptografia e segurança para garantir que suas conversas e mensagens não sejam facilmente vazadas na web.

Você pode sincronizar o app para acessá-lo em mais de uma plataforma simultânea, como no PC e no navegador. O Telegram é também open-source, o que significa que desenvolvedores de todo o mundo podem contribuir para trazer novos recursos e funções ao aplicativo.

Se você não pode ficar sem Whatsapp, o Telegram é uma excelente alternativa – embora não tenha ainda a mesma quantidade de usuários e nem a mesma aparência carismática do rival.

Passo 1: Faça o download pela App Store (iPhone), pela Google Play (Android) ou pela Windows Store. Preste atenção aos dados que o aplicativo terá acesso – são os mesmos que qualquer outra rede social exige no seu celular, como o Facebook e o próprio Whatsapp.

Reprodução 

Passo 2: Uma série de imagens mostrando os benefícios do Telegram surgirão ao abrir o app. Você pode ignorá-las e tocar em “Comece a Conversar”.

Reprodução

Passo 3: Digite seu número de telefone, incluindo o código de área. Com base nele, o Telegram vai identificar que você é um usuário real e não um programa feito para espalhar spams.

Reprodução

Passo 4: O Telegram vai te enviar um código de cinco dígitos por meio de SMS, confirmando o seu número de telefone. O app então detectará esse código automaticamente e já vai passar para a próxima etapa, em que você insere seu nome e sobrenome.

Reprodução

Passo 5: Pronto! Agora é só iniciar seus chats, grupos ou conversas secretas.
Reprodução

PublicidadePublicidade
PublicidadePublicidade